Como funciona o câmbio na Argentina: qual moeda levar?

Câmbio na Argentina

Quanto custa viajar para a Argentina? Vale a pena visitar a Argentina em 2022? Estas são apenas algumas perguntas que a maioria das pessoas fazem quando estão planejando uma viagem para a Argentina. Entretanto, para responder estas e outras perguntas, a gente primeiramente precisa entender como funciona o câmbio na Argentina.

***

Desde a reabertura da Argentina, muita gente tem procurado o país vizinho. Um reflexo disso é a grande quantidade de voos ligando o Brasil à Argentina, especialmente Buenos Aires que é a principal porta de entrada do país.

E por conta da enorme desvalorização da moeda oficial do país, o Peso Argentino, temos a impressão de que está barato viajar para a Argentina. Ao longo deste post você vai entender se realmente está mais barato ou não e como fazer o seu dinheiro render mais na Argentina.

Leia mais:
O que fazer em Buenos Aires em 3 dias
Onde se hospedar em Buenos Aires

Câmbio na Argentina
Peso Argentino

Como funciona o câmbio na Argentina


Antes de mais nada, a inflação na Argentina chegou aos 60,7% em 12 meses, é a maior inflação em 30 anos. E o que isso significa? Que o Peso Argentino está sofrendo uma desvalorização recorde, mas que por outro lado os preços na Argentina estão subindo cada vez mais.

Só para ilustrar melhor, hoje uma nota de mil pesos vale pouco mais de 8 dólares. Há 10 anos, a nota de mil pesos valia 200 dólares.

A situação é tão complicada e por sua vez complexa, que o câmbio paralelo – que por décadas foi algo super escondido – está de certa forma, “oficializado” na Argentina.

Assim sendo, existe hoje na Argentina, dois câmbios e cada um com as suas particularidades. Duas realidades paralelas para o visitante.


Câmbio Oficial da Argentina

Como o nome diz, é a cotação oficial do país. É o câmbio que você paga ao usar o cartão de crédito, débito ou pré-pago. Quando você troca o seu dinheiro nas casas de câmbio dos aeroportos ou nos bancos argentinos. É o câmbio que aparece no Google, nos sites de reserva de hotéis, nas compras de passagens ou em todos os aplicativos que fazem conversão de moedas.

E o câmbio, tanto oficial, quanto o paralelo oscilam todos os dias. Eu estive em Buenos Aires no comecinho deste mês (junho de 2022) e na ocasião, 1 Real estava valendo 24 pesos no câmbio oficial.


Câmbio paralelo na Argentina

O câmbio paralelo na Argentina é conhecido como câmbio “blue”. E ele vale praticamente o dobro do câmbio oficial. Quando eu estive em Buenos Aires, 1 Real valia 48 pesos no câmbio blue. 


Como trocar dinheiro no câmbio blue na Argentina?

Existem duas maneiras, uma delas é trocar o seu dinheiro nas Cuevas, as casas de câmbio que antes eram clandestinas e que agora estão meio que oficializadas em Buenos Aires. A maioria das Cuevas fica na Calle Florida no centro da cidade.

As Cuevas são casas de câmbio e remessa de valores para o exterior. Nas fachadas você verá várias cotações oficiais, mas ao trocar o dinheiro, é só pedir pelo câmbio blue.

O lado negativo de trocar o seu dinheiro nas Cuevas é que sempre existe a chance de golpes. No montante podem vir notas falsas e você nem irá perceber. Outro golpe bem conhecido que é aplicado com regularidade é o da nota de dólar falso. Você entrega uma nota de 100 dólares, eles trocam por uma falsa sem você perceber e dizem que não podem fazer a troca pois a sua nota é falsa.

Dica de ouro:

A outra maneira, e a mais segura, é usando os serviços da Western Union. Primeiramente, este post não é patrocinado pela empresa, mas é uma dica muito útil que eu preciso passar. A Western Union é uma empresa de envio de valores para o exterior e na Argentina eles fazem a cotação usando o câmbio blue.

Você precisa baixar o app da Western Union, fazer um cadastro e enviar dinheiro para você mesmo através do seu banco. Pode enviar em Reais mesmo, não precisa ser em Dólar.

Depois é só ir até uma das agências da Western Union ou em lojas conveniadas em Buenos Aires e fazer o saque.

Câmbio na Argentina
Olha quanto a WU está pagando hoje no Peso Argentino

O lado problemático de usar os serviços da Western Union é que por conta da desvalorização da moeda argentina e da inflação, se você precisar trocar um valor que seja acima de mil reais, talvez a loja não tenha aquele montante. A minha dica é ir direto nas lojas oficiais da Western Union, sobretudo se você for sacar mais de 1.000 reais.

Leve uma mochila para carregar o dinheiro, pois eles vão te entregar alguns quilos de papel e eu não estou exagerando.


Qual moeda levar para a Argentina?


Nunca faça câmbio de Pesos Argentinos no Brasil pois a cotação paga aqui é pior que o câmbio oficial lá na Argentina. Leve dólares que é a moeda que tem melhor valor de troca na Argentina.

Muitos estabelecimentos aceitam dólares e até mesmo Reais, mas é preciso ver se vale a pena, pois neste caso, cada estabelecimento faz a sua própria cotação. 


E quanto custa viajar para a Argentina


Os preços na Argentina não estão baratos, pois com a inflação nas alturas, os preços lá sobem diariamente. Se você fizer uma viagem trocando o seu dinheiro pelo câmbio oficial, será uma viagem cara. Por outro lado, trocando o seu dinheiro pelo câmbio blue, a sua viagem vai custar a metade do preço.

***










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.

mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, sou designer gráfico que cansou da vida no escritório e decidiu abraçar o mundo. Nestas andanças já foram 65 países e a sede por novas descobertas é cada vez maior. Venham descobrir o mundo comigo!

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.