O que fazer em Curitiba, a capital ecológica do Brasil

O que fazer em Curitiba

Quando a gente fala em Curitiba, a cidade dispensa títulos honrosos, é a cidade mais ecológica do Brasil, considera a cidade mais limpa do Brasil e uma das 28 do mundo de acordo com o ranking de um site britânico e claro, é a também a capital mais fria do Brasil. Fato é que, Curitiba é considerada uma cidade inovadora, o modelo de transporte público da cidade é um case de sucesso há décadas e se mesmo com todos esses títulos você ainda não se convenceu a visitar a cidade, nesse post eu vou dizer aqui o que fazer em Curitiba para quem nunca esteve lá. Tenho certeza que você ficará convencido.


O que fazer em Curitiba


Para quem mora nas regiões sul e sudeste do Brasil, Curitiba é uma cidade perfeita para viagens de fim de semana prolongado, pois em 3 dias, dá para passear bastante e aproveitar o que a cidade tem de melhor.

 

Museu Oscar Niemeyer

Todas as vezes em que eu passo por Curitiba não posso deixar de visitar o MON, ou “Museu do Olho” como ele é carinhosamente chamado. É considerado o maior e mais moderno museu de arte do Brasil. São várias e imensas galerias com mostras de arte brasileira e de todos os lugares do mundo.

MON

O que fazer em Curitiba: MON

 

Bosque do Papa e memorial polonês

Atrás do MON fica o Bosque do Papa e ele tem esse nome pois foi construído para receber o Papa João Paulo II em 1980. No centro dele tem a reprodução de uma típica vila polonesa com sete casas feitas com troncos encaixados.

Centro histórico da cidade

Curitiba tem um centro histórico bem conservado e agradável, o lugar abriga as ruínas da Igreja de São Francisco de Paula, que nunca foi concluída, Igreja do Rosário, o Relógio das Flores, a Fundação Cultural de Curitiba, muitos casarões antigos restaurados que abrigam centros culturais, lojas, sebos, restaurantes e docerias. Aos domingos acontece uma tradicional feira de artesanato, a Feira do Largo da Ordem. Só precisa ficar um pouco atento nas ruas no entorno do centro histórico, em algumas delas funciona uma espécie de cracolândia e todo cuidado é pouco.

Centro histórico

O que fazer em Curitiba: Centro histórico

 

Rua 24 horas

A rua na verdade é um calçadão com várias lojas e ótimos restaurantes e como o nome diz, ela nunca fecha. Uma excelente opção para quando bater a fome em qualquer hora do dia.

Jardim Botânico

Inaugurado em 1991, certamente o mais famoso cartão postal da cidade é o Jardim Botânico de Curitiba e a grande estrutura metálica que abriga espécies de plantas da flora nacional. Lá dentro, corre uma cascata artificial e a temperatura é controlada, algo mais próximo ao clima tropical do qual as plantas estão mais acostumadas, recurso fundamental para manter as espécies vivas e sadias no clima gelado da cidade.

Dentro da estrutura metálica

Dentro da estrutura metálica

Museu Ferroviário

O Museu Ferroviário de Curitiba foi construído no lugar que por décadas abrigou a antiga Estação Ferroviária da cidade, era de onde partiam os trens em direção a Paranaguá e para o interior do estado e de lá outras partes do Brasil. Fica ligado ao Shopping Estação e é um ótimo passeio para fazer com crianças.

Ópera de Arame

Outra grande estrutura metálica que é tão a cara de Curitiba, a Ópera de Arame é um lindo espaço para shows totalmente integrado a natureza. Para chegar até ela, atravessamos uma passarela sobre uma antiga cratera de uma pedreira abandonada que hoje é um lago com cascata. Dá para entrar em uma parte do auditório, é bem bacana a visita.

Ópera de Arame

O que fazer em Curitiba: Ópera de Arame

Parque Barigui

É o maior e mais famoso parque de Curitba, foi criado em 1972 e é refúgio de dezenas de espécies de animais nativos. Ao lado dele fica o Museu do Automóvel.

Parque Tanguá

Outro dos muitos parques da cidade, o Tanguá foi construído onde existiu uma pedreira, numa área de 450 mil metros quadrados. Ele tem um túnel que atravessa a rocha unindo dois lagos, vale a visita.

Torre Panorâmica

É a única torre de telefonia do Brasil com mirante aberto a visitação. A torre é administrada pela Oi, a visita custa 5 reais e lá de cima dá para ter uma visão em 360 graus da cidade. Pena que no dia em que eu fui estava chovendo e a visibilidade estava comprometida.

Paço da Liberdade

Um prédio histórico que já foi sede do Governo do Estado e foi reformado recentemente para abrigar um ótimo centro cultural. O prédio em si já é lindo e só por isso já mereceria a visita.

Paço da Liberdade

Paço da Liberdade

Ônibus de turismo

Curitiba tem uma linha de turismo operada por ônibus de dois andares com segundo piso panorâmico. Foi a primeira cidade do Brasil a receber esse tipo de serviço e é uma excelente opção para percorrer a maioria desses pontos turísticos, custa R$40,00 e permite até 5 embarques e pode ser usado em mais de um dia. Os ônibus param em pontos sinalizados a cada 30 minutos e o bilhete pode ser comprado direto no ônibus.

O blog Juny Pelo Mundo tem um post com 5 atrações para visitar no trajeto percorrido pela linha turística (leia aqui).

Passeio de trem até Morretes

O passeio de trem que vai de Curitiba até Morretes é considerado pelo jornal britânico The Guardian como um dos “10 viagens de trem mais espetaculares da terra” e realmente é muito legal. Eu fiz o passeio, você pode ler mais aqui: Como é a viagem de trem de Curitiba a Morretes no Paraná

Morretes

Morretes

 


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar