Dicas de Londres: 30 coisas para fazer na sua primeira viagem

Dicas de Londres

Londres é uma das cidades mais fascinantes do mundo e foi o destino da minha primeira viagem internacional há um bom par de anos. Desde então, sempre que possível eu voltava pois as atrações em Londres são quase infinitas. Por isso, eu trago hoje esse post de dicas de Londres com 30 coisas para fazer na sua primeira viagem.

***

Uma das cidades mais cosmopolitas do mundo, Londres representa um imenso universo de possibilidades. Afinal, em um lugar com tanta história e cultura, não faltam coisas para fazer em Londres. Uma vez andando por Londres eu encontrei um livro cujo o título era “Se você está cansado de Londres, você está cansado da vida”, em tradução direta. E tal título expressa bem a relação do visitante, que sempre quer voltar para ver mais e se apaixonar ainda mais por Londres.

Antes de me aprofundar neste post com dicas de Londres para a sua primeira viagem, eu vou deixar alguns links aqui embaixo para facilitar o planejamento da sua viagem. Inclusive um post com um roteiro de 5 dias em Londres, dia a dia.

Leia mais:
O que fazer em Londres em 5 dias
Onde ficar em Londres
Como usar o metrô de Londres
Como é passar pela imigração em Londres

Dicas de Londres
Dicas de Londres

Dicas de Londres: 30 coisas para fazer na sua primeira viagem


  1. Big Ben e o Parlamento britânico
  2. Abadia de Westminster
  3. Westminster Bridge
  4. London Eye
  5. The Queen’s Walk e Parque do Jubileu
  6. Southbank Centre
  7. Millenium Bridge
  8. Catedral de St.Paul
  9. Tate Modern e Tate Britain
  10. Passeio de barco pelo Rio Tâmisa
  11. British Museum
  12. The National Gallery
  13. Covent Garden
  14. London Transport Museum
  15. Trafalgar Square
  16. Palácio de Buckingham e a troca da guarda
  17. St.James Park
  18. Green Park
  19. Hyde Park
  20. Camden Town
  21. Torre de Londres
  22. Tower Bridge
  23. Borough Market
  24. The Shard, o prédio mais alto da Europa
  25. Passear em ônibus de dois andares
  26. Passeio pelo subterrâneo de Londres
  27. Kings Cross e St.Pancras
  28. Portobello Road e Notting Hill
  29. Kensington Gardens
  30. Piccadilly Circus

Big Ben e o Parlamento

Não existe melhor lugar para começar a sua visita por Londres do que em seu maior cartão postal. Direto ao Big-ben, mas não se confunda, o Big-ben é o sino que fica dentro da torre do parlamento. Um colosso de 13 toneladas, mas que atualmente está passando por reformas. As pessoas acham que Big Ben é o nome da torre, ou do relógio… tudo bem se enganar, todo mundo se engana.

O Palácio de Westminster (nome oficial do Parlamento) ou Casas do Parlamento é considerado uma construção nova, ficou pronta em 1847 e foi construído no lugar onde desde 1512 já havia um palácio que funcionava como parlamento. Entretanto, foi completamente destruído 1m 1834.

O Palácio de Westminster pode ser visitado, mas apenas aos sábados e durante o verão londrino, de junho a setembro. As entradas são vendidas no local.

Dicas de Londres
Big Ben e o Parlamento

Abadia de Westminster

Coladinha no Parlamento fica a Abadia de Westminster. Ela foi fundada no ano de 616, lembra que eu disse acima que o Parlamento era considerado um prédio novo?

É na Abadia de Westminster que acontecem os grandes eventos da monarquia britânica, nela são coroados reis e rainhas.  O Príncipe Charles e a Princesa Diana casaram nela, assim como o Príncipe William e a Kate Middleton. Só para sentir a importância desse lugar. Do lado de fora, a abadia é lindíssima, por dentro é absolutamente fantástica.

Dicas de Londres
Abadia de Westminster

Westminster Bridge

A Westminster Bridge é uma das pontes mais famosas de Londres e também a mais antiga, inaugurada em 1862. Atravessar o Rio Tâmisa pela Westminster Bridge rende algumas das mais belas imagens de cartão postal da capital britânica.

De um lado, o Parlamento e o Big Ben e do outro lado a icônica London Eye, a roda gigante que é um dos símbolo de Londres.

Dicas de Londres
Westminster Bridge

London Eye

É da London Eye que temos a melhor vista que você poderá ter de Londres. A famosa roda-gigante de 135 metros de altura e já foi a maior do mundo, hoje a maior é a High Roller em Las Vegas com 167 metros, seguido da Singapore Flyer com 165 metros e a Estrela de Nanchang, na China, com 160 metros.

Dicas de Londres
London Eye

Inaugurada em 2000 como comemoração pela chegada do novo milênio, foi batizada de “Millennium Wheel”, ou Roda do Milênio, entretanto ficou famosa mesmo pelo nome London Eye.

Localizada em um ponto chave da capital britânica, na margem do Rio Tâmisa, ao lado da Westminster Bridge e com uma vista privilegiada do Parlamento e do Big Ben. No ponto mais alto da roda gigante, conseguimos ver a distância em dias de tempo bom o Hyde Park, Palácio Buckingham, Abadia de Westminster, Tate Modern e o que mais seus olhos conseguirem alcançar.

Eu já publiquei um post aqui no Vou na Janela mostrando como é o passeio na London Eye, recomendo a leitura.

Dicas de Londres
London Eye
Dicas de Londres
London Eye

Parque do Jubileu e The Queen’s Walk

Atrás da London Eye fica o Parque do Jubileu, um parque novo e cheio de quiosques com cafés legais. Ao longo desta margem do Rio Tâmisa fica o The Queen’s Walk, um calçadão que vai além da Lambeth Bridge até a Tower Bridge, contornando toda a margem sum do Rio Tâmisa.

O Queen’s Walk foi concebido em 1977 para marcar o Jubileu de Prata da rainha Elizabeth II, contudo, a última parte só ficou pronta em 1990. O calçadão é uma excelente maneira de conhecer Londres a pé, admirando a arquitetura e os pontos turísticos da margem sul do Tâmisa.

Dicas de Londres
Parque do Jubileu

Southbank Centre

O Southbank Centre fica pouco depois da London Eye e onde começa o Queen’s Walk. O lugar é um imenso espaço com galerias de arte, exposições, restaurantes e cafés. No inverno e especialmente nas semanas de dezembro, acontece um festival de inverno com bebidas e comidas típicas de todos os cantos da Europa, é simplesmente maravilhoso. É a versão londrina dos Christmas Market que acontecem em diversas cidades europeias. Falando nisso, veja o que fazer em Londres no Natal

Dicas de Londres

Millenium Bridge

Mais uma ponte famosa em Londres e olha que são várias, vai se acostumando. A Millenium Bridge (como o nome já diz), foi inaugurada no ano 2000 pelas comemorações pela chegada do novo milênio. Entretanto, depois de inaugurada com muita festa, a ponte foi interditada por riscos de segurança. Isso porque a ponte balançava assustadoramente, sendo apelidada de wobbly bridge (ponte trêmula). 

Fato é que a Millenium Bridge só foi reaberta ao público em 2002, quase 2 anos depois da inauguração. A Ponte de pedestres conecta as duas margens do Tâmisa, de um lado fica a Tate Modern e do outro a Catedral de St.Paul.

Dicas de Londres
Dicas de Londres: Millenium Bridge

Catedral de St.Paul

Quando falamos de templos religiosos em Londres, todo mundo pensa primeiramente na Abadia de Westminster, que é maravilhosa e isso não se discute, mas não muito longe dali fica a impressionante Catedral de St.Paul.

A grandiosidade do lugar impressiona e faz jus a sua fama e importância. Assim como na Abadia de Westminster, é na Catedral de St.Paul Que acontecem importantes cerimônias da Monarquia, como o jubileu de ouro e aniversário de 80 anos da Rainha Elizabeth II. 

A catedral fica do lado oposto a Tate Modern, na margem do Rio Tâmisa e a melhor forma de chegar é pela estação de metrô de mesmo nome ou atravessando a Millenium Bridge, que eu mostrei no tópico acima.

Dicas de Londres
Dicas de Londres: Catedral de St.Paul

Tate Modern e Tate Britain

A Tate Modern é uma das galerias de arte mais famosas do mundo e como eu mostrei acima, ela é conectada a Catedral de St.Paul pela Millenium Bridge. Se tem algo que eu acho fantástico em Londres é a proximidade das atrações.

A Tate foi inaugurada em 2000 e fica onde funcionava a antiga estação de energia de Bankside, um prédio de sete andares com obras de Picasso, Dalí, Mondrian, Monet, Miró e muitos outros nomes. A Tate recebe também as mais importantes mostras itinerantes de arte contemporânea do mundo. 

Depois de visitar a Tate Modern, pegue o Tate Boat (um barco que fica ancorado ao lado da Millenium Bridge) e que segue pelo Rio Tâmisa até a Tate Britain, a outra galeria irmã da Tate Modern e que fica depois da Westminster Bridge. 

Dicas de Londres
Dicas de Londres: Tate Modern

Passeio de barco pelo Rio Tâmisa

Falando em barco, os passeios pelo Rio Tâmisa são muito populares em Londres. São diversos serviços que partem de vários pontos ao longo das margens do rio. Um dos pontos mais acessados ficam no entorno da Westminster Bridge e London Eye.

Tem passeio sem parada, tem barcos que fazem paradas no estilo hop-on/hop-off onde o passageiro pode descer em um ponto turístico e embarcar novamente no próximo barco. Tem um passeio de pôr do sol e claro, os passeios noturnos com jantar e música a bordo.

Eu acho esses passeio uma maneira legal de ver a cidade de outro ponto de vista. Mas caso o tempo esteja chuvoso, é algo que eu realmente não recomendo.

v
Dicas de Londres: Passeio de barco pelo Rio Tâmisa

British Museum

Definitivamente o British Museum é um dos meus lugares favoritos em Londres. Um dos museus mais famosos do mundo, ele foi aberto ao público em 1753 e por muitos anos foi a atração mais visitada do Reino Unido.

O museu possui um acervo espetacular que reúne mais de 8 milhões de peças e que ajudam a contar a história de conquistas, lutas, guerras, nascimento e declínio de civilizações, há mais de 2 milhões de anos até o nosso presente.

Dicas de Londres
British Museum

Um lugar que guarda fragmentos – pilhados, conquistados e presenteados – das mais importantes civilizações do nosso mundo. Um espaço em que a gente mergulha na Roma antiga, emerge no Partenon Grego, mira a Pérsia e ainda flerta com culturas asiáticas, africanas e americanas, de norte a sul.

Vá com tempo e calma, eu fiquei praticamente um dia inteiro visitando o British Museum e voltaria mais e mais vezes. E quer saber uma notícia? A entrada em um dos mais famosos e importantes museus do mundo é grátis.

Eu já escrevi um post contando tudo sobre a visita ao British Museum, recomendo a leitura.

Dicas de Londres
Dicas de Londres: British Museum

The National Gallery

Resumir a National Gallery em poucas linhas é uma covardia, ela é sem dúvidas a mais completa galeria de arte que você poderá conhecer nesse canto do mundo. São quase 2.500 pinturas que datam desde a metade do século XIII até o início do século XX, todas reunidas em um lugar gigantesco, com pé direito alto e salas decoradas com todo requinte que a monarquia britânica exige.

Lá dentro, fotos não são permitidas, mais uma razão para você guardar bem na memória tudo que seus olhos puderem ver e prepare-se para ver os grande mestres: Monet, Da Vinci, Van Gogh, Cézanne… e a lista é longa.

A National Gallery fica no ponto mais nobre da Trafalgar Square, um dos lugares mais vibrantes de Londres. E assim como o British Museum, a entrada é gratuita.

Dicas de Londres

Covent Garden

O Covent Garden é um dos distritos mais agitados e alegres de Londres, mas o que faz a região famosa é o grande mercado que reúne de bons restaurantes a floristas e músicos de rua. 

O famoso mercado começou a surgir neste mesmo lugar em 1660 como um mercado de flores, frutas e hortaliças. Mas o mercado era simples, todo de madeira e o medo de um incêndio – algo muito comum em Londres naquela época – fez com que um grande mercado de ferro fosse erguido no começo do Século XIX.

E funcionou muito bem, mas o mercado caiu em desuso e ficou praticamente abandonado décadas depois. Entretanto, em 1974 o prédio de aço fundido de 3 pavimentos foi recuperado e transformado no Covent Garden que conhecemos hoje.

Vale muito visitar para comer pagando pouco, beber ótimas cervejas ou simplesmente para passear.

Dicas de Londres
Covent Garden

London Transport Museum

O London Transport Museum ocupa o prédio do antigo mercado de flores do Covent Garden. Os dois prédios ficam um coladinho no outro, todavia, com acessos independentes.

Como diz o nome, trata-se de um museu que conta a história da evolução dos meios de transporte em Londres. E para quem gosta de trens – como eu – a visita é imperdível. Lá podemos apreciar antigas locomotivas e vagões de metrô londrino, os antigos routemasters vermelhos, os ônibus de dois andares que são a cara de Londres.

Dicas de Londres
London Transport Museum

Trafalgar Square

A Trafalgar Square é uma das mais famosas praças de Londres e certamente você passará por ela em algumas ocasiões, seja para visitar a National Gallery ou a caminho do Palácio de Buckingham. 

A Trafalgar Square foi inaugurada em 1830 para celebrar a vitória britânica na Batalha de Trafalgar. Ocorrida entre o Reino Unido, Espanha e a França de Napoleão em 21 de outubro de 1805.

Dicas de Londres
Trafalgar Square

O lá no meio da praça fica a imensa Coluna de Nelson, com seus 50 metros de altura, ela homenageia o almirante Nelson, que faleceu quando comandava a armada britânica na Batalha de Trafalgar. E no entorno da coluna, observe os 4 enormes leões de bronze, que foram feitos com o bronze dos canhões dos navios franceses.

A praça também recebe eventos e instalações artísticas itinerantes. É lá que acontece também o St. Patrick’s Day em Londres e feiras de natal e eventos musicais.

Dicas de Londres
Trafalgar Square
Dicas de Londres
Dicas de Londres: Trafalgar Square

Palácio de Buckingham e a troca da guarda

Sair da Trafalgar Square e atravessar o Admiralty Arch, ficamos de frente para a The Mall, a longa avenida arborizada que leva até o Palácio de Buckingham. Nos domingos, a avenida fica fechada para os carros e é tomada pelos pedestres, britânicos e visitantes.

O Palácio de Buckingham é sede da monarquia britânica e residência da Rainha Elizabeth II. E o que leva essa multidão até o palácio é a curiosidade para ver onde vive a Rainha e claro, a cerimônia da troca da guarda.

Dicas de Londres
Palácio de Buckingham
v
Troca da Guarda

A troca acontece diariamente entre os meses maio e junho, e em dias alternados no resto do ano, sempre às 11h30 e dura exatamente 30 minutos. Como a troca da guarda é um evento concorrido, especialmente no fim de semana, chegue cedo. O melhor lugar para ver é do Memorial da Rainha Victoria, a primeira moradora de Buckingham. Ou coladinho nos portões. Eu já escrevi um post mostrando em detalhes como é a cerimônia, da uma olhada.

Dicas de Londres
Troca da Guarda

St.James Park

Ele é o mais antigo dos parques reais de Londres, fica ao lado da The Mall, a avenida que liga a Trafalgar Square ao Palácio de Buckingham e que eu mencionei no tópico acima. 

O St.James Park tem uma vista linda dos fundos da Downing Street, London Eye, a torre do Big Ben e o Parlamento. Mas um detalhe super bacana desse parque e que a maioria das pessoas passam batidas é a uma árvore que foi plantada em 1996 pelo então presidente da África do Sul e símbolo máximo do Apartheid, Nelson Mandela.

Dicas de Londres
Dicas de Londres: St.James Park

Eu sabia da existência da árvore, mas honestamente nem esperava encontrar no meio de tantas árvores. Mas não é que eu achei a árvore totalmente por acaso? Para quem quiser procurar pela árvore, ela fica logo no começo do parque, do lado direito para quem vem da Trafalgar Square.

Dicas de Londres
Árvore do Mandela

Green Park

Logo a frente do St.James Park e coladinho no Palácio de Buckingham fica o Green Park. Tem portões lindos, em ferro preto com detalhes dourados. É um dos mais floridos, uma área com muitas árvores e imensos gramados na outra extremidade, perto da estação de metrô que leva o mesmo nome do parque. Durante o verão ensolarado o Green Park vira uma praia para os ingleses.

Dicas de Londres
Dicas de Londres: Green Park

Hyde Park

E já que estamos falando de parques, porquê não falar do mais famoso de todos? O mais visitado e mais fotografado? Em uma comparação, o Hyde Park está para Londres assim como o Central Park está para Nova York e o Parque do Ibirapuera está para São Paulo.

É lá onde os britânicos vão tomar sol nas pernas depois de longos meses de inverno, onde o povo corre faz piquenique, levam as crianças para brincar e desfrutam da vasta agenda cultural, principalmente durante o verão. Londres também tem outros parques bem famosos, mas certamente o Hyde é a referência que todo mundo tem quando pensa em parques de Londres.

O parque tem vários restaurantes, cafés, áreas de exposições, lagos com pedalinhos e passeios de carruagem. Durante o verão, shows e festivais de música invadem o lugar, falo de gente como Madonna, Robbie Williams, The Killers,  Mariah Carey, Paul McCartney e U2.

Para chegar até lá, não faltam estações de metrô que circulam o parque. Tem a Hyde Park Corner (a melhor opção), Knightbridge, Marble Arch, Lancaster Gate e Queensway. Mas se você estiver as redondezas do Palácio de Buckingham, dá para ir a pé tranquilamente. Quer uma dica? Comece o passeio pelo Marble Arch ou pelo Wellington Arch se você vem da região do Palácio de Buckingham, este é o meu modo favorito de chegar ao parque.

Dicas de Londres
Hyde Park

Camden Town

O que fazer em uma tarde de domingo em Londres? Pegue o metrô e vá para Camden Town! O bairro super alternativo, que ficou famoso por ser residência da cantora Amy Winehouse e que nos últimos anos caiu de vez no gosto dos visitantes. 

Dicas de Londres
Dicas de Londres: Camden Town

Lá fica o Camden Lock Market, uma feira de rua onde você encontrará desde o melhor hamburguer podrão de Londres feito por um filipino chamado John, as roupas mais estranhas que parecem ter saído do set de Mad Max, máscaras de gás, kits para o fim do mundo e todo o guarda roupa para você virar punk da noite pro dia.

Para chegar, a estação de metrô mais próxima é a Camden Town, linha Northern. Mas atenção: aos domingos, a estação só fica aberta para desembarques, os embarques são feitos na estação Mornington Crescent, algumas quadras abaixo.

Dicas de Londres
Camden

Torre de Londres

Pegue o metrô e vá direto para a estação Tower Hill. Ali, você vai visitar a Torre de Londres, um castelo histórico que fica na margem norte do rio Tâmisa. Fundado por volta de 1066, a Torre Branca foi obra do rei Guilherme I em 1078.

A fortaleza foi um símbolo de opressão infligida pela realeza e foi usado como prisão de 1100 até 1952. São vários edifícios localizados dentro de dois anéis de enormes muralhas e um fosso. Reserve a manhã para visitar a Torre de Londres e logo em frente a ela fica a Tower Bridge.

Dicas de Londres
Dicas de Londres: Torre de Londres

Tower Bridge

As outras pontes que me perdoem, mas na minha modesta opinião, a Tower Bridge é a ponte mais bonita do mundo. Ela foi inaugurada em 1894 para facilitar o fluxo de pessoas no East End de Londres. São duas torres em estilo gótico com 65 metros de altura, unidas por duas passarelas e logo abaixo uma ponte levadiça.

Dentro da torre existe um passeio chamado The Tower Bridge Exhibition, que conta a história da construção da ponte e visita ao antigo sistema a vapor que fazia a ponte se levantar. Esse sistema foi substituído por um mecanismo elétrico nos anos 70. O passeio começa e uma das torres e termina na outra, é essa passagem entre as torres que garante a bela vista sobre o rio, inclusive em uma parte com o piso de vidro. Na verdade, a vista é o ponto alto do passeio.

Dicas de Londres
Tower Bridge

Borough Market 

A história do Borough Market se confunde com a história de Londres. E o mais antigo mercado da Europa e um dos mais antigos do mundo com mais de mil anos. Sim, amigos, MIL anos de existência.

Apesar da idade, ele foi se adaptando e sendo moldado com o passar dos séculos. Com a valorização da comida de rua britânica e da gourmetização de pratos tradicionais como o  fish and chips (peixe com batata frita), o Borough Market se tornou um dos melhores lugares de Londres para apreciar toda aquela comida gordurosa (e maravilhosa) com litros de cerveja.

Dicas de Londres
Borough Market

The Shard

O The Shard é o edifício mais alto da Europa, são 310 metros de altura em 72 andares. É o ponto mais alto que você irá alcançar dentro de Londres. É tão alto que a gente consegue ver além da cidade. Construído na parte sul do Rio Tâmisa, entre a London Bridge e a Tower Bridge, fica na parte mais moderna de Londres, a City. O prédio é um complexo com escritórios, restaurantes, um hotel e três andares de vista panorâmica.

Para visitar o Shard você precisa ter um pouco de sorte. Mas por quê? Justamente por ser tão alto. A visão pode ser constantemente prejudicada pela chuva e o famoso fog, a neblina que cobre Londres em muitos meses do ano.

Entretanto, os melhores meses são em julho e agosto, no auge do verão europeu, quando o tempo é melhor e o sol aparece com mais frequência.

Dicas de Londres
Dicas de Londres: Vista do The Shard

Passear em ônibus de dois andares

Eu acho que não existe nada mais londrino do que os tradicionais ônibus de dois andares vermelhos. Infelizmente os clássicos Routemaster foram aposentados, contudo, ainda é possível fazer um passeio nesses clássicos.

Os Routemaster foram substituídos por novos modelos de visual futurista e também de dois andares. Os mais antigos foram para museus e muitos para operadores de turismo, tem desses ônibus até em Bangkok fazendo passeio com turistas.

Mas o que pouca gente sabe é que duas linhas operadas pelos tradicionais ônibus de dois andares foram mantidas, a linha 15 que vai da Tower Hill a Trafalgar Square e a linha 9 que vai da Trafalgar Square até o Albert Hall passando por Buckingham e o Hyde Park.

Ou seja, por £1.50, que você pode pagar em dinheiro ou pelo Oyster Card, você faz um belo passeio em um autêntico ônibus londrino fugindo das operadoras de turismo que cobram até £30 pelo passeio.

Veja aqui mais detalhes de como fazer o passeio nos ônibus de dois andares.

Dicas de Londres
Passear em ônibus de dois andares

Passeio pelo subterrâneo de Londres

Londres tem hoje 26 estações de metrô abandonadas por diferentes razões e se for somar as partes desativadas de outras estações, são 40 ao todo. Algumas tinham baixa demanda, outras eram tão antigas que não ofereciam segurança para os passageiros ou outras por serem próximas demais de outras estações.

E existe um passeio bem interessante que percorre parte desse subterrâneo perdido de Londres. Eu já mostrei esse passeio aqui no Vou na Janela, é bem bacana.

Dicas de Londres
Passeio pelo subterrâneo de Londres

Kings Cross e St.Pancras

As estações de trem Kings Cross e St.Pancras são as mais famosas e importantes de Londres. É de lá que saem os trens da Eurostar para Paris e diversas cidades. Mas essa dica é para os fãs de Harry Potter. É lá que fica a plataforma 9 ¾ onde todo fã da série (e nem tão fãs assim) fazem a tradicional foto empurrando o carrinho de bagagens.

Dicas de Londres
Kings Cross e St.Pancras

Portobello Road e Notting Hill

Em Notting Hill fica outra feira de rua muito famosa em Londres, a Portobello Market. Essa é mais comportada que Camden e reúne vários brechós, mercadinhos, muitas antiguidades e algumas quinquilharias que deixariam a seus avós loucos para ter na estante da sala.

Portobello funciona de segunda a sábado, que é o melhor dia para visitar. É quando a rua fica tomada pelas barraquinhas. A melhor forma de chegar é pelo metrô Notting Hill Gate.

Dicas de Londres
Dicas de Londres; Portobello Road e Notting Hill

Kensington Gardens

Kensington Gardens fica ao lado do Hyde Park e por conta da proximidade, muitas vezes é confundido com o vizinho famoso. Na real, um era a continuação do outro, até que o Rei Guilherme IV transformou o lugar nos jardins do Palácio de Kensington, ali ao lado.

Na divisa entre os dois parques fica o Memorial da Princesa Diana e não longe dali o Memorial do Príncipe Albert, em frente ao Albert Hall, já fora da área dos jardins.

Dicas de Londres
Kensington Gardens

Piccadilly Circus

Famosa por ser um grande ponto de entretenimento em Londres, a Piccadilly Circus é chamada de Times Square de Londres. Seja por conta da sua aglomeração de teatros, cinemas e lojas, ou pelos letreiros luminosos. Em uma quantidade bem diminuta quando a comparamos com Nova York.

Dicas de Londres
Piccadilly Circus

***


Onde ficar em Londres
Como usar o metrô de Londres
Imigração no aeroporto de Heathrow
10 dicas para iniciantes em Londres
Como chegar a Stonehenge


O que fazer em Londres (roteiro de 4 ou 5 dias)
O que fazer em Londres sem gastar nada
30 coisas para fazer em Londres
7 parques e jardins em Londres para conhecer
Um passeio por Canden Town
Como andar nos ônibus de 2 andares de Londres
Londres e a Agulha de Cleópatra
Como é o passeio pela London Eye
Um passeio pelos subterrâneos de Londres
5 lugares para ver Londres de cima
Troca da guarda no Palácio de Buckingham










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.


Compartilhe este post:
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.