Imigração na Turquia no novo aeroporto de Istambul

como é passar pela imigração na Turquia

Istambul tem um novo aeroporto internacional e com ele vem uma das principais dúvidas dos viajantes: como é passar pela imigração na Turquia.

***

Eu já escrevi um post sobre como era a imigração no antigo Aeroporto Ataturk, entretanto ele foi desativado e com isso veio a necessidade de escrever um novo post contando como é passar pela imigração na Turquia.

Se você caiu aqui de paraquedas, eu vou deixar alguns links importantes aqui embaixo falando do novo aeroporto e outra dúvida recorrente, que é como ir do aeroporto até a cidade.

Leia mais:
O novo aeroporto Internacional de Istambul já está em operação
Veja aqui como ir do novo aeroporto de Istambul até o centro da cidade
Onde se hospedar perto do novo Aeroporto Internacional de Istambul

como é passar pela imigração na Turquia
Novo aeroporto de Istambul

Antes de explicar como é passar pela imigração na Turquia, saiba que Istambul é atendida por dois aeroportos. Além do novo aeroporto, existe o Sabiha Gokcen no lado asiático.

O Aeroporto Sabiha Gökçen é muito usado pelas companhias aéreas do segmento low-cost que operam em Istambul. Ele funciona como principal hub da Pegasus Airlines e de lá partem muitos voos de média e curta distância da Turkish Airlines, além de receber algumas operações da Qatar e da Emirates. Eu já falei desse aeroporto aqui, inclusive como ir dele até o centro da cidade.

Entretanto, sendo o Novo Aeroporto de Istambul o principal aeroporto do país, se você vier do Brasil direto no voo da Turkish Airlines, é nele que você irá desembarcar.


Como é passar pela imigração na Turquia


Cidadãos brasileiros não precisam de visto para entrar na Turquia, a permissão é concedida na chegada ao país e vale para uma permanência de até 90 dias. Para isso, basta ter um passaporte válido por pelo menos 60 dias adicionais aos 90 dias do visto. Ou seja, 150 dias (90 dias + 60 dias) de validade no momento de entrada no país, de acordo com a embaixada da Turquia no Brasil.

como é passar pela imigração na Turquia
Longos corredores

Logo após o desembarque basta seguir pelos longos corredores até a área de controle de passaportes. Chegando lá, existem duas filas: uma para cidadãos turcos e outra para as demais nacionalidades. Lembrando que a Turquia não faz parte da União Europeia e não faz parte do acordo de Schengen. Ou seja, você precisa fazer a imigração de entrada do país, independente de onde você venha.

A área de imigração no novo aeroporto é imensa e pela primeira vez, eu não peguei filas na imigração turca. Quem passou pelo Ataturk sabe do que eu estou falando.

No balcão de imigração o oficial pegou meu passaporte, viu que era brasileiro e sorriu! Em seguida ele tirou uma foto, colheu as digitais e carimbou o passaporte. Não me fez nenhuma pergunta. Inclusive, nas três vezes em que eu estive na Turquia, nunca me fizeram nenhuma pergunta sequer na imigração. Mas vi pessoas de outras nacionalidades sendo entrevistadas, não sei qual é o parâmetro deles. Na dúvida, tenha todas as reservas de passagem de retorno, comprovante de hospedagem e o seguro viagem, que é obrigatório. Faça seu seguro viagem aqui com desconto.


Restituição de bagagens

Saindo dali você deve retirar as suas bagagens, eu estava viajando só com a mala de bordo, mas notei que a restituição de bagagens é rápida no novo aeroporto. 

como é passar pela imigração na Turquia
Área externa do aeroporto

Outra informação importante: os carrinhos de bagagens do aeroporto são pagos em moedas, é preciso ter Liras Turcas. Acho que só na Turquia o uso desses carrinhos são cobrados.

Em seguida, basta pegar a fila do “Nothing to declare” –  se você não tem nada a declarar na sua mala – passar pelo raio-x e acessar a área aberta do aeroporto. Para ir do novo aeroporto até a cidade, eu recomendo ler esse post com tudo explicadinho e atualizado.

***


Se você estiver procurando onde ficar em Istambul, aqui no blog tem um post bem completo explicando os melhores bairros e onde você deve evitar. Veja aqui.

Veja também onde se hospedar perto do Novo Aeroporto de Istambul.

Na minha última passagem por Istambul eu fiquei no Dosso Dossi Hotels Old City. O Hotel fica no Sultanahmet, colado na Mesquita Azul e na Hagia Sofia. O hotel tem um café da manhã fantástico, além de alguns mimos como chá da tarde e sopa no fim da noite como cortesia.

Na minha primeira viagem eu fiquei em Yenikapi, e essa região é cheia de boas opções de hospedagem e eu escolhi o Marmara Place Old City Hotel e gostei muito desse hotel. A localização era perfeita, a poucos metros do metrô e apenas 2 quadras curtas do ponto de onde passam os trams em direção ao centro histórico.

Pertinho dele, e ainda mais perto do ponto dos trams, tem o Eskar Hotel, que falaram super bem dele pra mim e também é uma ótima opção de hospedagem em Istambul.

Outro hotel nessa região que estava entre os meus favoritos era o Eternity Hotel, com decoração super clean e vista incrível do salão de onde é servido o café da manhã.

Quer ficar hospedado em um hotel no melhor estilo palácio vitoriano e pagando pouco? A dica é o Deluxe Golden Horn Sultanahmet Hotel e como o nome diz, ele fica no Sultanahmet, colado nas grandes atrações de Istambul.

Agora, se você não quer arriscar e prefere ser conservador na hora de escolher onde ficar em Istambul, a dica é o Eurostars Hotel Old City. Ele fica pertinho da Ponte Galata e do Sultanahment.

Outras opções no Sultanahmet, dá uma olhada no Optmist Hotel, que tem uma vista linda da Mesquita Azul, o principal ponto turístico de Istambul. Outro hotel lindinho é o Coliseum, que fica praticamente dentro do Hipódromo e com uma vista perfeita da Mesquita Azul, Hagia Sofia e do Bósforo.


Dicas da Turquia para organizar a sua viagem
Como ir do novo aeroporto de Istambul até a cidade
Com ir do aeroporto Sabiha Gökçen até o centro de Istambul
Como usar a rede de metrô e bondes de Istambul
Imigração em Istambul
Golpes na Turquia


O que fazer em Istambul
Como visitar a Mesquita Azul
Os bazares de Istambul
Passeio de barco pelo Estreito do Bósforo

como é passar pela imigração na Turquia










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.