Conheça a bela Puerto Vallarta e a Riviera Nayarit no México

Puerto Vallarta

Puerto Vallarta é um procurado destino de férias no México, é a porta de entrada para a Riviera Nayarit, uma das mais belas faixas litorâneas daquele canto do mundo e pouco conhecido dos brasileiros.

Puerto Vallarta e a Riviera Nayarit não tem a fama de Cancun, Playa del Carmen e da Riviera Maya, mas para quem procura praias mais tranquilas, sem multidões de turistas e com preços mais atraentes, Puerto Vallarta é uma boa opção.

Enquanto Cancun é banhado pelo Mar do Caribe, Vallarta fica do lado oposto, no Oceano Pacífico. Pertence ao estado de Jalisco e faz divisa com o estado vizinho, Nayarit, daí o nome da riviera. Por tanto, a cidade é o ponto de partida perfeito para explorar a região.

Playa de los Muertos

Vallarta foi fundada como uma cidade portuária, com arquitetura tipicamente espanhola, mas com a chegada dos turistas americanos e dos empreendimentos imobiliários e hoteleiros a cidade ganhou uma outra cara, infelizmente. Mas Vallarta ainda conserva uma parte da sua essência, ainda bem.

Malecón

Malecón

Essa Vallarta antiga é um dos lugares que merecem a visita, como um passeio pelo seu Malecón, o calçadão na beira mar cheio de lugares agradáveis e vistas bonitas. Ali ficam bons restaurantes e a filial mexicana do La Bodeguita del Medio, o famoso bar cubano. Recomendo muito os mojitos mais famosos do mundo, a mesma receita que encantava Ernest Hemingway em Havana.

Bodeguita del Medio

Pertinho do Malecón fica o Mirador Cerro de la Cruz, um mirante de onde temos uma vista incrível de toda a cidade e do estado vizinho, Nayarit. Para chegar até lá, entre na Calle Abasolo e siga até o fim dela. Chegando lá não tem nenhuma placa indicativa, apenas uma escadinha bem discreta com cara de lugar abandonado. Siga por ela até alcançar uma rua mais acima, vire à esquerda, depois à direita e suba direto. É assim mesmo, não tem placas indicativas.

Vista do Cerro de la Cruz

Depois você vai passar por uma mata, parece que a última coisa que tem ali é um ponto turístico, mas pode acreditar e seguir em frente. Logo adiante você verá a enorme escadaria e um funicular que leva as pessoas até lá em cima e que para a minha infelicidade, não estava funcionando naquele dia.

Você pode não acreditar, mas o caminho é esse mesmo

O caminho é bem estranho mesmo

O funicular que não estava funcionando

Dessa torre a gente tem uma vista bacana

Vista da torre

A subida foi puxada, mas valeu muito a pena. A vista lá de cima é linda e por ser um lugar difícil de chegar, estava vazio e tranquilo. Recomendo a visita.


E as praias de Puerto Vallarta e Riviera Nayarit


Mas vamos falar do que realmente interessa? As praias! Puerto Vallarta é dividida em três partes: Zona Hoteleira (que é onde ficam os grandes resorts), Cidade Antiga (que corresponde a região onde fica o Malecón) e Nuervo Vallarta ou Zona Romântica, a parte mais nova da cidade.

Se você vai se hospedar em um dos resorts, terá as “praias deles” para você aproveitar. No centro da cidade, onde fica Malecón não tem praia, só pedras. Atravessando o Rio Cuale você chega a Nuevo Vallarta, que é onde ficam as praias da cidade.

Playa de los Muertos e o “Cavalitto”, símbolo da cidade

A primeira praia é a Playa de los Muertos, que foi onde eu me hospedei e falo sobre isso mais abaixo. Lá fica também o Muelle de la Playa de los Muertos, uma plataforma que avança pelo mar e de onde a gente tem uma vista bonita da praia. É de lá também que saem os barcos de passeio pela região.

Pôr do sol na Playa de Los Muertos

No final da Playa de los Muertos tem uma pequena trilha que segue a beira mar e que esconde uma dezena de pequenas praias quase sempre desertas, vale muito suar a camisa na trilha para achar essas prainhas.

Depois de explorar Puerto Vallarta, é a hora de seguir para a Riviera Nayarit. O primeiro lugar que eu recomendo é Sayulita, uma das vilas mais charmosas da riviera. O lugar tem aquele clima preguiçoso, com ótimos lugares para comer e beber. A praia é uma das mais bonitas da região.

