Como conseguir o visto para a Indonésia e como é a imigração no país

visto para a Indonésia

Quando eu comecei a fazer as minhas pesquisas para visitar a Indonésia, eu descobri que  cidadãos brasileiros poderiam tirar o visto para a Indonésia na chegada ao país, o visa-on-arrival, que bastava pagar uma taxa de 35 dólares, ter uma folha em branco no passaporte e aquela regrinha que vale para muitos países de ter o passaporte com pelo menos 6 meses de validade.

Bom, essa era a informação que eu tinha lido em vários blogs de viagens, mas o procedimento mudou completamente desde o ano passado. A boa notícia, é que mudou para melhor e ficou bem mais fácil ter o visto para a Indonésia.

Em 2016, o Presidente Joko Widodo assinou um decreto isentando cidadãos de 169 países do visto, entre eles, o Brasil. Mas vou explicar abaixo como funciona.

Vulcões na chegada a Indonésia

Vulcões na chegada a Indonésia


Visto para a Indonésia


Como eu disse acima, antes precisávamos tirar o visto na chegada e pagar 35 dólares por ele, agora não precisamos mais de visto. Eu entrei na Indonésia por Yogyakarta na ilha de Java em um voo vindo de Cingapura.

Ainda no avião, os comissários distribuíram o formulário de imigração e aduana. O formulário é simples, não tem nenhuma pegadinha, basta colocar o nome, data de nascimento, profissão, nacionalidade, número do passaporte, endereço na Indonésia, número do voo e data da chegada. As outras perguntas são a respeito de itens que você estiver levando na mala.


Imigração na Indonésia


A imigração na Indonésia foi igualmente tranquila, a fila era longa no pequeno aeroporto de Yogyakarta, mas funcionava bem. O lugar tem vários avisos de que traficantes de drogas são presos e condenados a pena de morte, de acordo com a lei da Indonésia. A gente sabe até mesmo do caso recente do brasileiro Rodrigo Goulart que foi executado em 2015 por tráfico de drogas.

Na imigração eu entreguei o passaporte, cartão de embarque e o formulário, nenhuma pergunta foi feita. Passaporte carimbado para permanência de até 30 dias no país e pronto para retirar a mala e passar pela alfândega, que também foi super tranquila, sem dores de cabeça.

Por ser um país rígido, eu achava que os procedimentos de imigração e visto para a Indonésia fossem mais chatinhos, mas me surpreendi com a facilidade.

Formulário de imigração na Indonésia

Formulário de imigração na Indonésia


Procurando hospedagem em Bali?


Olha a nossa lista de sugestões no Booking.com. Reservando um hotel pelo Booking, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso. Clique aqui


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar