Como é passar pela imigração portuguesa no Porto?

Imigração portuguesa:

Nos últimos anos, viajando pra lá e pra cá, volta e meia alguém me pergunta: “Mas e a imigração em tal lugar? Como é?” Essa foi a mesma pergunta que eu tinha anos atrás quando fiz a minha primeira grande viagem internacional, para Londres. Tinha lido coisas medonhas sobre os agentes de imigração do Reino Unido e me borrava todo de medo quando pensava no assunto. Até que tudo deu certo na primeira viagem e todas as outras tem sido tranquilas, até chegar em Portugal. E a imigração portuguesa?

Mas antes de contar esse episódio, para contextualizar, é preciso entender que alguns países, como o Reino Unido, Espanha, Itália e EUA são destinos escolhidos para imigrantes ilegais, é de se imaginar que os caras tenham certos procedimentos mais rígidos de entrada em seus territórios.

Se você tem menos de 30 anos, é solteiro e está viajando sozinho, automaticamente já faz parte da lista de possíveis candidados. Mas calma, imigração também não é nenhum bicho papão. Para não ter problemas, é fundamental que você tenha em mãos a sua passagem de volta, reserva de todos os hotéis onde vai ficar, se for casa de amigo, uma cartinha no idioma local explicado o seu tempo de permanência além de endereço e telefones de contato.

Além disso, alguns países exigem o seguro viagem e que você comprove que pode se manter naquele país durante seu tempo de permanência. Como se comprava isso? Com dinheiro e cartões de crédito.

E eu fui para Portugal. Meu vôo foi direto de São Paulo ao Porto, norte de Portugal, pela TAP. Chegando no Aeroporto Sá Carneiro, só tinha o nosso vôo desembarcando e a fila da imigração era enorme. Motivo? Rigidez e demora nos processos.

A medida que a minha vez ia chegando, fui notando que várias pessoas eram levadas para a temida salinha de interrogatório. Por mais que eu estivesse com toda papelada nas mãos, fiquei com medo, natural.

Chegando na minha vez o policial fez as perguntas de praxe e começou a pedir comprovantes. Da passagem de volta e dos outros trechos que eu voaria dentro da Europa. Pediu comprovante de todos os hotéis e confirmou com eles as reservas. Pediu para ver meu dinheiro e cartões de crédito, seguro viagem, perguntou o que eu fazia no Brasil, como era o meu trabalho, como era um dia no meu trabalho. Eu já estava suando frio quando ele pediu que eu falasse 10 pontos turísticos que eu fosse visitar no Porto. Eu já estava incrédulo com o interrogatório daquele senhor. Respondi alguns, nem lembrava de tantos. Acho que o Porto nem tem tantos lugares assim. Olhou no meu passaporte e viu que eu tinha ido a Amsterdã no ano passado e peguntou: “Então o senhor Moura esteve em Amsterdão no ano passado? Usou drogas quando lá esteve?”. Queria muito ter visto a minha cara nessa hora. Não acreditava naquela pergunta. Então só vai a Amsterdã quem é usuário de drogas senhor? – Pensei.

Quando ele se cansou de me interrogar, olhou para mim, deu um sorriso de canto de boca e disse “Ok, vou deixar você entrar”. Esse procedimento durou quase 20 minutos.

Saí da cabine zonzo, nunca tinha passado por isso antes e pensei que o pesadelo tinha acabado, até que cheguei na alfândega. Fui levado pra salinha e o policial abriu a mala e retirou absolutamente tudo. Entre as muitas perguntas, quis saber por que eu tinha duas câmeras (uma DSL e a GoPro), se eu ia deixar alguma câmera em Portugal antes de ir embora, por que tinha tanta roupa se eu ia ficar apenas 15 dias. E adivinhem? Tive que mostrar novamente as reservas dos hotéis e quanto dinheiro eu tinha.

Em um momento achei que fosse pegadinha, não era possível tudo aquilo estar acontecendo. Mas enfim, cada país tem suas regras e como a gente se engana as vezes. Eu sei que devem existir outros países onde a entrada é ainda mais complicada, mas Portugal me surpreendeu muito nesse sentido. Se você for a Portugal, não poupe na papelada, leve tudo e evite ficar barrado na imigração, como muitas pessoas do meu vôo ficaram.

Leia mais:
Dicas para passar pela imigração na Europa sem medo
Como é passar pela imigração em Lisboa


Guia de Lisboa para download


Aproveite para baixar a versão em PDF do Guia de Lisboa, para ler no tablet, celular ou computador quando quiser.

O guia para download

O guia para download


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram.


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

125 Comentários

  • Responder maio 24, 2015

    Helio Junior

    Interessante mesmo, esse relato era exatamente o que eu esperava, mas de Londres, jamais de Portugal. A qualquer lugar que se viaje é bom estar bem preparado, acredito que além dos costumes é preciso estar pronto pra lidar com o humor do oficial que te atender .

    • mm
      Responder maio 26, 2015

      Fabricio Moura

      Incrivelmente eu nunca tive problemas em Londres e era justamente onde eu tinha mais medo. Ao que tudo indica, em Outubro eu devo enfrentar a de Madri, essa tem fama de ser pior que Londres. Oremos!

  • Responder julho 16, 2015

    Artur Ramalho

    Nossa Fabricio, que relato assustador, imagino que se fosse eu já estária suando frio, preocupado em ter que voltar para o Brasil estragando todo o planejamento para as férias, ainda bem que deu tudo certo, o importante é ir com todos os documentos possiveis. Estou indo agora para Londres, sorte que estou indo em familia e espero ser mais tranquilo, quanto a Madrid já fui uma vez e não tive nenhum problema, não sei se estar matriculado em uma escola de curso de espanhol ajudou, e já faz um bom tempo que fui, em uma epoca que brasileiro tinha fama de imigrante ilegal na Europa,espero que dê tudo certo novamente para você. Descobri o blog hoje, está de parabéns, já passarei a frenquentar sempre.

    • mm
      Responder julho 17, 2015

      Fabricio Moura

      Oi Arthur, tudo bem? Que bom que curtiu o blog.

      Então, Portugal foi muito assustador e na minha fila tinham poucas pessoas e sei lá, 8 em 10 foram levados pra salinha de interrogatório. Em outubro eu vou pra Alemanha e Polônia e faço a imigração de novo, em Portugal, mas dessa vez em Lisboa. Acho que vai ser bem mais fácil dessa vez.

      Londres, assim como as outras imigrações, não tem muito segredo, tem que ter tooooda documentação em mãos. Eu fiz um post esses dias falando de como é a imigração em Heathrow, dá uma olhada e depois conta aqui como foi.

  • Responder outubro 9, 2015

    Nathaly Freitasn

    Gente eu passei por Madri dia 15 de setembro. Estaca indo para Alicante na Espanha pra ficar 1 semana xom o meu namorado que ja vive n Espanha. Foi horrivel oque eu passei e ainda no dia do meu aniversário. Tinha todos os documentos necessários mais nao consegui entrar porque meu dinheiro esta na minha conta e eu so tinha 160€em maos. E agora estou querendoir por Portugal. Mais estou com medo de passar por tudo novamente

    • mm
      Responder outubro 9, 2015

      Fabricio Moura

      Oi Nathaly, tudo bem? Que situação horrível você passou. É um dos meus piores pesadelos envolvendo viagens. Se você for tentar por Portugal, tente via Lisboa, dizem que é bem mais tranquilo. Eu vou passar por lá dia 22 de Outubro, pode deixar que vou contar como foi aqui no blog, mas dizem que como o movimento de desembarques em Lisboa é bem maior, os caras são mais rápidos nos procedimentos e não implicam tanto com detalhes. Mas a questão do dinheiro eles são chatos sim, em outros lugares como UK, Holanda, Bélgica e França não é tanto assim, isso é mais na Espanha, Portugal e Itália.

  • Responder outubro 12, 2015

    marcelo c

    fabrício, parabéns pelo blog. é raro encontrar publicação brasileira voltada para a idílica cidade do porto,em portugal.
    cara, estou chocado com o tratamento que você recebeu. é muito surpreendente mesmo. eu estive no porto este ano,em março/2015,e, antes da viagem, li e reli tudo o que eu pude sobre os rigores das imigrações em um mundo pós-11/09 e atentados terroristas em profusão, além da questão imigratória. saí do brasil morrendo de medo, principalmente porque minha última viagem para europa já fazia 15 anos, eu não tinha a menor experiência com os questionamentos atuais e naquela época, bem mais novo,eu sempre viajava com os meus pais, o que nos livrava(por sermos uma família viajando) dos olhares atentos e preconceituosos dos temidos fiscais das imigrações.
    meu passaporte,de 2012, já tinha carimbos argentinos e uruguaios, os quais, segundo vários relatos, não causam a menor impressão nos oficiais de aeroportos. mas, mesmo assim, era uma prova de que eu já viajara como turista,sem problemas. por via das dúvidas, levei meu passaporte velho(o primeiro de minha vida), com vários carimbos de lisboa e porto, além de um reluzente visto francês. totalmente paranóico, resolvi levar extrato bancário, escritura da casa, contas de luz e água,e vários outros documentos. claro, fiz o seguro viagem, como manda o figurino. e, ainda assim,fui com medo de ser barrado,pois eu ficaria hospedado na casa de parentes. como comprovar isso?
    enfim, superados todos os receios, resolvi me concentrar na viagem, levar o que eu tinha,e,caso houvesse algum problema, tentaria um contato com os familiares no aeroporto.
    quer saber o que aconteceu? simples. o diálogo foi o seguinte: bom dia,senhor. passaporte,por favor(sem olhar pra minha cara). entreguei meu passaporte; a policial olhou pro livrinho, ao mesmo tempo em que me fazia as seguintes perguntas: vai ficar aonde? eu disse o nome da cidade. na casa de parentes? (como ela adivinhou?? hehehe) e eu, sim, vou ficar lá( sem olhar pro meu rosto,ainda); quanto tempo vai ficar?(finalmente, ela olhou pra mim, comparando com a foto do passaporte) eu respondi. então, ela pegou o carimbo, caprichou na carimbada, me devolveu o passaporte,e disse um singelo ok. quanto tempo durou esse diálogo? menos de cinco minutos……
    acho que dei sorte naquele dia(não havia fila na imigração. pelo contrário, o desembarque foi mais rápido do que muito voo doméstico) ou você não deu sorte.
    realmente, é muito estranho que isso tenha acontecido com você no porto, onde o movimento é muito menor do que em lisboa. li em vários blogs que em lisboa a imigração é terrível.
    p.s.: meu voo foi GIG/OPO/GIG

    • mm
      Responder outubro 12, 2015

      Fabricio Moura

      Oi Marcelo, tudo bem? Eu prefiro acreditar que dei MUITO azar pois não é possível que seja sempre assim. Nunca tive problemas e Londres e Madri que são bem famosinhas. Fui ter problemas justo no Porto. Semana que vem eu vou pra Alemanha e vou passar pela imigração em Lisboa, dessa vez vou com a entrevista decorada hahahahaha. Essa sua ansiedade e preocupação foi a mesma quando eu fui para Londres pela primeira vez, morrendo de medo e com inglês ruim. Até cartinha da agência em que eu trabalho dizendo que eu estava de férias e levei, acho que levei até o Imposto de Renda. Aí o tio da imigração sorriu, perguntou de onde eu era e carimbou. Simples assim! Abração!

  • Responder outubro 22, 2015

    IARA

    Oi amei muito bom o seu blog , e como todos assustei com sua descrição sobre Porto já fui pra Europa por Portugal duas vezes , ambas para Lisboa e em nenhuma delas me pediram nada alem do meu passaporte , eu sempre levo todas as reservar e passagens mas nunca me pediram nem pra olhar , a primeira vez que fui nem me perguntar nada o cara perguntou .. da segunda o cara fez piada, sobre futebol e só ..

    • mm
      Responder outubro 22, 2015

      Fabricio Moura

      Eu passei hoje pela imigração em Lisboa, e não me pediram NADA, mas o Porto foi um pesadelo mesmo.

  • Responder outubro 22, 2015

    Guilherme

    Eu morei um tempo na Suiça e minha namorada foi me visitar duas vezes, na segunda vez ela entrou via Lisboa. Mandei com ela todas as informações necessarias pra ela conseguir entrar, a unica preocupação do cara da imigração foi saber qual era a minha nacionalidade, porque ele disse: Não confie nos Suiços! ahhahahahaha
    Na outra vez que fui com uma amiga pra Londres o cara da imigração chegou pra ela e perguntou: “Você veio aqui atrás de homem?”

    • mm
      Responder outubro 22, 2015

      Fabricio Moura

      Eu passei hoje pela imigração em Lisboa, NENHUMA pergunta. O oficial olhou na minha cara e carimbou o passaporte. Agora, essa pergunta “Você veio aqui atrás de homem?”, PORRA! hahahah

  • Responder outubro 22, 2015

    Thiago

    Parabéns pelo blog!

    Me assustei com seu depoimento sobre o Porto, mas relaxei quando vi que passou tranquilo por Lisboa. Vou com minha esposa, que tem a dupla-cidadania, e acredito ser tranquilo. Mas não tem jeito, o nervosismo bate e precisamos estar ligados! rs

    Abraços

  • Responder novembro 30, 2015

    Rani Silva

    Oi Fabrício…. entrarei no Porto dia 23/01/2016… Vou passar 17 dias por lá.. com minha filha de 10 anos….. ficarei hospedada num apartamento alugado de um amigo q faz doutorado por lá….. Vc acha q por esta viajando com criança é mais tranquilo??? Ahhh tenho q levar dinheiro vivo??

    • mm
      Responder novembro 30, 2015

      Fabricio Moura

      Oi Rani, tudo bem?

      Tendo todos os documentos na mão, é tranquilo. Viajando com criança é mais tranquilo ainda. E sim, é bom ter dinheiro vivo, eles conferiram o meu, eu levei 300 euros para uma semana.

      Boa viagem =)

  • Responder novembro 30, 2015

    Mauro Ribeiro

    Fabrício, primeiro gostaria de me desculpar pelas minhas palavras, viajo todo ano para Portugal, desembarcando no aeroporto de Portela( Lisboa) ou no Porto e nunca tive qualquer problema parecido ou perto do que você descreveu e olha que as vezes não fico em Portugal, faço conexões para Dinamarca, Noruega, Amsterdã e outros locais da Europa.
    Normalmente viajo com minha esposa e sempre fico na casa de familiares nestas localidades, em resumo nunca me pediram nada além do passaporte com o visto valido por no minimo 03 meses e claro o seguro de saúde devido ao tratado de Schengen.
    Para terminar acredito que não tenho estes problemas devido a minha idade, hoje com 67 anos, mas faço estas viagens desde os 52 anos, então acredito que quanto mais jovem mais exigente a imigração se torna.
    Acredito que está seja a única explicação para as demais situações

  • Responder dezembro 16, 2015

    sergio

    Olá Fabrício seu blog e MT show entrei hoje 16 dezembro por lisboa estava com família.foi MT tranquilo pegaram nossos passaporte abriram folhearam .tchau Boa viagem não demorou 2 minutos

    • mm
      Responder dezembro 16, 2015

      Fabricio Moura

      Oi Sergio, eu passei em outubro pela imigração em Lisboa e foi SUPER tranquilo também. Boa viagem!

  • Responder fevereiro 21, 2016

    carol

    irei viajar com minha familia semana que vem para porto fazendo o trajeto GIG-OPO-GIG.
    Estamos com criancas e idosos na familia, achoq sera tranquilo, mas quais documentos preciso levar? e se e obrigatorio ter o seguro de viagem?

    • mm
      Responder fevereiro 21, 2016

      Fabricio Moura

      Viajando em família é sempre mais tranquilo. Leve o comprovante da passagem de volta, de hospedagem, dinheiro para provar que pode se manter e sim, o seguro viagem é obrigatório.

      Boa viagem =)

  • Responder fevereiro 23, 2016

    Viviane

    Nossa, fui tão feliz na imigração em Lisboa! Não me pediram exatamente NADA! Rs. E olha que fiquei uns dias na casa de uma amiga em Veneza e nem a carta pediram!!! Agora no Eurostar de Paris para Londres foi um terror! Kkk

    • mm
      Responder fevereiro 24, 2016

      Fabricio Moura

      Só tive esse problema no Porto, já passei duas vezes por Lisboa e foi super tranquilo.

  • Responder abril 4, 2016

    Marcelo Souto

    Boa noite, Fabrício. Inicialmente, parabéns pelo blog. Me permita tirar algumas duvidas contigo. Viajo para Paris dia 14/05. Faço conexão em Lisboa e de lá sigo para Paris via Tap e depois pra Londres de trem. A imigração será feita em Lisboa. Estou indo com minha noiva e ambos somos profissionais liberais, eu advogado e ela empresária. Devemos levar algum documento referente a isto? O fato de sermos noivos facilita o processo de imigração? E por último, ambos tiramos novos passaportes já que os nossos antigos não tinham prazo suficiente para a viagem, ou seja, eles estão virgens! Rsrs. No meu passaporte antigo tenho visto e carimbo de entrada nos EUA em 2011. Você acha que isso facilita? Devo levar esse passaporte antigo junto? Obrigado desde já! Abraço.

    • mm
      Responder abril 5, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Marcelo, tudo bem? Em Lisboa é mais tranquilo, justamente por ser mais movimentando que no Porto, por isso eles agilizam as coisas. O que eles pedem pra ver, em geral, são os comprovantes de hospedagem e a passagem de volta. Levem documentos que comprovem seus vínculos com o Brasil, um IR serve. Em Londres costuma ser um pouco mais chato, mas também nunca tive problema, em 2012 eu cheguei lá com um passaporte zerado e nem pediram nada. Levar o passaporte antigo é importante também e vocês podem ir juntos para o balcão da imigração, facilita as coisas. Vai dar tudo certo, fique tranquilo e boa viagem =)

  • Responder abril 8, 2016

    marcelo

    fala, amigo. beleza.
    pois bem, fui ao porto, por dez dias e, felizmente, foi uma maravilha. a cidade está totalmente preparada e voltada aos turistas. sendo carioca, me perguntei como a minha cidade tem a coragem de se apresentar como turística , oferecendo tanta hostilidade de armadilhas para o visitante. mas, essa é uma outra história.
    falo sobre a imigração em lisboa, conexão na ida para o porto(4h….. na volta, vim em voo direto pro gig). em primeiro lugar, o aeroporto de lisboa é um dos mais feios que eu já vi. a área de desembarque internacional, onde o avião estaciona, é nova, sem nada espetacular, mas agradável, com o tradicional chão de granito e afins. até aí, ok. já na área onde embarquei para o porto, é um caso de calamidade. tudo velho, com paredes e teto metálicos, sem funcionários para ajudar e muiiiiito mal sinalizado. eu vi vários passageiros perdidos, entrando em portas erradas, por causa da falta de placas, sem contar uma porta , onde havia obras, na qual apenas funcionários entravam, sem qualquer controle; um horror. a conservação dessa área onde embarquei é pavorosa, com tudo velho e sujo. há ainda os assustadores fumódromos…
    bom, sobre a imigração : no meu caso, foi surreal. se ano passado, no porto, já tinha sido amigável, com perguntas banais, num diálogo de parcos cinco minutos ou menos, este ano ,em lisboa,não chegou a dez , vinte segundos. o policial, um senhorzinho baixinho, gorducho, bigodudo e alheio a tudo, não me olhou no rosto em nenhum momento , não retribuiu o meu “bom dia”, limitando-se a passar o passaporte pelo leitor, abrir as páginas e pow, carimbar. hehehe foi assim mesmo.
    porém, eu fiquei na fila minutos suficientes para notar que com as mulheres sozinhas, o procedimento é bem diferente…
    loiras, bem vestidas, de olhos claros, pelo que pude perceber, recebiam perguntas genéricas, protocolares,demorando muito pouco. mulheres brancas , com figurino normal, ficavam um pouco mais nos guichês, ainda assim por pouquíssimo tempo. mas , infelizmente , mulheres negras (duas, viajando separadamente) e muito bem vestidas, eram saraivadas com perguntas sobre quase tudo, retirando toneladas de papéis para comprovar vínculos e afins com o brasil…a mais velha das duas(por volta dos 40), batalhou, conseguindo entrar depois de um angustiante diálogo com o policial. já a mais nova, eu não sei se conseguiu entrar. uma pena.
    por último, uma dúvida a todos : na volta, no gig, durante a conferência do meu passaporte(a tela do pc do policial estava voltada para mim, e pude ver claramente que não havia nenhum problema) , o policial, com uma “educação” incrível, pediu meu rg e , sem qualquer explicação, se dirigiu à uma sala, onde havia outro policial, longe do guichê , onde, presumo eu, foi fazer alguma pesquisa adicional, retornando, com mais uma demonstração incrível de muita educação, me devolvendo os documentos . isso aconteceu com outros dois passageiros antes de mim. alguém sabe o motivo?

    abs

    • mm
      Responder abril 8, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Marcelo, tudo bem? O aeroporto de Lisboa é realmente bem estranho. Tem aquele hall principal da sala de embarque super bonito e só. Saiu dali é tudo meio velho e caótico. Dizem que o terminal onde operam as Low-cost é ainda pior. Eu cheguei num vôo vindo do Brasil numa madrugada num A340 e desembarcamos na posição remota, eram poucos ônibus para o tamanho do avião e demorou uma eternidade para conseguir chegar no terminal. Nesse dia, a imigração em Lisboa foi super tranquila, o cara não fez nenhuma pergunta. Mas notei sim que mulheres e mais jovens demoravam mais, também 2 argentinos de 20 e poucos anos que foram pra salinha. Agora, nunca em nenhum lugar do mundo eu vi alguma imigração pedindo RG.

  • Responder abril 22, 2016

    Aureo Pinheiro Aguiar

    Bte Fabricio.Estou pretendendo ir a Londres no final do ano, tenho um um sobrinho que vai me mandar a carta convite, sr eu passar por Lisboa terei probproblemas na imigração de Lisboa . Desde ja agradeço

    • mm
      Responder abril 22, 2016

      Fabricio Moura

      Ai Aureo, tudo bem? Você não fará imigração em Lisboa, vai passar direto e só fazer a imigração em Londres. Só faz imigração em Lisboa quem for viajar dentro da Europa continental.

  • Responder maio 1, 2016

    Laís Braga

    Gostaria de saber se na imigração de Portugal eles cobrara, o seguro viagem, estou com muita dúvida em relação a isso.
    Obrigado pela atenção!
    Amei seu blog!

    • mm
      Responder maio 2, 2016

      Fabricio Moura

      Nunca me cobraram em lugar nenhum, mas é documento obrigatório pra entrar na União Européia. Acho que não vale a pena o risco.

  • Responder maio 2, 2016

    Adriano Machado

    Olá Fábricio! Minha namorada e eu estamos programando um mochilão e a entrada esta programada pra Portugal pela facidada da língua, eu sou negro 28 anos, ela branca 24. Vc tem alguma dica pra nós? podemos ir juntos ao guichê? Não trabalho formalmente , n teria como comorovar renda, apenas minha conta poupança

    • mm
      Responder maio 2, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Adriano, tudo bem? Podem ir juntos sim, não tem problema. Desde que você comprove onde vai se hospedar, que pode se manter na europa por esse período e mostre a passagem de volta, não tem com o que se preocupar. Se você entrar por Lisboa, é bem mais simples que no Porto. Tem um post aqui no blog falando como é a imigração em Lisboa, dá uma olhada.

  • Responder maio 5, 2016

    Natalia

    Ola Fabricio, tudo bem? Estou com uma viagem pra Barcelona agora dia 14 e volta dia 19, com conexão em Lisboa.. Ja estive la ha 2 anos atras, mas agora estou com um novo passaporte.
    Estou indo encontrar com meu namorado, que é árabe e mora em Abu Dhabi. A reserva do hotel está no nome dele, você acha que pode me dar algum problema? Eu não queria ter que mentir ne, se me perguntarem e pedirem a documentação, vou ter que mostrar e falar que vou encontrar com ele, ou você acha melhor dizer que estou indo sozinha e fazer uma outra reserva com meu nome?
    DEsde ja agradeço… abraços

    • mm
      Responder maio 6, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Natália, tudo bem? A boa notícia é que em Lisboa é bemmmm mais tranquilo que no Porto. Leve com você uma cópia da reserva, mesmo estando me nome dele, se tiver como ele editar a reserva e colocar seu nome como acompanhante (alguns sites de reserva permitem isso) será perfeito. Tenha em mãos também a passagem de volta e você não terá problemas.

