Como é voar com a Qatar Airways de São Paulo a Doha

Como é voar com a Qatar

A Qatar Airways foi eleita a melhor companhia aérea de 2017 pelo prestigiado ranking da Skytrax, que elege as melhores empresas aéreas do mundo. Todos os anos, a Qatar e a Emirates brigam para ver qual das duas assumem o posto de melhor do mundo, mas será que a Qatar é tão boa assim? Recentemente eu fiz 4 voos de longa distância com eles e nesse post eu falo como é voar com a Qatar para Doha, a capital do Qatar.  

A Qatar Airways é a linha aérea de bandeira do Qatar, uma das empresas que mais crescem no mundo, a Qatar oferece uma extensa rede de conexões a partir do seu hub no Aeroporto Internacional Hammad em Doha. Uma excelente opção para brasileiros viajando para Ásia, Oceania e África.

A Qatar é membro da aliança One World e tem parceria com o Smiles. De modo que as milhas voadas são creditadas automaticamente no programa de milhagem da Gol

A empresa opera voos diários de São Paulo para Buenos Aires e Doha. A partir de 2018 passará a voar do Rio de Janeiro para Santiago do Chile e Doha.

Boeing 777 da Qatar (Pintura One World) em GRU

Boeing 777 da Qatar (Pintura One World) em GRU


Como é voar com a Qatar


Eu voei com a Qatar de São Paulo a Bangkok via Doha e nesse post vou contar como é voar com a Qatar para Doha e em breve, como é voar para a Ásia com eles, já que são serviços distintos. Inclusive voando nos Airbus A380 da Qatar.

Check-in

Eu optei por fazer o meu check-in no Aeroporto Internacional de Guarulhos, a companhia opera no Terminal 3 de GRU. Eu poderia ter feito o check-in online, mas optei pelo método tradicional pois queria pedir um assento na primeira fila, que estava bloqueado pelo site e prontamente fui atendido.

No checkin tinham 2 posições para atender aos passageiros voando na business e quatro balcões para a classe e econômica, mesmo assim o procedimento foi bem lento.

No check-in já me deram o cartão de embarque da conexão em Doha. Chegando lá, a gente não precisa fazer nada, só passar pelo raio-x e entrar na gigantesca sala de embarque e aguardar o voo.

Embarque

O embarque estava programado para começar às 2h15 da madrugada, mas a aeronave – que vem de Buenos Aires – chegou com alguns minutos de atraso e o embarque só começou perto das 3h da manhã, atrasando a partida em 30 minutos de uma viagem de 14h45m de duração.

Uma das marcas da Qatar é a gentileza da tripulação, fomos recebidos no avião com muita atenção e educação, ponto super positivo para a Qatar. Mas tivemos um caso isolado que eu falo abaixo.

A aeronave

A Qatar voa de São Paulo a Doha com um Boeing 777-300ER configurado em 2 classes, sendo 42 poltronas na executiva (layout 2-2-2) e 293 na econômica (layout 3-3-3).

Eu voei na classe econômica, poltrona 30H com um belíssimo espaço para as pernas, mas que pode incomodar em razão pra proximidade com os banheiros.

A aeronave que operou o voo tinha 7 anos de uso e estava impecável. Mesmo sendo um voo que já vem com passageiros desde Buenos Aires, o interior estava super limpo e organizado.

Classe econômica do 777-300 (imagem: divulgação)

Classe econômica do 777-300 (imagem: divulgação)

Conforto

Nas poltronas tinham um travesseiro, cobertor, fones de ouvido e uma pequena necessaire com meia, máscara de dormir, escova e pasta de dentes em uma bolsinha bem bacana, mas que está sendo trocada por um novo amenity kit que vem em uma bolsinha de plástico que não dá para ser reutilizada, mas como bônus, vem com um lip-balm do Institut Karité.

Esse já é um ótimo diferencial, a maioria das companhias aéreas não oferecem esse pequeno mimo para os clientes da classe econômica.

A poltrona tinha um bom reclino e apoio de cabeça ajustável, o que ajuda muito na hora de dormir. Como era uma poltrona na primeira fila, o monitor de TV e a mesinha ficam ocultas no braço da poltrona. A TV não pode ser usada durante pousos e decolagens, regras de segurança para um caso de uma evacuação de emergência.

Amenity kit da econômica

Amenity kit da econômica

O novo amenity kit da econômica

O novo amenity kit da econômica

Destaque para o lip-balm do Institut Karité

Destaque para o lip-balm do Institut Karité

Voo e serviço de bordo

O embarque foi um pouco tumultuado, o voo estava lotado e muitos passageiros com bolsas grandes na cabine procurado lugar nos bagageiros, uns atropelando os outros, foi bem caótico. Um senhor estressado deixou a mochila dele cair em cima de mim. Enfim, tá faltando bons modos e educação.

Logo após a decolagem a tripulação distribuiu toalhas para higiene das mãos e o cardápio das refeições que seriam servidas durante a viagem, o que é ótimo, pois a gente já sabe o que pedir e agiliza o serviço.

Neste voo foi servido um café da manhã, um lanche e uma refeição completa. Mas nas galleys ficam a disposição batatas chips, chocolates, sucos e água.

