Como usar o metrô de Copenhagen na Dinamarca

metrô de Copenhagen

Vai viajar para Copenhagen e pretende usar o metrô da cidade? Fique tranquilo, pois usar a rede metroviária da capital dinamarquesa é muito fácil, mas existem algumas particularidades. Neste post eu vou explicar como usar o metrô de Copenhagen.

***

A rede metroviária de Copenhagen não é grande, existem duas linhas operando e mais duas em construção. Uma delas deve ser inaugurada este ano e a próxima em 2020. Talvez, quando você estiver lendo este post ambas já estejam em funcionamento.


Entendendo o metrô de Copenhagen


O metrô de Copenhagen tem duas linhas, M1 (verde) e a M2 (amarela). As duas linhas circulam pela região central da cidade – conhecida como grande Copenhagen – e vão até as regiões mais periféricas. O metrô chega até o aeroporto através da linha M2, sendo uma ótima maneira para chegar até a cidade. Eu já expliquei como ir do aeroporto até a cidade, recomendo a leitura.

Se você se hospedar na região central da cidade, provavelmente só vai usar o metrô para ir e vir do aeroporto. 

Mapa do metrô de Copenhagen: as linhas M1 e M2 em funcionamento e as novas linhas M3 e M4

Dentro da Grande Copenhagen os trens de ambas as linhas correm no mesmo trilho. A primeira vista não faz muito sentido, mas é uma maneira que eles encontraram de distribuir o fluxo de passageiros quando as quatro linhas estiverem em pleno funcionamento. Nestas estações, a integração entre as linhas acontecem na mesma plataforma.

Integração na mesma plataforma

O metrô é organizado por zonas, sendo a grande Copenhagen a zona 1 e a zona 4 fica no aeroporto. O preço do bilhete é calculado de acordo com a zona. Eu achei o metrô deles bem caro, a viagem entre duas zonas custa o equivalente a 14 reais, só para vocês terem uma ideia.

O metrô de Copenhagen funciona 24 horas por dia. Os trens passam de 2 a 4 minutos na hora do rush e em média 6 minutos no restante do dia. Nos finais de semana os trens passam a cada 10 minutos e ao longo da madrugada a cada 20 minutos.

O bilhete do metrô vale também para os trens, que pode ser uma opção interessante para chegar a regiões e bairros onde o metrô ainda não chega.


Como usar o metrô de Copenhagen


Comprar o bilhete é muito fácil, nas plataformas existem máquinas de vendas que aceitam notas, moedas e cartão de crédito como formas de pagamento.

As opções de bilhetes

Máquinas de vendas

Bilhete

Plataforma do metrô de Copenhagen

Basta escolher o destino na tela e pronto. Note que é possível comprar o bilhete válido por um dia inteiro. Esta opção pode ser interessante se você utilizar muito o metrô de Copenhagen.

As plataformas não possuem catracas, a conferência dos bilhetes pode acontecer dentro dos vagões. Não portar os bilhetes pode resultar em uma multa de cerca de 100 euros.

Interior dos vagões

Nos bairros o metrô corre em uma via suspensa e desce para o subterrâneo na região central da cidade. Um display eletrônico mostra as paradas e uma gravação avisa em dinamarquês e inglês.

***

Usar o metrô de Copenhagen é muito fácil e prático, mas como disse acima, se você estiver hospedado no centro da cidade, nem vai precisar dele.



Se você estiver procurando onde ficar em Copenhagen, aqui no blog tem um post bem completo explicando os melhores bairros e onde você deve evitar. Veja aqui. Mas deixo algumas dicas abaixo.

Eu fiquei hospedado no First Hotel Twentyseven, o preço era um pouco acima do meu orçamento, mas por conta da localização, valeu muito a pena pois eu economizei com transporte. O hotel é perto de tudo, além de ser muito confortável.

Perto da Catedral de Mármore e de Nyhavn fica o Wakeup Copenhagen Borgergade, que tem preços mais atraentes que o First Hotel Twentyseven e pode ser uma ótima opção.

Uma boa opção para quem quer economizar e evitar hostels, na região central da cidade fica o Cabinn City, que é da rede Cabinn de hotéis da Dinamarca. Os preços das diárias costuma ser a metade dos hotéis que eu citei acima e mais barato que alguns hostels de Copenhagen.

Falando em hostels, estes são alguns que foram bem recomendados: Danhostel Copenhagen CityBedwood Hostel e o Copenhagen Downtown Hostel.

Voltando a falar nos hotéis, se você não se importar em pegar o metrô para ir até o centro, o Cabinn Metro é daquele mesma rede que eu falei acima. Ele tem as opções mais baratas de Copenhagen. O hotel fica ao lado da estação Ørestad de metrô e trem, em um bairro novo. 


Como ir do aeroporto até o centro da cidade
Como usar o metrô de Copenhagen
Onde ficar em Copenhagen


O que fazer em Copenhagen
Passeio de barco em Copenhagen
Copenhagen: casinhas coloridas e o mundo paralelo de Christiania










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.