O que fazer no Camboja: dicas para montar seu roteiro

O que fazer no Camboja

O Camboja ficou mundialmente conhecido por abrigar os centenários templos de Angkor Wat. Erguido entre os séculos IX e XV pelo Império Khmer, é a atração turística mais procurada do país. Entretanto, o Camboja tem muito mais a oferecer e nesse post eu vou te mostrar o que fazer no Camboja.

***

Eu estive no Camboja pela primeira vez em 2016 e fiquei completamente apaixonado pelo país. Andar pelas cidades cambojanas, conversar com as pessoas e se maravilhar com a arquitetura Khmer foi um dos pontos altos da minha primeira viagem pela Ásia. De lá para cá eu já voltei várias vezes e até morei na vizinha Tailândia.

Depois de tantas idas e vindas, eu resolvi escrever esse post com o que fazer no Camboja, para te ajudar a conhecer um pouco mais desse país incrível.

O que fazer no Camboja

Battambang


O que fazer no Camboja


Siam Reap

Siam Reap é a porta de entrada para explorar o complexo de templos de Angkor. A cidade entrou de vez no radar dos visitantes há cerca de 15 anos e desde então vem crescendo e melhorando a sua estrutura.

A cidade fica pertinho de Angkor Wat e de Angkor Thom, a cidade murada que foi a capital do império Khmer, construída pelo Rei Jayavarman VII entre os séculos XIII e XIV. No redor dela ficam uma dezena de templos e monumentos históricos.

Em Siem Reap também existem templos budistas, hindus, um grande mercado de rua que é uma das atrações mais populares da cidade e o sensacional museu de Angkor.

Leia mais:
Roteiro em Angkor Wat e Angkor Thom
O que fazer em Siem Reap
Como se locomover por Siem Reap

 

Quantos dias ficar: recomendo ficar de 3 dias. Reserve 2 dias para conhecer o complexo de templos e no terceiro dia para visitar as atrações da cidade.
Onde ficar em Siem Reap: dicas de hotéis

O que fazer no Camboja

Um dos templos do complexo de Angkor

O que fazer no Camboja

Estátuas que guardam a ponte de acesso a Angkor Thom


Phnom Penh

A capital do Camboja é muito diferente da pequena Siem Reap. Phnom Penh é desorganizada e caótica, como a maioria das cidades pouco desenvolvidas do sudeste asiático. Mas é justamente isso que deixa a cidade tão interessante.

Em Phnom Penh a gente percebe muito da herança colonial francesa. São jardins, palácios e boulangeries que matam a fome quando a gente já não aguenta mais comer arroz. Entretanto a principal atração da cidade é o Killing Fields, ou os “campos da morte”.

Talvez você não saiba mas o Camboja viveu sobre a sangrenta ditadura do Khmer Rouge, seguidores do Partido Comunista da Kampuchea, que governou o país de 1975 a 1979, liderado por Pol Pot. E o regime promoveu um dos maiores holocausto da história, foram mais de 2 milhões de pessoas mortas nestes campos.

É uma atração sombria e não é para todo mundo, ainda assim, eu acho que esses lugares são importantes para que a gente não deixe que coisas assim voltem a acontecer.

Quantos dias ficar: recomendo ficar de 2 dias.
Onde ficar em Phnom Pehn: dicas de hotéis

O que fazer no Camboja

Phnom Penh

O que fazer no Camboja

Phnom Penh


Battambang

Distante pouco mais de 150 km de Siem Reap, Battambang é uma pérola perdida no meio do Camboja. Uma das cidades mais incríveis e apaixonantes que você verá no país.

Battambang é uma vila que reúne a arquitetura original francesa da época da Indochina com templos, campos de arroz, palafitas e muita espiritualidade. 

Pelos campos de arroz de Battambang corre o bamboo train, não entendeu? Um trem improvisado montado sobre os trilhos de uma antiga ferrovia que transporta de pessoas a animais pelas vilas ao redor de Battambang. E claro, virou atração turística.

Quantos dias ficar: recomendo ficar de 2 dias.
Onde ficar em Battambang: dicas de hotéis

O que fazer no Camboja

Battambang

O que fazer no Camboja

Battambang

O que fazer no Camboja

Bamboo train


Koh Rong

O Camboja não é um país conhecido por suas praias, mas certamente você irá se surpreender com essa informação: o Camboja tem praias lindas! E uma dessas jóias é Koh Rong.

Koh Rong é uma ilha e o ponto de partida para conhecer essa pérola é pela cidade de Sihanoukville, de lá é possível contratar um transfer com barco para te levar até Koh Rong ou pegar um dos barcos que partem do Serendipity Pier.

A ilha fica no Golfo da Tailândia e você encontrará praias lindíssimas de águas inacreditáveis. Ruas de areia, bares charmosos e toda uma nação mochileira pronta para interagir e fazer amizades.

Koh Rong não é um lugar de luxo, o wi-fi não funciona e o sinal de celular é precário, mas você vai se sentir em um dos poucos paraísos asiáticos pouco explorados.

Quantos dias ficar: recomendo ficar de 2 dias.
Onde ficar em Koh Rong: dicas de hotéis

O que fazer no Camboja

Koh Rong

O que fazer no Camboja

Koh Rong


Banteay Chhmar

Talvez você não saiba mas o Camboja era polvilhado de templos e cidades antigas há séculos atrás. Para quem busca uma experiência menos turística como em Angkor, o complexo de Banteay Chhmar vai te fazer se sentir como Indiana Jones.

Banteay Chhmar fica no norte do país, distante 182 km de Siem Reap e 60 km de Sisophon, a cidade mais próxima.

Diferente de Angkor, que teve muito de sua arquitetura restaurada, Banteay Chhmar está imersa na floresta há mais de 800 anos, sem restauro ou reformas. Descoberta por saqueadores e pilhada nos anos 90 (sim, praticamente ontem) o complexo segue como uma cidade perdida, pronta para ser explorada.

Quantos dias ficar: recomendo ficar de 1 dia.
Onde ficar em Sisophon: dicas de hotéis

O que fazer no Camboja

Banteay Chhmar


Sambor Prei Kuk

Se você gostou da ideia de explorar um lugar esquecido como Banteay Chhmar, vai gostar também de Sambor Prei Kuk.

O sítio arqueológico fica na província de Khampong Thom, entre Siem Reap e Phnom Penh. As ruínas são do século VI e acreditem, bem mais antigas que Angkor Wat.

Boa parte dos templos de Sambor Prei Kuk podem ser visitados, entretanto existem muitos templos no meio da floresta tropical do Camboja.

Quantos dias ficar: recomendo ficar de 1 dia.

O que fazer no Camboja

Sambor Prei Kuk

***

Como vocês viram, o Camboja tem bem mais lugares e atrações do que os templos de Angkor. Recomendo muito explorar um pouco mais desse país incrível.


Onde ficar em Siem Reap


Aqui no blog tem um post completinho com todas as dicas de onde ficar em Siem Reap. Você pode ler esse post aqui

Lá no post tem também algumas dicas bem importantes. E eu vou deixar aqui embaixo a lista de alguns hotéis que eu fiquei nas minhas duas viagens e outros que eu recomendo.

  • Koulen Hotel – Onde eu fiquei na minha primeira viagem. É um 5 estrelas com preço de Ibis. Recomendo muito esse hotel.
  • Victoria Angkor Resort & Spa –  Eu fiquei nesse hotel na minha segunda viagem. Também é um 5 estrelas mas com preço muito baixo para o padrão dele.
  • Angkor Holiday Hotel – Ótima opção com diárias por menos de 200 reais o casal.
  • Shinta Mani Angkor – Hotel 5 estrelas onde a Angelina Jolie fica quando vai ao Camboja.
  • Lavender Angkor Boutique – Excelente hotel 3 estrelas com preço de hostel. Esse é imbatível!

Koulen Hotel


Reserve aqui os seus passeios em Siem Reap



Leia mais


Roteiros
O que fazer no Camboja
O que fazer em Siem Reap (fora Angkor)
Roteiro em Angkor Wat e Angkor Thom

Para organizar a sua viagem

Como conseguir o visto para o Camboja
Como é passar pela imigração no Camboja
15 coisas que você precisa saber antes de visitar o Camboja
Como se locomover por Siem Reap


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.