O que fazer no Porto e Vila Nova de Gaia, Portugal

Onde ficar no Porto Roteiro do Porto a Lisboa em Portugal Roteiro em Portugal

Eu escrevi o meu primeiro post com o que fazer no Porto, em Portugal em 2015. O Vou na Janela tinha acabado de nascer. Cinco anos depois eu voltei no Porto e agora é a hora de reescrever esse post. Com informações atualizadas, mais aprofundadas e novidades dessa cidade linda.

***

Andar pelas ruas do Porto é uma viagem no tempo. A segunda maior cidade de Portugal preserva seu passado medieval e brinda o futuro com uma moderna rede de metrô, um aeroporto de dar inveja, internet grátis em boa parte da cidade ao lado de casarões, bondes e construções mais antigas que o descobrimento do Brasil.

O que fazer no Porto
Os tradicionais “eléctricos” do Porto

Apesar de ser a segunda maior cidade do país, a parte turística do Porto é bem pequena, dá para fazer quase todos os passeios a pé. Contudo, eu recomendo ficar 3 dias cheios na cidade, para fazer os passeios com calma e sem pressa, no ritmo do porto.

O que fazer no Porto
O Porto visto de Vila Nova de Gaia

O Rio Douro separa o Porto de Vila Nova de Gaia e não dá para fazer um roteiro com o que fazer no Porto, sem incluir Gaia. Por isso esse roteiro tem duas partes, primeiro o Porto e depois Gaia.


O que fazer no Porto


Cais da Ribeira

Entre uma ruela e outra, descemos em direção ao Rio Douro passando em meio a casarões antigos com fachadas revestidas com azulejos coloridos. E chegamos ao principal cartão postal do Porto, o Cais da Ribeira com a famosa da Ponte Luis I ao fundo.

O que fazer no Porto
Cais da Ribeira
O que fazer no Porto
Cais da Ribeira

Tanto o Cais da Ribeira quanto a Praça da Ribeira, eram o coração comercial e social do Porto durante a idade média. Aqui chegavam os barcos com mercadores vindos do interior e de outros cantos do mundo.

Os anos se passaram, um grande incêndio destruiu boa parte do Cais da Ribeira, que renasceu ao longo dos anos com uma profusão de predinhos subindo as ladeiras rumo a parte alta da cidade.

O que fazer no Porto
O Cais da Ribeira fica ainda mais bonito a noite

O Cais da Ribeira é um bom lugar para comer, sente em um restaurante e peça um Bacalhau com Natas ou o tradicional Bacalhau Gomes de Sá. Para acompanhar, uma belo vinho.


Ponte Dom Luis I

É impossível ignorar a Ponte Dom Luis I, ela está em todas as fotos, capas de revistas de turismo e em todos os cartões postais do Porto vendidos nas lojinhas de souvenir pela cidade.

O que fazer no Porto
Ponte Dom Luis I

Construída entre 1881 e 1886, a ponte conecta o Porto a Vila Nova de Gaia, do outro lado do Rio Douro. Com duas vias de circulação, a parte superior é usada pelo Metro do Porto e para pedestres. Em uma das extremidades fica a Sé do Porto e no lado oposto o Mosteiro da Serra do Pilar, vou falar mais desse lugar adiante. Na passagem inferior, trafegam veículos e pedestres, conectando o Cais da Ribeira ao Cais de Gaia.

O que fazer no Porto
Ponte Dom Luis I

Existe uma polêmica sobre a autoria do projeto da Ponte Dom Luis I, há quem diga que ela é um projeto de Gustave Eiffel, o mesmo da Torre Eiffel de Paris. Mas na verdade o projeto é do alemão François Gustave Théophile Seyrig, mais conhecido como Théophile Seyrig, que trabalhava com Gustave Eiffel. Théophile também é o responsável pela Ponte de D. Maria Pia, no Porto.

O que fazer no Porto
A vista de cima da ponte e o Cais da Ribeira abaixo
O que fazer no Porto
A vista de cima da ponte e o Cais da Ribeira abaixo

Torre dos Clérigos

A Torre dos Clérigos é um dos clássicos obrigatórios para quem visita a cidade que não pode ficar de fora do seu roteiro com o que fazer no Porto.

A torre e igreja foram construídos entre 1735 e 1748 pela irmandade dos Clérigos Pobres na Colina dos Enforcados. Sim, era o lugar onde o exército real português enforcava seus inimigos lá pelos idos e 1.500.

O que fazer no Porto
Torre dos Clérigos

Com 76 metros de altura, a torre é uma das estruturas do tipo mais altas de Portugal. Vencer os mais de 200 degraus até o topo garante uma vista espetacular da cidade. Lá de cima, conseguimos ver o Porto em 360 graus.

O que fazer no Porto
Vista da Torre dos Clérigos
O que fazer no Porto
Vista da Torre dos Clérigos

A entrada custa 5 euros, mas tenha cuidado nas escadas, elas são muito apertadas e escorregadias. Impossível para quem tem dificuldades de locomoção.

O que fazer no Porto
Interior da igreja

Pertinho da Torre fica a Livraria Lello, que inspirou a escritora J.K.Rowling a criar alguns cenários do primeiro livro de Harry Potter. Se conseguir chegar cedo, melhor ainda, pois o lugar fica bem cheio e estamos falando de uma livraria pequena. Eu nunca tive paciência para ficar naquela fila.


Praça da Liberdade

A Praça da Liberdade fica no coração do Porto, um amplo espaço rodeado de prédios antigos com arquitetura renascentista. No entorno da praça há uma infinidade de bons restaurantes e cafés. Inclusive o McDonalds mais bonito do mundo, que funciona em um prédio antigo com imensos candelabros de cristal e janelas com vitrais estilo Art Déco.

O que fazer no Porto
Câmara Municipal do Porto

No lado oposto da praça fica o tradicionalíssimo Café Guarany que funciona no mesmo prédio desde 1933. Ótimo lugar para um café da manhã, um brunch ou jantar nas noites de fado. Ah, e claro, que eles servem café brasileiro.

O que fazer no Porto
Praça da Liberdade

É também da Praça da Liberdade que saem os ônibus que cortam a cidade e os City Tours, tanto free walking tour, quanto os ônibus estilo hop-on/hop-off.


Estação São Bento

Se você chegar no Porto de trem, desembarcará na Estação São Bento. Caso contrário, esse será mais um ponto turístico para você conhecer no Porto. Construída no comecinho do século 19, o que atrai tantos visitantes é o seu hall de entrada decorado com mais de 20 mil azulejos. As peças são ricamente decoradas e ajudam a contar a história da parte norte de Portugal.

O que fazer no Porto
Estação São Bento

Além disso, da estação São Bento partem trens para todo país, inclusive você pode fazer uma viagem de bate volta até a região dos vinhedos, Braga, Guimarães ou Aveiro.

O que fazer no Porto
Estação São Bento

Miradouro da Vitória

Em 2015, quando eu estive no Porto pela primeira vez, foi neste mirante que eu tive a minha primeira vista da cidade e do Rio Douro lá embaixo. E foi amor à primeira vista!

O que fazer no Porto
Miradouro da Vitória

Eu não sabia desse lugar e foi andando sem compromisso pelas ruas e becos do Porto que eu descobri o Miradouro da Vitória. O lugar é meio mal cuidado, mas não é perigoso e visitantes são bem vindos.

De lá conseguimos ver a Sé do Porto e ao lado o Paço Episcopal, a Ponte Dom Luis I, o Mosteiro da Serra do Pilar, o Teleférico de Gaia e claro, as Caves de Vinho e Vila Nova de Gaia do outro lado do Rio Douro. 

O que fazer no Porto
Miradouro da Vitória

E como achar esse mirante escondido? A melhor forma é usar o Google Maps no seu celular para facilitar a navegação. Pois aquelas ruazinhas em direção ao Cais da Ribeira são verdadeiros labirintos.

O que fazer no Porto
Miradouro da Vitória

Igrejas e mais igrejas

Católico ou não, é impossível não admirar os templos religiosos do Porto. A cidade tem igrejas belíssimas, algumas, revestidas com os mais tradicionais azulejos portugueses. É o caso da Igreja do Carmo, uma construção barroco/rococó de 1768 revestida parcialmente de azulejos azul e branco. A igreja fica no cruzamento da Praça de Carlos Alberto e a Rua do Carmo.

O que fazer no Porto
Igreja do Carmo

Quer mais igrejas revestidas com azulejos? Destaque para a pequena Capela das Almas de Santa Catarina, que fica na agitada Rua Santa Catarina. E não distante dali, a Igreja de Santo Ildefonso.

O que fazer no Porto
A riqueza de detalhes dos azulejos
O que fazer no Porto
Igreja de Santo Ildefonso

Passeio de barco

No Cais da Ribeira saem vários passeios de barco, um deles é o Tour das 6 Pontes. Os barcos seguem pelo Rio D’Ouro em um roteiro que dura em média 1h-1h30. O barco sobe o rio passando pelas 6 pontes históricas da cidade e na volta ele segue até a foz do rio, onde o Douro encontra o Oceano Atlântico.

O que fazer no Porto
Passeio de barco no Douro

A gente consegue ter uma visão completamente diferente da cidade. Se estiver muito frio, os barcos tem uma área fechada e alguns servem bebidas quentes. Mas não é um passeio que eu recomendo fazer com chuva, pois a visibilidade fica prejudicada. 

O que fazer no Porto
Cais da Ribeira
O que fazer no Porto
O Porto visto de outro ângulo

O ingresso custa de 10 a 12 euros, dependendo da operadora, eu recomendo a Porto Douro que tem um serviço melhor. Uma opção bacana é comprar o bilhete que dá direito a almoço, custa 30 euros (passeio + almoço completo), mas o barco precisa ter lotação de pelo menos 25 pessoas.

O que fazer no Porto
Duas das pontes históricas

City tour

Eu não sou muito a favor de fazer passeios tipo city-tour, nem todas as cidades vale a pena, mas no Porto é bacana. 

Eu recomendo os serviços da Yellow Bus, eles duas linhas principais, Porto Histórico e Porto dos Castelos e cobrem todas as áreas turísticas de Porto e de Vila Nova de Gaia. O sistema da Yellow Bus é “hop-on / hop-off” em ônibus de dois andares, onde você pode descer em dezenas de pontos pelo caminho e embarcar novamente.

O que fazer no Porto
Ônibus da YellowBus

Ambos os ônibus partem da Praça da Liberdade (Avenida Aliados) bem no centro do Porto, onde os bilhetes podem ser comprados em um quiosque. O bilhete para uma das linhas custa €12,00 e para os dois trajetos (válido por 2 dias) custa €16,20. Os ônibus rodam das 10h da manhã até as 17h.

O que fazer no Porto
Igreja de Matosinhos
O que fazer no Porto
Nesta região ao norte do Porto tem praias lindas

Se você tiver que optar apenas por um dos passeios, escolha o Porto dos Castelos. Ele passa por partes da cidade onde o metrô e os bondes não chegam e as linhas de ônibus urbanos são um pouco confusas. A linha passa por toda parte central do Porto e segue pela Foz do Douro.

O ônibus vai até Matosinhos, o ponto final da linha é em frente a famosa Igreja de Matosinhos. Na volta vale descer na parada do Forte de São Francisco Xavier popularmente conhecido como “Castelo do Queijo”.

O que fazer no Porto
Castelo do Queijo
O que fazer no Porto
Castelo do Queijo

O que fazer em Vila Nova de Gaia


Mosteiro da Serra do Pilar

É do Mosteiro da Serra do Pilar que temos a melhor vista do Porto. É como os portugueses dizem “Porto é mais bonito que Gaia, mas é de Gaia que tens a melhor vista do Porto“. De lá que temos aquela famosa vista de cartão postal com a Ponte Dom Luis I e o Cais da Ribeira.

O que fazer no Porto
Mosteiro da Serra do Pilar

O mosteiro foi construído no século 16 para abrigar os frades agostinhos do Mosteiro de Grijó. Mas durante a Guerra Civil de 1832-1834 o exército se instalou no Mosteiro e não saiu mais. Hoje, o acesso ao pátio de onde temos a vista é livre, mas para visitar o mosteiro é preciso pedir uma autorização do Exército lá na hora mesmo. A visita é guiada e custa 3 euros.

O que fazer no Porto
A tradicional vista

Teleférico de Gaia

O Teleférico de Gaia liga a parte alta da cidade, ao lado do Mosteiro da Serra do Pilar a parte baixa, onde ficam as famosas Caves de Vinho do Porto. O bilhete ida e volta custa 9 euros e a vista das cabines é linda.

Guarde o ingresso, pois algumas Caves em Gaia oferecem degustação grátis ou desconto para quem fez o passeio do teleférico.

O que fazer no Porto
Teleférico de Gaia

Caves de Vinho do Porto

Na avenida em frente ao Rio Douro, no lado oposto ao Cais da Ribeira ficam as mais famosas Caves de Vinho. Como a Sandeman, Ramos Pinto, Porto Cruz, Ferreira e Taylor’s tem ótimos menus de degustação e tour pelas salas dos barris.

Você vai aprender a diferenciar um rubi de um tawny e aprender que o que faz o vinho do porto tão especial é o solo xistoso, de onde as uvas são produzidas e a combinação de vários tipos delas para produzir a bebida.

O que fazer no Porto
Caves em Gaia

Muitas caves tem restaurantes charmosos, que são excelentes opções para um almoço ou jantar, com a mais bela vista do Porto como plano de fundo.


Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau

Nesta mesma avenida onde ficam as Caves de Vinho, fica a Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau. A casa é nova, tem uma decoração que remete a uma antiga livraria vitoriana. Um músico toca músicas clássicas em um antigo Órgão de Tubos do século XIX

O que fazer no Porto
Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau

O lugar é lindo, e ótimo para saborear o melhor bolinho de bacalhau com queijo da Serra da Estrela acompanhado de um vinho do Porto.

O que fazer no Porto
Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau

Vídeo com o que fazer no Porto




Apesar do Porto ser uma cidade grande – com alma de cidade pequena – tudo o que interessa para ver está bem próximo. De modo que não é necessário grandes deslocamentos. O ideal é ficar em uma região que me permita fazer todos os passeios a pé. E existem duas boas regiões, a parte alta e a parte baixa do Porto. Entenda melhor no post sobre onde ficar no Porto.

Na minha primeira viagem eu me hospedei no Hotel Internacional Porto, um três estrelas coladinho na Praça da Liberdade e muito perto de tudo.

Já na minha segunda viagem eu procurei me hospedar na parte baixa, justamente para ter um outro ponto de vista da cidade. Eu escolhi o Eurostars Porto Douro, com uma vista linda para o Rio Douro e a famosa Ponte D. Luís I ao fundo.

Eu gostei tanto de ficar nessa parte alta da cidade que na minha última viagem eu fiquei no InterContinental Porto – Palácio das Cardosas. Que segundo a moça da imigração no aeroporto, é o segundo melhor hotel da cidade.

E honestamente, o InterContinental Porto – Palácio das Cardosas é um verdadeiro palácio do Século XVIII, no coração do Porto. Era tudo perfeito, o quarto, banheiro, amenities de banho e o café da manhã de cinema. Valeu muito o investimento.


