Regras e leis de Singapura: cuidado para não ser multado

Regras e leis de Singapura

Viajantes com destino a Singapura é bom ficar muito atento para não cometer alguma infração e ser multado. É que as regras e leis de Singapura punem de forma pesada com algumas coisas que para nós – e para a maioria do mundo – são coisas normais.

A cidade estado é famosa por suas leis absurdas, tanto que não vai ser difícil você encontrar ímãs de geladeira com o sinal de proibido como souvenir para os turistas, mas a coisa é séria.

Algumas regras a gente até entende, pois ajudam a manter a ordem e limpeza da cidade, como jogar lixo no chão, pixar ou vandalizar o bem comum. Mas outros são muito estranhos como mascar chiclete, cantar, andar sem roupa dentro de casa ou a mais retrógrada de todas, a que pune a homossexualidade. Mas vamos por partes, ok?


Regras e leis de Singapura


Drogas

Tráfico e consumo de drogas em Singapura são punidos com pena de morte. E o aviso já é dado no aeroporto Changi quando a gente desembarca. São placas e banners em várias partes do terminal alertando e no cartão de imigração está lá, em letras garrafais: “Death for drugs traffickers under Singapore law”. E essa mesma regra também vale para vários países asiáticos, como a vizinha Indonésia.

Regras e leis de Singapura

Chegando em Cingapura: formulário de imigração

Fumar em Singapura

Singapura tem planos de banir completamente o fumo nos próximos anos, pelas ruas o fumo só é permitido em áreas sinalizadas. E essas zonas onde fumar é permitido vem diminuindo mais a cada ano. A multa para quem for pego fumando em lugares proibidos é de 1.000 SGD (dólar de Singapura), aproximadamente 2.400 reais. Para reincidentes a multa é ainda maior, 2.000 SGD e uma pena extra de trabalho corretivo, o que eles chamam de CWO, que pode ser a limpeza de uma rua, de uma estação do metrô ou algo do tipo.

Mascar ou vender chicletes

Pode parecer absurdo, mas é proibido mascar ou vender chicletes em Singapura. E a lei surgiu pois as pessoas não descartavam o chiclete usado de forma correta, jogando na rua, colando nos bancos dos parques, coisas que a gente vê em qualquer lugar. E claro, se você for pego mascando, vendendo, importando ou fabricando chicletes vai receber uma multa de 1.000 SGD.

Jogar lixo na rua

As ruas de Singapura são super limpas, a gente não vê um papel de bala se quer. O povo é educado? Sim, mas a razão principal é outra lei, a que multa quem for pego jogando lixo na rua. E a multa varia de acordo com o tamanho do lixo e começa em 300 SGD e vai aumentando. O infrator também é punido com o CWO.

Tocar instrumento musical em público

Apenas mais um pequeno absurdo, mas tocar instrumentos musicais em público sem autorização rende uma multa de até 1.000 SGD. Músicos no metrô? No parque? Nem pensar.

Cantar letras obscenas

Cantar músicas com letras obscenas em público não rende multa, mas te garante uma estadia de até 3 meses na prisão em Singapura. Imagina algumas letras aí, senhor Jesus! Quando a Madonna se apresentou lá, ela teve que excluir 3 músicas do show, ou seria presa.

Atravessar a rua fora da faixa

Quem atravessa a rua fora da faixa em Singapura pode ganhar uma multa pesada de 1.000 SGD e se o pedestre cometer o mesmo erro em menos de seis meses ele vai receber uma segunda multa de 2.000 SGD.

Ficar pelado dentro de casa

Andar sem roupas em Singapura é proibido, até aí não tem nenhuma novidade né? Isso se chama “atentado violento ao pudor” na maioria do mundo. Mas em Singapura as coisas são um pouco mais complexas e é proibido andar sem roupa dentro de casa! Aí eu até me pergunto, mas quem vai te denunciar? Um vizinho? Bizarro, mas é verdade e essa regra se baseia na lei da pornografia proibida em Singapura. A multa é pesada, 2.000 SGD. E vou além, tirar a camiseta para tomar um sol no parque também é proibido. Só é permitido andar sem camisa nas piscinas dos hotéis autorizados.

Vandalismo

Quem cometer vandalismo contra algum bem público, e isso se estende até a pichações e grafites, é punido com chi-ba-ta-das! Não tem nem multa, amigos, os caras punem na chibata mesmo.

Homossexualismo

Esse aqui certamente é a mais retrógrada de todas as leis. A relação entre pessoas do mesmo sexo é crime punido com prisão de até 2 anos. Troca de carinhos, como um simples beijo ou andar de mãos dadas não é tolerado. Bolsonaro deve amar Singapura, né não?

Quer mais regras e leis de Singapura?

Existem outras ainda mais curiosas e até mesmo bizarras:

– Não dar descarga em banheiro público: multa de 150 SG
– Usar o wi-fi do vizinho: 10.000 SDG e 3 anos de cadeia e se houver roubo de informações
– Assistir pornografia: 3 meses de prisão (cuidado com o X-Vídeos hahaha
– Cuspir no chão: multa de 1.000 SG
– Alimentar os pombos: 500 SG
– Urinar no elevador (oi?): multa ou prisão, vai depender do cas
– Comer e beber no metrô: 1.000 SG
– Transportar o durian (uma fruta fedida): multa dependendo do tamanho da fruta

Leia mais

O que fazer em Singapura
Gardens by the bay em Singapura
Como usar o metrô de Singapura
Chegando em Singapura: visto, imigração e transporte até a cidade


Procurando hospedagem em Singapura?


Olha a nossa lista de sugestões no Booking.com. Reservando um hotel pelo Booking, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso. Clique aqui


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

4 Comentários

  • Responder Janeiro 12, 2018

    Erica

    Misericórdia

    • mm
      Responder Janeiro 12, 2018

      Fabricio Moura

      hahahahaha bizarro, né?

  • Responder Janeiro 12, 2018

    AUBERTO A. HERCULANO

    Deve ser um pais interessante para se conhecer, certamente não deve haver ladrões por lá.

    • mm
      Responder Janeiro 12, 2018

      Fabricio Moura

      Criminalidade zero, impressionante.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.