  • Responder maio 10, 2016

    junia

    boa noite ,meu esposo viaja para Londres em novembro , irá sozinho porque tenho panico de avião e ele sonha com uma viagem internacional, ira´em um circuito pelo Europamundo, com conexão em Lisboa, onde será a imigração, estamos tão apreensivo é a sua primeira viagem estamos economizano a anos para ele realizar esse sonho.

    • mm
      Responder maio 12, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Junia, tudo bem?

      Se ele vai para Londres com conexão em Lisboa, a imigração será em Londres. Só faria imigração em Lisboa se ele fosse ficar em qualquer país da Europa continental, países que fazem parte do acordo de Schengen.

      Abraços =)

  • Responder maio 20, 2016

    Thays França

    Oi, Fabricio!

    Estou indo para o Porto agora em julho pela Tap, sozinha, para um congresso, entretanto não existem mais voos diretos e vou parar em Lisboa e depois embarcar em outro avião para o Porto. Tenho duas perguntas pra ti: nesse caso, a imigração que vou passar é em Lisboa ou Porto? e outra coisa é, o tempo entre um vôo e o outro é de 1 hora e 20 minutos, você acha arriscado? Comprei os bilhetes pelo site da tap. Se qualquer coisa der errado eles me darão assistência? tipo, perder o voo seguinte.

    Só um comentário sobre sua experiencia: fico imaginando se todas essas perguntas fossem feitas em outro idioma, além do nervosismo da imigração, eu ficaria muito nervosa. perguntando em português foi tenso, imagina em outro idioma… por mais fluente, as vezes acabamos nos atropelando :/

    • mm
      Responder maio 20, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Thays, tudo bem? A imigração vai ser feita em Lisboa, que é mais tranquila que no Porto, tem um post sobre a imigração em Lisboa no blog. 1h20 é pouso em se tratando de Lisboa e com a TAP que volta e meia tem uns atrasos, mas a boa notícia é que se você perder o vôo eles te colocam no próximo. E sim, imagina esse interrogatório em outro idioma? Por mais que a gente domine, é complicado.

  • Responder maio 25, 2016

    Venicius

    Boa tarde Fabricio,
    Vou viajar em julho para Espanha pelo periodo de 1 mes, me hospedarei na casa de meus sogros. Saio de Porto Alegre, meu voo tem conexão em Lisboa e o destino final é Madrid.
    Sou casado com uma espanhola, isso no Brasil. Estava com muitas dúvidas referente ao que seria pedido na imigração, se tenho que comprovar condições de me manter, seguro de viagem, carta convite ou reserva de hotéis.
    Então enviei um email para o consulado de Portugal, me disseram q deveria apresentar apenas passaporte válido e passagens para Madrid.
    Porém ando com um pouco de receio, vale a pena ir sem seguro? Tenho como comprovar uma média de 35 a 40 euros diárias para me manter; porém não estava a fim de pedir para meus sogros enviarem a carta convite, porque custa em torno de 70 euros, mais o envio.
    Será que é mais tranquilo porque viajarei com minha esposa que é cidadã européia?

    Obrigado.

    Abraço.

    • mm
      Responder maio 25, 2016

      Fabricio Moura

      Opa, tudo bem? Sobre o seguro, ele é obrigatório para os países do Tratado de Schengen no valor de 30mil Euros, acho que o pessoal do consulado não soube explicar direito. Nunca me pediram, mas vai que?! O fato da sua esposa ser espanhola não ajuda muito, mas também não atrapalha. Leve comprovantes da volta e de vínculos com o Brasil como contas de água, luz, aluguel ou imposto de renda. A imigração em Lisboa é um pouco mais tranquila do que no Porto.

      Abraços!

  • Responder maio 28, 2016

    Cristiane

    Olá Fabricio!
    Tudo bem?
    Estou indo com a minha irmã pra Milão em Setembro e, vamos fazer uma conexão em Lisboa.
    Teremos 3h50 de parada, acredito que seja suficiente.
    Mas a volta de Roma pra SP, faremos outra conexão em Lisboa, mas com apenas 1h30. Você acha que teremos problemas com esse espaço tão curto na volta?
    Me preocupei ao ler ali em cima o que você disse sobre demorar uma eternidade pra chegar de ônibus até seu terminal de embarque.
    Já estive em Lisboa em 2012 e, achei o aeroporto um pouco, digamos assim, desorganizado….quase perdemos nosso voo pra Madri porque eles não davam informações corretas, nos painéis uma bagunça, toda hora mudava o local de embarque… tenso, mas como não era um voo de conexão…chegamos com antecedência tal….
    Maaaas me disseram que melhorou muito de uns tempos pra cá. mas não era um voo de conexão…então chegamos com antecedência tal….
    O que você me diz sobre esses tempos de conexão?!
    Muito obrigada por enquanto e espero não passar nenhum sufoco rsrsr
    Abraços!

    • mm
      Responder maio 29, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Cristiane, tudo bem? Lisboa melhorou, mas ainda é bem bagunçado sim. No vôo de ida tem tempo de sobra, na volta com 1h30 eu acho um tempo bem curto, se não acontecer nenhum atraso no primeiro trecho, dá tempo sim. Como você não vai precisar despachar a bagagem de novo e também já vai estar com o cartão de embarque na mão, o que já adianta as coisas. Por lei, a TAP tem que esperar 30 minutos por passageiros em conexão e se você perder o vôo, eles dão transporte e acomodação em Lisboa.

  • Responder junho 2, 2016

    Cristiane

    Oi Fabrício!!!
    Ah muito obrigada por essa informação sobre a TAP esperar 30 minutos, não sabia disso!!
    Estou acompanhando e adorando sua página no face e aqui no blog!
    Obrigada por compartilhar suas experiências, e nos dar tantas dicas!
    Abraços!!!

  • Responder junho 7, 2016

    Roberta

    oi fabricio tudo bem, tenho uma duvida ano passado estive na europa passei 18 dias em casa de amigos , mas nao tive a opotunidade de conhecer bem a capital madrid porque fiquei muito distante e acabei conhecendo lugares mais proximos como santiago de conpostela, galicia, servilha e fizemos todo esse entinerario de carro , agora pretendo voltar ate o , mes de agosto que estarei de ferias do trabalho e ficarei em madrid hospedada em hotel nesse meio tempo predento conhecer paris… voce acha que terei algum problema com a imigracao por esta viajando novamente para europa com entrada pelo mesmo aeroporto no caso brajas e uma pergunta meio tonta mas estou com duvidas ha e dessa vez viajarei sozinha e um sonho meu e um presente de aniversaro que estou me dadndo hahaha… abracos

    • mm
      Responder junho 8, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Roberta, tudo bem? Problema nenhum, nem por entrar pelo mesmo aeroporto e nem por estar viajando sozinha, basta ter em mãos a documentação que a imigração poderá pedir. Boa viagem =)

  • Responder junho 8, 2016

    Aliny Coelho

    Olá Fabrício,

    Tenho uma pequena dúvida em relação à comprovante de hospedagem: Farei minha 1° viagem internacional em Outubro. Chegarei por Roma ( fico 7 dias), sigo para Barcelona ( fico 7 dias), Girona ( fico 7 dias) e nos dias que sobram, ainda estou em dúvida se irei à Portugal ou França.
    Esses lugares que ficarei, já efetuei todas as reservas, porém, como estou indecisa sobre o ultimo trecho, ainda não efetuei reserva nem de hotel, nem de passagens… o que vc aconselha?
    Agradeço desde já,
    Aliny

    • mm
      Responder junho 10, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Aliny, tudo bem? A sua dúvida é sobre quais desses dois países escolher? Se for, isso é bem pessoal, vai e cada um, mas eu gosto bem mais de Portugal, e de bônus, é mais barato que a França.

  • Responder junho 14, 2016

    ana flavia messias

    Oi Fabrício, moro no Porto, e meus pais vem me visitar por um mês.
    Eles fazem conexão em Lisboa, e quero saber se eles aceitam o PB4 como seguro de saude, e quanto eles devem ter mãos em euros para não ter problemas, obrigada.

    • mm
      Responder junho 14, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Ana,tudo bem? O PB4 é válido em Portugal sim, tem um acordo do Brasil com Portugal, além de Espanha e Chile se não me engano. Mas tem que preencher esse formulário aqui: http://www.consulado-brasil.pt/pdf/pb4.pdf

      Sobre o dinheiro, é recomendado 30 Euros por dia de viagem.

  • Responder junho 17, 2016

    Aliny Coelho

    Oi Fabrício,
    Na verdade queria saber se eu teria problemas na hora da imigração, por não ter meu ultimo trecho definido… Não fiz reservas de nada p últimos dias, por não ter decidido p onde irei…
    Obrigada pela resposta anterior. Estou levando muito em consideração os gastos, então talvez opte por Lisboa 😉

    • mm
      Responder junho 19, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Aliny, então, se você chegar lá sem ter seu roteiro completo eles podem desconfiar sim e você pode ter problemas.

  • Responder julho 16, 2016

    Kaissa

    Oi Fabricio, parabéns pelo seu blog, minha situação é um pouco complicada, vamos ver se consegue me entender: Em 2014 fiz uma viagem para França, onde fiquei na casa do meu “marido” , entrei por Suíça, fiquei 5 meses, e ao retornar ao Brasil fui barrada claro pelos agentes suíços, onde me deram um papel para assinar. Bom, agora estou retornando à França com minhas duas filhas, meu “marido” foi até à prefeitura para saber de minha situação e lá falaram que eu estava impedida de entrar pela Suiça apenas , mas que os demais países poderia entrar normalmente! Estou com tanto medo, por estar indo com duas crianças, providenciei os documentos exigidos, ficaremos 12 dias, tenho passagens de volta, carta convite em português e outra em francês, 400 euros na carteira, cartão de crédito, seguro saúde e levo meu contrato de aluguel daqui, vc acha que terei algum problema? Faremos conexão em Lisboa e depois seguiremos para Lyon, obrigada e sucesso!

    • mm
      Responder julho 18, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Kaissa, tudo bem? Sabe o que é estranho? Como na Europa continental, no chamado “espaço schengen”, as regras de imigração valem para todo os países, é estranho te barrarem só na suíça, geralmente o passaporte é colocado em uma lista negra e a pessoa não entra em nenhum país. O que não parece ser o seu caso pois quando isso acontece o passaporte volta com um carimbo de recusa. Você está com toda documentação não existe razão para te barrarem. Poderia me contar depois se deu tudo certo?
      Boa sorte e obrigado pela mensagem.

  • Responder julho 24, 2016

    Valdenio Araujo

    Olá Fabricio td bem?

    Em 2014 no período da copa eu e minha esposa estivemos em Lisboa e para minha surpresa a senhora que nos atendeu na imigração se limitou a responder ao nosso bom dia pegou nossos passaportes carimbou e liberou a entrada sem nenhuma pergunta, acho que esse processo não demorou mais que 2 minutos (E eu com uma pasta cheia de documentações na mão para nada kkkkk).

    Bom, estaremos retornando em setembro deste ano e gostaria de saber de sua experiência recente, quanto tempo aproximado esta sendo necessário entre o desembarque e a saída do aeroporto, isto por que meu planejamento é ir direto para Albufeira no Algarve de trem. Nosso vôo deve chegar às 06:55 e estou vendo que neste msm dia sai um trem do terminal às 10:00hs o próximo somente às 14:00hs, o espaço entre um e outro é longo então gostaria de pegar o das 10:00 se não ficar muito apertado o horário. Qual sua recomendação?

    • mm
      Responder julho 24, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Valdenio, tudo bem? No ano passado eu desembarquei duas vezes em Lisboa, em ambos os desembarques foi tudo bem tranquilo e rápido. Da porta do avião até a esteira de bagagens não demorou 40 minutos. Como o aeroporto de Lisboa tem metrô e ele fica dentro da cidade, acredito que dê tempo sim para você pegar o trem das 10h, desde que o voo não atrase.

  • Responder julho 30, 2016

    Viviane

    Olá Fabrício se possível me ajude a acalmar minhas preocupaçoes pretendo ir para Portugal com minha família toda meu marido meus filhos gêmeos de 13 anos e minha filha de 19 em agosto pretendemos ficar por 15 dias será nossa primeira viagem internacional em família quanto vc acha que devemos levar de dinheiro em espécie e quais outros conselhos pode me dar pois não quero correr risco de sermos barrados desde já muito obrigada !

    • mm
      Responder julho 30, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Viviane, tudo bem? Sim, você precisa levar dinheiro em espécie para comprovar que pode se manter no país durante a sua viagem, leve também cartões de crédito internacionais, os comprovantes de hospedagem (ou carta convite caso fique em casa de família), passagem de volta, seguro viagem, passaportes com validade, se tiver uma cópia do Imposto de renda, pode levar, pois comprova vínculo com o Brasil. Grupos familiares entram com mais facilidade e todos podem ir juntos no mesmo balcão. Não precisa se preocupar, vai dar tudo certo.

  • Responder agosto 19, 2016

    Neyde Cândido

    Olá Fabricio! Estou indo pra Portugal final do mês por Lisboa mais estou sem reserva de hotel, vou ficar na casa de uma amiga estou com endereço dela e cópias de documentos. Vc acha que a imigração pode me barrar por isso?

  • Responder agosto 19, 2016

    Neyde Cândido

    Olá Fabricio! Estou indo pra Portugal final do mês por Lisboa mais estou sem reserva de hotel, vou ficar na casa de uma amiga estou com endereço dela e cópias de documentos. Vc acha que a imigração pode me barrar por isso?

    • mm
      Responder agosto 20, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Neyde, tudo bem? Você precisa levar uma carta convite escrita pela sua amiga. Sem ela a imigração pode te barrar.

  • Responder agosto 28, 2016

    Thayna

    Boa noite ! Estarei indo para Lisboa Portugal dia 04 de outubro e ficarei por 50 dias o que você aconselha eu falar ?

    E não reservei hotel para todos os dias o que posso fazer ? Uma pré reserva em hotéis ?

    • mm
      Responder agosto 28, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Thayna, boa noite! Tudo bem? Diga sempre a verdade, 50 dias é um período um pouco longo. Se perguntarem, explique o porque dos 50 dias e se você pretende ir a outros países e cidades. Sim, você precisa comprovar a hospedagem, faça uma reserva no Booking de modo que possa cancelar depois sem multa.

  • Responder setembro 8, 2016

    Amanda

    Fabrício, obrigada por esse relato detalhado. Estou me preparando pra uma viagem pro Porto depois de amanhã e achei por bem contratar o seguro viagem, que eu não havia feito na ultima vez que viajei (Guarulhos-Amsterdam-Cork na Irlanda) mas que nunca me pediram para viagem de turismo.. No entanto, minha ultima ida a Portugal foi com entrada justamente no porto e foi uma experiência horrível. Meu namorado é português e iamos da Irlanda pra lá, eu tinha visto, apesar disso passei por uma sabatina de 20 min. A oficial da imigração me perguntou se eu era estudante e eu disse que não, e ela respondeu “Mas então veio fazer o quê?”. Eu, atônita, respondi que vinha para visitar. “Visitar o quê”?, ela continuou. Quando disse que vinha acompanhada do meu namorado, ela fez uma série de perguntas sobre onde ele morava, e quando falei que ele ja havia cruzado a imigração (estavamos no mesmo vôo), ela o chamou de volta na fila onde eu estava esperando entrada. E fez um interrogatório a ele também, sobre onde morava, quanto tempo nos conhecíamos, quais as cidades próximas da cidade dele, foi extremamente humilhante. No final da sabatina e depois de ela ter anotado todos os contatos dele ( endereço e documentos), ela nos liberou dizendo que ele tinha muita sorte de me ter como namorada. Fiquei com a impressão clara que ela achou que eu fosse algum daqueles casos de trafico internacional pra prostituição, e tudo isso com um visto estampado no passaporte. Estou me preparando emocionalmente para essa proxima vez, ja arrependida de ter escolhido desembarcar no Porto. Me deseje boa sorte!

    • mm
      Responder setembro 9, 2016

      Fabricio Moura

      Nossa, Amanda. Que terrível! Olha como o meu caso não foi isolado?! Por mais que eu já tenha passado por dezenas de imigrações, sempre fico apreensivo justamente em Portugal. Boa viagem e toda sorte do mundo.

  • Responder setembro 21, 2016

    Nadson Pires

    nossa assustador essa sua imigracao kkk
    vou pra paris em dezembro ou janeiro queria saber como que eh a imigracao de la!
    e gostei muito do seu blog parabéns!!!

  • Responder outubro 24, 2016

    Thamirys

    Olá Fabrício, vou viajar para Lisboa com meus pais, minha irmã e minha tia. Como estamos em cinco quanto dinheiro em espécie devemos levar?

    De lá pretendemos ir a Alemanha em um vôo saído de Lisboa mesmo. Soube que depois de ter passado por uma imigração de qualquer país do Acordo de Schengen não é necessário passar em outra. E verdade? Depois da de Portugal não precisaremos passar na da Alemanha?

    É nossa primeira viagem internacional e ficaria grata em ter sia ajuda. Se puder dar outras dicas!

    Bjs

    • mm
      Responder outubro 25, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Thamirys, tudo bem? Sobre quanto dinheiro levar é muito relativo, pois cada pessoa tem hábitos de consumo diferente das outras, mas vou falar com base no que eu já fiz e faço. No ano passado eu passei 20 dias viajando pela Alemanha com um orçamento de 30 euros por dia para usar o metrô, comer e fazer algum passeio. Foi o suficiente, mas bem apertado. Se você quer ter um pouco mais de tranquilidade, considere 50 euros por dia para a Alemanha e 40 para Portugal, onde as coisas são mais baratas. Sobre a imigração é isso mesmo, você só vai fazer uma vez em Lisboa, para a Alemanha será como um voo doméstico.

      Boa viagem

      Bjs

  • Responder novembro 5, 2016

    Eduardo

    Estive em Portugal e tudo foi bem tranquilo. Estive primeiro na França, logicamente passei pela alfandega. Lá tinha muita gente. Mas a situação foi tranquila, pois eram várias cabines de atendimento. Conferiu bem o meu passaporte e me olhou e logo em seguida disse: Bianvenue. Quando fui a Portugal sai direto pela porta da rua e voltei na hora de ir embora sem problemas. Quando fui ja estava implantado o Sistema Rapid. Sistema implantado a partir de julho, viajantes com passaporte brasileiro terão acesso à passagem rápida pelo sistema de Reconhecimento Automático de Passageiros Identificados Documentalmente (Rapid), nos aeroportos de Portugal.

  • Responder dezembro 8, 2016

    Robson

    olá, estou indo para Lisboa em fev/2017 com minha mãe e meu irmão (eu 23 anos e ele 25 anos) visitar um amigo da minha mãe, ele enviou carta convite para os 3, temos a passagem de ida e volta, passaporte todo em dia, levando cerca de 90 euros por dia e por pessoa, seguro para os 3. Porém tenho uma dúvida, eu e meu irmão vamos ficar em um hotel e minha mãe na casa desse amigo, como todos temos carta convite será que vai ficar algo meio contraditório apresentar tanto a carta quanto a reserva do hotel na imigração? e gostaria de saber se os 3 podem ir na mesma hora ser atendido, já que é uma família. abraço, muito bom seu site.

    • mm
      Responder dezembro 10, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Robson, tudo bem? Se eles questionarem, explica o porque, diz que a casa é pequena e por conta disso você e o seu irmão vão ficar em um hotel. Podem ir os três no balcão, família e amigos viajando juntos podem passar ao mesmo tempo pela imigração.

      Obrigado pela mensagem =)

  • Responder dezembro 23, 2016

    Emily

    Olá,
    Tenho 30 anos e estou indo para Barcelona em março/2017. Vou encontrar meu namorado que é americano lá, mais estou indo sozinha. Vou levar seguro saúde, o valor pedido em espécie e as reservas do hotel, você acha que por eu estar viajando sozinha vou ter algum problema na imigração? Vc acha que eu devo mencionar que vou encontrar meu namorado lá?

    Obrigada.

    • mm
      Responder dezembro 26, 2016

      Fabricio Moura

      Problema nenhum e nem precisa falar do namorado, se perguntarem a razão vc diz que é turismo e pronto.

  • Responder dezembro 26, 2016

    Renan Germano

    E ai tudo certo?
    Cara, sabe me dizer se precisa levar mesmo todos os hotéis em que vou ficar? Porque eu queria descer em Lisboa por ser um lugar mais barato, porque as taxas de desembarque lá são menores em comparação a Paris ou Roma.
    Então eu tenho um certo planejamento, sairei de Portugal em rumo á Espanha, depois, França, Bélgica, Alemanha, Suíça e por fim Itália. É um trajeto grande, porém é o planejado, eu gostaria de ficar 1,2 dias apenas em Portugal, tu acha que caso eu leve a papelada apenas de Portugal e a Espanha (hostels, passagens de trêm e avião) já são suficiente? Porque a ideia é também utilizar o Couchsurfing e procurar por hostels no dia.

    • mm
      Responder dezembro 26, 2016

      Fabricio Moura

      Opa, tudo bem? Olha, a regra dos caras diz que SIM, tem que ter todas as reservas em mãos, o fato é que em todos esses anos só me pediram isso uma vez e foi justamente no Porto e eu viajo em média 1x por mês. Você pode arriscar.

  • Responder janeiro 7, 2017

    Tarcisio Ramos de Medeiros

    Que bom que a de Lisboa é bem de boa. Ano passado eu fui pro Canadá, passei 9 dias no México e iria passar 3 semanas lá. Apesar do oficial (de Vancouver) ter feito diversas perguntas e no final ainda fazer uma cara de quem tava se arrependendo de permitir a entrada, não precisei comprovar nada. No meu caso não vou estar com muito dinheiro pois prefiro sacar no país pois sai bem mais barato, no entanto acho que a situação melhora pois tenho um cartão Prime do Bradesco e um Platinum do BB, ambos de dependente dos meus pais. Espero também que o visto e por ter pisado em solo canadense e americano (de conexão) também ajudem (Apesar de que se ele implicou com seu dos Países Baixos, acho que implicaria com o meu da Colômbia e Bolívia…). Também comprei diversas passagens de low cost e estou louco tentando planejar 39 dias de viagem. Espero que dê tudo certo e eu possa desfrutar da Europa como desfrutei do Canadá.

    • mm
      Responder janeiro 11, 2017

      Fabricio Moura

      Vai na fé que vai dar tudo certo! Acho que você não vai ter problemas pra entrar, o trabalhoso é planejar esses 39 dias.

  • Responder janeiro 18, 2017

    Isadora

    Vou para Londres (Gatwick) de TAP com conexão em Lisboa. Essa conexão é de apenas 1h e fiquei preocupada com a demora na imigração, mas li aí nos comentários que a imigração só é feita em Londres, é isso mesmo? Então não preciso me preocupar com o tempo curto da conexão em relação a atraso na imigração?

    • mm
      Responder janeiro 21, 2017

      Fabricio Moura

      Sim, a imigração vai ser em Londres. Você só vai passar novamente pelo raio-x em Lisboa.

  • Responder janeiro 21, 2017

    Maria Carolina

    Olá,
    Vou visitar meu namorado que mora em Oslo – ele é de lá.
    É a quarta vez que irei para lá, mas sempre que vou fico apenas uma semana e volto. Tenho emprego fixo no Brasil e levarei todos os documentos.
    Minha é dúvida é, ao ser questionada na imigração o motivo de ir para Oslo, se devo falar turismo, visitar amigos ou meu namorado que mora lá? Meu receio de falar turismo é que eles questionem por que tanto turismo em apenas uma cidade so por tantas vezes… devo mencionar que meu namorado mora lá? Isso seria um problema?
    Obrigada

    • mm
      Responder janeiro 23, 2017

      Fabricio Moura

      Olá, tudo bem? Olha, se você tem como comprovar seu vínculo com o Brasil e todos os documentos que são exigidos durante o procedimento de imigração, não precisa mentir.

  • Responder fevereiro 2, 2017

    marcos henrique

    Olá, Boa Tarde.
    Gostaria de saber se na imigração portuguesa em lisboa eles olham as passagens de ida e volta? Gostaria de saber também se eles barram os imigrantes que não tem a passagem de volta?

    • mm
      Responder fevereiro 7, 2017

      Fabricio Moura

      Eles podem olhar, por isso é importante ter todos os documentos. Sem a passagem de volta você pode ser deportado imediatamente.

  • Responder fevereiro 9, 2017

    Paulo

    Olá, parabéns pelo blog. Estou indo pra passar dois meses e pretendo apresentar apenas umas 5 diárias pois em algum hotel, depois irei alugar um quarto e tal. Vocês acham que terei problemas nesse caso?

    • mm
      Responder fevereiro 12, 2017

      Fabricio Moura

      Sim, se você disser que vai ficar 2 meses e só apresentar uma reserva para 5 dias, eles podem questionar isso.

  • Responder fevereiro 10, 2017

    Paulo h

    Boa noite vou para lisboa mes q vem estou levando dinheiro ,cartao de credito e carta convite pretendo ficar 30 dias na casa de uma amg com nacionalidade portuguesa. Sera q podem implicar por conta do tempo q permanecerei em lisboa ? Sou casado, tenho um filho e fui desligado do meu trabalho. Estou aproveitando o dinheiro de indenizacao para realizar esse sonho.

    • mm
      Responder fevereiro 12, 2017

      Fabricio Moura

      Nenhum problema, você pode ficar até 3 meses na Europa com o visto de entrada. Mas não diga que foi desligado.

  • Responder fevereiro 11, 2017

    Rafaella

    Passei pela mesma situação com a minha filha que na época tinha 4 anos, ela me segurou por 20 minutos e minha outra conexão saía em 30 minutos, além de um monte de pergunta grotescas ela segurou meus tickets para o próximo vôo lá me fazendo perder mais 15 minutos pra voltar e buscar.Chegando lá ela se fez de sonsa dizendo que não estava lá, a essa altura eu já havia perdido meu vôo, até que uma outra pessoa perguntou o que estava acontecendo e foi até a cabine da pessoa que me atendeu. Meus tickets estavam lá :/ fiquei 12 hrs pra conseguir outro vôo no aeroporto com minha filha pequena. Entrar em Portugal pelo Porto NUNCA MAIS!!!

    • mm
      Responder fevereiro 12, 2017

      Fabricio Moura

      Nossa, Rafaella, que pesadelo. É impressionante o descaso deles, acho pura maldade mesmo. Em Lisboa é diferente, pelo menos.

  • Responder fevereiro 21, 2017

    Janaina Farias da Silva

    Olá Fabricio, meu esposo foi para Portugal faz três semanas, vou mês que vem com minhas duas filhas de 7 e 11 anos, minha reserva no hotel derá de 15 dias será que posso ser barrada por estar indo com elas em época escolar ?

    • mm
      Responder fevereiro 21, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Janaina, tudo bem? Acho que dificilmente, eles podem perguntar pelo seu marido mas é só explicar que ele chegou em outro voo e pronto. Leve todos os documentos e não tem problema.

  • Responder março 6, 2017

    MANOEL SOUSA

    Olá Fabricio, tudo bom ? Queria saber é quem vai para morar lá, precisa ter passagem de volta também? Como é o procedimento ?

    • mm
      Responder março 6, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Manoel, tudo bem? Se você já vai com o visto de residência, não precisa.

      • Responder março 6, 2017

        MANOEL SOUSA

        Tipo não é hotel, morarei na casa de um familiar, terei que ter um visto de residência da casa dele ? Obrigado.

  • Responder março 6, 2017

    Inácio Morais

    Olá, quais documento necessários para morar em Portugal, irei morar na casa da minha namorada, estou planejando a viagem ainda. Sei que o passaporte e um dos mais importantes, fiz umas pesquisas achei algumas informações falando sobre os documentos, mais não tenho certeza se são esses que preciso.
    – Pedido e visto apresentado no consulado ( ainda o Brasil) impresso e assinado.
    – Duas fotografias coloridas igual com fundo liso, atualizadas e com boas condições de identificação.
    – Passaporte ou outro documento de viagem válido reconhecido.
    – Certificado de antecedente criminais ( tira pela internet ) no eu país de nacionalidade ou no país que resida há mais de um ano.
    – Requerimento para consulta do Registro Criminal Português.
    – Comprovativos de meios de substências ( imposto de renda extratos bancários etc.)
    – Seguro de viagem válido, para cobrir as despesas médicas ( no Brasil há o seguro gratuito, que é o PB4, do Ministério da saúde).
    Não sei se são esses todos, peço que ajude saber os certos, desde já agradeço. Abraços.

  • Responder março 6, 2017

    MANOEL SOUSA

    Quais documentos preciso para morar lá? Pesquisei vi que um dos principais e o passaporte. Mas provavelmente tem mais.

  • Responder março 23, 2017

    Rodolfo

    Olá Fabricio, boa tarde!
    Estou a ir para Lisboa em 2018, nunca andei nem de avião rs.
    Meu plano é o seguinte, estarei com um primo viajando para lá, mas não temos intenção em voltar. Carta convite é o de menos, temos lugar para ficar.
    Iremos comprar passagem de volta, claro, sabemos desse requisito. Mas lá na imigração por exemplo, digo que vou ficar 3 meses, apresento o dinheiro e tudo, mas e ai passado esse tempo, ja terei arrumado emprego e tudo. Como faço? Vou ficar “ilegal” lá se der meu tempo de voltar e eu não voltei?

    • mm
      Responder março 28, 2017

      Fabricio Moura

      Passado os 90 dias você ficará ilegal sim, podendo ser deportado se a policia de imigração te pegar. O ideal é ir com emprego ou matriculado em algum curso para conseguir o visto de estudante.

  • Responder abril 21, 2017

    José

    Estou indo para Suíça em Junho… A rota é Recife – Zürich com conexão em Lisboa em Portugal. Depois de ler tudo isso estou com muito medo. As conexões são tão exigentes assim também? Eu não pretendia viver em Portugal nem de graça! Smile… 😅 Estou com carta-convite e bilhete aéreo de ida e volta… Mas, não tenho seguro viagem. Terei problemas? Como faço esse seguro? Obrigado!

    • mm
      Responder abril 21, 2017

      Fabricio Moura

      Oi José, tudo bem? Imigração é muito relativo, eu já tive problemas mas já em muitas ocasiões foi super tranquilo. Aqui no blog tem um post sobre é passar pela imigração em Lisboa, esse post pode te ajudar, dá uma procurada. Sobre o seguro viagem, é obrigatório. Se pedirem e você estiver sem, pode ser barrado. Dá uma olhada: http://www.vounajanela.com/para-iniciantes/seguro-viagem-por-que-eu-preciso-disso/

  • Responder maio 16, 2017

    Alex

    Boa tarde fabrício, estou indo para Portugal passar 12 dias, e tenho passagem de saída do espaço Shening para Praia Africa do sul, na imigração portuguesa eles vão exigir a passagem de volta para o brasil ou tendo em mãos a passagem que vou sair da europa para Africa ja é suficiente?

    • mm
      Responder maio 19, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Alex, o que importa pra eles é a sua saída da Europa, independente pra qual país seja. Abraços!

  • Responder junho 12, 2017

    Vanessa Alves

    Ola Fabricio, primeiramente parabéns pelo Blog, é super bacana!!! A minha duvida é a seguinte, meu marido é tatuador e ele tem o sonho de trabalhar e morar em Portugal. Se ele tivesse um convite de um studio para ele trabalhar por lá será que ele consegue o visto de trabalho? E na imigração eles tem muito preconceito com quem tem piercings e tatuagens visíveis? Ele tem 34 anos.

    • mm
      Responder junho 14, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Vanessa, acho que respondi uma pergunta sua acima. Então, visto de trabalho é um pouco mais complicado, mas tendo um contrato de trabalho é possível sim. Entra em contato com o consulado e veja o que seria necessário no caso dele, pois cada caso é um caso.

  • Responder junho 13, 2017

    João Reis

    Boas Galera,

    Sou português e a minha namorada está vindo de Porto alegre me visitar em agosto… Ela precisa levar dinheiro vivo na mão? Pergunto isto porque vou ser eu que vou suportar todas as despesas na estadia dela, outra questão? Seguro de viagem onde o posso fazer? Posso eu fazer-lo aqui e enviar para ela?
    Sei que tenho que fazer a carta de convite …. Mas estou muito preoucupado com tudo isto, pois pensava que era bem mais simples, já ouvi dizer que tem caras que carimbam sem fazer nenhuma pergunta e etc etc, mas agora a questão do dinheiro me deixou intrigado. Podem esclarecer?

