Eu preciso falar inglês para viajar para o exterior?

Eu preciso falar inglês para viajar para o exterior? Esta é uma das perguntas que eu mais recebo no blog. A maior preocupação das pessoas é justamente durante procedimentos de entrada e saída em cada país, incluindo a temida imigração.


Eu preciso falar inglês para viajar para o exterior?


A resposta é… DEPENDE! Você não precisa falar inglês ou outro idioma para viajar para o exterior. Existem alguns países de língua portuguesa que você pode visitar sem ter que falar outro idioma. Como Portugal, ou Cabo Verde, Moçambique e Angola na África.

Existem também muitos outros países em que dá para se virar só com o português, como o Chile, Argentina e Uruguai, só para falar de alguns.

Mas se você realmente quer expandir seus horizontes e viajar para qualquer lugar do mundo, SIM, você precisa falar inglês. Não precisa ser fluente, mas é importante compreender e ser compreendido.

Imagina que você está chegando em Londres e vai passar pela imigração britânica. O oficial de imigração fará algumas perguntinhas ou até mesmo uma entrevista mais prolongada para saber se você está apto a entrar ou não em território britânico. Como fazer se você não fala inglês?

Outro exemplo: você está chegando na Holanda e fará a entrevista na imigração de Amsterdã. Você não fala holandês, e tudo bem. Mas em situações assim inglês passa a ser a língua alternativa ou até mesmo o idioma principal em um procedimento de imigração.

E agora?

Como você vai entender as perguntas? E como responder? Não existe um script que possa ser decorado. Por essas e outras razões é que os procedimentos de imigração são um dos assuntos mais procurados no blog.

E no dia a dia?

Dá para se virar sem falar o inglês ou um idioma local. Em uma loja ou supermercado, mas quando você precisar interagir com um garçom? Com um taxista? Pedir uma informações? Conhecer pessoas?

Existem aplicativos para celular de tradução que quebram um galho, Mas não é legal contar com essas gambiarras para interagir com as pessoas.

No fim das contas, se você não fala o inglês ou outro idioma local, a sua experiência de viagem não será a mesma de uma pessoa que fala, mesmo sem fluência.

Hoje é muito fácil aprender e praticar outro idioma. Tem a internet aí cheia de vídeos com aulas, dicas, tutoriais e aplicativos para telefone celular. O que você não pode é ter preguiça e ficar dando desculpas.

Lembrando: você não precisa ser fluente, você não precisa saber escrever impecavelmente, mas você precisa compreender e ser compreendido.


Reserve uma hospedagem mais barata aqui


Aproveite as facilidades oferecidas pelo Booking.com e reserve sua hospedagem: hotel, hostel, guesthouse, bed & breakfast ou apartamentos. O Vou na Janela é parceiro do Booking e reservando um hotel por aqui, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso.



Booking.com


Resolva aqui a sua viagem


Reserve a sua hospedagem pelo Booking.com

Faça aqui o seu seguro viagem internacional

Compre aqui os ingressos para os seus passeios

Consultoria de viagens e roteiros personalizados

Ebooks e guias para download


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.