Como é voar no Airbus A380 da Emirates (classe econômica)

Antes de falar sobre como é voar no A380 da Emirates, quero abrir um parêntesis sobre o Aeroporto de Dubai. Eu cheguei na cidade vindo de São Paulo, inclusive já falei desse vôo aqui em outro review. O desembarque em Dubai foi feito na pista, num calor de 29 graus por volta das 23h.

Esperamos por uns 40 minutos até que os ônibus do aeroporto nos levassem até o Terminal 3, que é todo da Emirates. O terminal é gigantesco, como podemos imaginar e foi construído pensado nas operações dos Airbus A380 e na expansão global da Emirates.

Não tem como negar, o terminal é lindo, super funcional, tem um free-shop imenso, mas o wi-fi foi um problema. Não sei se foi uma ocasião, mas serve para mostrar para nós que problemas existem em todos os lugares, até em Dubai.


Conexão em Dubai


Após o desembarque, como eu ia fazer uma conexão, segui para o raio-x sem grandes complicações e depois para o piso principal do aeroporto, de onde partem os voos.  Do raio-x até o piso principal eu demorei uns 8 minutos, para você ver como o terminal é grande.

Aeroporto de Dubai

Aeroporto de Dubai


Embarque


Todos os portões do terminal da Emirates tem mini salas de embarque, quando anunciado os voos, os passageiros seguem para essa sala, quando o cartão de embarque que eu já tinha recebido no Brasil é conferido e lá ficamos aguardando. Dá para imaginar que, uma sala para acomodar até 500 pessoas é bem grande, porém, não tem banheiros ou nenhuma outra comodidade.

Três pontes para embarcar e desembarcar o gigante

Três pontes para embarcar e desembarcar o A380 da Emirates

Anunciado o embarque, primeiro para passageiros voando nas classes superiores e depois para os passageiros da econômica. Tanto em São Paulo, quanto em Dubai, notei muita confusão e desorganização por parte do pessoal de terra da Emirates.


Como é voar no A380 da Emirates


A aeronave

O Airbus A380 é a maior aeronave comercial em operação, é um monstro. No deck inferior desse modelo, fica a classe econômica e em cima, a primeira classe e a executiva, além de um bar e banheiros com chuveiro. Alguns A380 da Emirates tem duas classes (Business e Econômica), nesse modelo uma parte da classe econômica fica no deck superior e foi nele que eu fiz um dos meus vôos.

Olha que belo espaço

Olha que belo espaço

A primeira impressão que a gente tem quando entra no avião é muito boa. A cabine é realmente muito espaçosa, o layout da econômica é de 3-4-3 (embaixo) ou 2-4-2 (em cima) mas mesmo assim as poltronas são bem espaçosas e com um ótimo espaço entre elas. Na econômica do deck superior tem um ótimo porta objetos entre a poltrona e a janela, o que garante um espaço ainda maior pro passageiro.

Poltronas do deck superior

Poltronas do deck superior

Nas poltronas tinham cobertores, travesseiros e fones de ouvido, que são recolhidos no fim da viagem. Nesse voo não teve a necessaire com os amenities que foram distribuídos no voo entre São Paulo e Dubai. Talvez, por ser um trajeto mais curto e ser diurno, foi um voo de 6h de Dubai a Bangkok com continuação até Hong Kong.

Uma das escadas internas

Uma das escadas internas

A tripulação recebe os passageiros com muita cordialidade e simpatia, eles se orgulham em dizer que os comissários falam mais de 30 idiomas e mesmo no voo entre Dubai em Bangkok, tinham comissários que falavam português.

Entretenimento

Essa aeronave da Emirates é uma das muitas que tem wi-fi a bordo, o que eu achei sensacional, principalmente porque os primeiros 10MB são gratuitos, deu para conversar um monte por WhatsApp com meus amigos durante a viagem. Depois que a franquia acabou, bastava pagar 1 dólar por mais 500MB, o que deu para a viagem toda.

O Wi-Fi não é dos melhores, falha em alguns momentos, principalmente sobrevoando a Índia, mas não é maravilhoso você estar lá em cima, do outro lado do mundo e conectado na internet? Foi sensacional! Postei fotos do voo em tempo real e falando nisso, você já segue o meu Instagram?

Tela do ICE em monitor de 13 polegadas

Tela do ICE em monitor de 13 polegadas nos A380 da Emirates

Todas as aeronaves da frota da Emirates tem sistema de entretenimento de bordo, a tela dos A380 mais novos é de 13 polegadas, os mais antigos tem 9 polegadas, uma coisa linda e vem com o consagrado sistema ICE (Information, Comunication, Entertainment) da companhia.

Detalhe do controle remoto que também tem uma tela

Detalhe do controle remoto que também tem uma tela

Como eu disse no post anterior, o ICE tem uma quantidade absurda de títulos, muitos filmes que ainda estão nos cinemas brasileiros já figuram no catálogo deles. Centenas de programas de TV, rádio, telejornais, música, os tradicionais mapas de navegação e três câmeras, uma no nariz, outra na barriga do avião e mais legal, a que fica na cauda do avião, o estabilizador vertical.

Serviço de bordo

Logo após a decolagem no voo de ida, por volta das 3h da madrugada, serviram uns biscoitinhos com bebidas. Nas galleys ficaram algumas cestas com frutas, chocolates, sucos e outras coisas para beliscar.

O voo até Bangkok teria apenas o café da manhã, quem fosse seguir até Hong Kong teria o almoço. O café da manhã só foi servido faltando 1h30 antes do pouso na Tailândia. Confesso que pelo tempo de voo e em comparação com a viagem de São Paulo até Dubai, ficou devendo um pouco.

Café da manhã do voo Dubai x Bangkok

Café da manhã do voo Dubai x Bangkok

Como opções de café da manhã, tinha um omelete de queijo com vegetais e creme de espinafre ou macarrão com vegetais e tiras de frango (parecia uma Yakisoba), eu escolhi omelete e estava realmente muito bom. Outro ponto, como eu já havia comentado no post anterior, o serviço de bordo é muito lento, justamente por tantas opções, eles precisam de um carrinho só com a comida e outro só com as bebidas.

Almoço no voo Bangkok x Dubai

Almoço no voo Bangkok x Dubai

No voo de volta, Bangkok a Dubai, foi servido um ótimo almoço logo após a decolagem. Entre as opções tinha um frango grelhado com tomates e batatas ou um peixe grelhado com arroz e cogumelos. Como não gosto de arriscar na comida de avião, fui no tradicional frango.

O voo

A viagem foi muito tranquila, o A380 é realmente uma aeronave excepcional, com toda certeza, foi o avião mais silencioso que eu já viajei, mais que os 787 Dreamliner e mais que os novíssimos A350. Não se ouve nada de ruído externo. O avião parece que vence melhor as turbulências e tanto a decolagem, quanto o pouso foram suaves, quase não sentimos.

Os enormes motores do gigante

Os enormes motores do gigante

No voo entre Bangkok e Dubai eu aproveitei para trabalhar, escrever alguns post pro blog e editar as fotos da viagem, assistir um filme e dormir um pouco. O upper deck estava bem vazio, eu expliquei para a comissária chefe que eu tinha um blog de viagens e ela me apresentou o avião e pude usar o bar da Business.

Trabalhando com conforto

Trabalhando com conforto

Voar no A380 da Emirates foi uma ótima experiência, a gente entende porque a Emirates é esse gigante e que sim, eles merecem a fama que tem. Certamente o melhor voo da minha vida. 

*Imagem de capa: divulgação

Leia também:
Como é voar na Emirates de São Paulo a Dubai
Como é voar na Business da Emirates no Airbus A380


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

4 Comentários

  • Responder outubro 2, 2016

    Newson Fonseca

    Olá Fabrício, tudo bem?

    Antes de tudo, parabéns pelo seu trabalho. 12 out of 10 dude!
    Segundo, obrigado pelas informações.
    Medito a mais de 25 anos e queria fazer uma imersão na Thailandia. Alguma sugestão?
    Best,

    Newson

    • mm
      Responder outubro 9, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Newson, Chiang Mai ou Chiang Rai no norte da Tailândia, são lugares transformadores. Tenta ir até o Doi Inthanon National Park Mae, fica afastado de Chiang Mai e por conta disso é um lugar de muita paz. Todos os templos são abertos para meditação.

  • Responder dezembro 6, 2016

    Tássia

    Olá Fabricio, como vai? Parabéns pelo seu relato sobre a Emirates. Vou para Tailândia dia 13/12 por essa cia tbm e assim como vc fez conexão em Dubai, tbm farei. Gostaria de saber uma coisa… No trecho Bangcoc para Dubai vc saberia me dizer qual a melhor poltrona pra ter uma boa visão da cidade de Dubai? A vista deve ser muito bonita e gostaria de poder visualizá-la. Obrigada.

    • mm
      Responder dezembro 6, 2016

      Fabricio Moura

      oi Tássia, tudo bem? Depende um pouco da aeronave. Se for um Airbus A380, os melhores lugares são os últimos e na parte de baixo, pois a asa dele é tão grande que cobre a visão. Se for um Boeing 777, antes ou depois da asa. Normalmente eles decolam na pista 12L (mas podem mudar em razão dos ventos), sendo assim, o melhor lado para ver a cidade é sentando do lado esquerdo do avião. Abraços!

Deixe uma resposta