O Jardim de Majorelle e casa de Yves Saint Laurent em Marrakech

Jardim de Majorelle

Você já ouviu falar do Jardim de Majorelle? Talvez não, mas o lugar ficou conhecido mundialmente por abrigar a residência marroquina que pertenceu ao estilista francês Yves Saint Laurent e após a sua morte em 2008, se tornou um dos lugares mais procurados de Marrakech.

Mas a história do Jardim de Majorelle começa bem antes da chegada de Saint Laurent ao Marrocos pela primeira vez.


A história do Jardim de Majorelle


Jacques Majorelle foi um importante pintor francês, filho do também famoso designer Louis Majorelle. Em 1917, Jacques foi convidado pelo general francês Marshal Lyautey a visitar o Marrocos. Jacques se apaixonou por Marrakech, onde retornou em 1923 e comprou uma enorme área toda coberta de palmeiras ao norte da Medina de Marrakech.

Plantas lindíssimas

Plantas lindíssimas

Em 1931 ele encomendou ao arquiteto Paul Sinoir a construção de uma casa em estilo Art Deco com influência moura e berbere. A casa serviria de residência e estúdio e em seu entorno foi criando um jardim com plantas que Majorelle trouxe de várias partes do mundo, inclusive do Brasil.

Jardim Majorelle

Jardim Majorelle

Em 1947, Marojelle começou a passar por dificuldades financeiras após um divórcio e decidiu abrir o Jardim de Majorelle ao público pela primeira vez. Ele morreu em 1962 e o jardim ficou abandonado.

A chegada de Saint Laurent

Após a morte de Majorelle, Yves Saint Laurent e seu companheiro Pierre Bergé descobriram o jardim durante uma primeira visita a Marrakech. Em 1980 eles compraram a propriedade que seria vendida para a construção de um hotel.

Desde então, Yves e Pierre passaram a morar no Jardim de Majorelle, durante anos eles restauraram o jardim, adicionaram novas plantas e transformaram o lugar nesse oásis que a gente pode visitar hoje.

Sain Laurent no jardim nos anos 80

Sain Laurent no jardim nos anos 80. Imagem: Fundação Jardim Majorelle

Em 2008 Saint Laurent faleceu, parte de suas cinzas foram depositadas em um memorial construído em um dos cantos da propriedade e Pierre Bergé transformou o lugar na Fundação Jardim de Majorelle e doou a propriedade a Fundação Pierre Bergé – Yves Saint Laurent que a administra desde então. Em 2010 o lugar foi aberto ao público.

O lugar era uma fonte de inspiração para suas coleções. Imagem: Fundação Jardim Majorelle

O lugar era uma fonte de inspiração para suas coleções. Imagem: Fundação Jardim Majorelle


A visita ao Jardim de Majorelle


A entrada do jardim fica em uma rua lateral que após a morte do estilista foi batizada de Rua Yves Saint Laurent.

O Jardim de Majorelle é um dos lugares de natureza mais exuberantes que eu vi no Marrocos. Na entrada a gente já sente a temperatura mudar, devido a enorme quantidade de árvores e ar puro.

Plantas de todo mundo

Plantas de todos os cantos do mundo

São vários caminhos, lagos, canais e a casa de um azul incrível com janelas amarelas que faz os olhos da gente brilhar.

A coleção de cactos gigantes é linda, algumas plantas são mais altas que a casa. Além de muitas palmeiras, árvores centenárias, gazebos e caminhos com piso vermelho e vasos coloridos.

Cactos gigantes

Cactos gigantes

majorelle10

A casa de um azul incrível

majorelle9

Detalhe de uma das fontes

majorelle8

A janela mais famosa do Marrocos

majorelle5

A casa no meio dos cactos

Um dos vários caminhos

Um dos vários caminhos

Parte da casa pode ser visitada, o antigo estúdio do Jacques Majorelle foi transformado em museu de arte bebere e muitas peças em exposição pertenceram a Saint Laurent.

O lugar tem também um café, livraria, loja e uma pequena galeria, a Love Gallery com cartazes das coleções do Saint Laurent.

Caminhar pelo Jardim de Majorelle é muito especial, pela história e beleza do lugar, mas também para fugir do caos de Marrakesh, mesmo que por algumas horas.

Love Gallery

Love Gallery

Memorial

Memorial

majorelle14

Memorial onde estão parte das cinzas do Yves

 


Como chegar


O Jardim de Majorelle fica na Rue Yves Saint Laurent, 40090. O lugar é fora da Medina, mas dá para ir caminhando sem problemas.

A entrada custa 70 Dirhams para visitar o jardim e 30 Dirhams para visitar o museu. O Jardim de Majorelle abre todos os dias das 8h às 17h30 (entre 01 de outubro e 30 de abril); das 8h às 18h (entre 01 de maio e 30 de setembro) e das 9h às 17h durante o Ramadan.

Site: http://www.jardinmajorelle.com/

Leia mais:
Todos os posts sobre o Marrocos


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar