Rota Romântica pelo sul da Alemanha, roteiro completo

Rota Romântica

Cidades, vilas e recantos com cara de contos de fadas, rios calmos e de água transparente rodeado de picos nevados ou densas florestas. Não, não é um sonho, mas apenas algumas palavras para ilustrar a Rota Romântica, que percorre as mais belas cidades medievais da Alemanha.

A verdade é que, apesar da Alemanha ser um país grandioso e tão diferente de algumas regiões para as outras, a imagem que a maioria das pessoas tem do país é das casas de enxaimel e canecas de cervejas.

Conhecer a Alemanha em poucas semanas, tempo que a maioria de nós pobres mortais temos para fazer uma viagem como essa é impossível, a Alemanha merece algumas viagens. No norte as cosmopolitas Berlim, Hamburgo e Colônia nada se parecem com as encantadoras Munique, Heildelberg e Füssen.

Leia mais:

O que fazer em Füssen
O que fazer em Munique
O que fazer em Frankfurt

Rota Romântica

Würzburg

Essa Alemanha caricata – odeio essa palavra – corresponde a Bavária, o estado no sul do país, onde fica Munique (a capital do estado) e não muito longe dali, Frankfurt, o centro financeiro que de romântico não tem nada.

A rota romântica vai de Würzburg até Füssen e se essa última cidade não te lembra nada, a saber que é lá que fica o Castelo de Neuschwanstein, que eu já mostrei aqui no blog e que inspirou Walt Disney a criar o castelo da Cinderela.

Rota Romântica

Arredores de Füssen

A Rota Romântica tem esse nome pois as paisagens inspiraram poetas românticos alemães dos séculos 18 e 19. Quem vai percorrer a rota, pode começae em Würzburg, que fica a 120 kms ao sul de Frankfurt e seguir pelos 350 kms até Füssen no Castelo de Neuschwanstein com os picos nevados dos Alpes como cenário.

Pelo caminho são 27 cidades médias e pequenas, o roteiro pode ser feito de carro (como a maioria das pessoas fazem) de ônibus, trem e até de bicicleta para os mais corajosos.

Rota Romântica

Würzburg

Würzburg é cortada pelo Rio Main, o mesmo que passa por Frankfurt, uma cidade linda, com prédios antigos, ruas apertadas e construções medievais. O bacana aqui é andar pela cidade e visitar o Palácio Residencial de Würzburg, que foi construído no século 18 e declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Em Würzburg fica também a catedral romântica de San Kilian, a quarta maior da Alemanha. Perto dali fica também a Fortaleza de Marienburg e apesar da região ser famosa pelas cervejas, Würzburg tem vinhedos que produzem vinhos de excelente qualidade.

Saindo de Würzburg, a paisagem é de vinhedos pelos vales e pequenas cidades barrocas com suas casinhas de enxaimel, um cenário de filme atrás do outro.

Rota Romântica

A cidade que inspirou o Pinóquio da Disney

As cidades do vale do Main tem nomes difíceis de decorar: Tauberbischofsheim, Lauda-Konigshofsheim, Bad Mergentheim e Weikerdheim. Ufa, não é fácil, eu sei, mas são lugares inesquecíveis e dizendo assim eu pareço redundante, mas é inevitável e todas essas primeiras cidades nos preparam para Rothenburg-ob-der-Tauber – mais um nome daqueles – mas a cidade é a mais linda, perfeita e cinematográfica de todas.

Quer uma prova? Ela também serviu de inspiração para Walt Disney para criar o Pinóquio. Rothenburg-ob-der-Tauber é a cidade medieval mais bem preservada da Europa com suas casas lindas, ruas de pedras e as charretes que circulam pelo becos e vielas apertadas.

Se nesse roteiro você estiver pensando em uma cidade para passar a noite, achou! Rothenburg a noite com suas ruas iluminadas por velas e luzes fraquinhas criam o clima perfeito para uma noite de sonhos.

Rota Romântica

Anoitecer em Rothenburg-ob-der-Tauber

No dia seguinte você pode pegar de novo a estrada até Nördlingen, outra cidade medieval linda, super bem preservada e cercada por uma muralha. Vale muito passar uma tarde por lá, subir os 365 degraus da igreja de St.Georg e ver a bela cidade a 90 metros de altura.

Pertinho dali fica Harburgo, com um dos castelos mais antigos da Alemanha, com documentos de 1093 já relatando a existência dele. Pertinho dali, entre vales de floresta densa – lembrando que essa região faz parte da floresta negra – o Rio Wornitz se encontra com o Danúbio em Donauworth.

Entre lagos e riachos a viagem segue até Augsburg, que já fica perto de Munique. É a maior cidade da rota e uma ótima opção para passar a noite e visitar a Rathaus, a prefeitura da cidade que tem um salão dourado de arrepiar.

Rota Romântica

Augsburg

Augsburg é uma cidade interessante, vale contratar um tour de meio dia para conhecer a cidade e sua história.

Depois de Augsburg o cenário já se transforma completamente, as densas matas ficam para trás e nos aproximamos de Munique e da região pré-alpina, com lagos, riachos e frio.

O roteiro passa por Landsberg, uma cidade gostosa e excelente opção para passar o dia. Restaurantes ótimos, ruas antigas, várias lojinhas de produtos típicos e o cartão postal principal: as duas torres de Landsberg. São duas igrejas, a gótica Bayertor e a Mutterturm, que mais parece uma igreja de brinquedo.

Rota Romântica

Landsberg

Saindo de Landsberg a gente já começa a ver no horizonte os Alpes bávaros em um caminho lindo no meio de mosteiros, igrejas barrocas no melhor estilo rococó pertinho de Steingaden.

O trecho final é em direção a Füssen, que fica coladinha nos alpes e faz fronteira com a Áustria e nada como terminar a sua jornada no Castelo de Neuschwanstein. O castelo mais bonito do mundo, a cereja do bolo dessa viagem incrível.

Rota Romântica

Fussen

Rota Romântica

Castelo de Neuschwanstein


Como fazer a Rota Romântica


A maioria dos turistas entram na Alemanha por Frankfurt, um imenso hub aeroviário e ferroviário e que recebe voos diretos de São Paulo (Latam Airlines e Lufthansa); Rio de Janeiro (Lufthansa); Fortaleza e Recife (Condor Airlines).

O que a maioria das pessoas fazem é alugar um carro em Frankfurt e seguir até Würzburg onde começa oficialmente a Rota Romântica. Mas você pode também fazer de cidade em cidade de trem, mas assim a gente perde uma boa parte da experiência que são as pequenas vilas que passam batido para quem vai de trem.

Rota Romântica

As cidadezinhas que a gente atravessa durante pela Rota Romântica

Outra opção bacana – e a minha favorita – é começar a Rota Romântica por Heidelberg, a cidade fica distante 88 kms ao sul de Frankfurt. Heidelberg é uma das cidades medievais mais bonitas que eu já vi.

Diz a lenda local que Heidelberg de tão bonita, foi poupada dos bombardeios durante a Segunda Guerra Mundial, por isso ela é tão preservada.

Rota Romântica

Heidelberg

Rota Romântica

Heidelberg

O que algumas pessoas fazem, é ir de Frankfurt a Füssen começando por Würzburg e voltando por Heidelberg, mas eu acho cansativo e na real, nem todo mundo tem esse tempo todo.

Independente do caminho escolhido, fazer a Rota Romântica é super especial, é como sonhar acordado em meio a um cenário que parece ter saído das páginas de um conto de fadas.


Mapa do roteiro



Sugestões de hospedagem na Rota Romântica


Frankfurt:
Hilton Garden Inn Frankfurt City Centre
Star Inn Hotel Frankfurt Centrum
Ramada Frankfurt am Main City Center & Financial District
Ibis Styles Frankfurt City

Wurzburg
Altstadt Hotel
City Partner Hotel Strauss
Best Western Premier Hotel Rebstock
TOP Hotel Amberger

Rothenburg ob der Tauber
Hotel Reichs-Küchenmeister
Hotel und Gasthof zur Sonne
Hotel Spitzweg
Hotel & Gasthof Schwarzer Adler

Heidelberg:
NH Heidelberg
Hotel Bayrischer Hof
Hotel Anlage Heidelberg
Hotel Villa Marstall

Augsburg
Steigenberger Drei Mohren
Hotel Augusta
Hotel am Rathaus
ibis Augsburg Hauptbahnhof

Munique:
Hotel Müller
Euro Youth Hotel Munich
Hotel Wallis
Centro Hotel Mondial

Fussen:
Best Western Plus Hotel Füssen
Hotel Füssen
Garni City Hotel
Hotel Schlosskrone


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

33 Comentários

  • Responder junho 30, 2017

    Laís

    Um dos meus maiores sonhos conhecer a rota romântica alemã, não tinha muita noção sobre as principais cidades e como ir, agora já me situei! Fiquei mais encantada ainda vendo essas fotos. Parabéns pelo post! =)

    • mm
      Responder junho 30, 2017

      Fabricio Moura

      Opa! Obrigado, Laís! Eu morei em Frankfurt e fiz essa rota duas vezes, vale muito a pena.

  • Responder julho 28, 2017

    Ines

    Olá Fabrício, seu post é Fantástico!
    Fica a duvida, qual a melhor época para conhecer a Rota Romântica, primavera ou outono? Pergunto não em relação ao clima, mas para tirar o maior e melhor proveito da beleza dos lugares.

    Muito Obrigada!

    • mm
      Responder julho 28, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Ines, tudo bem? As melhores épocas são o fim da primavera e o começo do outono. Eu gosto particularmente do outono, pois as folhas ficam douradas, é frio mas não chega a estar insuportável.

  • Responder setembro 25, 2017

    Vanessa

    Ola Fabricio! Meu nome é Vanessa e estou planejando minha viagem pela rota romantica para proxima semana. Sim, está em cima da hora… Achei seu blog muito bom, com fotos muuito lindas e dicas valiosas. Gostaria de saber, pra este roteiro, vc reservou quantos dias e em quais cidades dormiu.
    Parabéns pelo site!

    • mm
      Responder setembro 26, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Vanessa, tudo bem? Eu morava em Frankfurt e fiz tudo sem pressa, em 15 dias. Mas dá para fazer antes, em 8-10 dias. Onde dormir vai depender do tempo que você tem disponível, mas eu recomendo uma noite em Heidelberg.

  • Responder outubro 15, 2017

    Ana Paula Campos

    Oi Fabricio, gostei muito do seu blog. Vc poderia me mandar por email exatamente o roteiro que vc fez para percorrer a rota romântica? E o que vc acha de fazer a rota romântica com criança sem o serviço de guia ou excursão ? Estou insegura em me aventurar alugando um carro já que vou com meu filho que estará na época com 3 anos e 7 meses e meu marido.

    • mm
      Responder outubro 16, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Ana, tudo bem? Eu fiz de carro e de trem, em duas ocasiões. Se você quiser um roteiro detalhado, a gente trabalha com assessoria e planejamento de viagens. Nosso email é vounajanela@gmail.com.

  • Responder outubro 22, 2017

    Simone

    Olá Fabricio, tudo bem ? gostei muito das suas informações por isso te pedirei umas dicas. Eu e meu namorado estamos planejando uma viagem para a Alemanha em Abril e vamos fazer a rota romântica também, mas como ele não gosta de dirigir, pois já alugamos carro e ele não gostou da experiência, gostaria de saber se de trem é fácil e se conseguimos conhecer as principais cidades. Pretendemos fazer em uns 3 a 4 dias dias a rota e por isso te pergunto quais cidades conseguimos fazer de trem.

    • mm
      Responder outubro 22, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Simone, tudo bem? Eu já fiz de trem, dá pra fazer todas as cidades, mas 3 ou 4 dias é muito pouco. Sugiro priorizar algumas cidades ou tentar fazer em mais tempo.

  • Responder outubro 30, 2017

    TANIA CETRIM MACIEL

    Olá Fabrício, li o seu blog e gostei bastante. Eu e meu marido gostaríamos de fazer a Rota Romântica de automóvel em abril de 2018 mas não falamos alemão e muito pouco de inglês. Você acha isso viável? Gostaríamos de uma assessoria para um roteiro mais personalizado. Qual é o seu email para entrarmos em contato.
    Obrigada
    Tânia Cetrim Maciel

  • Responder março 11, 2018

    Leandro Otoch

    Olá, parabéns pelo excelente blog! Faremos a Rota Romântica no início de novembro, e gostei muito de sua sugestão de começar por Heidelberg. Mas não fica complicado ir depois para Wurtzburg? Afinal, são 165km. Vc encarou isso tudo de estrada ou “pulou” Wurtzburg? Abraços!

    • mm
      Responder março 16, 2018

      Fabricio Moura

      Oi Leandro, tudo bem? Eu fiz duas vezes a rota, a primeira de carro e a segunda de trem. Apesar de serem 168km, com as estradas da Alemanha fica tudo mais fácil, eu fiz iso em menos de 3 horas.

  • Responder abril 20, 2018

    Isabel Damm

    Olá, parabéns pelo blog! Faremos a rota em julho, de carro, e teremos 5 dias. Minha ideia é começar em Bamberg, depois Wurzburg, Rothemburg, e terminar em Fussen. Quaos cidades poderíamos parar entre uma cidade e outra?

    • mm
      Responder abril 20, 2018

      Fabricio Moura

      Oi Isabel, são muitas cidades, mas uma que vale muito a pena é Heidelberg.

  • Responder maio 12, 2018

    Leonardo Paixao

    Olá boa noite Fabrício,

    Gostaria de saber qual a epoca do ano que você fez a viagem? Estou planejando ir com a minha namorada passar o periodo do fim de dezembro a inicio de janeiro, será que vale a pena ?

    • mm
      Responder maio 13, 2018

      Fabricio Moura

      Oi Leonardo, tudo bem? Eu já fiz 3 vezes a rota, em diferentes épocas. A melhor época é na primavera-verão. No meio do inverno tem a sua beleza, claro, mas também costuma nevar bastante. Para quem não gosta de frio, não é uma boa opção.

  • Responder maio 25, 2018

    Silvânia

    Oi Fabricio, infelizmente não teremos muito tempo para a Rota Romântica, estaremos em Munique (oktoberfest), mas retornamos por Frankfurt para o Brasil. Pretendíamos aproveitar 02 dias e 02 noites para ir de Munique a Frankfurt pela rota romântica de carro, mais ou menos assim: Munique – Fussen (Castelo) – Augusburg (pernoite) – Rothenburg ob der Tauber (pernoite) – Würzburg ou Heidelberg – Frankfurt (chegando a tardinha). Fico no aguardo, atenciosamente

    • mm
      Responder maio 25, 2018

      Fabricio Moura

      Oi Silvânia, tudo bem? Você precisa de uma consultoria para montar o roteiro? Obrigado.

  • Responder junho 8, 2018

    João Pedro

    Oi Fabricio, me tira uma dúvida, estou querendo fazer a rota romântica, mas não passando por todas as cidades, só algumas, indo de trem de cidade a cidade. Saindo de Lisboa indo para a Alemanha você me recomenda chegar por Frankfurt e sair por Munique? Ou chegar por Nuremberg e sair por Munique? (Quero deixar Munique/Fussen para o fim da viagem)

    • mm
      Responder junho 9, 2018

      Fabricio Moura

      Oi João, tudo bem? Eu acho melhor começar por Frankfurt e terminar por Munique, foi assim que eu fiz 3 vezes.

  • Responder junho 27, 2018

    Gal Venturi

    Opa Fabricio, vou estar em Munique em agosto e gostaria de passear por essa famosa rota, me falaram que tem uma estrada que costeia um rio onde se pode ver castelos? como chama? pretendo alugar um carro e fazer um tour de um dia apenas, será que vale a pena, vou conseguir ver alguma coisa em somente um dia? obrigado. Abraço. Gal

    • mm
      Responder junho 27, 2018

      Fabricio Moura

      Oi Gal, tudo bem? A rota é imensa, o rio que você diz deve ser o Reno. Como você só tem 1 dia, recomendo pegar um trem e ir para Fussen e curtir o dia lá. A cidade é linda e é onde fica o Castelo de Neuschwanstein.

  • Responder julho 16, 2018

    DARCY DE OLIVEIRA

    Fabricio, muito bom e objetivo o blog.

    Pretendo fazer a Rota Romantica de carro em uns 10 dias iniciando por Frankfurt e indo até Innsbruck e voltar por Munique e Heidelberg para Frankfurt. Que tal? Quais cidades seria bom parar na ida e na volta? Grato. Darcy

    • mm
      Responder julho 17, 2018

      Fabricio Moura

      Oi Darcy, tudo bem? As cidades que eu mais recomendo são essas que eu coloquei o post. Vale muito a pena!

  • Responder agosto 29, 2018

    DANIEL COSTA LUTFI

    Olá, parabéns pela matéria.
    Vou fazer de carro a Rota no mês que vem com minha namorada. Temos vontade de conhecer Wurzburg, Rothenburg, Augsburg e Fussen. E separamos 4 ou 5 dias para esse roteiro.
    Você acha viável se estabelecer em uma das cidades só e fazer os bate-voltas? Para evitar o desgaste de check-in e check-out todo dia? E qual me indicaria? Rothenburg?
    Ou acha melhor pernoitar em mais de uma cidade?
    Obrigado pela atenção.

    • mm
      Responder agosto 30, 2018

      Fabricio Moura

      Oi Daniel, tudo bem? Entre Wurzburg e Rothenburg dá para fazer bate-volta. Eu acho que passar a noite em Rothenburg é mais interessante que Wurzburg. Cidade menor, mais charmosa. Vale a pena.

      • Responder agosto 30, 2018

        DANIEL COSTA LUTFI

        Bom dia Fabricio!
        Obrigado pela resposta.
        Você acha que de Rothenburg para Augsburg e de Rothenburg para Fussen fica puxado fazer o bate-volta então?! Para conhecer Augsburg e Fussen, indicaria me hospedar onde?
        Um abraço e obrigado.

  • Responder outubro 10, 2018

    MBNuhrich

    Mas bah!!! Que lindo!! Esta na minha lista de desejos fazer a rota romântica a pé!!! Siiimm!
    Dificil? tem algum passaporte para ir carimbando como a via Francigena, caminho de Santiago etc?
    E a segurança?
    Gratidão!!!
    Mercedes

    • mm
      Responder outubro 14, 2018

      Fabricio Moura

      Oi Mercedes. Acho que não tem pontos para carimbar o passaporte não, pelo menos eu nunca vi. E vai tranquila, a Alemanha é muito segura.

  • Responder fevereiro 22, 2019

    Elizabeth Puppin

    Boa noite Fabricio

    Quero fazer o roteiro romântico agora em maio, somos 2 casais, mas ninguém fala alemão só ingles e não é “aquele”inglês, rs…vale a pena fazer uma excursao?

    • mm
      Responder fevereiro 22, 2019

      Fabricio Moura

      Oi Elizabeth, tudo bem? Dá pra se virar com “aquele inglês”, até pq, nessa região da Alemanha eles pouco falam inglês também. Eu evitaria excursão, são muito impessoais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.