    • mm
      Responder junho 14, 2017

      Fabricio Moura

      Oi João, tudo bem? Eu já fui a Portugal 5 vezes, só em 1 vez eles pediram para ver o meu dinheiro e foi exatamente no Porto. Em Lisboa isso nunca aconteceu. Na verdade, em Lisboa nunca me perguntaram nada, no máximo o tempo em que eu ficaria em Portugal e pronto. Seria bom ela levar pelo menos um pouco de dinheiro e um cartão de crédito internacional pra comprovar. O seguro viagem você pode fazer pela internet e enviar o vocher para ela por email, hoje eu tenho seguro no meu cartão de crédito, mas antes eu usava a Sulamerica Viagens, que tem ótimo preço.

  • Responder junho 14, 2017

    Vanessa

    Olá Fabricio, parabéns pelo blog, estou adorando. Você sabe se na imigração eles tem preconceito com piercings e tatuagens? Meu marido é tatuador e pretendemos ano que vem visitar Porto. Obrigada!

    • mm
      Responder junho 14, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Vanessa, tudo bem? Eu nunca ví casos de preconceito com quem tem tatuagem, até pq, eu tenho várias e nunca me olharam torto. Lisboa é uma cidade bem liberal, o Porto que é bem mais “tradicional” e conservador.

  • Responder junho 22, 2017

    Marinete

    Olá Fabricio, tudo bem? Primeiro parabens pelo seu blog.. Muito bom ..

    eu estou indo para Portugal mes que vem, eu e meu filho de 3 anos. Meu marido já está em Portugal desde o dia 2 de junho. Será que eles vão verificar que meu marido está no país ?
    Eles olham pelo passaporte do meu filho de 3 anos e pode barrar a nossa entrada. ?
    Tenho esse receio. Uma amiga disse que nesse caso eles vão barra minha entrada , pois vão puxar o nome do meu marido pelo passaporte do meu filho de 3 anos e vão ver que ele esta já mais ou menos um mês e meio no país e vão ver que não estou indo apenas turistar..
    Você sabe de algum caso assim?

    • mm
      Responder junho 22, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Marinete, tudo bem? Você está indo para morar?

  • Responder junho 25, 2017

    Glima

    Boa tarde!
    Farei uma viagem para Lisboa e vou compartilhar o quarto do hotel com uma amiga, mas ela não irá no mesmo voo. Fiz uma reserva para 2 pessoas, mas na reserva só consta o meu nome. Será que os agentes da imigração vão aceitar a reserva apenas com o meu nome? Ela terá problema já que eu não estarei com ela ao passar pela imigração?
    Obrigada.

    • mm
      Responder junho 28, 2017

      Fabricio Moura

      Olá! Mesmo a reserva não estando no nome da sua amiga, peça para ela levar uma cópia da reserva e explicar que está em seu nome e que vocês foram em voos separados. Se eles quiserem confirmar, vão ligar para o hotel. Deixe o nome da sua amiga como acompanhante na hora do checkin no hotel para eles terem essa informação.

  • Responder julho 6, 2017

    Vic

    Olá Fabricio,
    Daqui a pouco vamos viajar para Portugal. Eu (Europeu) e minha esposa (Brasileira) temos uma conta de Banco (em Euros) no meu pais na Europa (não é Portugal).
    Somos obrigados de levar Euros do Brasil para Portugal ou um extrato da conta em Euros é suficiente para entrar em Portugal ?
    Obrigado.

  • Responder julho 9, 2017

    Vic

    Boa tarde Fabricio,

    Queria saber a seguinte : na entrada em Portugal posso usar a “Confirmação da reserva” de Booking.Com como “Comprovante de Hospedagem” apesar que para uns hoteis “não é necessário pré-pagamento” ?
    Mais uma vez obrigado.

    • mm
      Responder julho 10, 2017

      Fabricio Moura

      Sim sim, o papel do Booking vale como comprovante. Abs.

  • Responder agosto 3, 2017

    Cacau

    Olá Fabrício.Boa tarde.
    Ano passado eu fui para Portugal /Porto , e me hospedei na casa do meu namorado, mesmo com passagem de ida e volta , fiquei ilegal por 3 meses lá ;Voltei em agosto do ano passado ,e estou pra voltar agora neste mês.Sendo que quando fui fiz escala em Madri ,me perguntaram algumas coisas na imigração,mais graças a Deus não me pediram para mostrar o Seguro Saúde , e nem a quantia que eu levava e nem carta convite , fui como turista … Como a despesa fica caríssima ,já que vou tentar me casar com ele . Me dê uma luz: Será que vai ser tranquilo como dá última vez , que só me fizeram pouquíssimas perguntas em Madri , e em Porto só revistaram minha mala? Quais são as chances na sua opinião de eu passar novamente ?
    Rsrs. Sendo que já tenho 44 anos ,não sou nenhuma (digamos) profissional de S— em potêncial procurando trabalho no exterior.

    • mm
      Responder agosto 3, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Cacau, tudo bem? Olha, esses 3 meses a mais que você ficou está registrado no seu passaporte e no sistema deles, existe uma boa chance de não deixarem você entrar, preciso ser honesto com você. Esteja preparada para isso e se te barrarem, podem até impedir que você não entre na Europa por um período longo. Não estou dizendo que vai acontecer com você, mas casos de banimento podem durar até 10 anos. Boa sorte!

  • Responder agosto 4, 2017

    Cacau

    Obrigado Fabrício.

    Então tenho que contar com a sorte… Más acredito que no meu caso esse banimento é quase que impossível , já que na minha estadia não cometi nenhum delito…Pois pelo que li , para ser banido do país tenho que ter feito algo muito ilícito que não foi o meu caso…

    Obrigado, Cacau.

    • mm
      Responder agosto 4, 2017

      Fabricio Moura

      Bom, estar ilegal 3 meses já é um delito. Boa sorte! =)

  • Responder agosto 4, 2017

    Cacau

    Verdade…

    Más como da outra vez entrei pela Espanha na Europa ,dessa vez vou entrar por Marrocos.
    Acredito que mudando , posso ter mais sorte…

    Obrigadinho Fabrício.

    Cacau 😉

    • mm
      Responder agosto 4, 2017

      Fabricio Moura

      Na verdade a imigração no Marrocos não vale para Europa. Se você for para a Europa via Casablanca, só vai fazer a conexão em lá antes de seguir para a Europa, onde fará a imigração.

  • Responder agosto 4, 2017

    Cacau

    Ah, também tem o fato de que eu poderia adiar por mais 3 meses… Pode ser que no máximo eles me apliquem uma multa. E quando voltei ao Brasil ,cumpri os 90 dias fora da Europa, acho que isso pode ser um ponto a meu favor… O que você acha?

  • Responder agosto 10, 2017

    Maria Eduarda Garcia

    Ola fabricio um máximo seu blog.
    Vou pra Portugal esses dias Lisboa tenho o comprovante do hotel mais o seguro viagem 1200€ em espécie e um cartão de credito internacional mais sou solteira viajo pela primeira vez vou ficar 20 dias so pra conhecer o país acha que tem algum problema de eu ser mulher e solteira ?

    • mm
      Responder agosto 11, 2017

      Fabricio Moura

      Oi, tudo bem? Entrar por Lisboa é mais tranquilo, você não terá problemas.

  • Responder agosto 20, 2017

    Fernando

    Olá. Sabe informar a diferença exata da imigração para alfândega?
    Fui meses atrás, com conexão em Lisboa. Fiz a imigração e visto em Lisboa muito rapidamente, e segui para o porto em conexão.
    Eis que acontece a mesma coisa que com você, o cara abriu minhas duas malas tirou absolutamente TUDO e fez mil perguntas! Mas no fim deu tudo certo. A questão é : se eu já tinha o visto da imigração em Lisboa, esses caras da alfândega do porto poderiam me barrar mesmo já com o visto? Ou a função deles é apenas ver se havia drogas na mala? Queria voltar a região do Porto mas desanimado ocm o péssimo tratamento.

    • mm
      Responder agosto 21, 2017

      Fabricio Moura

      A função da alfândega é averiguar o que você está levando na sua mala. Infelizmente pode acontecer com todo mundo.

Deixe uma resposta