Como é passar pela imigração no Camboja em Siem Reap

imigração no Camboja

Eu cheguei na cidade de Siem Reap, onde ficam os templos de Angkor Wat em um voo da Air Asia vindo de Bangkok, que é o caminho que a maioria das pessoas fazem e nesse post eu vou contar como é passar pela imigração no Camboja.


Visto para o Camboja


Brasileiros precisam de visto para entrar no Camboja, mas é tudo muito simples e dá para tirar o visto pela internet, pagar uma tarifa e receber por email. Depois basta imprimir, recortar e colar no passaporte. Tem um post aqui no blog que explica como conseguir o visto, dá uma olhada:

Como conseguir o visto para o Camboja

Também é possível conseguir o visto para o Camboja na chegada, o chamado “on arrival” nos aeroportos de Siem Reap e Phnon Phen. Funciona assim: antes de seguir para o balcão de imigração, siga as placas “visa on arrival”, lá, você deverá preencher um formulário de pedido de visto, eles farão basicamente o mesmo processo do E-Visa, vão tirar uma foto sua e cobrar uma tarifa de 40 dólares em dinheiro.

Se não tiver como pagar pelo visto em dinheiro, o turista pode ser deportado imediatamente.


Imigração no Camboja


Durante o voo, as companhias aéreas distribuem três formulários para os passageiros. Dois deles são para quem pretende pedir o visto na chegada (visa on arrival) e o terceiro formulário é para ser preenchido e deixado com o oficial de alfândega.

Desembarque na pista

Desembarque na pista

A aeroporto de Siem Reap não tem fingers, o desembarque é na pista e a gente segue por uma calçada até o setor de desembarque. Ao entrar no terminal, do lado direito fica o setor de visa on arrival e do lado esquerdo os balcões dos oficiais de imigração.

Se você estiver viajando já com o e-visa colado ao passaporte, existem balcões exclusivos de atendimento para essa modalidade de visto, são os balcões do 03 ao 09.

O procedimento é um pouco lento, o oficial verifica os dados do seu e-vista, no meu caso, ele não fez nenhuma pergunta, eu não sei se o número de carimbos no passaporte pode influenciar, mas vi pessoas do meu lado respondendo várias perguntas de praxe: quantos dias vai ficar, qual destino após deixar o país, etc.

Depois ele carimbou meu e-visa validando-o para três meses de permanência no país e pronto.

Imigração no Camboja: Fila para emissão do visa on arrival

Imigração no Camboja: Fila para emissão do visa on arrival

Após a imigração, a restituição de bagagens fica logo atrás dos balcões de imigração e quando cheguei lá a minha mala já estava na esteira.

Saindo dali, já passei na alfândega mas só deixei o formulário que tinha preenchido ainda no avião e pronto, já estava na área comum do aeroporto.

Tudo muito simples e rápido, o aeroporto de Siem Reap é bem pequeno, o que facilita bastante as coisas.


Como ir do aeroporto ao centro de Siem Reap


Quando a gente sai do aeroporto já dá pra perceber que estamos em um dos lugares mais pobres do mundo, o aeroporto de Siem Reap tem pouquíssimos taxis e alguns tuk-tuks, eu já tinha contratado um guia e ele me buscou no aeroporto para me levar até o meu hotel.

Mas as opções eram pouquíssimas, uma dificuldade para quem chega a Siem Reap e nem preciso dizer que não existem ônibus e muito menos trem ou metrô.


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

5 Comentários

  • Responder setembro 28, 2016

    ameline

    Ola, vou ao camboja em novembro e gostaria de saber se voce tem pode me passar o contato do seu guia, ele era bom?

  • Responder setembro 29, 2016

    ameline

    Obrigada! E parabens pelo post, esta me ajudando muito a fazer meu roteiro!!

  • Responder novembro 8, 2017

    Janaina

    O seu site com as informações sobre viagens é COMPLETÍSSIMO! Muita bondade de sua parte dedicar do seu tempo para fazer um material cheio de informação para o próximo. Estou lendo tudo sobre o Camboja, anotando e ficando mais calma, pois estou entendendo melhor como é, como funciona, preços, quantos dias, o que fazer… enfim! Perfeitíssimo! Muito obrigada

    • mm
      Responder novembro 14, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Janaina, obrigado pela mensagem =) que bom que está sendo útil.

Deixe uma resposta