Minhas dicas para ter mais conforto na classe econômica

subeconômica

Vamos combinar, ninguém aqui é rico o suficiente para viajar sempre de executiva ou primeira classe. Nós sempre ficamos de olho no Melhores Destinos em busca de promoções. A gente sabe que não é possível ter conforto de classe superior na econômica, mas existem algumas dicas que deixarão a sua viagem um pouco mais agradável. Quer saber como ter mais conforto na classe econômica?


Escolhendo a companhia aérea


A primeira dica é saber escolher a companhia aérea. A SkyTrax é uma empresa britânica de consultoria que anualmente elege as melhores empresas para viajar e eles tem um ranking para consulta. Sempre dê uma olhadinha para ver qual a colocação da linha aérea que você pretende viajar. Falando novamente no Melhores Destinos, eles também tem um ranking, este focado nas empresas que operam no Brasil. As vezes, a diferença de preço entre uma empresa muito ruim e outra bem melhor é pequeno, vale a pena investir um pouco mais em você.


Escolhendo o avião


Ao escolher a empresa, fique de olho na aeronave que vai ser usada na sua viagem. Você não precisa ser um conhecedor de aviões para escolher bem, veja qual é o modelo da aeronave e consulte no Seat Guru as informações de configuração da cabine, como a largura da poltrona e a distância entre as fileiras. Dá para saber também se a aeronave tem sistema de entretenimento de bordo, tomadas elétricas e portas USB. Por exemplo: nos vôos entre o Brasil e a Espanha, a Iberia usa os modelos Airbus A330 e A340. Alguns A340 não tem sistema de entretenimento, diferente de outros modelos mais novos.


Escolhendo a poltrona


Na hora de escolher a sua poltrona, volte no Seat Guru, ele te mostra melhores lugares na econômica, assim como os piores. Alguns assentos tem uma caixa metálica embaixo, que serve para acomodar uma pequena central do sistema de entretenimento e quem se sentar atrás delas, não vai conseguir esticar as pernas e você não quer ser o “premiado”, não é mesmo? Saiba também que perto dos banheiros ou das galleys (a cozinha) são as partes mais barulhentas da cabine.


Refeições personalizadas na classe econômica


Você sabia que a maioria das empresas oferecem gratuitamente opções de refeição para quem segue dieta com restrições alimentares? Sim, após comprar sua passagem, você pode entrar no painel de controle do site da empresa e pedir um tipo específico de comida. Esse pedido pode ser feito com até 48 horas de antecedência do vôo.


Dentro do avião


Já no avião, existem algumas dicas que deixarão a sua viagem mais agradável. Apesar do nome do blog ser “Vou na Janela”, em algumas viagens longas, principalmente as noturnas, eu sempre escolho a poltrona do corredor, para ter um pouco mais de mobilidade durante a viagem. Assim, posso ir ao banheiro ou me levantar para esticar as pernas sem incomodar ninguém.

O ar da cabine é muito seco, algumas aeronaves mais modernas já tem um sistema que mantém a umidade do ar mais agradável, a exemplo dos Boeings 787 da Lan, Ethiopian, Avianca Colombiana e United que voam para o Brasil. Mas como a maioria não tem essa funcionalidade, a dica é se hidratar muito durante o vôo.

Leve com você um lip balm (ou a boa e velha manteiga de cacau) e hidratante para as mãos e rosto. Eu também coloco nessa bolsinha tampões de ouvido e máscara de olhos para conseguir dormir.

Na cabine faz frio, eu sempre uso dois pares de meias pois meus pés parecem blocos de gelo. Em vôos de longa distância, as empresas oferecem péssimos travesseiros e cobertores mais ou menos. Leve sempre um casaco e se você realmente fizer questão e um daqueles travesseiros de pescoço que eu nunca gostei de usar. Prefiro pedir a comissária outro daqueles travesseiros descartáveis e me virar com eles.

Se você é daqueles que não consegue dormir a viagem toda, tente se levantar a cada duas horas em média. Vai ajudar na circulação e diminuir o inchaço das penas. Mas não faça barulho, tem gente dormindo. A Thomas Cook, linha aérea européia, divulgou recentemente um infográfico bem divertido sobre pequenas dicas de saúde e bem estar a bordo.

Em alguns vôos longos, as empresas servem lanchinhos entre as refeições, é o caso da KLM, Lufthansa e Swiss só para citar algumas. Outras nem água servem, é o caso da Iberia e da TAP e você vai sentir fome no intervalo de 6 ou 7 horas entre uma refeição e outra. Leve um chocolate, barrinha de cereal ou algo prático assim.

Use e abuse do sistema de entretenimento de bordo, vai ajudar a passar as horas e sempre tem bons lançamentos, é comum encontrar filmes que ainda estão em cartaz nos cinemas brasileiros. Leve sempre seu fone de ouvido, o que eles entregam são sempre os piores. Se você tiver um fone com noise-canceling , melhor ainda.

Seguindo essas dicas simples, você certamente terá uma viagem mais agradável e não odiará tanto assim a classe econômica. Viu, como ter mais conforto na classe econômica é possível?


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar