Eu tive a minha mala extraviada: saiba o que fazer se isso acontecer

O que levar na mala de mão mala extraviada

Preciso dizer que um dos meus maiores pesadelos se tornou realidade: a minha mala foi extraviada. Eu cheguei hoje em Varsóvia e estou escrevendo esse post do quarto do hotel, para contar o que aconteceu e o que fazer se você tiver a mala extraviada.

Eu voei de Lisboa para Varsóvia na Polônia com a TAP Portugal em classe executiva. Por regra, quem voa em classes superiores as malas recebem uma etiqueta de “prioridade”, de modo que ela tem que ser a primeira a ser desembarcada. Na real, isso raramente acontece.

Depois de um voo excelente, eu estava lá na esteira esperando a minha mala, dando uma olhada no feed do meu Facebook e as pessoas iam recolhendo as suas malas e indo embora. Até que eu percebi que só restava eu e mais umas duas pessoas na esteira. Até que ela parou e no painel constou como “encerrado”.

Quem já passou por isso sabe bem como é, uma sensação horrível de perda e até mesmo de desamparo. No meu caso, eu estou indo morar em Bangkok e levo a minha nova vida na mala.

Respirei fundo e procurei o balcão da empresa aérea. Não tinha! Fui direto no Lost And Found e a fila estava gigantesca. Fiquei aproximadamente 1 hora na fila até ser atendido. A funcionária, muito gentil, colheu meus dados, preencheu alguns formulários e entrou em contato com Lisboa.

A TAP não sabia da mala, não constava no sistema deles, a mala havia desaparecido. A moça continuou o procedimento quando a TAP ligou de volta menos de um minuto depois: a minha mala ficou em Lisboa, por alguma razão que a TAP não soube ou não quis explicar.

Por sorte, existia um segundo voo para Varsóvia e a mala seria despachada nele. Pediram que eu aguardasse no aeroporto ou fosse ao hotel e retornasse mais tarde para resgatar a mala. Achei melhor esperar, o voo atrasou 2 horas e quando chegou em Varsóvia, o departamento de Lost and Found estava fechado. Fui pro hotel e pouco depois de ter feito o check-in, bateram na porta para entregar a mala.

De certa forma eu acho que ainda tive muita sorte de ter a mala restituída no mesmo dia, mas não quero passar por isso nunca mais.


O que fazer se você tiver a mala extraviada


  • Sempre tire uma foto a sua mala, ela ajuda muito no processo de identificação.
  • Embalar as malas com filme plástico ou usar capa protetora prejudica a localização das malas.
  • Escolha um seguro viagem que cubra extravio de mala, assim você consegue algum recurso antes de ter a mala restituída.
  • Guarde muito bem o cartão de embarque e o canhoto do despacho de bagagem, aquele papel que ninguém confere ou dá atenção. Se você perder o canhoto, a sua vida vai se complicar muito.
  • Procure o departamento de achados e perdidos (o lost and found) ou o balcão de bagagem extraviada se a companhia aérea tiver um. Não adianta xilicar, a culpa não é da pessoa que vai te atender.
  • Peça o comprovante do processo e guarde esse papel muito bem, se a sua mala nunca mais for achada (isso pode acontecer), vai ser com ele que você vai pedir a indenização a companhia aérea.

Algumas dicas


  • Não custa dizer, mas nunca deixe nada de valor na mala despachada. Nenhum eletrônico, jóias… nada disso.
  • Tenham sempre uma muda de roupas na mala de bordo ou mochila, é triste ficar sem roupa.
  • Nunca despache remédios, caso esteja fazendo algum tratamento.
  • Existem algumas tags de malas com GPS, assim você sempre saberá onde a sua mala está.

Reserve sua hospedagem belo Booking.com aqui




Booking.com


Resolva aqui a sua viagem


Reserve a sua hospedagem pelo Booking.com

Faça aqui o seu seguro viagem internacional

Compre aqui os ingressos para os seus passeios

Consultoria de viagens e roteiros personalizados

Ebooks e guias para download


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar