Uma visita a fantástica Acrópole de Atenas, na Grécia

Acrópole de Atenas

Um dos complexos de monumentos históricos mais famosos do mundo, a Acrópole de Atenas, por mais de mil anos segue sendo um dos alicerce da história. Um lugar que passou por transformações, que já foi centro político, fortificação militar e até templo religioso, segue encantando quem visita Atenas.

***

Eu sempre fui apaixonado por história, devorava os livros enquanto a maioria dos colegas só queriam que aquela aula acabasse logo. Sempre fui fascinado pela história da Grécia e chorei ao ver partes do Partenon pilhados dentro de museus da Europa. Por tanto, quando pisei em Atenas, tudo parecia um pouco familiar.

Mas foi caminhando por uma das ruazinhas de Plaka, um dos bairros no centro de Atenas, que naquele fim de tarde eu vi a Acrópole brilhando a luz do sol pela primeira vez. Meu coração acelerou e eu mal pude acreditar que estava diante daquele lugar tão importante para a civilização, que estampava as páginas do meu velho livro de história, e que estava ali, diante dos meus olhos.

Acrópole de Atenas
Colina de Areopagus

A imagem era hipnótica, não conseguia parar de olhar. A luz dourada no fim de tarde de inverno em Atenas deixou tudo ainda mais especial, eu diria, mágico. Serpenteando a Acrópole eu cheguei a Colina de Areopagus, de onde eu pude contemplar aquela maravilha no fim do dia.

Acrópole de Atenas
Colina de Areopagus

Na manhã seguinte eu acordei cedo, queria chegar a Acrópole antes da maioria dos visitantes. No verão, as filas para visitar o complexo são gigantescas. No inverno, quando eu estive em Atenas, era tudo mais tranquilo.

Queria chegar logo e apreciar sem uma multidão mais preocupada com seus selfies. Queria me conectar com aquele livro de história vivo. Foi uma das experiências mais especiais que eu tive em viagens, parecia um sonho.


Mas o que é a Acrópole de Atenas?


“Acrópole” é o nome dado a parte alta das cidades da antiguidade. A Acrópole de Atenas fica no monte de 156 metros que parece ter sido estrategicamente colocado ali, no meio da cidade. O complexo foi o coração da vida na Grécia antiga e por mil anos ele foi centro político, fortificação militar, local de celebrações, esportes e até mesmo santuário religioso.

Acrópole de Atenas
Acrópole

A Acrópole de Atenas começou a ser construída no século 5 a.C. no reinado de Péricles. O estilo arquitetônico grego copiado em todo o mundo até hoje foi criado ali, mas com influência nas artes egípcias, persa e fenícia, especialmente nos adornos e cerâmicas.

Talvez você não saiba, mas a Acrópole de Atenas abrange uma área maior que o monte famoso onde fica o Partenon e a maior parte das construções antigas. Bem abaixo, na parte plana da cidade fica o Templo de Zeus Olímpico, um dos sítios arqueológicos mais importantes da Grécia.

Acrópole de Atenas
Templo de Zeus Olímpico

Aos pés do monte fica o que restou do Teatro de Dionísio, que foi o berço do teatro moderno. Foi ali que surgiu o conceito de peças de teatro que conhecemos hoje.

Acrópole de Atenas
Teatro de Dionísio

Pouco mais a frente fica o Odeão de Herodes Ático, mais um belíssimo exemplo de como a cultura e o entretenimento eram importante para os gregos. O Odeão é um imenso teatro em forma de arena que foi construído no ano de 176 e podia receber até 5 mil pessoas.

Acrópole de Atenas
Odeão de Herodes Ático: por fora
Acrópole de Atenas
Odeão de Herodes Ático: por dentro

Mas toda a grandiosidade da Acrópole de Atenas fica evidente quando começamos a subir as colinas rumo ao monte e atravessamos o Propileu, o imenso portal de entrada da cidade sagrada dedicada a Atena, a deusa padroeira da cidade.

Acrópole de Atenas
Propileu: essa foto eu fiz quando estava indo embora, observe como está mais cheio
Acrópole de Atenas
Propileo
Acrópole de Atenas
Propileo

É impressionante os detalhes esculpidos meticulosamente nos gigantescos blocos de mármore. Blocos que resistem ao tempo, que viram guerras, invasões e todas as mudanças no mundo.

De um lado, o famoso Partenon e do outro o lado o Erecteion, as duas construções mais imponentes da Acrópole de Atenas.


Partenon

O Partenon significa “sala da virgem”, é o grande templo dedicado à deusa Atena. O edifício de colunas caneladas em mármore branco é de autoria dos arquitetos Ictinos e Calícrates. Estudos indicam que ele tinha seu interior pintado de azul e vermelho, além de abrigar uma estátua de 10 metros da deusa Atena. 

Acrópole de Atenas
O Partenon

O Partenon é um verdadeiro sobrevivente, já foi igreja durante o domínio do Império Bizantino, anos depois os turco-otomanos o transformaram em mesquita e em 1687 foi pelos ares depois de uma explosão quando era usado como depósito de pólvoras.

Acrópole de Atenas
O Partenon

Por isso, hoje, o Partenon está em ruínas, mas vem sendo meticulosamente restaurado nas últimas décadas e a passos lentos por falta de investimentos. Não se assustem, mas Atenas pós Olimpíada de 2004 é uma cidade decadente e com falta de recursos e mal cuidada. Em sua visita, vai ser comum ver andaimes e obras acontecendo no lugar nos dias de semana.


Erecteion

Outro grande monumento na Acrópole de Atenas, o Erecteion – filho de Atena – foi o último grande edifício do reinado de Péricles, é famosos pelas 6 estátuas de mulheres em forma de coluna que sustenta teto de uma das varandas. O Pórtico das Virgens ou Pórtico das Cariátides é uma das imagens mais fotografadas da Acrópole.

Acrópole de Atenas
Erecteion
Acrópole de Atenas
Pórtico das Virgens ou Pórtico das Cariátides

O templo também era de adoração a deusa Atena, virado para o lado norte da Acrópole, ele foi construído em um desnível do terreno e por essa razão, possui um subsolo. Segundo a lenda, era ali que vivia a serpente sagrada de Atena.


Como visitar a Acrópole de Atenas


A estação Acrópole do metrô de Atenas fica aos pés do monte. (veja aqui como usar o metrô de Atenas). A estação fica pertinho do Museu da Acrópole, vale muito a visita.

Existem duas entradas: uma menor e menos movimentada e que fica quase em frente ao museu. E a entrada principal, fica depois do Odeão de Herodes Ático. A entrada principal tem uma bilheteria maior, é mais movimentada pois fica ao lado do estacionamento dos ônibus de turismo. Eu marquei as duas entradas no mapa abaixo.

Acrópole de Atenas
Entradas da Acrópole

A entrada custa 10 euros na baixa temporada (outono e inverno) e 20 euros na alta temporada (primavera e verão). O horário de abertura é das 8h às 17h.

Dicas para visitar a Acrópole de Atenas

  • Chegue cedo: tente chegar no primeiro horário, especialmente durante a alta temporada, quando as filas ficam quilométricas. Ou visite mais ao fim do dia, por volta das 16h. Atualmente os ingresso não estão disponíveis para a compra pela internet. 
  • Domingo: é o melhor dia para visitar, pois é quando as obras de restauração normalmente não estão acontecendo e tudo fica mais tranquilo.
  • Calçados e roupas: use calçados confortáveis, nada de sapatos desconfortáveis ou salto alto. O lugar tem muitas pedras soltas e partes escorregadias. O ideal é usar um tênis. Como o lugar é bem alto, no inverno pode ficar gelado lá em cima, leve um casaco.
  • Não toque em nada: assim como em qualquer museu, nunca toque em nada. Vários funcionários ficam vigiando os visitantes, prontos para dar uma advertência daquelas de fazer qualquer um ficar com vergonha.
  • Mirante: em uma das extremidades da Acrópole de Atenas fica um mirante de onde temos a melhor vista da cidade. Não deixe de visitar.

***


Passeios em Atenas



Se você estiver procurando onde ficar em Atenas, aqui no blog tem um post bem completo explicando os melhores bairros e onde você deve evitar. Mas eu deixo algumas dicas aqui embaixo:

Eu fiquei no The Stanley, um hotel quatro estrelas bem mais barato do que os hotéis das áreas mais famosas como Plaka e Monastiraki. E foi um dos hotéis mais confortáveis que eu já fiquei.

Pertinho dele tem outros ótimos hotéis, como o Wyndham Grand Athens, um luxo e na mesma faixa de preço. E ao lado dele o Wyndham Athens Residence, que é da mesma família e igualmente bom.

Para quem quer ficar bem localizado e economizar bastante, uma boa dica é o Kimon Hotel Athens. O hotel é simples, porém bem charmoso e confortável. Além de ter uma excelente vista da Acrópole e do Partenon. O Hotel Byron é outro excelente hotel com baixo custo e ótima localização. Bom para economizar com hospedagem, sem abrir mão da boa localização e do conforto.

Outro excelente hotel na mesma região é o Herodion Hotel, um quatro estrelas com excelente custo benefício. O Herodion Hotel fica pertinho do metrô, entre o Museu da Acrópole e a Acrópole. 

Se você quer um pouco mais de conforto, nesta mesma região fica o AthensWas Hotel, um hotel 5 estrelas muito moderno, confortável e com excelente localização.

Pella Inn Hostel tem um ótimo custo benefício. A localização é ótima, perto do metrô e dos pontos turísticos. Já o Adrian Hotel é um duas estrelas quase a preço de hostel, igualmente bem localizado.

360 Degrees é um hotel com localização excelente e muito confortável. Fica coladinho no metrô e perto do Monastiraki Flea Market e da Ágora. É o tipo de hotel que não tem como errar.


Aeroporto de Atenas: Imigração e transporte até o centro
Como usar o metrô de Atenas
Como é voar com a Olympic Air da Grécia


Uma visita a Acrópole de Atenas
Templo de Zeus Olímpico
Estádio Panatenaico










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.


Compartilhe este post:
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.