Como escolher a hospedagem para sua viagem

escolher hospedagem

A escolha da hospedagem vai depender do seu perfil de viajante e do seu orçamento. Você é daqueles que não abre mão de alguns serviços oferecidos nos hotéis, ou acha hotéis frios e impessoais e prefere hospedagens alternativas como hostels e Airbnb?

Precisamos pensar com muito cuidado na hora de reservar uma hospedagem, pois apesar da passagem aérea muitas vezes ficar com a maior fatia do nosso orçamento, a hospedagem pode representar a segunda maior despesa durante a viagem.

Para reserva de hospedagem em hotéis ou hostels, eu uso o Booking.com, além da imensa oferta, a gente consegue cancelar a reserva (desde que a regra permita isso) sem pagar multa. Assim, caso apareça um hotel melhor ou mais barato você conseguirá facilmente trocar de hotel sem doer no bolso. Outra vantagem do Booking é que a partir de um número de hospedagens você ganha o status “Genius”, e com ele o site mostra descontos especiais de até 10% de acordo com o hotel, além de um atendimento diferenciado.


Airbnb


Uma excelente maneira de reduzir custos de uma viagem é optar por acomodações alternativas, e nesse ponto eu acho o Airbnb uma grande sacada. Muitas vezes, um apartamento inteiro pode ser mais barato do que um quarto de hotel. De quebra, você ainda terá uma experiência local, poderá comprar alimentos nos mercados e cozinhar em casa, e assim economizar com refeições. Também poderá pegar dicas com o dono do imóvel, daquelas que não aparecem nos guias de viagens.

Leia mais: Por que se hospedar em um Airbnb

Home sweet home... ou quase isso (Créditos: Airbnb)

Home sweet home… ou quase isso (Créditos: Airbnb)


Hostel


Hostel é para quem não se importa em abrir mão da privacidade. Claro, tem hostels que oferecem quartos individuais, mas esses muitas vezes são mais caros do que o quarto de um hotel. Eu acho hostel legal para quem viaja com grupos de amigos, onde todos podem ficar no mesmo quarto.

O que me incomoda em hostel é que nem todos os hóspedes que dividem o quarto com você tem bons modos e vamos combinar, é muito chato alguém acender a luz na sua cara às 4 horas da manhã, ou acordar cantarolando cedinho quando você só quer dormir por mais uma horinha. Em hostels os banheiros são compartilhados e a maioria dos estabelecimentos não oferecem toalhas e kits de banho. Às vezes o banheiro compartilhado não é uma experiência muito legal.

Hostel é uma opção econômica, mas não é pra todo mundo

Hostel é uma opção econômica, mas não é pra todo mundo


Worldpackers


Outro método de hospedagem bem interessante é o Worldpackers. Nele, você troca acomodação por algumas horas de trabalho por dia. Por exemplo: cuidar da recepção, ajudar na limpeza, cozinha, etc.

A maioria dos estabelecimentos cadastrados no Worldpackers são hostels, e já encontrei casos de alguns que além de cama, comida e roupa lavada, oferecem um pagamento pelo período de trabalho. Para quem está com o orçamento apertado e quer passar um período mais longo viajando, é uma ótima opção.


Nightswapping


O Nightswapping é mais uma maneira de você viajar pelo mundo se hospedando de graça ou pagando muito pouco por isso. O legal do Nightswapping é que as acomodações podem variar do quarto de hóspedes até a residência inteira para você. À primeira vista pode parecer bom demais para ser verdade, mas o sistema funciona basicamente como uma moeda de troca.

Você se cadastra no site, faz um perfil caprichado e oferece a sua casa para receber turistas de todos os cantos do mundo. A cada diária oferecida, você acumula diárias para usar nas suas viagens, se hospedando na casa de outro membro da comunidade em qualquer lugar do mundo.

Leia mais: O que é o Nightswapping e como funciona


Couchsurfing


Por fim, tem o bom e velho Couchsurfing onde basicamente as pessoas te oferecem o sofá da casa delas em troca da mesma gentileza quando alguém precisar de hospedagem na sua cidade. Na verdade, não quer dizer que você irá de fato dormir no sofá, pode ser uma rede ou ate mesmo um quarto de hóspedes.

BANNER


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar