Como é voar com a Korean Air na classe executiva do A380

Como é voar com a Korean Air na classe executiva

Neste primeiro flight report de 2019, eu vou contar como é voar com a Korean Air na classe executiva do Airbus A380 entre Bangkok na Tailândia e Seul, na Coréia do Sul. Voar no maior avião comercial do mundo já é uma experiência bacana, mas será que a Korean tem um bom serviço?

***

A Korean Air é a principal companhia aérea da Coréia do Sul, operando uma enorme rede de destinos, a empresa cobre muito bem a Ásia, Oceania, Estados Unidos e Europa a partir do seu hub em Seul. Até há pouco tempo a Korean operou um serviço entre Seul e São Paulo, com escala em Los Angeles nos Estados Unidos. Infelizmente esta rota foi cancelada pela baixa demanda.

A empresa tem uma frota bem diversificada, operando os gigantes Airbus A380, Boeing 747-8 e o clássico 747-400. Também voa com o Boeing 777 série -200 e -300; 787-9; 737 série -800 e -900; Airbus A330 e recentemente o A220, nova designação dos CS300, ex-Bombardier.

Leia outras avaliações aqui

Como é voar com a Korean Air na classe executiva


Como é voar com a Korean Air na classe executiva


Compra da passagem

Eu emiti as passagens usando milhas Smiles, para o trecho entre Bangkok e Seul, eu consegui por 50.000 milhas para um voo com pouco mais de 5 horas de duração. Não era a condição mais favorável do mundo, mas eu queria testar a executiva da Korean.

A Korean voa de Bangkok para Seul com o Boeing 777-200 e -300, Airbus A330 e com o A380, que não tem a melhor cabine executiva da empresa, chamada de Prestige Class. Eu gostaria de ter feito essa viagem no Boeing 747-8, que tem a cabine mais moderna e atualizada, mas esta aeronave não voa para Bangkok.

Check-in

Eu cheguei no Aeroporto Internacional Suvarnabhumi em Bangkok aproximadamente 3h antes do voo e não havia ninguém na fila do check-in prioritário. Procedimento feito, peguei o cartão de embarque, um cartão para usar o fast-track da imigração e um voucher para usar a sala vip da Air France em Bangkok, parceira da Korean na aliança Skyteam.

Cartão de embarque e cartão de acesso ao lounge

O raio-x em Bangkok é sempre bem criterioso no Suvarnabhumi, depois de uma rápida imigração, eu entrei na imensa sala de embarque de Bangkok e já fui procurar a sala vip da Air France. O espaço era bom, tinha uma ótima variedade de comida e bebida, vários lugares para sentar e espaços mais privativos.

Na sala vip fui informado que o voo estava atrasado, que partiria 1 hora depois do previsto, para mim, era até uma boa notícia, pois não chegaria tão cedo em Seul. O voo estava programado para chegar às 5h55 e chegamos às 7h.

Embarque

Normalmente o embarque no A380 é feito com três pontes, duas no piso inferior e uma no piso superior. Mas em Bangkok o embarque foi feito em duas pontes, ambas no piso inferior, pois a primeira classe da Korean fica embaixo.

Entrando na aeronave eu subi por uma das escadas internas e fui recebido por comissárias sorridentes e muito simpáticas. Uma delas me acompanhou até a minha poltrona e guardou meu casaco no armário.

Optei por me sentar no fim do deck superior, pois geralmente é uma parte do avião mais tranquila e fica perto do bar (hahaha), pois eu sou desses que aproveita tudo que um voo em classe superior pode oferecer, estou errado?

A aeronave

A classe executiva da Korean nos A380 se chama Prestige Sleeper, pois as poltronas são total flatbed, ou seja, reclinam 180 graus virando camas. O que não acontece em alguns modelos como os Boeing 777 mais antigos ou nas aeronaves narrow-body, de corredor único.

Como é voar com a Korean Air na classe executiva

Em outro ângulo

A executiva da Korean nos A380 ocupa todo o deck superior, são 94 poltronas distribuídas no layout 2-2-2. Eu não gosto dessa configuração, pois o passageiro da janela não tem fácil acesso direto ao corredor, caso o vizinho recline toda a sua poltrona.

Existe uma pequena divisória entre as poltronas, o que não garante muita privacidade. Algo que não acontece na executiva dos Boeings 747-8, que se chama Prestige Suite, como diz o nome, é uma mini suíte, porém, sem porta.

Luzes de leitura

Controles da poltrona

Como é voar com a Korean Air na classe executiva: Poltrona (quase) na posição cama

Mas voltando ao A380, as poltronas são equipadas com telas touchscreen de 15.4 polegadas, o controle controle remoto fica na parte inferior do braço da poltrona, todas tem tomadas elétricas e portas USB. As poltronas são equipadas também com luzes de leitura, alguns compartimentos e para quem fica do lado da janela, dois enormes compartimentos que dá para guardar tudo ali dentro.

Fones de ouvido com redutor de ruídos

Telas de pouco mais de 15 polegadas

Controle remoto

A cabine é muito ampla e isso você consegue perceber pelas fotos, o legroom é tão grande que a TV fica até distante da gente. Mesmo sendo touchscreen, só usando o controle remoto mesmo.

Nas poltronas tinha um travesseiro bem pequeno, um cobertor ótimo, uma sacola com pantufas e fones de ouvido com redutor de ruídos. A Korean só distribui amenity kits em voos de longa distância, mas eu pedi uma máscara de dormir e fui atendido. Nos banheiros tinha kits com escovas de dentes, creme dental, enxaguante bucal, barbeador, creme de barbear e hidratante.

Sacola com as pantufas

Pantufas

No bolsão das poltronas tinham revistas da Korean, cartões postais e adesivos para serem colados nas poltronas, indicando quando o passageiro não quer ser incomodado ou para ser acordado para o duty-free ou refeições.

Voo e serviço de bordo

Logo após o embarque a comissária que me atenderia se apresentou, assim como a chefe de cabine. Ambas extremamente simpáticas, conversamos um bom tempo sobre viagens e elas ficaram bem interessadas na minha rotina de trabalho, me encheram de perguntas. Trouxeram uma toalha quente para a higiene das mãos e serviram um welcome drink, eu escolhi um espumante brut, não recordo a marca, mas estava morno.

Como é voar com a Korean Air na classe executiva: Espumante sem espuma

Isso mata a fome de alguém, gente?

O voo saiu de Bangkok com mais de uma hora de atraso, depois da meia noite. Por ser um voo noturno, a Korean só oferece o serviço de café da manhã. Para os passageiros da executiva, eles serviram apenas um aperitivo e bebida, eu achei bem fraco. Sorte que eu tinha comido na sala vip, mas e quem não comeu ou os passageiros da classe econômica? Preciso confessar que fiquei um pouco decepcionado.

CNN

Logo depois elas passaram com o carrinho do duty-free, baixaram as luzes e foi a deixa para explorar o sistema de entretenimento. Ele tem uma quantidade mediana de conteúdo embarcado, alguns filmes, séries, alguns canais de TV como a BBC e a CNN. Atendeu bem para um voo de média distância, mas para um voo de mais de 10 horas, pode ser um pouco monótono, especialmente para quem não dorme com facilidade.

Celestial bar

Celestial Bar

Assisti a dois episódios de Friends e fui explorar o bar, chamado de Celestial Bar e tinham alguns drinks e uns biscoitinhos. O lounge estava vazio, tomei um mojito e fui dormir.

A poltrona é confortável, o travesseiro minúsculo não ajuda muito, mas dormi por umas 2 horas até que as luzes foram acesas e iniciaram o serviço de café da manhã.

Eu escolhi o omelete, a outra opção era asiática demais para o meu gosto, sobretudo tão cedo. O omelete estava ótimo e veio acompanhado de salsicha, batatas e brócolis. Em seguida trouxeram um iogurte, cesta de pães e frutas. Para beber eu fui de café e estava bom, algo raro mesmo voando em classe executiva.

Como é voar com a Korean Air na classe executiva: Café da manhã

Sabe porque eles colocam molho de tomate? Pra não deixar ressecado quando reaquecido no forno do avião

Frutas

Novamente achei fraco o serviço de bordo, o padrão era bem parecido com algumas classes econômicas, salvo as louças que eram simples, mas elegantes e os talheres lindos.

Após o café a tripulação distribuiu os formulários de imigração e alfândega e já iniciamos a descida até o Aeroporto Incheon em Seul.

Como é voar com a Korean Air na classe executiva: Produtos do banheiro

O comandante fez um pouso curto para pegar a primeira taxiway e evitar dar a volta em todo o aeroporto até chegar ao gate. Parecia que íamos pousar antes da pista, mas voar e pousar no A380 é sempre muito macio e confortável.

O A380 é a minha aeronave favorita, voar nele é ótimo, ele vence as turbulências com mais facilidade e é muito silencioso. Não sei que bruxaria a Airbus fez para tornar um quadrimotor com motores imensos tão silencioso, muito superior aos Boeing 787 Dreamliner que são famosos por serem aviões que emitem menos ruído.

Amanhecendo em Seul

Conclusão

Voar com a Korean Air na classe executiva do Airbus A380 foi uma experiência abaixo do esperado. Seja pela cabine pouco privativa ou pelo fraco serviço de bordo. O ponto positivo foi a tripulação, sempre muito simpática e cordial.

Acho que eu não voltaria a voar com eles em classe superior em voos de curta ou média distância, não vale o investimento, mas eu precisava testar. O voo seguinte foi de Seul para Kuala Lumpur na Malásia na classe econômica do 747-8 e foi bem mais agradável que a executiva, mas isso eu conto no próximo flight report.


Onde se hospedar em Seul


Confira o nosso post com todas as dicas de hospedagem em Seul. O Vou na Janela é parceiro do Booking.com e reservando um hotel aqui, você ajuda a manter o blog e não paga nada a mais por isso. =)

Veja aqui o nosso post sobre hospedagem em Seul



Booking.com


Reserve aqui seus passeios em Seul



Resolva aqui a sua viagem


Reserve a sua hospedagem pelo Booking.com

Faça aqui o seu seguro viagem internacional

Compre aqui os ingressos para os seus passeios

Consultoria de viagens e roteiros personalizados

Ebooks e guias para download


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.