O que é uma medina e o souk nas cidades marroquinas

O que é uma medina

Se você chegou até esse post é porque está tentando entender o que é uma medina, ou o que é um souk em uma cidade marroquina. Para explicar melhor, precisamos entender um pouco da arquitetura (e falta de planejamento urbano) de cidades como Marrakech, que é um ótimo exemplo desse tipo de construção. Mas vamos por partes, ok?


O que é uma medina?


Antigamente as cidades árabes eram construídas dentro de muralhas, que serviam para proteger as suas moradias e principalmente o comércio dos invasores, isso há algumas centenas de anos atrás.

Dentro desses muros a cidade se organizava, não existia um planejamento urbano e geralmente no meio dessa área murada existia uma praça e dela partiam as pequenas ruas, becos e vielas, de acordo com a necessidade e são como artérias a partir do coração. Essa analogia é verdadeira, já que desde aquela época as praças centrais são as áreas mais importantes das medinas e em geral, com algumas mesquitas menores e uma maior no seu entorno.

Muros da Medina

Muros da Medina

Aí você já pode imaginar que os mais abastados frequentariam as mesquitas maiores e os mais pobres as menores. Assim como as áreas de comércio dentro da praça e espalhados pelos becos.

No meio a esse caos visual, existe uma certa organização. As moradias são separadas por etnias e religiões (mesmo sendo uma cidade árabe) e por tipos de estabelecimentos comerciais. Você nunca vai ver uma banca de frutas ao lado de uma loja de tecidos. Nas medinas cada tipo de comércio tem o seu canto.

Praça central de Marrakech

Praça central de Marrakech

Mas as cidades cresceram e tiveram que se expandir para fora das medinas, como em Marrakech, por exemplo, que existem vários bairros fora dos muros. E dessa forma as cidades marroquinas (e a maioria das cidades árabes) são definidas: como cidade antiga (a medina) e cidade nova, tudo que está fora dos muros. Os Riads, por exemplo, só existem dentro das medinas.


Mas o que é souk?


O Souk são os mercados mais tradicionais dentro das medinas, em geral eles ficam nos becos mais afastados da praça central, isso porque há centenas de anos eles eram frequentados pelos locais e mais pobres.

Hoje os Souks viraram atrações turísticas, mas andando nas partes mais distantes e profundas da medina de Marrakech, a gente ainda encontra souks onde só os marroquinos frequentam.

Também são lugares onde vendem de tudo: especiarias, artigos de couro, peças de cerâmica, prataria e até xing-lings chineses.

Souk

Souk

Souk

Souk


Se você estiver planejando uma viagem ao Marrocos, vale ler os posts abaixo


Guia de sobrevivência no Marrocos: 10 coisas que você precisa saber
O Marrocos me decepcionou até onde eu deixei
Como é viajar de trem pelo Marrocos
Chegando no Marrocos: visto, imigração e transporte
O que fazer em Marrakech
Como é se hospedar em um tradicional riad em Marrakech
Casablanca e Marrakech: como andar e onde ficar


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar