Como visitar o Museum Of Flight, o Museu da Boeing em Seattle

Museu da Boeing

Visitar o Museum Of Flight em Seattle, mais conhecido como o Museu da Boeing foi a realização de um pequeno sonho. E quando e coloquei a cidade americana no roteiro da minha volta a mundo, não poderia deixar esse lugar de fora.

***

Eu cresci no interior do estado do Rio devorando a Revista Flap Internacional a cada mês e entortando a cabeça para ver os aviões passarem. Ficava lá com aquela cara de bobo olhando para o céu e tentando adivinhar o modelo e para onde ele iria. – Olha, aquele é um 737 da Varig…  E pensar que algumas décadas depois existiria o FlightRadar24 para responder todas essas perguntas.

E eu sempre ouvi falar de um tal de Museu da Boeing nos Estados Unidos mas sabe como é, aquele desejo bem distante que provavelmente nunca se realizaria. 

Museu da Boeing

Sonho realizado no Museu da Boeing

Pois bem, quando eu coloquei os pés no Museu da Boeing eu tinha a certeza de que estava no lugar certo e que aquele pequeno sonho de moleque estava se realizando. A minha cara de felicidade pode ser vista no vídeo sobre o museu que eu publiquei no canal do Vou na Janela no Youtube.

O Museum Of Flight em Seattle é o tipo de lugar para quem curte aviação e também para quem não gosta tanto assim, mas que sempre se impressiona com essas máquinas voadoras maravilhosas.

Museu da Boeing

Super Constellation na entrada do Museu da Boeing


Como é a visita ao Museu da Boeing


O Museu da Boeing fica coladinha em uma da sede da Boeing e do Boeing Field, antigo aeroporto de Seattle cujo a pista ainda é usada pela Boeing. É lá que os Boeings 737 são finalizados e inclusive é possível ver muitos aviões 737 Max estocados.

O museu é dividido em 4 grandes galerias com um acerto de 175 aeronaves e uma infinidade de peças histórias de aviação e também da exploração do espaço. 

A Great Gallery fica logo depois da entrada e que tem um acervo de aeronaves de diferentes épocas, fabricantes e usos. São quase 70 modelos ao todo, como um gigante Lockheed Blackbird – avião construído para a CIA durante a Guerra Fria – ao lado de clássicos como o Douglas DC3 ou o Boeing 80A-1.

Museu da Boeing

Great Gallery

Museu da Boeing

Great Gallery

Museu da Boeing

Cockpit do 737 da USAir

Museu da Boeing

Cabine do 737 da USAir

Duas galerias são dedicadas às grandes guerras: World War I Gallery e World War II Gallery. São cerca de 30 aeronaves nestas duas galerias, além de muitas peças históricas muito bem cuidadas. Ali também acontecem palestras diariamente com veteranos de guerra.

Ao atravessarmos uma ponte sobre a Marginal Ways, chegamos a segunda parte do Museu da Boeing. Aqui encontramos a Space Gallery, com um acervo enorme de peças da NASA e da exploração espacial. Inclusive um imenso mock-up de um ônibus espacial usado para simulações e treinamentos.

Museu da Boeing

Aviation Pavilion

Em seguida vem a minha parte favorita do museu, o Aviation Pavilion. É lá que ficam as aeronaves mais memoráveis do museu e o melhor de tudo é que podemos entrar em praticamente todos eles.

Museu da Boeing

O Concorde da British

Museu da Boeing

Cockpit do Concorde

Museu da Boeing

Cabine do Concorde

Como um Concorde que pertenceu a British Airways, um Boeing 707 Air Force One que transportou presidentes como John Kennedy e Richard Nixon. Um aeronave impecável e muito bem conservada. O avião chega a ser reluzente.

Museu da Boeing

Air Force One

Museu da Boeing

Cabine do Air Force One

Museu da Boeing

Cabine do Air Force One

Museu da Boeing

Mesa da secretária

Ao lado dele o primeiro Boeing 727, um modelo da série -100 que pertenceu a United Airlines. 

Museu da Boeing

O primeiro Boeing 727

E aí a gente precisa segurar a respiração ao ficar cara a cara com o primeiro Boeing 74 fabricado. O City Of Everett, que leva o nome da cidade onde fica a planta da Boeing que produziu o clássico. Este Boeing foi usado no programa de homologação e como plataforma de testes do 747. Dentro dele não há poltronas, mas os equipamentos usados pela Boeing durante a homologação dele nos anos 60.

Museu da Boeing

O primeiro Boeing 747

Museu da Boeing

O primeiro Boeing 747

Museu da Boeing

Interior do 747

Museu da Boeing

Interior do 747

No Aviation Pavilion tem também o primeiro Boeing 737 – que pertenceu a NASA e que hoje repousa embaixo da asa de um novíssimo Boeing 787-8 Dreamliner fabricado em 2010 e já aposentado. Essa aeronave foi usada no programa de certificação e voos de demonstração do Dreamliner e posteriormente doada ao museu.

Museu da Boeing

O primeiro Boeing 737

E a lista de clássicos no Aviation Pavilion segue pelo Boeing 247D, Douglas DC-2, aviões militares como os Boeings Stratojet e o B29, modelo usado para despejar as bombas atômicas sobre as cidades de Hiroshima e Nagasaki no Japão, encerrando a Segunda Guerra Mundial.


Vídeo


Confiram o vídeo da visita ao Museu Of Flight:


Como visitar o Museu da Boeing


O museu fica no caminho do Aeroporto Tacoma em Seattle. Pesquisando sobre como chegar lá eu achei um pouco confuso e acabei usando o Uber compartilhado, que custou 10 dólares da região do Downtown em Seattle até o museu.

Uma opção é pegar o Light Rail, o trem de superfície tipo VLT que vai para o aeroporto e descer na estação Rainier Beach e de lá pegar um táxi ou Uber, vai dar menos de 5 dólares.

Durante a temporada de verão, os ônibus turísticos estilo hop-on hop-off passam pelo museu, o que pode ser uma ótima opção se você já estiver pensando em fazer esse passeio.

A entrada custa 25 dólares e o museu abre todos os dias (exceto em dias de Ação de Graças e Natal) das 10h às 17h.


Onde ficar em Seattle


Veja aqui o meu post com dicas de onde ficar em Seattle.

Ou confira as opções de acomodação na caixa abaixo:



Booking.com


Reserve aqui os seus passeios em Seattle


Compre aqui seus passeios em Seattle, ganhe tempo e evite filas.


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.