Como é voar para Portugal com a TAP no Airbus A330

voar para Portugal com a TAP

Muitas pessoas me perguntaram como era voar para Portugal com a TAP, eu gosto do serviço da companhia portuguesa e já tive a oportunidade de voar com eles diversas vezes. Esse post fala sobre como é a viagem a bordo dos Airbus A330, mas também já escrevi um post sobre como é voar com os A340 que também cobrem essa rota.

Leia mais
Como é voar para Portugal nos Airbus A340 da TAP

A TAP Portugal é a companhia aérea de bandeira de Portugal e é hoje a empresa estrangeira que mais possui vôos ligando o Brasil ao exterior, com vôos diretos para Lisboa e Porto, saindo de São Paulo e direto para Lisboa saindo de Campinas, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Belém, Fortaleza e Natal. Portanto, é comum bem comum a TAP ser a primeira opção para quem mora fora do eixo Rio-São Paulo quando procuram vôos para a Europa.

A base da empresa fica no Aeroporto da Portela em Lisboa e funciona como hub para 84 destinos na Europa, África e América do Norte.

Meu vôo pela TAP foi no trecho São Paulo – Porto – Lisboa – São Paulo, em março deste ano.

O lindíssimo Terminal 3 (TPS3) do GRU Airport

O lindíssimo Terminal 3 (TPS3) do GRU Airport

Aqui em São Paulo, a TAP opera no novo Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Guarulhos. O Checkin pode ser feito pelo internet, terminais de autoatendimento ou da maneira tradicional, nos balcões. Eu fiz o procedimento pelo autoatendimento e ganhei de bônus algumas milhas a mais no programa de fidelidade, o TAP Victória.


Como é voar para Portugal com a TAP


A aeronave

A equipamento usado nesse vôo foi um Airbus A330-200, batizado de Bartolomeu Dias. Curiosamente, este mesmo avião foi entregue novo em 2002 para a TAM e em 2014 passou a fazer parte da frota da TAP. A boa notícia é que ele teve o interior completamente reformado e sistema de entretenimento de bordo atualizado.

O A330 da TAP no gate em GRU

voar para Portugal com a TAP: O A330 da TAP no gate em GRU

Os A330-200 da TAP vem na configuração de 2-4-2 na classe econômica e a minha primeira grande surpresa foi o excelente espaço entre as fileiras. Eu não sou alto, tenho 1.77 de altura e mesmo assim sofro em algumas poltronas de classe econômica. Não foi o caso da TAP, ponto para eles!

Na poltrona tinham cobertores, travesseiros e fones de ouvido descartáveis. A qualidade é sempre a mesma, ou seria a falta de qualidade: travesseiros sofríveis e cobertores mais ou menos. Os fones também eram bem ruins, por isso eu sempre prefiro usar os meus.

Bom espaço entre as poltronas e vôo bem vazio.

Bom espaço entre as poltronas e vôo bem vazio.

O embarque foi bem rápido, primeiro embarcando os passageiros com prioridade, classe executiva, os passageiros da última seção da classe econômica e por último os passageiros da parte do meio da aeronave.

A tripulação não é a mais simpática. Esqueçam a cordidalidade e sorrisos no rosto. A impressão que a gente tem é que eles estão cansados e meio impacientes, sempre. Mas nada que me faria odiar a TAP e colocá-la na minha lista negra de empresas aéreas. O speech é feito em português e inglês.

Em cerca de 30 minutos todos já estavam a bordo e 10 minutos após as portas terem sido fechadas, começamos o push-back. Decolamos pontualmente às 19:45, apenas 5 minutos após o previsto. Um ponto positivo, já que a TAP tem um ruim histórico de atrasos.


Wi-fi a bordo

A tela do serviço com os preços

A tela do serviço com os preços

Algumas aeronaves A330 da TAP estão equipadas com wi-fi abordo da OnAir WiFi. São as aeronaves mais novas (ou menos velhas) batizadas de Pedro Nunes, Vasco da Gama, João XXI, João Gonçalves Zarco e Fernão de Magalhães.

Esses aviões voam de Portugal para os Estados Unidos e Brasil, mas não dá pra prever se o avião que vai operar determinada rota terá o serviço de wi-fi.

Mas olha, não vai animando muito pois o preço é salgado e a velocidade é bem ruim. O pacote mais básico custa 4,99 dólares por apenas 4MB de internet e isso não dá apenas para uma troca rápida de mensagem no Whatsapp, o pacote premium de 50MB de dados custa um pequeno absurdo, 45 dólares.

Usar a internet a bordo dos aviões da TAP só em caso de extrema emergência, para se comunicar por mensagem de texto com alguém, caso contrário, não vale o investimento.


Serviço de bordo

Aproximadamente 1 hora após a decolagem o jantar começou a ser servido. Entre as opções, o de praxe: frango ou massa. Eu optei pelo frango e vieram dois filés de frango grelhados com vargens e batatas. O frango não estava muito bonito, mas estava bem saboroso. Como acompanhamento tinha salada, dois pães, biscoitos, manteiga, cream-chease e um bolinho de chocolate de sobremesa. Para beber tinha água, sucos, refigerantes, cerveja e vinho. Os talheres eram de metal, um ponto positivo para a TAP.

Jantar

voar para Portugal com a TAP: Jantar

Após o jantar as comissárias passaram servindo café ou chá. Aquele café sem graça que ninguém aguenta tomar e um chá intragável, mas nem espero mais que isso.

Depois de recolhido o lixo, as luzes foram apagadas e as comissárias passaram mandando fechar as janelas. Foi a deixa para explorar o sistema de entretenimento e bordo da TAP.

Achei razoável, eram poucas opções de filmes. Algumas séries, programas da televisão portuguesa, documentários e programates com os destinos deles, além de mapa e duas câmeras, uma na barriga do avião e outra no nariz. Mas como o vôo era noturno, não dava para ver muita coisa. As telas tinham ótima resolução de imagem e eram touch-screen com porta USB. Se eu fosse classificar o sistema de entretenimento da TAP, de 0 a 10, a nota seria 6.

Uma coisa que eu achei bem legal na TAP foi que nos banheiros eles deixam pacotinhos com lenços refrescantes, hidratante e escovas de dentes descartáveis com creme dental. São pouca as empresas que oferecem esses cuidados na classe econômica, mas notei que não eram em todos os voos que esses itens estavam disponíveis.

Escova e creme dental + lencinhos umedecidos nos banheiros

Escova e creme dental + lencinhos umedecidos nos banheiros

Durante a madrugada o serviço de bordo é completamente interrompido. Parte da tripulação se recolhe para descanso e dois comissários ficam de plantão no fundo da aeronave. Nada é servido entre o jantar e o café da manhã e estamos falando de um intervalo de 7 horas entre as duas refeições. Dica importante: se você vai voar na TAP, leve pelo menos uma barra de chocolate na bolsa.

O café da manhã foi servido faltando 1h30m para o pouso no Porto e tinha um pão recheado com presunto, torta de tomate seco, muffin de chocolate, fatias de abacaxi, pastel de nata e um chocolate, além de manteiga e geléia. Para beber as opções eram café, chá, suco ou água.

Café da manhã

voar para Portugal com a TAP: Café da manhã

Após o café da manhã, iniciamos a descida até o Aeroporto Sá Carneiro no Porto, norte de Portugal. A chegada foi extremamente tranquila, assim como todo o vôo. O aeroporto deles é relativamente pequeno quando comparado ao de Lisboa, mas é moderno e funcional.

A surpresa foi a imigração e aduana que foram muito rígidos e criteriosos, eu falei sobre isso em um post aqui no blog:

Imigração portuguesa: Como é passar pela imigração no Porto

Resumindo: Eu gostei de voar para Portugal com a TAP, inclusive pretendo voar novamente com eles em breve. O serviço não é tão bom como de outras empresas européias que voam para o Brasil, mas não deixa a desejar e eles sempre tem preços bem atraentes. Para o turista brasileiro, o ponto principal para escolher a TAP é a grande variedade de destinos em todo o Brasil, vôos diretos e o idioma, para quem não domina o inglês.

Leia também:
Como é voar para Portugal nos Airbus A340 da TAP
Como é voar dentro da Europa com a TAP


Guia de Lisboa para download


Aproveite para baixar a versão em PDF do Guia de Lisboa, para ler no tablet, celular ou computador quando quiser.

O guia para download

O guia para download


Procurando hospedagem em Lisboa?


Olha a nossa lista de sugestões no Booking.com:



Booking.com

Reservando um hotel pelo Booking, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso. Veja a lista completa de hotéis aqui:  Clique aqui


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram.





Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

8 Comentários

  • Responder outubro 21, 2015

    Ádiler Caroline

    Viajei de TAP recentemente e achei bem fraco!!!! Pouquíssimo espaço entre os bancos, o mal humor dos comissários, o banheiro sujo, a tvzinha sem graça e sem opção (na Avianca sempre escolho o que quero assistir, dar pausa, voltar. Na TAP é tipo em casa, se ligar e já estiver passando vc perde o que já foi, fora a péssima imagem).
    Achei a aeronave bem velha, descuidada. Bancos que não reclinavam. Enfim, não foi uma experiencia legal, espero que em uma próxima eu pegue uma aeronave mais moderna.

  • Responder outubro 25, 2015

    Joseph

    Fabrício,
    Ótima trip report! Adorei! Voo com a TAP entre Recife-Lisboa e conexões desde os 5 anos de idade; já passei por várias fazes da cia, acho, contudo, que estamos em uma ótima fase! A imigração em Lisboa é de lua! Hahahaha
    Nunca, nunca mesmo, fui questionado além de ”para onde vai?” e ”quantos dias pretende ficar?”! Tenho amigos, que assim como você, no o Porto, foram questionados nos mínimos detalhes. Tenso!
    Abração

    • mm
      Responder outubro 25, 2015

      Fabricio Moura

      Oi Joseph, tudo bem?

      Eu voei semana passada de SP x Lisboa x Berlim (onde estou agora), outro vôo muito bom, boa comida, aeronave confortável e tripulação atenciosa e na imigração em Lisboa não me perguntaram ABSOLUTAMENTE nada. Acho que vai muito do momento mesmo.

      Abração!

  • Responder novembro 20, 2016

    Barbara

    Voei de TAP há uma semana atrás e já tinha voado mais duas vezes com eles. PÉSSIMO. Achei que fosse azar meu, mas todos as três vezes que voei com a companhia, foi uma pior que a outra. Todos os voos que fiz estavam atrasados, os comissários não tem o menor intuito de te ajudar ou esclarecer nada, sempre muito grossos. A comida é péssima, já voei TAM, AIR FRANCE, IBERIA, e de longe foi a pior companhia, sem contar os aviões velhos e com equipamentos de entreterimento ultrapassados….10h no avião de puro tédio, fome e sem espaço nenhum…. Não recomendo ninguém a voar TAP.

  • Responder dezembro 15, 2016

    Angela

    Ja voei varias vezes com a TAP. O serviço de bordo tem sim durante a madrugada, só levantar e pedir a eles na cozinha! Se precisa de leite quente para uma mamadeira, um remédio para enjoo ou dor de cabeça, eles sempre estão disponíveis.
    Teve uma vez que passei mal durante o voo de Roma a Sao Paulo, eles queriam me levar ao medico da companhia, ja estava decidido com a chefe da tripulaçao. Mas na aterragem ja me sentia melhor e decidi ir direto ao hotel.
    Nao tenho do que me lamentar.

  • Responder janeiro 8, 2017

    Carvalho

    Se querem um conselho “NÃO FAÇA VOOS PELA TAP” maiores burlões da aviação principalmente quando toca a bagagem, chulos queriam 75€ por 3 kilos de bagagem que a mesma já vinha direcionada do Brasil e porque entrou na Europa as regras mudaram a favor deles.entre muito problemas que já começaram na busca do bilhete que apenas tinha 2 escalas e eles na última da hora anexaram mais uma,ao atendimento péssimo, aos aviões, etc etc etc…faço é obviamente irei fazer publicidade negativa contra os que ficam ricos as custas dos pobres!!! CHULOS!!!

  • Responder abril 18, 2017

    Clara

    Acho que a TAP desrespeita o cliente.
    Viajei ontém, 2ª-feira 17 Abril 2017, de Lisboa (Portugal) para Genebra (Suíça):

    1) A gestão das expectativas do cliente e 2) a resolução dos problemas deixou a desejar.
    Ponto 1: Naturalmente, não deviam oferecer serviços, nem cobrar por serviços, que não cumprem e desrespeitam a seguir.
    Foi o caso da reserva de lugares por 10€. Eu e o meu marido desejávamos viajar juntos. Como no momento de fazer check-in online não haviam dois assentos gratuitos nessas condições, pagámos o exigido: assim, esperávamos naturalmente ficar sentados lado a lado, após o meu marido ter pago, aparentemente com sucesso, 10€ para a reserva do seu lugar junto ao meu, aquando do check-in online.
    E o bilhete obtido, por email no dia do checkin, e fisicamente quando fui deixar a minha mala de porão à chegada ao aeroporto, correspondia à reserva feita online, como pertence.
    No entanto, no momento do embarque, fizeram um “upgrade” do bilhete do meu marido, outrora de classe económica, para a classe executiva. No entanto, tal significava que viajaríamos separados, o que estava contra os nossos desejos, e a compra dos nossos bilhetes. E foi feito assim mesmo, sem mais explicação.
    Ponto 2: Problema: Era uma oferta irrecusável! Fiz o reparo ao senhor que nos trocava o bilhete do meu marido: “Repare, não acho que este modo de operar esteja correcto: nós comprámos os bilhetes classe económica e juntos, está-me a dizer que agora apesar de termos pago 10 € o nosso lugar foi vendido a outra pessoa?”. “Lamento minha senhora, este não é o lugar para reclamar, se quiser reclamar fica em terra, que o voo está atrasado”. Ao que eu respondi: “Não ficarei em terra, mas terei de pedir satisfações. Quanto mais não seja por me atribuirem um bilhete que nós não comprámos, mas, já agora, também por o voo estar atrasado de 1hora.”
    Uma vez que não nos resolveram o problema, tivemos que tentar fazê-lo nós. Chegados ao avião, ainda tentámos a nossa “sorte” com as senhoras que nos embarcavam, e que tinham um PIN da tab espetado na camisa: “Ai minha senhora, não somos da TAP, trabalhamos para o aeroporto”. Depois, tentámos com as hospedeiras, e ficámos a saber que estão em “overbooking”. Claro que achei uma incompetência venderem bilhetes além da capacidade. E quando questionei as pessoas sentadas no lugar do meu marido, mais incompetente achei a TAP, pois fiquei a saber que essas pessoas nem tinham pago os 10€ para a reserva daquele lugar. As hospedeiras informaram-me ainda que antes de voarmos tínhamos era que nos sentar, e se quiséssemos chamá-las-íamos depois de levantar voo.
    Foi então o meu marido para o seu lugar e eu para o meu. Mas… este meu lugar estava ocupado por outra pessoa! “Euh… bom dia senhor, o meu bilhete corresponde ao lugar em que está…”. E o senhor agitou-se: “Eu saio mas… Sentaram-me aqui!”. Deixei-o estar, e acabei sentada noutro lugar qualquer que me apontou outro hospedeiro, que estava vazio.
    A maneira de solucionar isto foi pedir ao senhor ao meu lado, com quem falei, que trocasse de lugar com o meu marido. Foi simpático, ia sozinho e aceitou trocar para executiva.

    Faço então reparar, numa nota conclusiva, que foi vendido um serviço que não foi comprido (má gestão de expectativas do cliente), e que a resolução do problema foi resolvida por mim e não pelos empregados da TAP (falta de resolução do problema). Pelo meio, tive que fazer perder tempo a vários empregados, e incomodar vários passageiros.

    • mm
      Responder abril 18, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Clara, como vai? Realmente um erro grosseiro da empresa e pior a falta de proatividade dos tripulantes em resolver. Lamento que vocês tenham passado por isso e fica de alerta para quem pensar em comprar um lugar, sem garantia nenhuma.

Deixe uma resposta