Como eu transformei 5 mil pontos em 30 mil milhas em 1 semana

milhas

Você, que acabou de ler o título acima pode estar achando que esse é um daqueles títulos milagrosos que muitos sites exibem por aí e que no fim não dizem absolutamente nada. De fato, transformar 5 mil pontos do cartão de crédito em 30 mil milhas, ainda mais em uma semana pode parecer fantasioso.

Mas eu quero explicar como eu fiz e mostrar para você que não precisa ser nenhum expert graduado e pós graduado na arte de usar milhas para conseguir esse feito. Basta ficar de olho nas oportunidades.

Se você ainda não começou a acumular milhas, está perdido e não sabe por onde começar, recomendo ler o post abaixo antes de prosseguir.

Como acumular milhas de forma inteligente e viajar de graça

Baixe agora o nosso ebook


Que cartão eu uso para acumular milhas?


Eu tenho um cartão de crédito do Santander, que para mim, é um dos melhores bancos para acumular pontos e um dos que mais fazem promoções realmente boas.

Escolher um cartão de crédito que tenha um bom programa de benefícios e que tenha uma boa conversão de gastos para pontos é fundamental.

O meu cartão é um Santander Elite Platinum que converte cada dólar gasto em 1.5 ponto via Santander Esfera, uma rede de benefícios com ofertas e opções para ganhar e usar os bônus. Além disso, os pontos tem validade de 3 anos.

O Santander Esfera tem parceria com Smiles, Multiplus, Tudo Azul, Avianca Amigo, Iberia Plus, Club Premier AeroMéxico e LANpass.

A anuidade dele é cara, mais de 400 reais, porém, eu nunca paguei a anuidade cheia. Sempre ligava para negociar e pagava o mínimo. Hoje, como uso bastante, eles nem cobram mais a anuidade.


O que eu fiz?


Agora que já expliquei o cartão de crédito que eu uso para acumular milhas, vou explicar como eu fiz.

No ano passado o Santander lançou uma promoção de pontos em dobro ou triplo, sempre que saem essas promoções eu vejo pelo site do Melhores Destinos, eles publicam essas notícias sempre em primeira mão.

Os clientes tinham uma meta de gastos no cartão e para quem atingisse essa meta, eles dobravam aqueles pontos. Também tinham uma segunda meta e quem a cumprisse, ganhava os pontos em triplo.

Eu pago todas as minhas contas no cartão de crédito, de olho nos valiosos pontos e tive a sorte de durante a campanha comprar algumas passagens aéreas, o que ajudou muito que eu atingisse a segunda meta de gastos.

Pois bem, em um mês eu consegui atingir a segunda meta que eram os 5 mil pontos e no fim da promoção, o Santander os transformou em 15 mil pontos.

Até aqui já foi um sucesso! Mas aí que veio a sorte maior.

Eu tenho acumulado as minhas milhas no Smiles, por conta das várias promoções que eles tem feito para quem transfere os pontos do cartão para o programa de milhagens e eles tinham, naquela semana, uma promoção de milhas em dobro para quem fosse assinante do Clube Smiles e transferisse os pontos do cartão para lá.

Eu já fiz um post aqui no blog há 2 anos sobre o Clube Smiles e eu acho que pagar a mensalidade e só usar essa fonte de milhas para viajar não vale a pena, mas se você usa o Clube Smiles como uma fonte a mais de acumular milhas, é super válido. (leia o post aqui).

Transferi meus pontos do cartão para o Smiles, o que é muito simples pelo site do Santander Esfera e em poucos dias, o Smiles converteu aqueles 15 mil pontos (que originalmente eram 5 mil) em 30 mil milhas.

Taí, não teve mágica! Eu fiquei de olho nas promoções e condições tanto do banco, quanto do programa de fidelidade e consegui transformar os 5 mil pontos em 30 mil milhas.

E tem mais!

Essa semana (março de 2017) o Santander finalizou mais uma promoção dessas e transformou 7 mil pontos acumulados em 21 mil pontos (leia aqui no Melhores Destinos) e no mesmo dia eu vi que o Smiles tinha uma promoção com bônus de até 60% para transferência (leia aqui).

Ou seja, aqueles 7 mil pontos viraram 21 mil que se transformaram em 31.500 milhas no Smiles.

Dessa forma eu consigo viajar mais e gastando pouco. Entender a mecânica do uso de milhas não é difícil, mas é preciso ficar atento as promoções. Também não adianta sair fazendo dívidas no cartão de crédito para acumular milhas e se enfiar em um buraco sem fim.


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar