Você prefere TV no avião ou uma boa internet a bordo?

TV no avião

Se em uma viagem aérea você pudesse escolher entre ter o tradicional sistema de entretenimento de bordo ou internet de boa qualidade sem pagar mais nada por isso, qual seria a sua escolha?

Nos últimos dias a American Airlines anunciou que a nova remessa de 100 aeronaves Boeing 737 que eles receberão para cobrir as rotas domésticas virão sem as telinhas de TV no encosto da poltrona.

A ausência de entretenimento de bordo em voos domésticos, para nós brasileiros e para muitas empresas aéreas européias e do mundo afora é uma realidade. A American justificou o corte do equipamento depois de notar que a maioria dos passageiros preferem usar seu próprio equipamento e nessa lista incluem smartphones, tablets e notebooks.

 

“mais de 90% dos passageiros já traz seus equipamentos eletrônicos para os voos.” Segundo a American Airlines

 

Para a American, excluir o entretenimento e investir em internet banda larga a bordo para que os passageiros pudessem usar o Netflix ou outro serviço de streaming saiu mais barato do que equipar essas 100 aeronaves com as telinhas.

Excluir os monitores, servidores e caixas de distribuição que fazem o sistema funcionar também vai reduzir consideravelmente o peso do avião e menos peso significa economia de combustível, que hoje é o maior custo das empresas aéreas.

Sistema on-demand da Emirates

Sistema on-demand da Emirates

Além disso, você já notou umas caixas metálicas embaixo das poltronas e que sempre atrapalha a gente esticar as pernas? Aquela caixa é do sistema de entretenimento e com a retirada do sistema, a gente ainda ganharia esse espaço a mais para as pernas.

Para mim, sem dúvidas eu prefiro ter uma boa internet a bordo do que o sistema de entretenimento. Filmes a gente pode baixar no Netflix e assistir offline e com uma boa conexão, nada impede também de assistir online. Só não sei como o Netflix se comportaria já que ele disponibiliza o conteúdo de acordo com o IP de cada país, isso para quem não usa aqueles serviços que “enganam” o Netflix, mas aí já é outra história.


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar