O que fazer em Sintra, Portugal (roteiro bate-volta de 1 dia)

O que fazer em Sintra

O que fazer em Sintra? A pequena cidade é o lugar perfeito e obrigatório para um bate-volta para quem estiver visitando Lisboa. O lugar é cheio de palácios, castelos e um centro histórico lindo.

Sintra fica distante 25 quilômetros de Lisboa, chegar lá é muito fácil. Para quem estiver em Lisboa, a melhor maneira é de trem, a viagem dura aproximadamente 40 minutos desde a estação do Rossio no centro de Lisboa e aqui tem um post explicando tudo isso:

Como chegar a Sintra

Chegando em Sintra você pode estar se perguntando qual é a melhor maneira de se locomover pela cidade. Apesar de pequena, algumas atrações ficam no alto da Serra de Sintra, chegar a pé é bem cansativo, eu já fiz isso, mas tem que ter muita disposição e uma dose extra de tempo. Já outros lugares dá para visitar perfeitamente a pé.

Sintra tem um serviço de ônibus que passa pelos pontos turísticos, aqui no blog tem um post explicando como usar o transporte público em Sintra:

Como andar em Sintra usando o transporte local

Guia para download


O que fazer em Sintra


Agora que você já sabe como chegar e como andar pela cidade, vamos a lista com o que fazer em Sintra.

Castelo dos Mouros

O lendário Castelo dos Mouros fica em um dos pontos mais altos da Serra de Sintra, acho que vale começar o seu passeio por ele e depois seguir para o Palácio Nacional da Pena que fica mais acima dele.

Castelo dos Mouros

O que fazer em Sintra: Castelo dos Mouros

A história oficial conta que o castelo começou a ser construído em 300 A.C. por Gregos, Galo-celtas e Túrdulos. Pertenceu aos Mouros que dominaram o lugar até a conquista de Lisboa por D. Afonso Henriques em 1147, que terminou com o domínio muçulmano do castelo.

O lugar é cheio de mirantes, torres, muralhas e um parque arqueológico enorme.

Muralhas do castelo

Muralhas do castelo

Leia mais:
Castelo dos Mouros em Sintra, Portugal

O Castelo dos Mouros fica aberto das 10h às 18h e a entrada custa 6,50 euros para adultos, crianças e adolescentes até os 17 anos pagam 5 euros.


Palácio Nacional da Pena

Logo acima do Castelo dos Mouros fica o Palácio Nacional da Pena, é certamente palácio mais bonito e até mais exótico de Portugal, por conta das muitas referências artísticas e arquitetônicas aplicadas na sua construção.

Entrada do palácio

Entrada do palácio

O Palácio da Pena começou a ser construído em 1836 por Dom Fernando II, Rei de Portugal de 1837 a 1853 e a intenção dele um palácio de onde ele pudesse ver lá de cima boa parte do seu reino e atestar o domínio sobre o Castelo dos Mouros, que tinha sido tomado por Dom Afonso Henriques alguns séculos atrás.

Sala de jantar

Sala de jantar

O Palácio da Pena é enorme, cheio de lugares para visitar por fora e uma ótima visita por dentro, onde passamos por aposentos reais com seus móveis originais.

Leia mais:
Como é a visita ao Palácio Nacional da Pena

O Palácio da Pena fica aberto das 10h às 18h e a entrada custa 11,50 euros para adultos, crianças e adolescentes até os 17 anos pagam 9 euros.


Quinta da Regaleira

Depois de visitar as partes mais altas de Sintra, é o melhor momento para se dedicar as partes mais baixas, onde fica a Quinta da Regaleira, um palácio com enorme com um jardim maior ainda e cheio de mistérios.

O palácio

O palácio

Um dos destaques principais é a famosa Torre Invertida, que na verdade se chama “Poço Iniciário”, uma torre dentro da rocha conectada a vários túneis em sua base e que dá acesso a diferentes partes da propriedade.

A Torre Invertida

A Torre Invertida

A torre é cercada de várias lendas, uma delas diz que é um lugar místico que une o céu e a terra – ou o paraíso ao inferno – e que já foi usada para rituais pagãos e até mesmo bruxaria.

Verdade ou não, a visita a Quinta da Regaleira é um passeio imperdível para quem vai a Sintra.

Leia mais:
Como é a visita a Quinta da Regaleira

A Quinta da Regaleira fica aberta das 10h às 18h e a entrada custa 6 euros para adultos, crianças e adolescentes até os dos 6 aos 17 anos pagam 4 euros.


Palácio Nacional de Sintra

O Palácio Nacional de Sintra fica bem no meio do centro histórico da cidade, é também conhecido como Palácio da Vila. Ele foi construído em 1383 e passou por muitas mudanças até hoje e o curioso é que a cada ampliação ou reforma, os portugueses iam incorporando elementos artísticos e arquitetônicos dessas épocas, resultado é um mix de referências que passeiam do barroco ao medieval, gótica, manuelina, renascentista e romântica.

sintra1

O que fazer em Sintra: Palácio Nacional de Sintra

É bonito por fora, todo branco e chama bastante atenção, mas é bem mais interessante por dentro. A visita passa por salas e aposentos em torno de seus pátios, como  a Sala dos Arqueiros, Sala Moura (meus parentes árabes haha), a Sala das Pegas, a Sala dos Cisnes e a Sala dos Brasões com uma coleção das armas de 72 famílias portuguesas, não deixe de visitar também a Sala das Sereias e a Sala das Audiências.

O Palácio Nacional de Sintra fica aberto das 9h30 às 18h e a entrada custa 8,50 euros para adultos, crianças e adolescentes até os dos 6 aos 17 anos pagam 7 euros.


Palácio Monserrate

O Monserrate também fica pertinho do centro histórico de Sintra e é mais um dos palácios portugueses cheio de referências arquitetônicas exóticas, tem até uma cara de palácio indiano, mas com influências árabes.

sintra2

O que fazer em Sintra: Palácio Monserrate

O palácio não é dos maiores, mas tem um jardim lindo e super bem cuidado e organizado por áreas geográficas.

O Monserrate é bacana, mas só coloque em seu roteiro se você estiver com tempo sobrando, vale priorizar o Palácio da Pena, Castelo dos Mouros e Quinta da Regaleira se seu tempo estiver curto.

O Palácio Monserrate fica aberto das 10h às 18h e a entrada custa 6,50 euros para adultos, crianças e adolescentes até os dos 6 aos 17 anos pagam 5 euros.


Centro de Sintra

Não deixe também de explorar o centrinho de Sintra. É cheio de bares, restaurantes, lojinhas e cantinhos lindinhos por todos os lados.

Vista panorâmica, é lindo

Vista panorâmica, é lindo

É muito legal andar por esses caminhos

É muito legal andar por esses caminhos

Cantinhos

Cantinhos

Lojinhas nas ladeiras

Lojinhas nas ladeiras

Parece conto de fadas

Parece conto de fadas

Rua que vai da estação de trem ao centro

Rua que vai da estação de trem ao centro

E cheia de fontes

E cheia de fontes

A cidade é cheia de monumentos

A cidade é cheia de monumentos

Subida em direção ao Castelo dos Mouros

Subida em direção ao Castelo dos Mouros

Rua principal

Rua principal

Uma fonte com arquitetura árabe logo na chegada do centrinho

Uma fonte com arquitetura árabe logo na chegada do centrinho


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

4 Comentários

  • Responder março 28, 2017

    Fabiano

    Boa tarde.

    Encontrei seu site hoje e estou gostando da maneira como passa a informação e as dicas. Estou desde agora começando a pensar num roteiro e seu site já me mostrou muitos lugares legais, especialmente Sintra, mas me parece que um dia é pouco para a quantidade de atrações que você citou nessa reportagem. Posso estar enganado, mas pegar um comboio as 9h sabendo que os castelos fecham as 18h não vai dar pra ver nem a metade. Não deveria ser pelo menos 2 dias pra ver alguma coisa, incluindo parada para refeições?

    Abs.,

    • mm
      Responder março 28, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Fabiano, tudo bem? Cara, se quiser ver tudo em Sintra tem que ser 2 dias mesmo, tanto que eu fui duas vezes, uma em 2015 e outra em 2016 para poder ver tudo.

  • Responder março 29, 2017

    María

    Adorei suas dicas! eu estive la e so tive a oportunidade de so vir ao palacio de Palácio Monserrate e ao centro da cidade. Muito obrigada! agora sei onde vir para as próximas feiras.

    saludos desde México!!!

  • Responder agosto 28, 2017

    Gleodraim de Oliveira Alves

    Muito bom este saite.parabéns

Deixe uma resposta