Onde ficar em Quito, no Equador: dicas de hospedagem

Quando eu estava planejando a minha viagem para o Equador, eu gastei umas boas horas do meu dia pesquisando onde ficar em Quito. Eu tinha a impressão que a capital equatoriana era pequena, um engano. Considerando também que a cidade é cheia de morros, vales profundos e ladeiras, escolher bem onde se hospedar em Quito é um ponto chave para o sucesso da sua viagem.

Apesar de grande, a cidade não é muito populosa, de acordo com os últimos dados de 2010, Quito tem pouco mais de 1milhão e 600 mil habitantes.


Onde ficar em Quito


Existem 3 regiões mais recomendadas de onde ficar em Quito: Centro Histórico, La Mariscal e Naciones Unidas. Vou falar melhor sobre cada uma dessas regiões e dizer no fim o que eu acho melhor.

Centro Histórico

É a parte mais antiga da cidade, o bairro inteiro é um ponto turístico. Vale dizer que o centro histórico de Quito é considerado o maior e mais bem preservado da América Latina. Muito visitado, cheio de igrejas lindas, praças, ruas e casarões.

A oferta de hotéis também é muito boa, destaque para o Hotel Patio Andaluz que funciona em um casarão lindo e fica em uma das melhores partes do centro histórico.

Onde ficar em Quito: Hotel Patio Andaluz

Outras opções nessa região, são o Hotel El Relicario Del Carmen e o fantástico Plaza Grande Hotel. O bacana é que Quito como um todo, tem opções de hospedagem para todos os bolsos, como o Hotel Colonial San Agustin, que foi bem recomendado por várias pessoas.

Onde ficar em Quito: Hotel Colonial San Agustin

Veja aqui mais hotéis nessa região

A maior vantagem de se hospedar no centro histórico de Quito é a comodidade de fazer todos os passeios sem precisar pegar táxi ou ônibus. A desvantagem é que a noite a região é menos movimentada, os melhores bares e restaurantes ficam em La Mariscal.

Apesar de ser a região central, eu achei a cidade bem segura e muito limpa. Na real, algo que mais me surpreendeu em Quito foi a limpeza da cidade.


La Mariscal

La Mariscal é o bairro mais agitado de Quito, onde ficam os bares e restaurantes mais legais. Os hotéis aqui são mais novos e modernos, mas também tem hostels simpáticos ou hotéis boutiques que funcionam em casarões históricos.

Eu fiquei hospedado nesta região, no Hotel Rio Amazonas e adorei o hotel. O quarto era enorme, super confortável, a cama era ótima e tinha uma excelente vista da cidade. Eu viajei com um amigo e pegamos um quarto com duas camas king e tinha até uma sala com sofá e TV. Nós pagamos o equivalente a R$ 250,00 a diária. Um excelente negócio. Os funcionários do hotel também eram muito atenciosos e prestativos.

E o hotel ficava distante apenas 300 metros da Plaza Foch, um dos melhores lugares para comer e beber em Quito e de onde saíam os passeios que nós fizemos, com isso, não gastamos nada com táxi.

Hotel Rio Amazonas

Outros hotéis bem recomendados nesta mesma região são o Nu House Boutique Hotel, bem na Plaza Foch, assim como o Park Inn by Radisson Quito, o Boutique Hotel Casa Foch que funciona em um casarão e tem um ótimo custo-benefício. Ou o Casa Joaquin Boutique Hotel, que segue o mesmo estilo do Casa Foch.

Onde ficar em Quito: Casa Joaquin Boutique Hotel

Como disse, a vantagem de ficar em La Mariscal é a proximidade dos bares e restaurantes, é de onde saem também os principais passeios pela região, como o Vulcão Cotopaxi e Quilotoa. Alguns passeios também passam pelo Centro Histórico ou Naciones Unidas, mas o ponto de partida da Plaza Foch é o melhor.

Veja aqui mais hotéis nessa região


Naciones Unidas e La Carolina

A região em torno da Avenida Naciones Unidas e do Parque La Carolina é outro ponto com muitas opções de hospedagem. É a parte mais moderna de Quito e tem hotéis novos e com bons preços, como o Best Western CPlaza Hotel ou o Sheraton Quito.

Onde ficar em Quito: Best Western CPlaza Hotel

A desvantagem de ficar nessa região é a distância, você vai precisar pegar alguma condução para ir para as áreas mais turísticas da cidade ou fazer os passeios.

Veja aqui mais hotéis nessa região

***

Como disse, eu fiquei em La Mariscal e adorei, certamente quando voltar a Quito, pois eu pretendo voltar, ficaria no mesmo bairro. O centro histórico é lindo, mas achei que a noite ele fica mais deserto e com poucas opções. Já o Naciones Unidas é longe de tudo, eu evitaria se fosse você.

***

Se você ainda não encontrou a sua hospedagem, confira a nossa lista de sugestões no Booking.com. Reservando um hotel pelo Booking, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso. Clique aqui.

Ou confira as promoções na caixa aqui embaixo:



Booking.com


Reserve um passeio em Quito



Mais posts sobre o Equador


Planejando a sua viagem

Dicas para planejar a sua viagem para o Equador
Chegando em Quito: visto, imigração e transporte até a cidade
Onde ficar em Quito, dicas de hospedagem
Efeitos da altitude no Equador: o que fazer para combater

O que fazer no Equador

O que fazer em Quito (roteiro de 4 ou 5 dias)
Vulcão Quilotoa, como visitar e o que fazer
Cotopaxi, a experiência no terceiro maior vulcão ativo do mundo
5 vulcões para visitar perto de Quito
Como visita a Linha do Equador e a cidade da metade do mundo


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

2 Comentários

  • Responder maio 3, 2019

    Paulo Sousa

    Aguardando agora o post sobre o que fazer na cidade…hehehe…

    • mm
      Responder maio 3, 2019

      Fabricio Moura

      Tá na pauta hehehe

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.