Onde ficar em São Paulo: dicas de hospedagem de quem mora aqui

Onde ficar em São Paulo

Como morador de São Paulo, eu estava devendo para vocês um post de hospedagem com dicas de onde ficar em São Paulo. E por morar aqui há quase dez anos, eu sei os melhores lugares e também, os piores lugares. 

***

Neste post eu vou dar todas as dicas de onde ficar em São Paulo de acordo com os bairros mais procurados, o perfil e claro, o tipo de viagem. Também vou mostrar lugares que, apesar de ter uma boa oferta de hospedagem, são lugares que eu não recomendo.

Onde ficar em São Paulo

Onde ficar em São Paulo


Onde ficar em São Paulo


Região da Avenida Paulista

Para mim, a região da Avenida Paulista definitivamente é o melhor lugar para se hospedar em São Paulo, independente do motivo da sua viagem. A menos que você esteja no meio de uma conexão e tenha poucas horas em São Paulo. Falo disso mais adiante.

Ficar na região da Avenida Paulista vai facilitar muito a sua locomoção, pois a região é bem servida de metrô e ônibus. Ao longo da Paulista são três estações de metrô da Linha Verde – as estações Paraíso, Trianon-Masp e Consolação – a estação Paraíso também é integrada com a Linha Azul, que atravessa a cidade e chega no Terminal Rodoviário do Tietê e também ao Terminal Rodoviário do Jabaquara.  Além disso, na Avenida da Consolação, quase na esquina da Avenida Paulista fica a Estação Paulista da Linha Amarela. Ou seja, transporte não falta.

E claro, a Paulista é o principal ponto turístico de São Paulo, cheia de coisas para fazer, bons restaurantes, bares, teatros e museus. 

Pertinho do Masp fica o Blue Tree Premium Paulista, um hotel super bem localizado. Ele fica em uma ruazinha paralela a Paulista, coladinho do Masp e no Mirante da 9 de Julho.

Onde ficar em São Paulo

Onde ficar em São Paulo: Blue Tree Premium Paulista

Um hotel para não errar é o Ibis Budget São Paulo Paulista, é o antigo Hotel Fórmula 1 e fica na Consolação, quase esquina com a Paulista e fica ao lado da Estação de Metrô Paulista (Linha Amarela) ou Estação Consolação (Linha Verde).

Já o Ibis Sao Paulo Paulista fica em plena Avenida Paulista e tem uma localização perfeita, além de ter uma estação de metrô quase em frente. Na porta dele fica um dos pontos do Airport Bus Service, o serviço de ônibus executivo que vai para o Aeroporto de Guarulhos.

Outros hotéis na região da Avenida Paulista e que você pode confiar: Tryp São Paulo Paulista Hotel, Renaissance Sao Paulo Hotel, Meliá Paulista, Maksoud Plaza e o Hotel San Gabriel, que na real fica na Frei Caneca, pertinho da Paulista e que tem preços imbatíveis.

Onde ficar em São Paulo

Onde ficar em São Paulo: Renaissance Sao Paulo Hotel


Jardins

A região dos Jardins fica perto da Paulista, é ideal para quem quer ficar bem localizado, porém longe de vai e vem das avenidas mais movimentadas. E na região dos Jardins o acesso é fácil pela estação Oscar Freire da Linha Amarela do Metrô.

Dica para o Mercure São Paulo Jardins, que fica coladinho na Paulista, já mais abaixo e bem localizado temos o Quality Suites Oscar Freire. Ali perto fica o Hotel WZ Jardins, um dos hotéis mais novos de São Paulo e que tem um excelente custo benefício.

Onde ficar em São Paulo

Onde ficar em São Paulo: Hotel WZ Jardins


Vila Madalena

A Vila Madalena é o bar mais boêmio de São Paulo, mas que recentemente vem disputando o título com a Santa Cecília, o novo reduto hypado da cidade. Na “Vila Madá” quem domina são os hostels. Destaque para o Zen Hostel Brasil, Hostel Alice, Viva Hostel Design e o famoso Hostel SP011

Vale dizer que todos esses hostels ficam relativamente perto da Estação Vila Madalena da Linha Verde do metrô. O que facilita demais a locomoção.


Berrini e Vila Olímpia

A região da Berrini e da Vila Olímpia é muito procurada por quem vem para São Paulo a negócios. Se você vem para a cidade a passeio, é melhor ficar na região da Paulista. Se você vem a negócios, mas também quer passear, é melhor ficar na Paulista também.

Destaque para o Sheraton São Paulo WTC Hotel, Hilton Sao Paulo Morumbi, o Hotel Transamerica Berrini que tem um custo benefício excelente, o Pullman São Paulo Vila Olímpia e o Radisson Vila Olimpia.

Onde ficar em São Paulo

Onde ficar em São Paulo: Hilton Sao Paulo Morumbi


Onde ficar em São Paulo em uma conexão 


Se você vai ficar algumas horas em São Paulo em conexão e precisa de um lugar para passar a noite, é preciso ficar atento a alguns detalhes importantes.

Caso sua conexão seja no Aeroporto Internacional de Guarulhos, saiba que ele fica distante aproximadamente 30km do centro de São Paulo. Além da distância é preciso sempre considerar o trânsito de São Paulo caso você opte por ir e vir de carro ou ônibus. Existe também a opção do trem, que eu já mostrei aqui como funciona e também mostro outras opções de ir e vir do aeroporto.

O ideal para quem estiver em conexão em Guarulhos é ficar perto do aeroporto, a menos que você tenha muito tempo livre. 

Dentro do aeroporto tem um hotel, o Fast Sleep Guarulhos by Slaviero Hotéis, ideal para quem tem poucas horas de conexão, precisa tirar um cochilo e tomar um banho antes de embarcar novamente. Já dentro do Terminal 3 na área de trânsito tem o Tryp Transit Hotel São Paulo Airport. Mas atenção, ele fica na parte fechada do aeroporto.

Fora do aeroporto, mas perto o suficiente para ir e vir, tem o Pullman SP Guarulhos Airport, São Paulo Airport Marriott Hotel e o Hampton by Hilton Guarulhos Airport

Onde ficar em São Paulo

Onde ficar em São Paulo: Pullman SP Guarulhos Airport

Porém, se você vai fazer conexão no Aeroporto de Congonhas, você pode ficar na região do Brooklin, Berrini, Vila Olímpia e até mesmo na região da Avenida Paulista. Entretanto, é sempre importante ficar atento aos horários do seu voo e sair com antecedência adequada. Lembrando que o Aeroporto de Congonhas ainda não tem acesso ao metrô ou trens da cidade. 


Onde não ficar em São Paulo


A região central de São Paulo, parte da cidade que chamamos de “Centrão” tem uma grande oferta de hospedagem. Porém, eu não recomendo ficar nesta região pois – apesar de ser uma parte linda da cidade – é um pouco perigoso a noite.

E eu falo de regiões como a Praça da República, Vale do Anhangabaú, São Bento ou a Sé. Não tenha medo de passear por essas regiões durante o dia, eu amo o centrão de São Paulo, mas a noite precisamos ser bem cuidadosos.

Contudo, ficar em regiões sem metrô, ou nos extremos da zonas (sul, leste, oeste e norte) também é um erro que precisa ser evitado quando estiver procurando onde ficar em São Paulo.


Onde ficar em São Paulo: outras ofertas do Booking




Booking.com


Reserve aqui os seus passeios em São Paulo



Resolva aqui a sua viagem


Reserve a sua hospedagem pelo Booking.com

Faça aqui o seu seguro viagem internacional

Compre aqui os ingressos para os seus passeios

Consultoria de viagens e roteiros personalizados

Ebooks e guias para download


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram

mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.