Como é voar na Korean Air na classe econômica do Boeing 747-8

Como é voar na Korean Air

Como bom aviation lover que sou, eu queria muito voar no Boeing 747-8, a versão mais atual e provavelmente a última do clássico da Boeing a ser lançado, visto que esse tipo de aeronave vem perdendo mercado nos últimos anos.

Sabendo que a Korean Air voa com essas aeronaves e como eu já estava programando uma viagem para Seul, tratei de achar uma rota dentro da Ásia com Vossa Majestade, Queen of the Skies. Foi então que eu encontrei  trecho de Seul até Kuala Lumpur na Malásia. Veio a calhar pois eu já queria dar uma passadinha na cidade para visitar Batu Caves, mas isso é assunto para outro post, ok?

Na minha ida para Seul eu voei na classe executiva do Airbus A380 e vocês podem ler o review aqui. Eu queria fazer esse voo no 747-8 em cabine executiva também, pois é o produto mais atual e moderno da Korean. Mas como não encontrei disponibilidade para emitir via Smiles, sobrou a classe econômica e confesso que foi uma experiência ótima, como vocês poderão constatar a seguir.

A Korean Air tem atualmente 10 Boeings 747-8 na sua frota, que são escalados para os voos intercontinentais e rotas asiáticas de alta densidade. Essas aeronaves voam para Roma, Londres, Los Angeles, Nova York e Seattle, só para falar de alguns destinos.

Leia outras avaliações aqui

Como é voar na Korean Air no Boeing 747-8


Como é voar na Korean Air


Compra da passagem

Eu emiti as passagens usando milhas Smiles, para o trecho entre Seul e Kuala Lumpur eu consegui por 25.000 milhas, para um voo com quase 7 horas de duração, eu achei um ótimo negócio. O preço dessa passagem era de mais de 1.600 reais, caso fosse pagar em dinheiro.

Considerando que o Smiles eventualmente faz promoções com 100% de bônus para a compra de pontos (já fizeram até de 150%), essa passagem pode sair por menos de 300 reais.

Check-in

Eu cheguei no Terminal 2 do aeroporto Incheon em Seul faltando 3 horas para o meu voo. Fiz o check-in no balcão pois tinha uma mala para despachar e fui atendido menos de 5 minutos. Preciso muito destacar aqui a eficiência dos coreanos.

Todos os procedimentos de raio-x e imigração foram super rápidos, mesmo em um aeroporto tão movimentado. Em questão de minutos eu já estava na imensa sala de embarque do Incheon.

Um dos muitos ambientes da sala de embarque do Aeroporto Incheon

Embarque

O embarque começou faltando aproximadamente 50 minutos para a decolagem. Primeiro as prioridades e em seguida todos os passageiros separados por zona. Quem viaja no fundo da aeronave embarcou primeiro. Tentei ser um dos primeiros para poder fazer algumas fotos melhores com a cabine vazia.

No gate fica um balcão com vários jornais, todos asiáticos, mas com versões em inglês. Dentro da aeronave a tripulação da Korean é sempre muito simpática e cordial, como não amar?

A aeronave

Os Boeings 747-8 da Korean estão configurados com 6 suítes na primeira classe no layout 1-1; 48 lugares na cabine executiva no layout 2-2-2 (uma parte no piso principal e uma cabine no upper-deck) e 314 poltronas na classe econômica distribuídos no layout 3-4-3.

Como é voar na Korean Air: poltronas da classe econômica

Observe que o espaço entre as poltronas é bom

Olha o espaço enorme entre as poltronas e as janelas das últimas fileiras

Ao todo são 368 lugares. O bacana para quem viaja na classe econômica dessas aeronaves, é que as 4 últimas fileiras são distribuídas no layout 2-4-2, por conta do estreitamento da cabine. E são os lugares mais espaçosos do avião, é muito confortável e foi justamente nessas poltronas que eu me sentei.

A aeronave prefixo HL7636 foi entregue nova para a Korean em 2016 e estava muito novinho, nada melhor que voar em avião cheirando a novo, não é?

Achei as poltronas com um bom espaço e reclino, poderia voar confortavelmente ali por longas horas. O apoio de cabeça é ajustável, ótimo para ajudar na hora de dormir. Todas as poltronas são equipadas com sistema de entretenimento individual com telas de led touch-screen de 10 polegadas, controle remoto, portas USB e tomadas elétricas.

Como é voar na Korean Air: mantas, travesseiros e fones de ouvido nas poltronas

Sistema de entretenimento

Porta copos, acho isso bem útil

As revistas da Korean

Nas poltronas tinham cobertores, travesseiros e fones de ouvido. Os fones eram até bons, os travesseiros eram sofríveis, mas nada muito diferente da maioria das cabines econômicas que a gente encontra por aí.

No bolsão da poltrona tinha a revista da Korean, o catálogo com o conteúdo do sistema de entretenimento e a revista do dutyfree.

Nos banheiros tinham kits descartáveis de escova de dentes e creme dental. Acho bacana quando a empresa oferece esses kits, eu sempre reaproveito para gerar menos lixo.

Escovas e creme dental nos banheiros

Voo e serviço de bordo

Decolamos com alguns minutos de atraso e já no fim do dia. E deu pra ver um pôr do sol lindíssimo lá de cima. O bacana é que essas aeronaves estão equipadas com duas câmeras externas e a gente consegue acompanhar o voo pelo sistema de entretenimento.

A imagem de uma das câmeras externas

Pushback

Decolando em Seul

Pôr do sol

O serviço de bordo começou aproximadamente 1 hora após a decolagem. Para a minha surpresa, tinham nada menos do que 3 opções de refeição: carne, frango ou um bibimbap, um prato coreano. Como já estava bem satisfeito de comida coreana depois de 5 dias em Seul e estava bem enjoado do frango agridoce da Ásia, eu fui de carne. Vale dizer que refeições especiais, como vegetariana, vegana ou zero lactose precisam ser pedidas pelo site da Korean Air pelo menos 48 horas antes do voo.

A carne veio com legumes cozidos e bifum (macarrão oriental feito de arroz) e estava muito bom! De entrada tinha um negócio estranho de soja com um sachê de molho de soja que parecia um iogurte, mas era ruim demais, minha gente. Não deu pra comer aquilo e nem faço ideia do que seja realmente. Além disso na bandeja veio um pão, manteiga, água e um lenço umedecido para limpar as mãos. Os talheres eram de metal e um copo de vidro bem pequeno.

Como é voar na Korean Air: o serviço de bordo

Detalhe do prato principal

Como é voar na Korean Air: a entrada estranha

Como é voar na Korean Air: micro copo de vidro

Para beber tinha vinhos (tinto e branco), cerveja, sucos, refrigerantes e água. Fui de vinho, estava bem ok, mas nem vi qual vinho era.

Depois da refeição veio a sobremesa, sorvete sabor cheesecake. Uma rodada de café e chá e logo depois baixaram as luzes da cabine.

Sorvete de sobremesa

Foi a deixa para explorar o sistema de entretenimento e como eu disse no post anterior, é bem básico, com alguns filmes, séries, documentários, dois canais de TV (BBC e CNN), além dos mapas de navegação, que eram super bacanas e com vários efeitos em 3D, mais modernos que mos A380.

Como é voar na Korean Air: catálogo de filmes

Fones de ouvido

Controle remoto

Eu assisti dois filmes, confesso que não me lembro de um deles (hahaha me julguem), mas o segundo foi o Crazy Rich Asians (Podres de Ricos) que era uma febre lá na Ásia e a história acontece em Singapura, onde eu estaria alguns dias depois.

Faltando aproximadamente 1 hora para o pouso começou um segundo serviço, com um lanche leve e a única opção era pizza. Estava boa, para acompanhar eu pedi um suco de laranja.

Como é voar na Korean Air: o lanchinho antes do pouso

Logo depois do serviço iniciamos a descida até o Aeroporto Internacional de Kuala Lumpur na Malásia, chegamos um pouco antes do horário previsto, o que foi ótimo pra mim pois eu consegui pegar um dos últimos trens até a cidade. O voo foi tranquilo e praticamente sem turbulências, e a verdade é que voar no Boeing 747 é uma experiência ótima. Por ser um avião imenso, o voo é mais estável, ele vence melhor as turbulências e garante o voo mais suave.

Conclusão

Eu fiquei bem contente com o serviço oferecido pela Korean Air na classe econômica, bem mais do que o serviço deles em classe executiva, como eu comentei no post anterior. Mesmo não sendo uma cabine premium, a gente percebe muito carinho e atenção da tripulação. Eu voltaria a voar com eles sem dúvidas.

Imagem de capa: Creative Commons


Vídeo


No canal do Vou na Janela no Youtube eu já publiquei um vídeo completo desse voo. Confira abaixo:


Leia mais


Planejando a sua viagem

Dicas gerais para visitar a Coréia do Sul
Chegando em Seul: visto, imigração e transporte
Onde ficar em Seul, dicas de hospedagem
Como usar o metrô de Seul
Dica de chip de celular na Coréia do Sul

O que ver

O que fazer em Seul
Como visitar os palácios reais de Seul
Como visitar a fronteira entre as Coréias


Onde se hospedar em Seul


Confira o nosso post com todas as dicas de hospedagem em Seul. O Vou na Janela é parceiro do Booking.com e reservando um hotel aqui, você ajuda a manter o blog e não paga nada a mais por isso. =)

Veja aqui o nosso post sobre hospedagem em Seul



Booking.com


Reserve aqui seus passeios em Seul



Resolva aqui a sua viagem


Reserve a sua hospedagem pelo Booking.com

Faça aqui o seu seguro viagem internacional

Compre aqui os ingressos para os seus passeios

Consultoria de viagens e roteiros personalizados

Ebooks e guias para download


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.