Trilha do Rio Malacara e suas piscinas naturais

Trilha do Rio Malacara

Essa semana só está dando a região de Aparados da Serra aqui blog e se você está caindo de pára-quedas agora, pode ver todos os posts da viagem clicando aqui.

Uma trilha bem legal que a gente pode fazer lá na região, é a trilha do Rio Malacara, esse foi o primeiro passeio que fizemos quando chegamos a Praia Grande. Para não perder o dia, já que chegamos depois das 15h vindos de Porto Alegre, é um passeio ideal para fazer na metade do dia.

Boa parte da trilha é pelo leito do rio

Boa parte da trilha é pelo leito do rio

A trilha dura umas 4 horas fazendo com calma e percorre o leito rochoso do Rio Malacara por dentro da Serra Geal. Nós fizemos esse passeio com o Paulo, da Verdes Canyons e como eu disse em outros posts, nunca faça esse tipo de trilha sem um guia. Você pode se perder, se machucar ou coisa pior poderá acontecer.

Nem preciso dizer que a água é extremamente limpa

Nem preciso dizer que a água é extremamente limpa

O leito do rio é tipico de regiões serranas, com muitas pedras e água incrivelmente cristalina. Como durante a trilha a gente caminha bastante pelo leito do rio, é recomendado usar calçados apropriados. Sabe aqueles tênis Timberland que aguentam até uma bomba atômica, então, é o tipo de calçado ideal.

O guia também providencia umas caneleiras que protege as pernas das pedras e cobras. E se não fossem essas caneleiras eu teria me machucado feio, depois de tomar um belo tombo em uma pedra coberta de lodo. A cicatriz está aqui para contar a história.

Além de limpa, a água é muito gelada

Além de limpa, a água é muito gelada

A trilha passa por dentro da mata, um misto de restos de mata atlântica com florestas de eucalípto. Essa região já foi fonte de extração de madeira, felizmente aqui não mais.

No fim da trilha, a melhor surpresa de todas, um enorme conjunto de piscinas naturais que nem a água super gelada me afastou de dar um mergulho. Foi para lavar a alma.

A recompensa no fim da trilha

A recompensa no fim da trilha

A água estava muito gelada, mas foi impossível não entrar

A água estava muito gelada, mas foi impossível não entrar

Mais informações no site da Verdes Canyons: clique aqui.


 

Leia também:

Todos os posts sobre Aparados da Serra


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


Em Dezembro de 2015 eu viajei para a região de Aparados da Serra a convite da Verdes Canyons.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar