Roteiro na Polônia: Cracóvia, Wroclaw, Poznan e Varsóvia

Roteiro na Polônia

Na minha primeira viagem para a Polônia eu visitei Varsóvia, a capital polonesa. Gostei tanto do país que eu voltei para fazer um roteiro na Polônia, incluindo as principais cidades. Em 10 dias eu passei por Cracóvia, Wroclaw, Poznan e Varsóvia. 

***

A Polônia foi um dos lugares mais castigados durante a Segunda Guerra Mundial e com o fim do conflito, o país caiu nas mãos dos Russos. A Polônia foi controlada pela antiga União Soviética até o começo dos anos 90. Desde que o país se tornou independente, eles se abriram para o turismo revelando cidades históricas belíssimas e muita cultura.

E viajar pela Polônia é muito barato, um dos países mais baratos em que eu já estive. Além de ser muito fácil de visitar.

Roteiro na Polônia: Centro histórico de Poznan


Como fazer o roteiro na Polônia?


Antes de mais nada, existem duas maneiras de fazer o roteiro na Polônia: a primeira é começando por Varsóvia e seguindo para Poznan, Wroclaw e Cracóvia. Ou o trajeto inverso, começando por Cracóvia e terminando em Varsóvia. Este foi o roteiro que eu fiz e acredito que seja a opção mais interessante.

Cracóvia tem um ótimo aeroporto que recebe voos de diversas cidades européias, a cidade também tem um grande centro rodoviário e ferroviário de onde chegam trens de vários cantos da Europa. Eu cheguei em Cracóvia vindo de Copenhagen e deixei o país por Varsóvia indo para Frankfurt na Alemanha.

O roteiro pode ser feito de carro, trem ou ônibus. Eu fiz todo o roteiro de ônibus com a Flixbus e gostei muito. Eu escolhi o ônibus pois tinham melhores horários que o trem. A Flixbus oferece um ótimo serviço com preços bem mais em conta que o trem. E os trechos são curtos, a viagem mais longa foi de Poznan até Varsóvia, um trajeto de 4 horas.

Flixbus

Ônibus da Flixbus

As passagens de trem podem ser compradas no site da Polish Trains e todas as estações de trem são bem localizadas. Em Cracóvia, Wroclaw e Poznan as estações de trem são integradas com as rodoviárias, já em Varsóvia elas ficam mais distantes.

Distâncias e valores das passagens de ônibus

Conforme coloquei abaixo, as distâncias entre as cidades e o tempo de deslocamento entre elas é relativamente curto. Considerando que o trajeto seja feito de ônibus e os valores que eu paguei nas passagens. Mas eventualmente vocês façam esse roteiro de outras formas.

  • Cracóvia x Wroclaw: 272 km | Tempo de viagem: 3h00 – Preço: 6 euros
  • Wroclaw x Poznan: 180 km | Tempo de viagem: 2h00 – Preço: 4 euros
  • Poznan x Varsóvia: 311 km | Tempo de viagem: 4h00 – Preço: 8 euros

Roteiro na Polônia


Quantos dias ficar na Polônia


Eu fiz esse roteiro em 10 dias e dividi assim: 3 dias em Cracóvia, 2 dias em Wroclaw, 2 dias em Poznan e 3 dias em Varsóvia. Mas dá para fazer em menos tempo, talvez 2 dias em cada cidade completando o roteiro na Polônia em 8 dias.

Como os trajetos são relativamente curtos, eu recomendaria sair cedo de uma cidade para a outra. Assim, é possível aproveitar bem os dias mesmo que vocês tenham menos de 10 dias para fazer o roteiro.

Wroclaw vista de cima


Cidades polonesas


Cracóvia

Cracóvia é a cidade mais visitada da Polônia e o que atrai tanta gente é o seu centro histórico ricamente preservado, as igrejas belíssimas, castelos e o antigo campo de concentração nazista de Auschwitz-Birkenau. 

Eu não quis visitar Auschwitz-Birkenau, acho pesado demais esse tipo de “passeio”, eu já visitei o antigo Campo de Concentração de Dachau na Alemanha e foi bem marcante. Mas Cracóvia tem muito o que ver e fazer para quem quiser deixar Auschwitz fora do roteiro.

Leia mais:
Como ir do aeroporto de Cracóvia até o centro da cidade
O que fazer em Cracóvia em 3 ou 4 dias
Onde ficar em Cracóvia
O bairro judeu de Cracóvia

O que fazer em Cracóvia

Cracóvia

Confiram o vídeo com 10 coisas para fazer em Cracóvia.


Wroclaw

Wroclaw ou Breslávia, foi uma das cidades que eu mais gostei. A cidade que surgiu em um conjunto de ilhotas do Rio Odra, hoje é conhecida como a “Veneza da Polônia”. Wroclaw renasceu depois de ser parcialmente destruída no fim da Segunda Guerra Mundial, já foi uma das sedes da Eurocopa de 2012, Capital Europeia da Cultura e recebeu o prêmio de Melhor Destino Europeu de 2018.

Leia mais:
O que fazer em Wroclaw em 2 dias
Os gnomos de Wroclaw

O que fazer em Wroclaw

Praça do Mercado de Wroclaw


Poznan

Poznan tem um dos centros históricos mais bonitos de toda a Polônia. Localizado no coração do centro histórico, a antiga Praça do Mercado (Stary Rynek), é a parte mais bonita de Poznan com dezenas de casinhas e predinhos coloridos germinados rodeando a imensa praça. 

Só para exemplificar mais, a cidade tem também lindas igrejas, parques e até um lago, que se transforma em praia dos poloneses no verão.

Leia mais:
O que fazer em Poznan em 2 dias

Praça do Mercado de Poznan


Varsóvia

Na minha primeira viagem para a Polônia eu só visitei Varsóvia. Cheguei lá sem pretensões e me surpreendi demais com uma cidade belíssima e bem cuidada. Como eu disse acima, gostei tanto que foi por causa de Varsóvia que eu voltei para fazer o meu roteiro na Polônia.

Destruída parcialmente durante a guerra, Varsóvia foi reconstruída pelos soviéticos no pós-guerra. Aliás, é por conta disso a cidade é uma mistura da tradicional arquitetura polonesa com construções soviéticas e prédios modernos.

Leia mais:
O que fazer em Varsóvia em 3 dias
Vídeo com o que fazer em Varsóvia
Onde ficar em Varsóvia

O que fazer em Varsóvia

Varsóvia


Dicas para visitar a Polônia


  • Moeda: a moeda da Polônia é o Zloty e ela tem a mesma cotação do nosso Real. Isto é, 1 para 1. Mas a melhor moeda para levar para o seu roteiro na Polônia é o Euro e fazer o câmbio assim que chegar no país.
  • Custos: a Polônia é um país bem barato, algo que me surpreendeu muito desde a primeira viagem. Dá para se divertir muito sem gastar rios de dinheiro.
  • Internet: durante uma boa parte da viagem eu usei o chip da Yes Brasil e depois que a franquia de dados acabou eu comprei um chip da Orange pelo equivalente a 5 reais para 10 gigas de dados 4G. Isso mesmo, você não leu errado, nunca paguei tão pouco em internet.
  • Visto: brasileiros não precisam de visto para entrar na Polônia, o país faz parte da União Européia e sendo um país Schengen, o visto de entrada vale para a visitar o país e os países membros por 90 dias.
  • Quando ir: a Polônia é gelada no outono e inverno e faz um calor na primavera e verão. Claro, os melhores meses são os mais quentes mas dá para visitar a Polônia em qualquer época do ano.

Reserve a sua hospedagem aqui




Booking.com


Resolva a sua viagem


Reserve a sua hospedagem pelo Booking.com

Faça aqui o seu seguro viagem internacional

Compre aqui os ingressos para os seus passeios

Consultoria de viagens e roteiros personalizados

Ebooks e guias para download


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.