No café da manhã tinham três opções de prato principal: frango grelhado, suflê de ovos com tomate e panqueca com compota de maçã. Eu escolhi a panqueca e me dei mal. Estava bem ruim, sem sabor e mole. Parecia um mingau de Cremogema, quem se lembra?

Café da manhã. A luz dentro da cabine não ajudou a foto =(

Café da manhã. A luz dentro da cabine não ajudou a foto =(

De acompanhamento veio uma salada de frutas, pão, manteiga, queijo processado e geléia. Um suco de laranja, iogurte com calda de frutas e um chocolate. Para beber tinha sucos, chá, café e água.

Após o café da manhã, as janelas foram fechadas para que os passageiros pudessem dormir e ir se adaptando ao fuso horário. É a deixa para explorar o sistema de entretenimento, o Orix One.

Todas as aeronaves de longo curso da Qatar possuem sistema de entretenimento de bordo individual com telas de 9 polegadas (no caso do Boeing 777) com controle remoto acoplado. Nas poltronas tem também uma tomada USB.

O sistema da Qatar é excelente, tem uma imensa variedade de filmes, séries, programas de TV, jogos, música e claro, os tradicionais mapas de voo. A nível de comparação, eu achei o sistema usado nos Airbus A380 da Qatar com mais opções e melhor qualidade que nos Boeing 777. Talvez, por uma limitação do equipamento. Mas não deixa a desejar.

Eu usei meus fones de ouvido, mas os que são oferecidos pela Qatar são de boa qualidade.

Orix One

Orix One

Revista de bordo

Revista de bordo

No bolsão da poltrona tinha a revista do Duty-free a bordo e a Orix, a revista de bordo da Qatar. Um boa opção de leitura e que traz os destaques da programação do sistema de entretenimento.

Eu sou daqueles que não dorme com facilidade no avião, até mesmo quando viajo de classe executiva, eu assisti um filme e na metade do segundo a tripulação começou a servir o lanche leve.

Lanche leve

Lanche leve

Tinha um sanduíche frio, sorvete e frutas. Você pode escolher uma opção ou até as três e para beber tinham sucos, refrigerantes, cerveja, vinho, café e chá.

Após o lanche, confesso que arrisquei dormir um pouco sem muito sucesso e a essa altura estávamos atravessando o continente africano e algumas zonas de turbulência acabaram por vez de tirar o meu pouco sono.

Mais uma rodada de filmes e Friends (amo, sim!) e a tripulação começou a servir a refeição principal do voo.

Como opções tinha frango, carne ou prato vegetariano. Eu escolhi o frango com molho barbecue e estava realmente muito bom. Veio acompanhado de arroz com legumes, salada de entrada e mousse de chocolate de sobremesa. Vale dizer que nas refeições principais os talheres são de metal.

Para beber, as mesmas opções da refeição anterior. Eu pedi um vinho tinto e a comissária disse que tinha acabado do carrinho dela e que só restava o vinho branco. Assim como o passageiro do meu lado que pediu cerveja e também não tinha e ela não se prontificou a pedir a outro comissário ou pegar nas galleys. Achei que faltou proatividade dela, ponto bem negativo, mas acredito que seja um caso isolado.

O vinho é servido em copinhos de plástico, o que eu acho bem ruim e um desrespeito com um bom vinho.

Refeição principal

Refeição principal

Após a refeição já estávamos nos aproximando de Doha e iniciando os procedimentos de pouso no Aeroporto Internacional Hammad.

Pouso tranquilo por volta das 23h local, com 15 minutos de atraso. Desembarque rápido e pronto para esperar por 9h até meu voo para Bangkok.

Aeroporto de Doha

Aeroporto de Doha

Conclusão

Voar com a Qatar é uma boa experiência, mas não tem nada de especial. Por se tratar de uma companhia aérea premium, considerada a melhor do mundo em 2017 pela Skytrax, achei que o serviço poderia ser melhor, em comparação com a Emirates, por exemplo. Vocês podem ler esse review aqui. Infelizmente eu preciso fazer essa comparação já que as duas são concorrentes.

Certamente eu voltaria a voar com eles desde que o preço fosse bom.

Postado em:
Quarta-feira, 21 de junho de 2017


Leia mais:

Como é voar para Buenos Aires com a Qatar
Como é voar para Dubai com a Emirates
Como é voar no A380 da Emirates, o maior avião do mundo
Como é voar na Business da Emirates no Airbus A380


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

2 Comentários

  • Responder agosto 11, 2017

    DANIELI CHAGAS CORREA

    Olá. Os filmes e séries disponíveis tem legenda em português? Vamos de Porto Alegre para Bangkok em março de 2018 pela Qatar e li alguns posts dizendo que não tem legenda em português. Por isso estou na dúvida se levo notebook ou não. Sabe se tem tomada? Ou só conexão USB? Grata pelo ajuda.

    • mm
      Responder agosto 12, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Danieli, tudo bem? Os filmes e séries não tem legendas em português, alguns são dublados. Tomada tem duas para cada 3 poltronas e uma porta USB em cada poltrona.

Deixe uma resposta