Ansiedade pré-viagem: como lidar?

viajar com crianças

Por mais que a gente esteja acostumado a viajar, sempre bate aquela ansiedade antes de alçar vôos mais longos, sobretudo a lugares desconhecidos.

Hoje eu ainda sinto, mas de forma bem mais branda. Mas já fui parar no hospital na véspera de uma viagem sentindo dores pelo corpo e febre que começaram de uma hora para outra e depois de um check-up completo, constatei que eu não tinha nada. Da mesma forma com que as dores vieram, elas se foram. Ou quando fui para Londres pela primeira vez e tinha dores de barriga só de pensar na imigração britânica.

Amigos, saibam que vocês não estão sozinhos, essa ansiedade tem nome, é a Tensão Pré-Viagem.

A TPV é desencadeada pela ansiedade associada a algum temor ou preocupação e a causa principal é o medo do desconhecido. “E se eu ficar doente? For roubado ou perder meu passaporte estando do outro lado do mundo?” São coisas que passam pela nossa cabeça quando estamos planejando uma viagem longa. Ninguém quer ficar doente estando a milhares de quilômetros da nossa zona de conforto.

E aí, a TPV pode atingir níveis tão altos que podem afetar o nosso bioritimo e causar perda de sono, taquicardia e provocar efeitos psicossomáticos onde a mente influencia a forma com que sentimos as coisas. E é nesse ambiente que surgem as dores inexplicáveis, febre, tonturas e outros sintomas.

Mas como lidar? No meu caso, todos os sintomas simplesmente desaparecem quando eu coloco o pé no aeroporto, mas tenho amigos que precisam tomar medicamentos para ansiedade. O recomendado é que você procure um médico especializado em medicina pré-viagem.

A Carol fez um post bem legal aqui no blog onde ela fala de um serviço gratuito do Instituto Emílio Ribas aqui em São Paulo de acompanhamento para viajantes, que além de receitar medicamentos e vacinas, pode ajudar a cuidar da TPV.

Uma coisa que me ajudou muito a reduzir a minha ansiedade, foi estudar bastante o país ou cidade de destino. Fazer o percurso do aeroporto ou estação de trem e metro até o hotel, já chegar na cidade tendo uma ideia de como usar o transporte público e tendo pelo menos um bom inglês para poder me comunicar com mais facilidade. Tudo isso me dá segurança e me deixa mais tranquilo.

Outra dica é nunca deixar as coisas a última hora. Reserve hotéis, passeios e tudo mais com antecedência. Evite o estresse e boa viagem!

Você tem medo de voar? Leia esse post:
Medo de avião: Você tem? Como lidar com o medo de voar

Imagem: Shutterstock


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

4 Comentários

  • Responder julho 11, 2016

    Cristiano

    Fabrício, muito boa matéria. A sigla não deveria ser TPV (ao invés de TVP)?

    • mm
      Responder julho 13, 2016

      Fabricio Moura

      Isso! Erro meu =) valeu

  • Responder maio 24, 2017

    Martins

    Eu tenho TPV a anos e eu nunca entendia o porque eu tinha tudo isso.
    Só sabia que sentia.
    Hoje em dia eu tenho MUITO medo de viajar e sentir as mesmas coisas.

    • mm
      Responder maio 26, 2017

      Fabricio Moura

      Uma forma de lidar com o medo é provocá-lo, se tem medo de voar, voe. Ajuda muito, no começo não é fácil, mas ajuda.

Deixe uma resposta