O que fazer em Rotterdam, Holanda?

o que fazer em rotterdam

Rotterdam é a segunda maior cidade da Holanda e fica a apenas 40 minutos de trem desde Amsterdã. A cidade é muito diferente de todo o resto do país, isso porque a região central de Rotterdam foi completamente destruída em maio de 1940, durante o bombardeio da Alemanha na Segunda Guerra Mundial o que resultou na rendição da Holanda aos nazistas.


Quer conhecer? Evite filas e economize tempo e dinheiro. Compre os ingressos para as muitas atrações em Rotterdam aqui no blog, uma parceria do Vou na Janela com a Ticketbar.


Rotterdam começou a se reinventar após a guerra e desde então, a cidade abraçou a modernidade e começou a abrigar modernas e arrojadas construções. Cortada pelo Rio Maas, Rotterdam é hoje um importante polo portuário e hub ferroviário, com ligações em toda Holanda e Europa.

Rotterdam, moderna e muito diferente do resto da Holanda

Rotterdam, moderna e muito diferente do resto da Holanda

A melhor maneira de chegar a Rotterdam, para quem está em Amsterdã, é de trem e você chegará na novíssima estação central, que foi inaugurada no dia 14 de março de 2014, exatamente 1 dia antes da minha chegada na cidade e eu me senti, “inaugurando” a estação. Como não poderia deixar de ser, “Centraal Station” tem linhas futuristas e se encaixa como uma luva no moderno skyline da cidade.

Estação Central de Rotterdam

Estação Central de Rotterdam

A estação fica em um ponto no limite da área destruída em 1940, de um lado dela fica um bairro tipicamente holandês, com aquelas casinhas típicas e do outro a modernidade do centro.

Perto dali fica a Ponte Erasmus, que atravessa o Rio e liga o centro aos bairros típicos. A ponte lembra um pouco a Puente de La Mujer, de Buenos Aires e ela também se move para a passagem de embarcações.

Seguindo pela Rua Westzeedijk, a gente passa pelo Museumpark, local da bienal (adivinha de que?) de Arquitetura de 2014. Um pouco mais a frente fica o Het Park e nele fica a Euromast, uma torre de 186 metros de altura e um dos lugares mais procurados de Rotterdam. Lá em cima, dois restaurantes e um deck de observação que permite uma vista em 360 graus da cidade.

A torre Euromast

A torre Euromast

Logo a frente fica o Old Harbor, o primeiro porto de Rotterdam. Construído no século 14, hoje ele é atração turística e abriga antigas embarcações que são abertas para visitação. No porto também fica a Witte Huis, ou Casa Branca, o primeiro arranha-céu construído na Europa. Com 43 metros de altura, o prédio é um dos poucos que não foram destruídos durante os bombardeios dos nazistas de 1940. No terreo funciona um charmoso café.

Casas Cúbicas

Casas Cúbicas

Perto do porto antigo, ficam as Casas Cúbicas, outro símbolo da cidade. Um projeto do arquiteto Piet Blom dos anos 70 que foi a solução encontrada para construir casas em cima de uma passarela de pedestes. Em uma das casas funciona um hostel, o Stayokay, com diárias a partir de 21 euros.

Quer mais modernidade? Não deixe de conhecer o Pavilhão Flutante, em Rijnhaven. São 3 esferas flutuando no Rio Maas, um projeto que serviu de estudo para casas flutuantes que seriam construídas na Holanda, uma solução para o crescente aumento da população, lembrando que a Holanda faz parte dos Países Baixos, que como o nome diz, estão abaixo do nível do mar.

Toda cidade que eu visito, sempre procuro visitar o seu mercado municipal e em Rotterdam não foi diferente. Mas estamos falando da cidade que é a “meca” da arquitetura moderna e o Markthal Rotterdam não seria diferente. O lugar se parece com uma gigantesca galeria de arte multicolorida bem pertinho da estação central. Durante a elaboração do projeto, a ideia era que ele fosse uma construção hibrida, que abrigasse o mercado, instalações comerciais e  que ele também fosse um prédio de apartamentos e dessa salada, saiu esse belíssimo conjunto.

Markthal Rotterdam

Markthal Rotterdam

Apesar de tanta modernidade, Rotterdam também reserva um algumas surpresas históricas, como o Wereldmuseum, um dos museus mais antigos da Holanda, fundado em 1883 e reúne mais de 1800 peças de culturas antigas da Ásia, África, Oceania e Américas.

Finalizando o passeio, os amantes da arquitetura contemporânea não poderão deixar de visitar o NAI, Instituto Holandês de Arquitetura. O lugar reúne um museu que mostra as transformações de Rotterdam, os projetos mais inovadores do país, além de eventos de design, arte, música e uma lojinha que fará você gastar com prazer.

Old Harbor

Old Harbor

Notou que, apesar de ser a segunda maior cidade da Holanda, dá para fazer tudo a pé em Rotterdam? Eu acho a cidade perfeita para um bate-volta de 1 dia para quem está em Amsterdã ou Bruxelas. Mas se mesmo assim você quiser usar o transporte público local, eles tem uma ótima rede de Trams, onde a maioria das linhas partem da estação central.


Dica de passeio


Keukenhof

Entre Rotterdam e Amsterdã fica Keukenhof, um parque enorme com os jardins mais bonitos que você vai ver na sua vida e eu não estou exagerando, é deslumbrante! Só para você ter uma ideia, uma amiga saiu de São Paulo e foi com a mãe até a Holanda para conhecer essa maravilha na primavera.

Keukenhof é lindo

Keukenhof é lindo

São mais de 32 hectares de campos floridos, o parque das tulipas tem uma coleção maravilhosa de paisagens com inúmeras espécies de flores, 7 jardins incríveis e mais de 100 obras de arte.

Keukenhof fica em Lisse e chegar até lá é fácil. Se você estiver em Amsterdã, baste pegar o trem que vai da Amsterdam Centraal até o aeroporto Schiphol e no ponto de ônibus que fica no Arrival 4 (ou seja, no desembarque 4), pegar o ônibus 858.

Se você estiver em Rotterdam, vale pegar o trem da Rotterdam Centraal até a estação Leiden Centraal e lá pegar o ônibus 854.

Gostou? Quer conhecer? Evite filas e economize tempo e dinheiro. Compre os ingressos para Keukenhof e outros passeios aqui no blog, uma parceria do Vou na Janela com a Ticketbar.

Clique aqui


Procurando o que fazer na Holanda?


O que fazer em Rotterdam
O que fazer em Amsterdã
Keukenhof: o jardim de tulipas mais bonito da Holanda
Museu Madame Tussauds em Amsterdã
Red Light District em Amsterdã
Jordaan, o bairro mais legal de Amsterdã
A parada das flores na Holanda
Já ouviu falar de Rosendaal, na Holanda?


Programe sua viagem


Chegando em Amsterdã por Schiphol: imigração e transporte
Como ir de trem de Amsterdã para Bruxelas


Procurando hospedagem em Amsterdã?


Olha a nossa lista de sugestões no Booking.com. Reservando um hotel pelo Booking, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso. Clique aqui


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram.





Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

13 Comentários

  • Responder março 16, 2016

    Anquises Lisboa

    Olá Fabricio,
    Parabéns! Belo trabalho, vou aproveitar as suas dicas.
    Abraços.

  • Responder janeiro 10, 2017

    Maugham

    Show! Obrigado pelas informações. Abraços

  • Responder janeiro 25, 2017

    Diego

    Pra ir do Keukenhof para Rotterdam é só pegar o mesmo ônibus 854?

    • mm
      Responder janeiro 25, 2017

      Fabricio Moura

      Você vai pegar o 854 de volta para a estação central de Lisse e de lá vai até Rotterdam de trem.

  • Responder fevereiro 1, 2017

    Carolina

    Vc sabe dizer se a estação de Lisse tem guarda-volumes?

    • mm
      Responder fevereiro 1, 2017

      Fabricio Moura

      Não sei, mas não me surpreenderia se não tivesse, muitos aeroportos e estações de trem na Europa e EUA não estão oferecendo mais esse serviço por causa do terrorismo.

  • Responder fevereiro 10, 2017

    Rafael

    Muito legal essas dicas e a descrição de Rotterdam, sou de SP e estou em SC e estou começando estudar as possibilidades de ir para Rotterdam.

    • mm
      Responder fevereiro 12, 2017

      Fabricio Moura

      Vale muito a pena um bate-volta para quem está em Amsterdã ou Bruxelas.

  • Responder fevereiro 16, 2017

    LUIS CARLOS DE LUCIO

    Olá Fabrício! Estarei em Rotterdam no início de Abril e gostaria de conhecer Keukenhof , o horário de saída do Spido Rotterdam é 1:00 da madrugada mesmo, como está no informativo? E na estação Central de trens sai às 10:15? Ficarei hospedado no Holliday In Express Rotterdam que fica bem próximo, correto?

    • mm
      Responder fevereiro 17, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Luis, tudo bem? O Holliday In Express Rotterdam é do lado da estação de trens, é mais fácil ir pra Keukenhof de trem. Tem partidas a cada 30 minutos em média e a viagem demora só 33 minutos. Você pode consultar os horários no site da NS Highspeed (https://www.nsinternational.nl/)

  • Responder maio 1, 2017

    Marina

    Olá Fabrício! Estarei indo de Bruxelas para Amsterdam de trem, e para aproveitar a troca de trem em Rotterdam pretendo fazer um tour rápido pela cidade. Vc acha que daria para conhecer alguns pontos principais de Rotterdam e ainda ir até keukenhof? E em agosto teria os jardins de flores? Obrigada

    • mm
      Responder maio 7, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Marina, depende de quanto tempo você terá de conexão. Quantas horas? Keukenhof é afastado de Rotterdam, tem que ser um dia só pra ir lá.

  • Responder maio 9, 2017

    Marina

    Olá Fabrício! Lendo alguns blogs, entendi que comprando a passagem de trem da ICE de Bruxelas a Amsterdam, posso fazer um Pit stop em Rotterdam para conhecer e usar a mesma passagem em qualquer horário para prosseguir à Amsterdam. Você poderia me confirmar se isso procede? Qto ir até Keukenhof já vi que vai ser corrido. Pois se for até lá não sobrará tempo para conhecer Rotterdam.

Deixe uma resposta