Quais equipamentos e câmeras eu uso para fazer fotos de viagem

fotos de viagem

Todo mundo que viaja quer registrar esses momentos, não é verdade? O telefone celular ou câmera fotográfica é um item obrigatório na mão de qualquer viajante, parece parte integral da pessoa. E por mais que você seja low-profile, é certo que em algum momento você vai fazer as suas fotos de viagem.

No meu caso, como o blog é a minha profissão, eu acabo levando um pouco mais de equipamentos para produzir conteúdo para o Vou na Janela. Muitas pessoas que seguem o meu perfil no Instagram, sempre me perguntam que equipamento eu uso e quais aplicativos eu uso para tratar essas fotos.

Por isso, resolvi abordar esse assunto em dois posts: no primeiro eu vou falar sobre os equipamentos que eu uso e em um segundo momento, vou explicar os aplicativos que eu mais uso para tratar as imagens.

Falando nisso, segue o Vou na Janela lá no Instagram para acompanhar as nossas viagens: @vounajanela.


Meus equipamentos para fazer fotos de viagem


iPhone 7plus

O iPhone 7 Plus mudou completamente a minha relação com fotos de viagem. Pois com ele eu consegui a qualidade que eu almejava e praticidade no uso. Quando eu comprei esse aparelho, eu não imaginava que a sua câmera fosse tão boa, prova disso é que oitenta por cento das minhas fotos de viagem são feitas somente com o iPhone.

Além disso, eu uso o aparelho para gravar vídeos para o blog, fazer stories e com isso ter um contato mais direto e prático com a audiência do Vou na Janela nas redes sociais.

iPhone 7Plus

Fujifilm FinePix S8200

Eu comprei essa câmera há alguns anos e por muito tempo ela foi a minha queridinha. Não é uma câmera profissional, é o que chamam de câmera bridge. O que me atraiu nela foram os recursos de câmera profissa em um produto semi-profissional, mais simples de usar e mais barato.

Fujifilm

O zoom de 40x dela é o maior argumento para eu continuar usando essa câmera em viagens. Com ele eu consigo fazer fotos ótimas e sem ter o conhecimento de um fotógrafo para isso.

Como ela tem muitos recursos manuais, eu apanhei um pouco antes de começar a usar direito, mas com o tempo ficou mais fácil. Ainda gosto bastante dela e por mais que a use pouco, vou continuar levando nas viagens.

Olha o tamanho do zoom

O zoom dela é maravilhoso

GoPro Hero 4

Eu também levo comigo uma câmera GoPro Hero 4 Silver, aquela que tem visor traseiro, para fazer vídeos ou algumas fotos. O problema da GoPro é que ela não tem muitos ajustes, e também precisa de muita luz para render boas fotos.

Na Ásia eu usei a GoPro bastante, especialmente em fotos e vídeos embaixo d’água. Mas eu não confio muito nela para fazer boas fotos, pois como eu disse acima, ela precisa de boa luminosidade para fotos de qualidade.

Equipamentos para a GoPro

Quem usa a GoPro sabe que com ela vem um catatau de equipamentos né? E com o tempo eles só foram aumentando. Primeiro eu levo o 3-Way, um bastão de GoPro com 3 posições e que inclui um mini-tripé escondido no punho. Eu também tenho um um bastão flutuador, esse amarelo aí da foto e que já me salvou de perder a minha câmera no mar. Além disso, as vezes eu tenho um outro bastão pra Gopro, o GoScope. Um bastão com vários ajustes e que consegue acoplar duas câmeras ao mesmo tempo. Adoro muito esse produto.

Na imagem abaixo tem um estabilizador de imagem da GoPro, mas como ele acabava ocupando muito espaço na mala e eu usava pouco, passei a deixar em casa. Mas para quem quer trabalhar com vídeo, é um ótimo produto para gerar imagens profissionais sem tremer.

Equipamentos para fotos de viagem

Tripé Vivitar

Eu também levo um tripé da Vivitar, modelo para viagem. Com ele eu consigo acoplar tanto a câmera, especialmente para fazer fotos noturnas, ou o iPhone para fazer selfies e gravar vídeos.

Ele alcança pouco mais de 1m de altura, eu tinha um outro que alcançava 1.50m e para mim tinha a altura ideal, mas ele era um trambolho que ocupava muito espaço na mala. O Vivitar é super compacto, bem resistente e cabe discretamente na mochila.

Mais coisas

Eu também levo o meu MacBook Pro, um HD externo para ir armazenando as imagens, uma bateria portátil para recarregar essa tralha toda, carregador de pilhas para a câmera, um daqueles cases a prova d’água pro iPhone, microfone de lapela para gravar na rua, cartões de memória extra e um leitor de cartão de memória da Apple. Além de cabos, cabos e mais cabos.

Bom pessoal, é essa tralha toda que eu levo quando vou viajar, não parece mas aí tem facilmente uns 25% do peso da minha mala. Isso porque a minha vida melhorou muito depois do iPhone, mas ainda assim, é muita coisa para levar


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar