Chegando na Rússia: imigração em Moscou e transporte até a cidade

imigração em Moscou

Confesso que eu estava ansioso para passar pela imigração em Moscou, eu não fazia ideia do que poderia acontecer. Seria fácil? Algum interrogatório? Os Russos tem a fama de serem truculentos e a gente entende quando conhecemos o passado desse país.

Eu li relatos em alguns sites e blogs de viagens em que diziam que os Russos estavam mais flexíveis e amigáveis com quem visita o país. E realmente precisa ser, já que a Rússia é a sede da Copa do Mundo de 2018. E se você pretende visitar o país, sendo na Copa ou não, eu vou explicar como foi a imigração em Moscou e dicas de como ir do aeroporto até o centro da cidade.


Brasileiros precisam de visto para a Rússia?


A resposta é: não! Cidadãos brasileiros não precisam de visto para visitar a Rússia. A permissão é dada na entrada e vale para 30 dias. Caso você precise ficar um tempo maior, é necessário obter um visto de acordo com as suas necessidades direto nos consulados e embaixadas.


Como foi passar pela imigração em Moscou


Eu cheguei em Moscou pelo Aeroporto Sheremetyevo, um dos principais de Moscou. Além dele são outros dois aeroportos: Domodedovo e Vnukovo. Eu vinha de um voo procedente de Roma com a Alitalia e desembarquei em Moscou pouco depois das 3 horas da manhã.

O Aeroporto Sheremetyevo é moderno e funcional, mas não tem placas indicando o controle de imigração, porém, basta seguir as placas de saída (exit) ou restituição de bagagens (baggage claim) que você chega lá. Todas as indicações são em inglês e russo, o que facilita demais a nossa vida.

Em um ponto do aeroporto você vai encontrar o controle de imigração. São 3 filas: uma para diplomatas, uma para cidadãos russos – essas duas são sinalizadas em inglês com um letreiro luminoso –  e a terceira, toda escrita e russo, que é a fila das demais nacionalidades.

O que não deixa de ser estranho, é que a fila onde deveria ter uma indicação em inglês, não tem. Mas é só ficar atento que não tem como errar.

Dica: nem pense em usar o celular enquanto estiver na fila, muito menos fazer fotos desse lugar, é proibido. E os guardas ficam de olho.

Quando chegou a minha vez, o oficial de imigração não tinha cara de muitos amigos e na Rússia isso é bem comum. Não espere um sorriso ou gentileza deles. O cara pegou meu passaporte, olhou todos os carimbos, folha por folha. Escaneou e me deu um formulário para assinar em duas vias.

Carimbou meu passaporte e pronto. Não fez nenhuma pergunta, confesso que por baixo do casaco pesado eu estava suando de nervoso. O formulário que eu assinei, uma via ficou com ele e a outra ele me devolveu. Não explicou nada, mas esse formulário precisa ser devolvido quando você for sair da Rússia, por tanto, é melhor não perder esse formulário por nada. Pronto! Sobrevivi a imigração em Moscou e eu nem sonhava que seria tão fácil.

Atenção: O Seguro viagem é obrigatório para viajar para a Rússia. Faça seu seguro viagem aqui com desconto.

Depois dessa etapa eu fui pegar a minha mala que já estava na esteira. Antes de sair da área fechada eu já comprei o bilhete do Aeroexpress, o trem que liga o Aeroporto Sheremetyevo ao centro de Moscou, falo melhor disso adiante. Em seguida passei direto pela fila da alfândega e já estava na área aberta do aeroporto.

Fuja dos taxistas

Quando você sair da área aberta, uma multidão de taxistas irá te abordar. A dica principal: fuja deles. Até mesmo o pessoal do aeroporto recomenda não pegar um táxi e eu li relatos assustadores em outros blogs.

Como tentativa de extorsão, ameaças e coisas desse tipo. Eu li um relato onde o passageiro combinou o valor da corrida e chegando no destino o cara cobrou novamente, diante da recusa o taxista abriu o porta-luvas do carro e mostrou um revólver.

E o trem que liga o Aeroporto Sheremetyevo ao centro de Moscou é excelente e mais barato que o táxi.


Como ir do Aeroporto Sheremetyevo ao centro de Moscou


O Aeroporto Sheremetyevo é conectado ao centro da cidade pelo Aeroexpress, um serviço de trem expresso que faz o trajeto em 40 minutos até a Estação Belorussky. Os trens partem a cada 30 minutos, das 5h da manhã até 0h30.

Eu comprei o bilhete de ida e volta em uma máquina de vendas dentro da área fechada do aeroporto. Mas do lado de fora da estação de onde parte o Aeroexpress tem várias máquinas e balcões de vendas.

Máquina de vendas

O sistema das máquinas está disponível em vários idiomas (inglês, alemão, espanhol, italiano, francês, chinês e claro, em russo).

O procedimento é intuitivo e não tem erro, basta seguir o passo a passo. O pagamento pode ser feito em dinheiro ou cartão de crédito. Como eu ainda não tinha trocado dinheiro, eu paguei no cartão. A tarifa ida e volta custa 1.000 Rublos para classe econômica (deu 57,00 reais no câmbio do dia) e eu achei um ótimo preço.

O bilhete

Depois é só seguir as placas indicando o Aeroexpress até chegar na estação do trem. Mas prepare as pernas pois a caminhada é longa.

Siga as placas

Longo túnel que leva ao Aeroexpress

Chegando na estação, basta passar o bilhete no leitor da catraca, conferir de qual plataforma o trem irá partir (são duas plataformas) e embarcar.

O primeiro vagão do trem é da Classe Executiva e os demais da Classe Econômica, que é um ótimo serviço e honestamente, não vale a pena pagar o bilhete da Classe Executiva por esse trajeto, já que é uma viagem super curta. Dentro dos vagões tem alguns racks para colocar as malas maiores, eles ficam nas extremidades dos vagões.

Os trens também tem internet wi-fi, mas acabei não testando pois estou com um chip da EasySIM4U no meu celular.

A viagem é tranquila e a Estação Belorussky é conectava a imensa rede de metrôs de Moscou. De modo você pode chegar facilmente ao seu destino.

Aeroexpress

Aeroexpress

Interior dos vagões

O espaço é excelente

Rack para as malas


Como ir dos aeroportos Domodedovo e Vnukovo ao centro de Moscou


O Aeroexpress também funciona nesses dois aeroportos e o procedimento para compra é exatamente como eu coloquei acima.

Os trens que partem do Aeroporto Domodedovo chegam na estação Paveletsky e funcionam das 6h à 0h.  Já os trens que saem do Aeroporto Vnukovo chegam na estação Kievsky e também funcionam das 6h à 0h.


Leia mais


Como usar o metrô de Moscou
Onde se hospedar em Moscou


Compre aqui seus passeios em Moscou



Reserve um hotel em Moscou


Confira aqui a nossa lista de sugestões de hospedagem em Moscou: clique aqui



Booking.com


Resolva aqui a sua viagem


Reserve a sua hospedagem pelo Booking.com

Faça aqui o seu seguro viagem internacional

Compre aqui os ingressos para os seus passeios

Consultoria de viagens e roteiros personalizados

Ebooks e guias para download


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.