Quanto custa viajar para Portugal
Dicas de Portugal para a sua primeira viagem
Como usar o metrô do Porto
Como é passar pela imigração do Porto
Como é passar pela imigração em Lisboa


O que fazer no Porto e em Gaia
Roteiro em Portugal: do Porto a Lisboa
Como visitar a Torre dos Clérigos
Cruzeiro das 6 Pontes no Porto
Onde comer no Porto










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.


Compartilhe este post:
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

10 Comentários

  • Responder março 10, 2020

    Analuiza Carvalho

    O Porto mora em meu coração. Passei uma semana na cidade e a deixei cheia de saudades. Ela me lembrou minha cidade Salvador, e talvez parte deste amor venha daí. Não sei!

    Caminhar sem rumo pelas ruas do Porto foi dos meus programas favoritos! Descobri tanto miradouro, tanta rua antiga e cheia de histórias legais!

    Acho curioso todo mundo falar da fila da Lello! Eu comprei o bilhete e entrei. Não havia fila. Fiquei umas três horas lá dentro conversando com uma das vendedoras que me contou uma parte da história de sua família (impressionante!) e me indicou livros: levei 5 e descontei dos bilhetes.

    Me permita por favor, acrescentar que, perto da Torre dos Clérigos está a Cadeia da Relação, num prédio bem interessante, com muitas histórias e que de vez em tanto abriga mostras de fotografias. 🙂

    • mm
      Responder março 10, 2020

      Fabricio Moura

      Oi Ana, tudo bem? Porto é mágico, né? Caminhar sem rumo pelas ruas, além de libertador a gente sempre descobre um lugar novo. Obrigado pela dica da Cadeia da Relação, não conhecia.

  • Responder março 10, 2020

    Murilo Pagani

    Caraaaamba! Eu não sabia que Porto é tão linda e com tantas atrações para incluir no roteiro!
    Pensava que apenas um ou no máximo dois dias seriam suficientes. Bom saber que o ideal é ao menos 3 dias cheios.

    O visual do Cais da Ribeira é bonito demais!

    Adorei as dicas.

    Abraço

    • mm
      Responder março 10, 2020

      Fabricio Moura

      Pois é, a cidade é linda, e tem até mais lugares para visitar, como a Casa da Música, Palácio de Cristal, o Mercado do Bolhão (que agora está em reformas). Amo o Porto, ainda vou morar lá. Obrigado pela mensagem =)

  • Responder março 11, 2020

    Lulu Freitas

    É tão bom poder voltar a uma cidade e conhecer mais profundamente e com calma. Adorei o seu post, me senti caminhando com você pelo Porto. Aliás, fiquei feliz em ler que a cidade é ótima para ser explorada a pé. Minha forma favorita!

    • mm
      Responder março 12, 2020

      Fabricio Moura

      Olá! O Porto tem lá suas ladeiras, não é muitos fácil para quem tem dificuldade de locomoção. Mas subir e descer nos bondes, funicular ou teleférico deixa tudo mais fácil.

  • Responder março 11, 2020

    ana paula

    Porto parece ser um destino incrível, e definitivamente gostaria de conhecer.. vou pegar suas dicas com certeza.

    • mm
      Responder março 12, 2020

      Fabricio Moura

      Obrigado, Ana. Porto é uma cidade linda, sou apaixonado.

  • Responder março 14, 2020

    Fernanda Scafi

    Fiz um super tour por Portugal em 2001 (!!!) incluindo Porto e Vila Nova de Gaia, mas cada vez mais eu vejo que preciso voltar – muita coisa revitalizada! Ou que não era aberta para o público etc. Também, são duas décadas já rs

    • mm
      Responder março 16, 2020

      Fabricio Moura

      Viajante raiz é assim! Precisa voltar, mesmo -)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.