Fado em Lisboa: onde escutar a tradicional música portuguesa

Fado em Lisboa

Na minha última passagem por Portugal, eu estava com duas amigas brasileiras que queriam muito apreciar o autêntico Fado em Lisboa, algo que eu recomendo muito para quem for a Portugal, mas leve uma caixinha de lenços pois a sofrência é grande.

Se você fizer uma busca na internet por casas de Fado em Lisboa, vai aparecer uma lista enorme de lugares para apreciar o Fado. Alguns eu já até conhecia, como o Clube de Fado, o mais famoso de todos, a Tasca do Chico, que é pequenina e em noites quentes o bacana é ficar na rua.

Alfama a noite: não, não é perigoso

Alfama a noite: não, não é perigoso

Mas todos esses lugares são bem turísticos, claro que você vai ter uma experiência legal, mas ainda não será aquela sensação de estar em um lugar onde só os moradores frequentam.

Claro, hoje em dia isso é bem complicado e difícil em cidades turísticas como Lisboa. Mas querendo apreciar o Fado, não existe lugar melhor que o bairro de Alfama.

Alfama é o bairro mais antigo e um dos mais típicos de Lisboa, seu nome vem do árabe Al-hamma que quer dizer algo como banhos ou fontes, e vem da época em que os mouros dominavam a península ibérica. E claro, o Fado que hoje é Património Oral e Imaterial da Humanidade pela UNESCO, surgiu com influência dos cânticos mouros.

Fado em Lisboa

Fado em Lisboa

Alfama fica nos pés do Castelo de São Jorge, é tomado por ruas estreitas, pequenos becos e vielas onde só dá para passar a pé. Lembra muito aos caminhos de uma medina (claro, influências árabes não faltam em Lisboa) e são nesses becos que ficam dezenas e talvez uma centena de pequenos bares, restaurantes com o bom e tradicional fado português.

Lembra que eu estava com duas amigas? Nós queríamos visitar o Clube de Fado, mas a gente acabou se perdendo pelas vielas de Alfama e foi a melhor coisa que aconteceu. Pois a cada curva, a cada pequena viela, a gente descobria lugares mais legais e com excelente música.

Paramos Largo de São Rafael, onde tinha um pequeno restaurante e uma cantora colocando toda a emoção na música, era o lugar. Ficamos ali comendo da boa comida portuguesa e tomando um excelente vinho. Pensa em uma noite perfeita? Acertou!

lisboa5

Canta pra mim, tia =)


lisboa4

A culpa é do bom (maravilhoso) vinho


lisboa2

Dona Henriqueta Baptista

Mais tarde, andando pelos becos passamos por um lugar chamado A Baiuca onde tinha mais fado e da melhor qualidade. Saímos dali é ainda tomamos uma garrafa de vinho em outra casa de fado na mesma região.

Por tanto, a dica para quem quer ir a um show de Fado é: esqueça os guias, vá para Alfama, se perca pelos becos e descubra as muitas casas de fado que o bairro tem a oferecer.



Confira o nosso post super detalhado explicando as melhores áreas para se hospedar em Lisboa e também lugares para serem evitados, clique aqui.

Eu acho que a melhor região para ficar em Lisboa é nas proximidades da Avenida Liberdade. Nessa região eu me hospedei no Hotel Dom Carlos Park e no Ever City Center. Ambos são ótimos e com bom café da manhã. Ficam pertinho do centro e com fácil acesso ao metrô e trem.

Não distante dali eu já fiquei também no Ibis Saldanha, pois Ibis não tem muito o que errar né? Falando nessa rede, eu também me hospedei duas vezes no Ibis Jose Malhoa. Tem metrô na porta e fácil acesso ao aeroporto.

E para finalizar, também já me hospedei no Hotel Miraparque, em frente ao Parque Eduardo VII, recomendo muito.

Veja também a minha lista com 10 hostels em Lisboa.


Como é passar pela imigração em Lisboa
Como usar o transporte público de Lisboa
Como usar os bondes de Lisboa
Dicas de Portugal para a sua primeira viagem
Quanto custa viajar para Portugal


O que fazer em Lisboa
O que fazer em Lisboa em uma conexão
Belém: como chegar e o que fazer
Bate volta de 1 dia até Sintra
Roteiro em Portugal: do Porto a Lisboa










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.

 


Compartilhe este post:
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.