Elevador Lacerda: um dos ícones de Salvador e 150 anos de história

Roteiro no centro histórico de Salvador

Considerado um dos principais cartões postais de Salvador, o Elevador Lacerda tem uma história muito interessante. Prestes a comemorar 150 anos de história, é impossível transitar entre as partes alta e baixa de Salvador e não admirar a sua bela e imponente arquitetura com seus 73 metros de altura.

***

Salvador foi também a primeira capital colonial do país. Fundada em 1579 por Tomé de Souza, a cidade foi sede da Monarquia Portuguesa no novo mundo. A cidade surgiu na parte alta, onde hoje fica o Pelourinho. Mas não demorou para que começasse a expandir para a parte baixa e promover uma rápida e confortável ligação entre as duas partes da cidade era uma necessidade.

Leia mais:
15 lugares para você visitar em Salvador
Roteiro em Salvador: Barra, Ondina e Rio Vermelho
Onde se hospedar em Salvador
Como ir do aeroporto de Salvador até o centro da cidade

O projeto do primeiro elevador urbano do mundo foi inaugurado em 1872 para suprir essa demanda e conectar a cidade baixa e a Praça Tomé de Souza, na parte alta de Salvador. 

Elevador Lacerda
Elevador Lacerda

O baiano Antônio Lacerda – que hoje, merecidamente dá nome ao elevador – idealizou o projeto que ia muito além do elevador em si. Mas também fazia a integração com os bondes da cidade. E quem visita o Elevador Lacerda, pode observar que os trilhos do antigo bonde ainda estão lá na Praça Tomé de Souza.

O projeto original tinha apenas uma das torres, encravada na rocha, o que foi um enorme desafio para a época. Quando inaugurado, os passageiros precisavam ser pesados antes de entrar no elevador, uma medida de segurança para garantir que o elevador – que naquela época ainda não era eletrificado – conseguisse levar os passageiros.

Elevador Lacerda
De outro ângulo

A eletrificação veio em 1906 e a segunda torre foi construída em 1930, deixando o Elevador Lacerda com a aparência que temos hoje. Além de um imenso banho de loja, que deixou o elevador em estilo art déco.

Uma curiosidade que muitas vezes passa batida, é que Salvador possui também o Plano Inclinado Gonçalves, um sistema de funiculares que faz a ligação entre a cidade baixa e a cidade alta. O Plano Inclinado foi inaugurado apenas 17 anos depois do Elevador Lacerda e um fica pertinho do outro, a saída dele fica escondida ao lado da Casa do Carnaval. 


O Elevador Lacerda hoje


Mais que um ponto turístico, o Elevador Lacerda continua sendo uma excelente ligação entre as duas partes da cidade. Mais rápido e mais prático que transitar entre as duas partes de carro.

Elevador Lacerda
Uma das mais belas imagens de Salvador

Atualmente o Elevador Lacerda possui 4 cabines que fazem a rápida ligação em 20 segundos ao custo de 15 centavos.

Ao desembarcar na Cidade Alta de Salvador, temos uma das mais belas vistas da cidade. O mirante ao lado do Elevador Lacerda revela toda a beleza da Baía de Todos os Santos. Sabem aquela vista de cartão postal de Salvador? Ela é feita no mirante ao lado do Elevador Lacerda na Praça Tomé de Sousa.

***


15 lugares para você visitar em Salvador
Roteiro em Salvador: Barra, Ondina e Rio Vermelho
Igreja do Nosso Senhor do Bonfim
Casa de Jorge Amado e Zélia Gattai


Onde se hospedar em Salvador
Como ir do aeroporto de Salvador até o centro da cidade
Como chegar em Morro de São Paulo










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.

mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.