Sayulita

Sayulita

Uma das praias de Sayulita

Dá pra ir de Vallarta até Sayulita de ônibus, a distância é de 40km mas eu não recomendo pois o sistema de transporte público deles é super confuso e mal organizado. Vale a pena pagar um táxi ou melhor ainda, um Uber que funciona em Vallarta. A dica aqui é já negociar o retorno com o mesmo motorista e passar o dia todo curtindo as praias.

Punta de Mita

Punta de Mita é outro lugar lindo pertinho de Sayulita que vale a pena a visita. Tem praias lindas e bem mais vazias que o vilarejo vizinho e por conta da posição geográfica, você certamente verá muitas baleias e golfinhos.

Tanto de Punta de Mita, quanto de Vallarta, você pode fazer um passeio de barco pela Bahía de Banderas, outro recanto cheio de praias lindas e paisagens que habitam os nossos sonhos.

Outro passeio é até as Islas Marietas, um conjunto de ilhas em alto mar e com praias igualmente lindas, mas eu sinto muito em te dar uma péssima notícia. A praia mais famosa das Islas Marietas, a Playa Escondida, que fica dentro de uma caverna e um dos cartões postais do México está fechada para visitação.

Playa Escondida (imagem: Lonely Planet)

A medida foi necessária pois o turismo estava destruindo o lugar e deixando toneladas de lixo para trás. Eu vi algumas fotos antigas da praia e estava apinhada de gente, parecia a Maya Bay na Tailândia.

Algumas pessoas ainda se arriscam para chegar lá nadando, eu não sei o que aconteceria se o invasor fosse pego, fora o risco de nadar em mar aberto até lá, né? Ficamos com as imagens desse lugar lindo e que agora está preservado.

Em Puerto Vallarta existem outros passeios que eu não recomendo por serem a típica armadilha de turista, como o Ritmos de la noche, com uma encenação teatral com gente vestida de índio, sereias e alguns personagens estranhos, é meio bizarro.

Dá para se divertir em Puerto Vallarta gastando pouco, mas os passeios de barco são uma pequena fortuna cotada em Dólar. Um passeio de meio dia custa em média 65 dólares e de um dia inteiro passa dos 100 dólares por pessoa.

Eu recomendaria alugar um carro ou fechar com um motorista para te levar pelas praias da Riviera Nayarit sem pressa.


Onde se hospedar em Puerto Vallarta


Vai depender de quanto você quer gastar. Os resorts ficam na zona hoteleira, perto do aeroporto e um pouco longe do centro da cidade e de Nuevo Vallarta.

Veja aqui a minha lista de hotéis nessa região

Outro lugar procurado é no Malecón, ou Cidade Antiga. É a parte mais badalada, com muitos bares e baladas. Mas não tem praia.

Veja a minha lista de hotéis na Cidade Antiga

E por fim, tem Nuevo Vallarta ou Zona Romântica, que foi onde eu me hospedei e com uma vista sensacional da Playa de los Muertos. Assim, bastava descer do meu quarto para curtir a praia, quer comodidade maior? Eu fiquei hospedado no Hotel Tropicana, tinha um excelente custo-benefício, um bom café da manhã, bom atendimento, restaurante e uma piscina excelente. Mas quem precisa de piscina com o marzão logo ali? Só o wi-fi que deixava a desejar, mas nem fez falta pois eu estava usando o chip da EasySim4U (saiba mais aqui).

Veja aqui a minha lista completa de hotéis na Zona Romântica

A vista do quarto do hotel


Como chegar a Puerto Vallarta


Puerto Vallarta tem um ótimo e moderno aeroporto que recebe voos de várias cidades e países. Para quem vem do Brasil, o ideal é seguir até a Cidade do México em voos operados pela Latam Airlines e Aeroméxico e de lá seguir para Puerto Vallarta.

Leia aqui o meu review de como é voar com a Latam para o México

A melhor forma de ir do aeroporto até o seu hotel é de táxi, eu paguei 400 pesos (67 reais) em um trajeto de aproximadamente 13km, eu achei extremamente caro. Mas era a única opção já que o Uber não vai até o aeroporto. Para voltar pro aeroporto um táxi chamado pelo hotel me custou 180 pesos (30 reais). Os caras no aeroporto enfiam a faca mesmo. Vale checar com o seu hotel se eles podem providenciar um transfer e quando custaria a viagem.

Uma dica importante é que como o aeroporto fica na divisa de estados e Nayarit tem fuso diferente de Jalisco em alguns meses do ano, o horário do celular (no meu caso o iPhone) muda para o fuso do estado vizinho. Cuidado para não se confundir e perder o seu voo.


Planejando sua viagem


10 coisas que você precisa saber antes de visitar o México
Quanto custa viajar para o México
Como é passar pela imigração Mexicana
Dica de chip e internet no México


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar