Como visitar o Parque Lage na zona sul do Rio de Janeiro

Parque Lage

Se tem algo que não falta no Rio de Janeiro, são lugares fotogênicos e o Parque Lage, coladinho no Jardim Botânico não foge a esta regra. Mas ele acaba passando batido pela maioria das pessoas que optam por visitar o vizinho mais famoso. Por outro lado, o Parque Lage está sempre mais vazio, algo ótimo em uma cidade turística como o Rio de Janeiro.

Em comparação com o Jardim Botânico, o Parque Lage é bem menor, são 52 hectares de área e boa parte dela são formadas por trilhas que segue para o morro do Corcovado. Toda essa área nasceu como um engenho de cana de açúcar e desde 1957 é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) como patrimônio histórico e cultural do Rio de Janeiro.

O cantinho mais fotografado

O cenário é lindo

Mas o que todo mundo procura quando visita o Parque Lage vai em busca da foto que o deixou famoso, esta que ilustra a imagem de capa deste post. A vista de dentro do casarão do sério XIX emoldurando o Corcovado e o Cristo Redentor. E não vai ser incomum vocês encontrarem uma pequena fila de pessoas fazendo a foto hypada.

Caminhos e trilhas

Olha esse verde

Cantinhos lindos

Mas indo um pouco mais além da bela foto, no casarão funciona a Escola de Artes Visuais do Rio de Janeiro, dá para visitar o casarão e a minha dica é chegar cedo e tomar um belo café da manhã no Bistrô Plage. Super charmoso, de frente para o espelho d’água que fica dentro do casarão. O preço não é exatamente baratinho, o café da manhã para dois custa 76,00 reais. Mas acho que vale a experiência.

Depois do café, vale explorar os caminhos e jardins do parque, um sopro de paz e tranquilidade fora do tumulto das ruas do Rio de Janeiro.

Parque Lage


Como visitar o Parque Lage


O Parque Lage fica na Rua Jardim Botânico, 414 no Jardim Botânico. Eu fui até lá de Uber saindo de Botafogo e a corrida custou 18 reais. Como naquela área não tem metrô, chegar lá de ônibus é fácil. Na página RioTur dedicada ao parque tem um simulador onde você consegue colocar o seu ponto de origem e ele mostra as opções de transporte até lá. Link: http://visit.rio/que_fazer/parque-lage/

A entrada do parque é gratuita e ele abre diariamente, das 8h às 17h (no horário de verão ele fica aberto até às 18h). O Restaurante abre de 2ª a 6ª feira – 09h às 23h. No Sábado das 13h às 23h e no domingo das 09h às 23h.

Dica: combine a visita com o Jardim Botânico e depois dê uma esticadinha até a Lagoa Rodrigo de Freitas.

Logo na entrada a gente vê esse casarão


Onde se hospedar no Rio de Janeiro


O Rio tem hospedagem para todos os bolsos, dos hotéis mega luxuosos até os hostels charmosos. Dá uma olhada na nossa lista de hotéis abaixo.

Booking.com

Não encontrou o hotel acima, dá uma olhada na nossa lista completa de sugestões no Booking.com. Reservando um hotel pelo Booking, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso. Clique aqui


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.