Como é passar pela temida imigração em Madri na Espanha

Imigração em Madri

Nos últimos anos as notícias de brasileiros sendo barrados na Espanha tomou conta dos noticiários e fez crescer o medo de quem precisa passar pela imigração em Madri. O Aeroporto de Barajas recebe diariamente quatro voos vindos de São Paulo (Latam Airlines, Iberia, Air Europe e Air China) além de voos do Rio de Janeiro e Salvador, por tanto, é um dos aeroportos mais procurados por brasileiros quando fazem conexão com algum outro destino europeu e até fora da Europa.

Eu passei pela imigração em Madri em um momento muito tenso. No fim do ano passado eu peguei uma promoção de milhas na Iberia e fui passar o ano novo na Espanha, menos de 2 meses depois da série de atentados em Paris que vitimou mais de uma centena de pessoas.

A empolgação pela viagem foi tão grande que eu só me dei conta de que iria enfrentar uma das imigrações mais difíceis do mundo (talvez a mais difícil, realmente) quando pisei naquele antigo Airbus A340 da Ibéria.


Passando pela imigração em Madri


Chegando em Madri, desembarcamos no Terminal 4S, já na porta da aeronave os oficiais ficam verificando se todos os passageiros estão com seus passaportes, eles não conferem nada, só se certificam que todo mundo esteja em posse do documento. Se você chegar em Madri pela Iberia ou Latam, seu desembarque será no Terminal 4S. Se seu voo for pela Air Europe ou Air China, o desembarque ocorre no Terminal 1.

A340 no gate to Terminal 4S

A340 no gate to Terminal 4S

Barajas, como é conhecido o Aeroporto Adolfo Suarez é enorme, como todos os principais aeroportos do mundo, é todo muito bem sinalizado mas ele não é tão prático como outros aeroportos e você vai entender daqui a pouco porque eu estou dizendo isso.

Seguimos por longos corredores até chegar a uma bifucação: De um lado seguem os passageiros que farão conexão para algum país fora do Espaço Schengen, exemplo Reino Unido ou Irlanda. Esses passageiros passarão novamente pelo raio-x e entrarão de volta na sala de embarque para seguir até seu destino final. Do outro lado seguem os passageiros que ficarão em Madri ou seguirão para algum outro país que faça parte do Espaço Schengen, por isso, terão que fazer a imigração em Madri.

Mapa do Aeroporto

Mapa do Aeroporto

Descemos uma escada rolante e passamos por dentro do free-shop até chegar aos balcões de imigração. De um lado ficam os balcões de controle de passaporte dos cidadãos europeus e do outro lado ficam os balcões que controlam os passaportes não-europeus e é lá que vamos.

Não precisa preencher nenhum formulário, basta seguir para o balcão com o passaporte e documentos que podem ser exigidos. Aqui no blog tem um post com uma lista de todos os documentos necessários (clique aqui).

Meu voo chegou de manhã e a imigração em Madri estava abarrotada de gente de todos os cantos do mundo. Algumas pessoas passavam bem rápido, outras demoravam um poucos mais e ainda tinham alguns que eram levados para a temida “salinha”, aquela onde o interrogatório é mais intenso. Os oficiais de imigração tem faro para detectar mentiras, se eles perceberem que alguém tem intenções de imigrar ilegalmente, essa pessoa será facilmente identificava.

Quando chegou a minha vez, o senhor que me atendeu me olhou por cima dos óculos, conferiu com a foto no passaporte, me perguntou qual seria meu destino final, motivo da viagem, quanto tempo e qual era a minha profissão. Carimbou o passaporte e pronto.

Não pediu para ver absolutamente nada, mas eu estava com a papelada toda na mão caso ele me pedisse alguma coisa.

Depois do balcão de imigração, a gente precisa pegar um trem interno para ir para o Terminal 4, onde ficam as esteiras de bagagem e alfândega. Lembra quando eu disse que Barajas não era muito prático?

Trem que liga o Terminal 4S ao Terminal 4

Trem que liga o Terminal 4S ao Terminal 4

O trem passa a cada 2 minutos e a viagem é rapidinha. Quando cheguei na esteira, as bagagens já estavam rodando e algumas estavam amontoadas num canto, no meio de passageiros de outros voos. Ninguém, nem da Iberia e nem da administração do aeroporto vigiam as malas, é muito fácil ser roubado ali. Eu viajei com a mala de bordo, não corri nenhum risco, mas uma dica é não colocar itens de valor na sua mala.

O próximo passo foi a alfândega e vistoria de bagagens. Normalmente a vistoria é feira por amostragem, escolhendo algumas a cada número de passageiros que passam por ali. Mas como a segurança estava bem intensificada naqueles dias, todo mundo passava pela vistoria de bagagens e eles abriram tudo.

Olharam dentro dos sapatos e abriram até os forros das malas. Por conta disso, o procedimento de desembarque em Barajas demorou duas horas desde a hora em que o avião estacionou no portão até a hora em que eu saí no saguão do terminal principal.

Como vocês viram, passar pela imigração em Madri não foi nenhum bicho papão, tendo todos os documentos em mãos e respondendo a verdade sempre, não existem motivos para ter medo.

Leia mais:
Dicas para passar pela imigração na Europa sem medo
Imigração em outros países, veja aqui


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram.


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

30 Comentários

  • Responder novembro 6, 2017

    Priscilla Monique

    Oi Fabrício, me chamo Priscilla e vou passar as férias em Portugal com meu esposo e meu filho de 8 anos em março do ano que vem, buscando os voos encontrei a opção de ir pela Air Europa com conexão em Madrid por um preço muito mais baixo do que o voo direto pela Tap, a princípio me animei bastante por achar a passagem cerca de 2 mil mais barata, mas então comecei a pesquisar sobre a imigração em Madrid e me assustei com tantos posts falando da rigidez deles, uma amiga que tem a mãe cidadã espanhola também me colocou bastante medo dizendo que barajas é uma loteria, minha animação passou a ser receio e agora medo da imigração, acabei não comprando as passagens e estou relutante em fazer porque agora estou me borrando de medo de ter nossa primeira viagem internacional barrada na imigração mesmo sem motivo, ter um sonho que batalhamos tanto para alcançar interrompido e perder o dinheiro. Será que a imigração em Madrid está ainda tão pesada? Será melhor gastar um pouco mais e comprar um voo direto?

    • mm
      Responder novembro 6, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Priscilla, tudo bem? Barajas é sempre pesado, mas eu nunca tive problemas, não chega a ser uma loteria, não é bem assim. Mas pessoas sem a documentação correta correm o risco de não entrar mesmo. Você vai com seu marido e filho, acho difícil barrarem.

  • Responder novembro 7, 2017

    Claudia Goes

    Oi Fabrício, tudo bem? Me chamo Cláudia e moro em Salvador, na Bahia. Parabéns e obrigada pelas informações valiosas das suas postagens. Eu sou uma viajante de primeira viagem à Europa, peguei as suas dicas e vou levar toda a documentação sugerida, inclusive, estarei de férias no período da viagem. Vamos em março de 2018, em família – Eu, Mãe, irmã e cunhado, iremos passar 24 dias, visitaremos Madri, Barcelona, faremos um cruzeiro pelo Mediterrâneo, Paris, Amsterdam e Bélgica. Entraremos por Madri, compramos as passagens pela Air Europa de Salvador – Madri (ida) e Amsterdam – Salvador, com conexão em Madri – volta. Fiquei com dúvida a respeito dos euros que iremos levar, segundo sua sugestão teria que ser em torno de 40 euros por dia. Temos que mostrar o dinheiro na imigração? E se levarmos mais do que isso, podemos mostrar também? Ou você sugere que levemos o total dos 40 euros por dia em um local de mais fácil acesso, para poder apresentar na imigração e o restante escondido para não mostrar.
    Desde já, agradeço sua atenção e apoio!
    Abraços,

    • mm
      Responder novembro 8, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Cláudia, bom dia! Eles podem pedir pra ver o dinheiro e cartões sim, isso aconteceu comigo. O limite máximo por pessoa é o equivalente a 10 mil reais por viagem, e nunca esconda nada dos caras. Abraços

      • Responder novembro 8, 2017

        Claudia Goes

        Oi Fabrício, ok! Obrigada!!! Abraços,

  • Responder dezembro 6, 2017

    Sarinha

    Oi Fabrício, comprei passagem Air China direto SP- MADRID, mas , pensei em comprar uma passagem até Dublin e ir encontrar uma amiga que mora lá para seguirmos viagem ( até então ela iria me encontrar em madrid; mas não vai mais conseguir ) se eu comprar uma passagem SEPARADA de outra cia aérea para Dublin , terei que passar na imigração em madrid ou vou direto para o terminal de voo a Dublin/ UK..
    Ou só se meu voo da origem (SP) tiver destino até Dublin? Como funciona ?

    • mm
      Responder dezembro 7, 2017

      Fabricio Moura

      Oi, tudo bem? Neste caso você vai ter que fazer a imigração em Madri, retirar as malas e despachar de novo. Chegando em Dublin, vai fazer a imigração de novo.

      • Responder dezembro 7, 2017

        Sarinha

        Entendi! E se eu alterar a passagem
        Como destino final Dublin ?!… aí faço imigração somente em Dublin ? Obrigada

        • mm
          Responder dezembro 8, 2017

          Fabricio Moura

          Sim, desde que todo o trecho esteja no mesmo código localizador.

      • Responder dezembro 8, 2017

        Sarinha

        Fabrício, uma última dúvida, prometo 😂
        Se eu comprar a passagem separada e não despachar a mala ainda sim teria que ser feita a imigração em madrid ? 🤔 abraço !

        • mm
          Responder dezembro 8, 2017

          Fabricio Moura

          Sim, ainda assim você teria que fazer a imigração.

  • Responder dezembro 11, 2017

    Isabella

    Fabrício, adorei o texto!
    Voce acha 4h05 de conexão em Barajas um tempo bom?
    Meu voo é SP – Madrid, mas de lá, ainda pegarei um voo low cost pela Ryanair. Acha que dá tempo?
    Obrigada,
    Abraços.

    • mm
      Responder dezembro 12, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Isabella, dá tempo sim. Abraços!

  • Responder dezembro 25, 2017

    Ivanildo Tobias

    Oi Fabricio, meu filho está indo fazer intercâmbio na Irlanda em fevereiro, comprou uma passagem pela Ibéria que sai de Recife – SP com conexão em Madri e destino final Irlanda. Ele vai precisar passar pela temida Imigração? e quais documentos precisa apresentar?
    Obrigado pelo apoio. Felicidades.

  • Responder janeiro 7, 2018

    Matheus Agustini

    Olá Fabricio. Parabéns pelo post!
    Estou indo para a Europa no próximo dia 29. A minha chegada é em Madrid, de lá tenho um voo comprado separadamente para o Porto, e do Porto eu vou me encontrar com uma amiga que mora lá e vamos para Londres e Bruxelas. Nós vamos passar um período em Londres e Bruxelas e depois voltaremos para a casa dela em Portugal.
    Não posso deixar de comentar que estou morrendo de medo da imigração em Madrid depois que comecei a ler quão difícil é entrar na Europa por lá.
    Eu já fiz o seguro exigido, tenho passagem de volta comprada para o Brasil, estou pensando em levar 600 euros em espécie para os 15 dias e mais extrato do cartão de crédito com limite de 2000 euros, minha amiga me fez uma carta convite e registrou em cartório lá em Portugal para o período em que vou ficar na casa dela e não tenho reserva em hotel, estou levando as reservas em hotel em Londres e Bruxelas, comprovantes de passeios comprados para esses lugares.
    É a minha primeira viagem para a Europa e estou indo sozinho. Acabei de terminar a faculdade e me formo em março quando voltar, logo não tenho emprego e não sou mais estudante.
    Você acha que tudo o que estou levando é suficiente para conseguir entrar sem preocupação ou ainda poderia levar mais alguma coisa para indicar que só vou passear e voltar para casa em seguida?

    • mm
      Responder janeiro 8, 2018

      Fabricio Moura

      Oi Matheus, tudo bem? Você está fazendo tudo certinho, se os caras te barrarem é por alguma implicância ou por você não estar trabalhando, mas normalmente eles perguntam qual é a sua profissão, não se você está trabalhando. Vai tranquilo que vai dar tudo certo.

      • Responder fevereiro 14, 2018

        Matheus Agustini

        Estou voltando para casa hoje e nessa viagem passei pela imigração diversas vezes, primeiro para entrar na Europa em Madrid, depois para irmos a Londres, depois para irmos a França, para Londres de novo e por fim para Lisboa, e com toda certeza a mais tranquila foi em Madrid. O oficial me perguntou meu destino final, eu respondi, depois se era turismo, eu respondi, e carimbou o passaporte. Sem problemas!

        • mm
          Responder fevereiro 14, 2018

          Fabricio Moura

          Sensacional! É como eu costumo dizer, cada pessoa é uma experiência.

  • Responder janeiro 14, 2018

    Caroline Eves

    Olá Fabrício! Agradeço pelo post, tirou várias dúvidas!
    Em maio de 2018 vou fazer uma viagem pela Europa de 19 dias, comprei a passagem pela Air Europe para Portugal com conexão em Madrid, vou ficar uns dias na casa da minha tia no Porto, ela irá me enviar a carta convite, depois vou ficar em Aachen na Alemanha, na casa de uma amiga, mas ela irá me buscar em Bruxelas, você acha que terá algum problema na imigração em Madrid? Minha passagem de volta é pela Air Europe também, mas saindo de Bruxelas, porque ficava mais fácil para a minha amiga me acompanhar. E não tenho nada pra comprovar estadia em Bruxelas, pois não vou ficar por lá. :}
    Agradeço!
    Abraços!

    • mm
      Responder janeiro 15, 2018

      Fabricio Moura

      Olha, problemas em Madri a gente sempre pode ter. Ontem mesmo um amigo estava me contando que pintaram com ele na imigração. O cara se recusou a falar em inglês com ele e SÓ falou espanhol com gírias pra ele não entender NADA. Um passageiro brasileiro que estava atrás do meu amigo disse depois pra ele que está acostumado a entrar por Madri e eles fazem isso de maldade mesmo. Bom, minha dica é falar sempre a verdade, levar o máximo de documentos que puder e dar respostas curtas.

  • Responder janeiro 25, 2018

    Diego Santosd

    Cara achei a matéria interessante demais.
    Então, tenho 19 anos e vou para Espanha e Portugal em agosto, sozinho. Levarei todos os documentos, faço faculdade somente (se perguntarem profissão respondo estudante mesmo, né?) vou sozinho, conexão em Lisboa, vou ficar 4 dias em Barcelona e 5 em Lisboa, você acha que eles vão implicar em algo, por eu estar sozinho?

    • mm
      Responder janeiro 26, 2018

      Fabricio Moura

      Oi Diego, obrigado pela mensagem. Leve um comprovante da sua matrícula na faculdade (isso comprova vínculo com o Brasil). Mas se a sua conexão é em Lisboa (voo de ida do Brasil a Lisboa), a sua imigração vai ser em Portugal, pelo que eu entendi.

      • Responder janeiro 27, 2018

        Diego Santosd

        Sim, a imigração será em Lisboa mesmo. Eles costumam barram muito neste meu perfil que descrevi?

        • mm
          Responder janeiro 28, 2018

          Fabricio Moura

          Geralmente não, eles barram pessoas que claramente querem imigrar ilegalmente. Como aquelas que não tem passagem de volta, não tem reservas de hotel. Uma pergunta que eles fazem é sobre roteiro, tipo, o que você vai ver em X cidade, etc.

  • Responder fevereiro 3, 2018

    Elisandra

    Oi Fabricio, comprei uma passagem para Madri pela Air China e vou seguir para Faro Portugal em abril comprei passagens separadas, o voo esta programado para chegar as 08:40 em Madri e tem um voo pela Tap com saída as 12:10 para Faro, você sabe me dizer se daria tempo de passar pela imigração, pegar a mala despachada e fazer o check in da TAP nesse período de três horas?

    • mm
      Responder fevereiro 3, 2018

      Fabricio Moura

      Oi Elisandra, dá tempo sim.

  • Responder fevereiro 16, 2018

    Anderson silva

    Boa tarde Fabricio,

    Estou indo pra madri passar 10 dias. e um bate e volta em paris , já está tudo pago, hospedagem, passagem, passaporte certinho, cartão de vacina, e vou levar 1000 euros só pra alimentação e passear .
    não uso cartão de credito.
    acha que eles podem exigir ?

    Desde já fico grato

    • mm
      Responder fevereiro 18, 2018

      Fabricio Moura

      Oi Anderson, tudo bem? Essa quantia é mais do que a média diária sugerida de 60 euros, vai tranquilo.

      • Responder fevereiro 20, 2018

        Anderson silva

        Muito Obrigado Fabricio

        Minha preocupação mesmo, era sobre carta de credito.

        Fico grato por sua atenção.

Deixe uma resposta