10 experiências imperdíveis que você só pode ter na Ásia

Despertar dos Monges experiências imperdíveis

Vocês sabem que eu sou um apaixonado pela Ásia né? Prova disso é que eu tento visitar a região pelo menos uma vez por ano. Uma das razões, é que existem experiências imperdíveis que a gente só consegue ter no continente asiático.

Para nós, ocidentais, é tudo muito diferente e exótico. Como a comida, os costumes e o idioma praticamente indecifrável. Tudo isso aguça a nossa curiosidade ainda mais. E eu acredito que todo mundo deveria visitar a Ásia pelo menos uma vez na vida, só assim, vocês saberão exatamente do que eu estou falando. Mas se você já esteve lá, vai saber do que eu estou falando.

Nos últimos dois anos eu passei pela Tailândia, China, Hong Kong, Laos, Camboja, Mianmar, Indonésia, Singapura e Malásia. Vivi experiências incríveis e quero compartilhar as mais notáveis aqui com vocês.


10 experiências imperdíveis na Ásia


Despertar dos monges no Laos

Luang Prabang é uma pequena cidade do Laos que concentra um enorme número de monastérios. É para lá que as crianças de todo o país vão para estudar nas escolas budistas e muitos se tornam monges e nunca mais retornam para as suas cidades.

Em um país pobre como o Laos, os monastérios sempre dependeram da doação dos moradores para se manterem. Por isso, há séculos os monges saem bem cedo dos monastérios e percorrem as ruas de Luang Prabang recolhendo doações. É chamado de “despertar dos monges” ou “ronda das almas”.

O Despertar dos Monges

Uma experiência única que a gente só tem em Luang Prabang, para quem acorda bem cedo, antes do sol nascer e testemunhar esse ritual.

Para saber mais sobre o despertar dos monges, leia nosso post completo: clique aqui.

Amanhecer em Angkor Wat

Milhares de pessoas acordam no meio da madrugada em Siem Reap no Camboja para ver o sol nascer todos os dias. O que faz desse evento tão especial, é o nascer do sol no templo de Angkor Wat.

Angkor Wat é um conjunto de templos milenares no meio da selva cambojana, foi budista, hinduísta, foi abandonado, parcialmente destruído e redescoberto. Um lugar que transborda de energia e beleza.

Angkor

Quando chegamos lá, está tudo escuro, nos acomodamos e esperamos. Apesar de estar rodeado de várias centenas de pessoas, o silêncio é enorme. Então o sol começa a despontar e a medida que ele surge, o templo vai saindo da escuridão para se revelar um dos lugares mais incríveis da Ásia.

Na minha primeira viagem pela Ásia, quando eu visitei Angkor, eu fiz um diário aqui no blog, leiam o post sobre esse dia aqui.

Ou vocês podem conferir o roteiro completo em Angkor aqui

Encontro com as mulheres girafa

Quando pequeno eu era apaixonado pelo Globo Repórter, pois era aquele programa que mostrava o mundo pra gente que nem sonhava o que um dia seria a tal da internet. E foi em um dos programas que eu vi pela primeira vez as mulheres-girafa de Mianmar.

Eu fiquei curioso e fascinado com aquelas mulheres usando roupas coloridas e com seus longos pescoços que desafiavam a normalidade.  Acredito que essa seja a primeira reação de todas as pessoas que tem contato com elas pela primeira vez.

Mianmar

As mulheres girafa

As mulheres-girafa, nome popular que elas ganharam, pertencem a etnia Kayan da tribo Padaung. Originária de Mianmar, antiga Birmânia, hoje elas vivem em aldeias isoladas no norte da Tailândia, na fronteira com Mianmar.  Na minha viagem pela Ásia, eu passei pela cidade de Chiang Mai, que ficava pertinho da região onde elas vivem.

Mas aqui existe um ponto delicado, pois elas são refugiadas e dizem que o governo tailandês as mantêm nessas aldeias para atrair turistas. Sendo verdade ou não, ver essas mulheres é algo que a gente só consegue fazer na Ásia.

Leia o post completo aqui

Mercado flutuante

Mercados flutuantes já foram algo muito comum em todo sudeste asiático, mas com o passar dos anos poucos restaram e desses que sobraram, muitos são lugares puramente turísticos. Mas mesmo assim, é uma experiência que eu recomendo.

