Onde ficar em Varsóvia: dicas de hospedagem na capital polonesa

Onde ficar em Varsóvia

Se você estiver procurando onde ficar em Varsóvia, veio ao lugar certo. Eu tenho aqui ótimas dicas de hospedagem na capital polonesa. Dicas de lugares que vão te ajudar tanto na chegada, quanto na saída da cidade e também para passear né?

Varsóvia não é uma cidade grande, tem uma boa rede de bondes, ônibus e um metrô, que liga as áreas mais distantes ao centro da cidade. Mas o ideal é se hospedar em Varsóvia próximo das atrações turísticas mais visitadas e evitar perda de tempo em deslocamentos.

Vou explicar direitinho aqui embaixo, ok?


Onde ficar em Varsóvia


A parte mais visitada de Varsóvia é a Cidade Velha (Old Town), de modo que o melhor lugar para se hospedar na cidade é próximo dela. Vamos entender que no meio da cidade velha existem alguns hotéis e hostels, mas o preço é bem puxado, especialmente na alta temporada. Por isso eu acho que o ideal é se hospedar no entorno da cidade velha.

Onde ficar em Varsóvia: Cidade Velha

Uma Rua excelente para ficar em Varsóvia é a Nowy Świat (Mundo Novo em português), é uma rua super charmosa, com vários cafés, bares e restaurantes e seguindo reto por ela, em um momento ela passa a se chamar Krakowskie (Cracóvia) e chega direto na praça da Cidade Velha. Olha a região destacada no mapa abaixo:

Onde ficar em Varsóvia

Eu fiquei hospedado coladinho nesta rua, no Hotel Chmielna Warsaw. O Hotel é um pouco difícil de achar, pois o acesso fica na Rua Chmielna, que é fechada para carros, assim, o táxi não pode ir até a porta do hotel. Mas andando pela rua a gente vê uma placa indicando uma passagem, que dá acesso a um pátio cheio lugares charmosos e uma cervejaria artesanal maravilhosa. O hotel fica dentro desse pátio. Falando assim pode parecer estranho, mas esse hotel foi um achado! E esse pátio tem outros hotéis, além de ser um lugar delicioso, bem no coração do antigo Gueto Judeu. E não se preocupe, a noite não é barulhento.

Onde ficar em Varsóvia: Hotel Chmielna Warsaw

O hotel é um 2 estrelas, mas com conforto de 3 estrelas. Quarto super confortável e um banheiro novinho e lindo. Soube que o hotel foi todo reformado há pouco mais de um ano. E o staff é muito simpático, todos muito atenciosos e receptivos.

Outro ponto positivo é que ele fica perto da estação central de trens, de onde saem trens e ônibus para diversas partes da Europa e onde chega também o trem que liga a cidade ao aeroporto. Também tem um shopping enorme perto e do lado fica o prédio do Palácio da Cultura e da Ciência, o prédio mais odiado e mais fotografado de Varsóvia.

Mas nessa região tem outras ótimas opções de acomodações, veja aqui a relação de hotéis e hostels aqui.

Outro hotel nesta mesma região que foi super recomendado foi o Mamaison Residence Diana, foi uma dica do pessoal do Museu Chopin e olhando as resenhas, com certeza é uma excelente opção.

Onde ficar em Varsóvia: Courtyard by Marriott Warsaw Airport.

Depois de alguns dias em Varsóvia, eu segui para Vilnius na Lituânia. Mas tive que retornar a Varsóvia pois o meu voo para Doha no Qatar saia de lá. Para passar uma noite eu escolhi o Courtyard by Marriott Warsaw Airport. Ele fica em frente ao aeroporto e dá para ir e vir a pé, na maior comodidade.

O quarto deste hotel era ótimo! Incrivelmente completo com pantufas, roupão, chaleira e máquina de café expresso, ferro elétrico, amenities de qualidade no banheiro, além de uma banheira perfeita. Eu dormi feito um rei! E o melhor foi o custo-benefício, eu paguei o equivalente a R$230,00 reais na diária. Recomendo muito para quem for passar apenas uma noite em Varsóvia e precisar pegar um voo logo cedo.

Onde ficar em Varsóvia: Courtyard by Marriott Warsaw Airport.

Se você ainda não decidiu onde ficar em Varsóvia, pode dar uma conferida no box abaixo com ofertas selecionadas pelo Booking.com:



Booking.com


Procurando o que fazer em Varsóvia?


Aqui no blog tem um roteiro completo de 2 ou 3 dias em Varsóvia, leia aqui

Eu também recomendo ver o meu vídeo abaixo:


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.