Voo doméstico na classe executiva da Latam no Boeing 767

executiva da Latam

Olá, viajantes! Hoje eu vou mostrar para vocês como é voar de Salvador para São Paulo na executiva da Latam no Boeing 767-300ER.

***

Para quem não sabe, a Latam opera algumas rotas domésticas de grande demanda de passageiros e carga com aeronaves wide-body que normalmente são usadas nas rotas internacionais.

Os voos partem do hub no Aeroporto Internacional de Guarulhos em São Paulo para Recife, Salvador, Manaus e Porto Alegre. E de forma não regular para Belém e Fortaleza. 

Eventualmente o Boeing 777-300ER também é usado em algumas rotas em substituição ao Boeing 767. Lembrando que a Latam não opera mais com os Airbus A350, uma pena.

executiva da Latam
Boeing 767 da Latam que cumpriu o voo
executiva da Latam
Aeroporto de Salvador

Atualmente a Latam brasileira opera com 9 aeronaves Boeing 767, que também fazem algumas rotas internacionais como Portugal, Estados Unidos e México. Por tanto, é uma boa oportunidade de voar em uma poltrona de classe executiva dentro do Brasil, pagando pouco. O voo entre Salvador e São Paulo tem 2h35 minutos de duração. Um tempo de voo ótimo para experimentar a poltrona da Premium Business.


A classe executiva da Latam no Boeing 767


O layout da executiva da Latam no B767-300ER é 2-2-2 com poltronas flatbed divididas em 5 fileiras. Contudo, a poltrona não fica 100% flatbed quando reclinada, é a famosa “tobogã”, aquela que você vai “escorregando”. Dorme de cinto de segurança e acorda de coleira, como algumas pessoas dizem.

Os Boeings 767-300ER da Latam tem capacidade para 221 passageiros, sendo 30 na classe executiva e 191 na econômica.

executiva da Latam
Executiva da Latam no Boeing 767
executiva da Latam
Layout das poltronas é 2-2-2

Todas as poltronas são equipadas com telas individuais com o sistema de entretenimento de bordo da Latam. As telas são touchscreen e tem um bom tamanho. A qualidade da imagem não é das melhores, entretanto dá para assistir em com a cabine mais escura. Curiosamente a resolução das telas da classe econômica é melhor. Eu já voei na econômica dessa mesma aeronave de São Paulo para a Cidade do México.

executiva da Latam
São 5 fileiras de assentos na executiva da Latam no Boeing 767
executiva da Latam
O espaço é sensacional
executiva da Latam
Entretanto, o tecido vermelho deixa cabine com aspecto antigo

As poltronas são equipadas com tomadas elétricas e luzes de leitura individuais. As mesas ficam ocultas no console central da poltrona, juntamente com o controle remoto do sistema de entretenimento e o painel com as funções da poltrona.

Este não é o melhor produto da Latam, os Boeing 777 que foram retrofitados tem uma poltrona mais moderna e com mais conforto e privacidade. Poltronas que eram semelhantes aos A350 que a Latam retirou de operação recentemente.

executiva da Latam
Detalhe das luminárias individuais
executiva da Latam
Os controles da poltrona

Apesar de ser a classe executiva da Latam, chamada de Premium Business, a empresa não vende estas passagens como executiva. Eles a comercializam como Premium Economy, justamente por não ter o serviço de classe executiva como nas rotas internacionais. Nada de travesseiros, cobertores ou fones de ouvido com redutor de ruídos.

Falando nisso, por conta da pandemia e por recomendação da Anvisa, as empresas suspenderam o serviço de bordo completamente. Essa medida é para evitar que as pessoas retirem as suas máscaras a bordo.


Voo e serviço de bordo


O embarque começou pontualmente. Primeiro embarcaram as prioridades por lei, seguindo dos passageiros do Grupo 1 (membros elite dos programas de milhagem e passageiros voando na cabine executiva). Seguido dos demais passageiros divididos em grupos.

O voo estava super vazio e eu era o único passageiro na executiva da Latam. Mais tarde um tripulante que estava de stand-by ocupou a poltrona na frente da minha.

executiva da Latam
Não tem serviço de bordo, apenas água

Conforme eu disse anteriormente, por determinação da Anvisa as companhias aéreas não estão oferecendo o serviço de bordo. Vale dizer que é permitido levar alimentos a bordo para crianças, idosos ou pessoas com dietas especiais.  Logo após o embarque a comissária que atenderia a business me ofereceu uma água.

O embarque foi rápido, em seguida já iniciamos os procedimentos de segurança, o táxi e a decolagem do Aeroporto Internacional de Salvador aconteceu com apenas 5 minutos de atraso.

executiva da Latam
A poltrona é confortável, entretanto, bem estreita

Logo após atingir a altitude de cruzeiro, a comissária chefe passou na executiva oferecendo água. Para quem voa na classe econômica, é preciso pedir a tripulação.  

O voo foi bem tranquilo, apenas pegando um pouco de turbulência no início da descida para o Aeroporto Internacional de Guarulhos. Eu passei toda a viagem assistindo séries no sistema de entretenimento. Falando nisso, leve os seus fones de ouvido pois eles não distribuem, nem na executiva e tão pouco na classe econômica.

executiva da Latam
Linda imagem do litoral da Bahia
executiva da Latam
Descida até São Paulo

Pousamos em Guarulhos no horário programado e o desembarque foi organizado por fileiras.

executiva da Latam
Curta final para o pouso em GRU
executiva da Latam
Segundos antes de tocar a pista

Quanto custou voar na executiva da Latam


Conforme dito acima, essa poltrona é comercializada como Premium Economy, a gente apenas “usa” a poltrona da classe executiva do avião. Não é um serviço business e por isso, é bem mais barato que uma classe executiva de um voo internacional.

A passagem de Salvador a São Paulo na classe econômica custava na ocasião R$280 e eu paguei R$350 na passagem da Premium Economy para voar na Premium Business. Uma diferença de apenas R$70 para um ganho enorme em termos de conforto.

Mas vale dizer que os preços das passagens variam, então a diferença pode não ser tão pequena assim. Vale dizer também que as aeronaves narrow-body da Latam (Airbus A319, A320 e A321) não possuem esta cabine. Na hora da compra da passagem é preciso ficar atento ao modelo da aeronave que irá cumprir aquela rota.

***










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

1 Comentário

  • Responder julho 28, 2021

    Pousada Garopaba

    que legal!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.