8 países baratos para viajar

países baratos

Em tempos de crise, procurar alternativas para economizar em viagens ou buscar lugares onde nosso pobre Real ainda tenho algum poder de compra é a regra principal para os viajantes. Já que o ano está apenas começando e eu sei que você não vai querer passar as férias em casa, eu selecionei aqui 8 países baratos para viajar.

Tailândia

Você já deve ter ouvido falar que a Tailândia é super em conta e além de ser um lugar incrível. Verdade! É barato viajar lá, o que pesa é o custo das passagens aéreas até Bangkok (isso quando não aparecem promoções irresistíveis), mas estando lá, dá pra ficar em um hotel 3 estrelas pagando só R$167,00*, ou num hostel bacaninha por somente R$21,00* reais.

O valor médio de um almoço em Bangkok é de R$13,00, o metrô custa o equivalente a R$1.50 a R$3,00 e o taxi, acreditem, custa só R$4,00 por quilômetro rodado. E olha que a Tailândia não é dos países mais baratos da Asia. A melhor época para viajar, quando encontramos as melhores tarifas, é entre março e maio.

Eu fui e comprovo, é barato mesmo!

Todos os posts sobre a Tailândia
Guia de Bangkok para download

Templo na Tailândia

Templo na Tailândia

Laos

Esse eu já falei aqui no blog que está entre os meus destinos dos sonhos para 2016 e também é bem barato viajar por lá. O país ficou isolado do mundo por muitos anos e agora está sendo redescoberto. Claro que você vai encontrar super hotéis no meio da floresta por mais de  2 mil reais a diária, mas também vai achar hostels por Vang Vieng por R$20,00 reais e você vai comer bolinhos de arroz por apenas R$1,00 real. O que você compra aqui com isso?

laos

Plantação de arroz no Laos

Vietnã

Outra pérola do sudeste asiático, o Vietnã é o queridinho dos mochileiros e não é pra menos. Por exemplo, você vai encontrar hostel com cara de hotel com uma super piscina por só R$20,00* a diária. Ou um pedacinho do paraíso por R$154,00* a diária. O almoço custa em média R$5,00 e um taxi por R$2,00 o quilômetro rodado. Um tour de 6 dias pelo país, de cima a baixo custa pouco mais de R$1.500,00 incluindo hospedagem, passeios e atividades.

Cena típica do Vietnã

Cena típica do Vietnã

Guatemala

Nem tão longe assim do Brasil, fácil acesso pelo hub da Copa Airlines no Panamá, a Guatemala é um cantinho da esquecida América Central. A Guatemala é um micro universo com praias (do Mar do Caribe ao Oceano Pacífico), florestas e vulcões, tudo isso em um território. Quer um bônus? Tem ruínas Maias espalhadas por todo país.

Eu encontrei um hotel super clássico ao estilo guatemalteca por R$179,00 a diária ou hostel por R$24,00. Comer na Cidade da Guatemala, a capital do país, custa entre R$10,00 e R$15,00 reais uma refeição normal, mas o país é carente de transportes públicos, mas os taxis apensar de velhos, são boas opções pelo equivalente a R$4,00 o quilômetro rodado.

Guatemala

Guatemala

Honduras

O país teve a imagem manchada e prejudicada por conta dos conflitos nas vizinhas Nicaragua e El Salvador nos anos 80, nessa época, a América Central era um barril de pólvora prestes a explodir. Hoje a paz reina e Honduras vem aparecendo como um dos destinos mais procurados por quem busca novos destinos e baixos preços.

Pensa em um resort onde você pode abrir a porta do quarto e dar um mergulho em uma piscina natural em pleno mar do caribe? Tem e por R$200,00* a diária. Ou um hostel honesto por R$34,00?

E para comer? Você não gasta mais do que R$15,00 e uma “cerveza” por uns R$2,00. Incrível né?
honduras

Portugal

Eu amo a terrinha e sempre digo que é um dos lugares mais baratos da Europa. Até as passagens aéreas que volta e meia a TAP faz uma promoção e a gente consegue viajar direto para Lisboa gastando pouco em relação a outras cidades do continente.

Eu já fiquei no Hotel Roma, um três estrelas super bacana, pertinho do metrô por apenas R$ 216,00 a diária, mas também tem hostel bacaninha por R$22,00. O que não faltam em Lisboa são boas opções de hospedagem.

O transporte público lá é um dos mais baratos da Europa, o metrô custa 1,40 euro (contra 2,70 na Alemanha, por exemplo). Para comer também é barato, você encontra um belo bacalhau com natas pelo equivalente a R$35,00 nas tascas.

O Porto, visto de Vila Nova de Gaia

O Porto, norte de Portugal

Polônia

O leste europeu em geral é bem mais barato que o lado ocidental do continente e a Polônia é um dos países mais baratos dessa região. No ano passado eu pretendia ir a Cracóvia, cheguei a fazer todos os orçamentos mas no fim não consegui encaixar, mas serviu para me mostrar como é barato viajar por lá. Por exemplo, um hostel lindão por R$18,00* ou um clássico três estrelas por R$190,00*.

Comer por lá também é barato, uma refeição custa em média o equivalente a R$15,00. Quem vai a Cracóvia, em geral é para visitar o antigo campo de concentração nazista de Auschwitz-Birkenau. Um tour com todo conforto custa R$170,00 mas você pode pegar um ônibus comum por R$4,00 e fazer o seu passeio.

Centro de Cracóvia

Centro de Cracóvia

Russia

Sim, não é caro viajar pela Rússia e uma das jóias do país, São Petersburgo tem preços inacreditáveis pelo tipo de cidade que é. Por exemplo, se você estiver bem quebrado, vai encontrar um hostel simples por apenas R$12,00*; mas digamos que você queira um hostel melhor, mais bonitinho e que tem até uma academia, vai pagar incríveis R$16,00* pela hospedagem. Ou talvez um hotel 4 estrelas por R$ 184,00*?

Se locomover por São Petersburgo também é bem barato, o bilhete de ônibus custa o equivalente a R$1,70*. Uma refeição em um restaurante mediano sai por uns R$12,00*.

E para visitar os museus e palácios? O Museu Hermitage custa apenas R$21,00; o Palácio Peterhof a entrada custa R$30,00 e a Igreja do Sangue Derramado custa só R$13,00.

São Petersburgo

São Petersburgo

Chocante não é?

Bom, agora que você já sabe dos 8 destinos mais baratos para viajar em 2016, tá na hora de começar a programar as suas próximas férias.

*Valores encontrados em Janeiro de 2016

Leia também:
8 dicas para economizar em viagens
5 dicas para comprar passagens aéreas mais baratas
10 passos para panejar uma viagem
Quantos dias ficar em cada cidade?


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram.


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar