Como viajar mesmo com o dólar caro? Confira as dicas

Como viajar mesmo com o dólar caro

Hoje eu fui fazer o câmbio para a minha próxima viagem e quase caí da minha cadeira quando vi o valor do dólar. A gente sabe que o nosso pobre real vem se desvalorizando cada vez mais perto de moedas poderosas como o dólar, euro e libras esterlinas. Mas quando fazemos as contas e vemos o quanto teremos que desembolsar para levar na viagem, é um momento desesperador. Parece que é quando realmente cai a ficha. E como viajar mesmo com o dólar caro?

Indo mais fundo nessa questão, não é somente na hora de fazer o câmbio que a gente sente o peso da desvalorização do real. Reserva de hotéis, passagens aéreas e passeios caminham junto. Mesmo se a companhia aérea que você for voar seja brasileira, os custos dela são em dólar e isso reflete no valor da passagem. Não dá pra ser feliz assim!

Como viajar mesmo com o dólar caro

Se você andou planejando alguma viagem recentemente, deve ter percebido que os hotéis andam bem mais caros, não é? Pois é, amigos, tá tudo pela hora da morte, mesmo.

E se você quer viajar mesmo com o dólar caro, você precisa estar ciente de toda essa cadeia de custos que giram em moedas estrangeiras. Mas a boa notícia é que existem algumas dicas que ajudam a baratear os custos.


Como viajar mesmo com o dólar caro


Eu já fiz um post bem detalhado com as minhas dicas principais de como economizar em viagens nacionais ou internacionais, recomendo muito a leitura aqui:

Veja aqui as minhas 7 dicas para economizar nas viagens

De uma forma geral, a gente consegue economizar procurando hospedagens alternativas, usando mais o transporte público, comprando em mercadinhos para comer no hotel/hostel. São apenas alguns exemplos.

O gráfico abaixo mostra o quanto cada uma das despesas podem pesar no seu bolso.

Como viajar mesmo com o dólar caro

O gráfico acima é uma estimativa aproximada, já que muitos fatores – como promoções de passagens aéreas e variação cambial – podem mudar esses dados. Mas vamos falar de cada um desses pontos.

  • A passagem aérea ainda é o que mais pesa em destinos internacionais de média e longa distância. Viajando durante a semana é mais barato do que nos finais de semana. Eu sempre opto por viajar na terça, quarta ou quinta feira. Faz muita diferença, até a Associação Brasileira de Agências de Viagens já confirmou que realmente é mais barato. 
  • A hospedagem passou a consumir uma fatia maior das despesas por conta da desvalorização da nossa moeda. O que eu faço é procurar hotéis mais baratos (eu não gosto de hostel, desculpa aí). Eu sempre procuro hotéis fora das zonas turísticas, mas com bom acesso ao transporte público. Outra opção é Airbnb, Couchsurfing e Nightswapping.
    Encontre hospedagem barata aqui
  • O câmbio está pela hora da morte, a melhor coisa é comparar os valores das casas de câmbio e ir comprando aos poucos todos os meses e ir acompanhando a oscilação cambial. Se você sempre viaja nas férias, pode ir comprando ao longo do ano, assim você sentirá menos o peso das despesas. 
  • Compre seus passeios, passagens de trem, ônibus ou trechos aéreos com antecedência. Eu já deixei para comprar passagem de trem na estação, no dia da viagem e me arrependi amargamente, a diferença era de mais de 30 euros em um trecho de Amsterdã a Bruxelas.
    Compre passeios mais baratos aqui 
  • O seguro viagem às vezes é a menor parcela dessa despesa toda, mas o que muita gente não sabe é que tem muitos cartões de crédito que oferecem o seguro caso a passagem aérea ou tarifa de embarque tenha sido comprado com o cartão. Se você tem um cartão black ou platinum, é bem provável que tenha seguro viagem incluso.
    Faça aqui o seu seguro viagem com desconto 
  • Fazer uma média de gastos diários é importante para não perder o controle e seu dinheiro acabar antes do final da viagem. Se a sua média é de 40 dólares por dia, só saia para passear com essa quantia no bolso. Deixe o resto em um lugar seguro, e se sobrar, ótimo! Você pode fazer alguns pequenos luxos depois. Deixe o cartão de crédito só para emergências.

No mais, existem países onde é mais barato viajar, como os países da América Latina ou na Ásia, onde o mais caro é a passagem aérea, mas o restante das despesas compensam.

O que eu notei, é que as pessoas não deixaram de viajar, mas tem procurado opções mais baratas e formas de economizar nas viagens.

Leia mais:

Veja aqui a minha lista de 8 países baratos para viajar
Como economizar dinheiro para viajar
10 passos para você planejar uma viagem

Imagem de capa: Unplash


Reserve sua hospedagem belo Booking.com aqui




Booking.com


Resolva aqui a sua viagem


Reserve a sua hospedagem pelo Booking.com

Faça aqui o seu seguro viagem internacional

Compre aqui os ingressos para os seus passeios

Consultoria de viagens e roteiros personalizados

Ebooks e guias para download


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.