Os mercados surgiram em regiões alagadas, há mais de 1 século, para atender as necessidades de quem vivia nessas regiões com difícil acesso. Essas áreas alagadas ainda não muito comuns, especialmente na Tailândia onde fica o Mercado Flutuante de Damnoen Saduak.

mercado flutuante

Mercado flutuante

Pelos canais é um vai e vem sem fim de canoas com turistas e com tailandeses vendendo desde comidas típicas até toda quinquilharia chinesa.

Leia o post completo aqui

Show de dança balinesa

É impossível passar por Bali e não testemunhar um show de dança balinesa. Eu estava em Ubud, uma pequena vila no coração da ilha de Bali na Indonésia e tive a oportunidade de assistir a um desses espetáculos.

O show retrata cenas da antiguidade balinesa, com música ao vivo, dança, figurinos coloridos, bem elaborados e muitas caras e bocas.

Veja aqui o que fazer em Ubud

Show de dança balinesa

Amanhecer na selva da Indonésia

Imagine só, ver o sol nascer no meio da selva da ilha de Java na Indonésia, com um vulcão em atividade ao fundo e com o templo milenar de Borobudur logo abaixo? É mais uma experiência que a gente só tem na Ásia.

Borobudur é considerado o maior templo budista do mundo, foi construído entre 778 e 856 d.c. (300 anos antes de Angkor Wat) no meio da selva tropical, no coração da Ilha de Java, na Indonésia. Foi erguido como um templo hindu, com o crescimento do islamismo em Java ele foi abandonado, renasceu como templo budista e inexplicavelmente abandonado de novo até ser tomado pela selva.

Leia o post completo aqui

Amanhecer na salva de Java com vulcão ativo ao fundo

Superárvores de Singapura

Nem só de grandes experiências milenares e culturais é feita a Ásia. Pois estamos falando de um continente com metrópolis tecnológicas que despontam na frente do ocidente e aí chegamos nas superárvores do Gardens by the bay de Singapura.

O Gardens é um jardim botânico inaugurado em 2012, mas o que atrai milhares de pessoas todos os dias são as chamadas “superárvores”. Essas estruturas que chegam até 50 metros de altura, construídas em concreto e metal, formam um jardim futurista, tão de outro mundo que o último filme da franquia Star Wars foi lançado lá.

super árvores

Gardens by the bay a noite

Lindo durante o dia, espetacular quando cai a noite. É que as árvores se iluminam e produzem um show de luzes, sons e efeitos especiais que deixam os visitantes boquiabertos.

Leia o post completo aqui

Mercado do trem

Taí mais uma das loucuras da Tailândia, o Mercado do Trem de Maeklong, uma feira montada nos trilhos da ferrovia e que em diversos momentos do dia o trem obriga os feirantes, clientes e turistas a correrem dos trilhos antes da composição passar.

A feira fica em Maeklong na província de Samut Songkhram, distante cerca de 80 kms de Bangkok. O comércio é montado em um trecho de mais ou menos 1 quilômetro nos trilhos da ferrovia que vai de Bangkok a Maeklong. E aí, amigos, quando o trem se aproxima é um salva-se quem puder.

Leia o post completo aqui

Mercado do Trem

Mercado do Trem

Purificação em Bali

Quem passa pela ilha de Bali, na Indonésia não pode deixar de fazer um ritual de limpeza espiritual. E não importa se você está começando ou finalizando a sua viagem, a limpeza espiritual é sempre bem vinda e algo que os balineses fazem todos os dias.

O ritual acontece no templo Pura Tirta Empul, dentro de uma grande piscina com diversas fontes de água, é preciso passar por todas – desde a primeira até a última – fazer uma oferenda, mergulhar a cabeça na água extremamente gelada, orar e agradecer.

limpeza espiritual

Purificação em Bali

O templo nasceu em torno de uma nascente de água descoberta em 962 A.C. A fonte foi considerada sagrada e um templo para limpeza espiritual foi construído ao redor com devoção ao deus Vishnu.

Leia o post completo aqui

Batu Caves

Batu Caves é um grande conjunto de templos hindus espalhados por cavernas ao redor de Kuala Lumpur na Malásia. Um pedaço da Índia no coração da Malásia, com deuses, estátuas, centenas de devotos subindo a escadaria e milhares de macacos correndo para todos os lados.

Uma experiência curiosa e caótica, que a gente só consegue ter nesse cantinho da Malásia.

Leia o post completo aqui

Batu Caves

Batu Caves


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.