Viajar por agência ou por conta própria?

bagagem de mão

Essa é uma das perguntas que eu sempre escuto: “Fabricio, o que é melhor, viajar por agência ou por conta própria?” A resposta: depende do seu perfil de viajante. Em ambos os casos existem pontos positivos e negativos.

Até uns 15 anos atrás o cenário era bem diferente de hoje, não tínhamos todos esses sites de busca de passagens aéreas e reserva de hotéis e a companhias aéreas ainda estavam engatinhando no e-commerce. Quando a gente precisava de alguma dica de viagem, tínhamos que recorrer a quem já tinha viajado ou a guias impressos e por muitas vezes, desatualizados. Não sabíamos se um determinado hotel era bom ou ruim e assim por diante. Era quase impossível viajar sem o apoio de uma agência de viagens.

Hoje é tudo muito rápido e direto, em segundos, conseguimos achar os melhores preços de passagens e descobrir se aquele hotel é tudo o que parece ser. Ficou fácil planejar e organizar uma viagem internacional.

Para quem vai sair do país pela primeira vez ou não domina o idioma estrangeiro, talvez usar os serviços de uma agência pode ser uma boa opção. Para quem não tem muito tempo, já que dá trabalho fazer isso, a agência também pode ser a melhor escolha.

Eu prefiro fazer tudo pro conta própria, é gostoso planejar as viagens, estudar cada roteiro, acompanhar os preços das passagens e com isso, eu sempre consigo preços melhores. Outra vantagem de fazer tudo sozinho, é poder optar por hospedagens mais baratas, como Airbnb e hostels.

Viajar por conta própria também te deixa livre para fazer seu roteiro, visitar os pontos turísticos que quiser e claro, mudar de ideia quando bem entender.

Mas pegar as malas e sair por aí exige bom planejamento e organização. Para te ajudar, eu fiz um post aqui o blog onde dou um passo a passo para organizar a sua primeira viagem internacional em 10 passos. Clique aqui


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar