Dicas de Lisboa: 6 coisas para fazer na capital portuguesa

Dicas de Lisboa

Um dos destinos favoritos dos brasileiros no exterior, a capital portuguesa reúne história, cultura, gastronomia e diversão para todos os gostos. Neste post com dicas de Lisboa, eu reúno 6 lugares que não podem ficar de fora do seu roteiro pela cidade.

***

Subindo as ladeiras de Alfama a pé ou a bordo dos tradicionais eléctricos, admirar a vista das muralhas do Castelo de São Jorge com o Rio Tejo. Ah! O belo Tejo, que emoldura a metrópole, que mesmo com todo o corre-corre, não deixa de ser intimista e acolhedora.

Talvez chorar de saudade ouvindo um fado, mergulhar em uma boa taça de vinho, se deliciar com os melhores pratos de bacalhau e arrematar com um Pastel de Belém.

Isso é apenas uma síntese do que Lisboa tem a oferecer. Uma cidade plural, que acolhe gente de todos os cantos do mundo, que nos aproxima dos nossos pais portugueses e nossos irmãos africanos. Uma cidade que tem o poder de unir pessoas e abraçar a todos que lá desembarcam.


Dicas de Lisboa


Belém

Belém é um dos bairros mais charmosos e importantes de Lisboa, berço do tradicional Pastel de Belém e com raízes diretamente ligadas à história do Brasil.

Raízes que estão em diversos lugares, como no Padrão dos Descobrimentos, um monumento colossal que marca o ponto de onde saíam as caravelas dos descobridores. De onde saíram Santa Maria, Pinta e Niña, as três caravelas lideradas por Pedro Álvares Cabral no dia 9 de março de 1500, o que culminou na descoberta do Brasil.

Do alto do monumento temos uma vista impressionante do bairro, de um lado a charmosa Torre de Belém e do outro o impressionante Mosteiro dos Jerônimos.

Dicas de Lisboa
Mosteiro dos Jerónimos

O Mosteiro começou a ser construído em 1496 para celebrar as descobertas de Vasco da Gama. Cada coluna, cada arco e até os mínimos ornamentos foram ricamente esculpidos a mão. Todos os adornos são únicos e nada é igual, uma verdadeira obra de arte.

Traços arquitetônicos que se reproduzem na Torre de Belém, construída entre 1514 e 1519 para proteger a entrada do Rio Tejo de forças inimigas, é um dos símbolos de Lisboa.

Dicas de Lisboa
Dicas de Lisboa: Torre de Belém

Inclua em seu roteiro o Centro Cultural Belém, o Museu Nacional de Arqueologia e o Museu Nacional dos Coches, que tem um dos maiores acervos de carruagens do mundo.

Falando em museus, o novíssimo MAAT – Museu de Arte, Arquitetura fica em Belém. O museu tem uma vista super bacana do seu terraço e vem colocando Lisboa no circuito de grandes museus de arte moderna.

Dicas de Lisboa
MAAT

E claro, para encerrar seu dia em Belém, eu não poderia deixar de fora desse post com dicas de Lisboa uma passadinha na Casa dos Pastéis de Belém. A Pastelaria de Belém existe no mesmo lugar desde 1837. Somente 3 pessoas no mundo sabem a receita do tradicional doce, e todas elas trabalham na pastelaria. E como dizem em Lisboa: Pastel de Belém, só em Belém! O resto é pastel de nata, ó pá!

Veja como chegar em Belém


Castelo de São Jorge


Mergulhe nas ruelas e becos do tradicional bairro de Alfama, siga ladeira acima, pois todos os caminhos levam ao Castelo de São Jorge. Há mais de oitocentos anos o castelo faz parte da paisagem de Lisboa. Um maciço que já viu guerras, invasões, transformações, sobreviveu ao grande terremoto de 1755 que destruiu a cidade e segue como um dos símbolos de Portugal.

O Castelo de São Jorge domina toda parte alta de Alfama, possui mirantes emoldurados pelas sólidas muralhas de pedra e de onde temos as melhores vistas de Lisboa.

No centro do castelo, um grupo de atores encenam uma batalha medieval, todos vestidos a caráter, claro. O passeio pelas muralhas é o ponto alto da visita e em cada canto uma vista mais legal. Caminhos de pedra que já foram alvos de ataques muçulmanos, que devastaram Lisboa entre 1179 e 1183, muito antes da aventura portuguesa pelos sete mares.

Dicas de Lisboa
Castelo de São Jorge

Alfama

Um dos bairros mais antigos e charmosos de Lisboa, seu nome vem do árabe Al-hamma, que quer dizer algo como “banhos” ou “fontes”, e tem origem na época em que os mouros dominavam a península ibérica.

Alfama fica nos pés do Castelo de São Jorge, é tomada por ruas estreitas, pequenos becos e vielas onde só é possível passar a pé. A sensação é de que estamos em uma Medina, influências árabes não faltam em Lisboa. E são nesses becos que ficam de pequenos bares e restaurantes com o bom e tradicional fado português.

Alfama é um dos recantos mais vibrantes de Lisboa, tão apaixonante que foi o bairro que a cantora Madonna escolheu para morar na capital portuguesa. Seja durante o dia ou a noite, Alfama é sempre um lugar para visitar e se encantar.

Fado em Lisboa Dicas de Lisboa
Alfama

Praça do Comércio

Basta atravessar o imponente Arco da Rua Augusta para chegar a Praça do Comércio, um dos lugares que eu sempre visito quando estou em Lisboa. O pôr do sol de lá é único! Mas não se surpreenda caso algum lisboeta a chamar de Terreiro do Paço, é assim que eles se referem.

O lugar já fui o hall de entrada da nobreza em Lisboa, era ali que escadarias de mármore conduziam os nobres ao desembarcar dos seus barcos requintados. Antes do grande terremoto de 1755, era na Praça do Comércio que ficava o Palácio Real de Lisboa. No Século 18 a praça foi remodelada, ganhou casarões desenhados pela equipe do Marquês de Pombal e a imponente estátua de D. José em seu cavalo olhando para o Tejo.

Charmosos restaurantes instalados nos casarões são um convite aos prazeres da mesa. Mas não deixe também de conhecer Lisboa Story Center, um museu interativo bem na Praça do Comércio e que conta de forma impecável a história de Lisboa.

Dicas de Lisboa
Praça do Comércio

Show de fado

O Fado é a grande música popular portuguesa e Patrimônio da Humanidade pela Unesco desde 2011. O estilo nasceu nas ruas, migrou para as casas de fado e posteriormente ganhou os grandes teatros e salas de concertos mundo afora.

Mas nada como assistir um show de fado em uma casa de fado, uma das experiências que eu recomendo e claro, não poderia ficar de fora desse post com dicas de Lisboa.

Compre seu ingresso aqui

Dicas de Lisboa
Dicas de Lisboa: Show de Fado

Visitar Sintra

A pequena vila é um bate-volta obrigatório para quem estiver visitando Lisboa. O lugar é cheio de palácios, castelos e um centro histórico lindo.

Distante apenas 25 quilômetros de Lisboa, chegar em Sintra é muito fácil. Basta pegar o comboio na belíssima Estação do Rossio e em aproximadamente 40 minutos você chegará nesse pedacinho muito especial de Portugal.

Explore o lendário Castelo dos Mouros, na Serra de Sintra. Logo acima, o suntuoso e exótico Palácio Nacional da Pena. A antiga residência de verão da monarquia, é uma mistura de estilos artísticos e arquitetônicos de diversos cantos do mundo.

Dicas de Lisboa
Palácio Nacional da Pena

E depois de visitar as partes mais altas de Sintra, é o melhor momento retornar para a parte baixa e mergulhar nos mistérios e belezas da Quinta da Regaleira antes de encerrar o seu dia no centrinho da cidade.

***

Uma dica bacana para facilitar a sua experiência em Lisboa, é reservar os seus passeios com a Hellotickets, que oferecem um cardápio com passeios e experiências incríveis na capital portuguesa.

* O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que acredita e recomenda. Todas as opiniões expressadas aqui são pessoais.

***


Confira o nosso post super detalhado explicando as melhores áreas para se hospedar em Lisboa e também lugares para serem evitados, clique aqui.

Eu acho que a melhor região para ficar em Lisboa é nas proximidades da Avenida Liberdade. Nessa região eu me hospedei no Hotel Dom Carlos Park e no Ever City Center. Ambos são ótimos e com bom café da manhã. Ficam pertinho do centro e com fácil acesso ao metrô e trem.

Não distante dali eu já fiquei também no Ibis Saldanha, pois Ibis não tem muito o que errar né? Falando nessa rede, eu também me hospedei duas vezes no Ibis Jose Malhoa. Tem metrô na porta e fácil acesso ao aeroporto.

E para finalizar, também já me hospedei no Hotel Miraparque, em frente ao Parque Eduardo VII, recomendo muito.

Veja também a minha lista com 10 hostels em Lisboa.


Como é passar pela imigração em Lisboa
Como usar o transporte público de Lisboa
Como usar os bondes de Lisboa
Dicas de Portugal para a sua primeira viagem
Quanto custa viajar para Portugal


O que fazer em Lisboa
O que fazer em Lisboa em uma conexão
Belém: como chegar e o que fazer
Bate volta de 1 dia até Sintra
Roteiro em Portugal: do Porto a Lisboa










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.


Compartilhe este post:
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.