Tudo o que você precisa saber antes de visitar a Indonésia

visitar a Indonésia como começar a planejar uma viagem

Se você pretende visitar a Indonésia, esse post certamente vai te ajudar. O país é um grande recorte cultural e religioso, é como se cada uma das cinco grandes ilhas que compõem a República da Indonésia, fossem cinco países diferentes.

São vários universos dentro de um só, com paisagens lindas, templos históricos e praias e mais praias imperdíveis. Hoje está mais fácil visitar a Indonésia e as principais ilhas oferecem uma excelente estrutura turística e hoteleira.


Saiba antes de visitar a Indonésia


Onde fica

A República da Indonésia é o maior arquipélago do mundo, o país fica localizada entre o sudeste asiático e a Austrália. O país é enorme, formado por cinco ilhas principais: Bornéu, Sulawesi, Sumatra, Java e Bali. As duas últimas são as mais famosas e procuradas.

Como chegar

Não existem voos diretos do Brasil até a Indonésia, o caminho mais comum é voando via Oriente Médio com companhias como Emirates e Qatar até Jacarta (ilha de Java) ou Denpasar (Bali), que são as principais portas de entrada do país. Outra rota muito comum é voando via Doha ou Dubai até Bangkok ou Cingapura, e de lá optar por um voo até a Indonésia.

Visto

Brasileiros não precisam mais de visto desde 2016, antes o visto poderia ser tirado na entrada do país pagando uma taxa de 35 dólares, agora é de graça para uma permanência de até 30 dias no país. Uma bela economia, fruto de uma mudança feita pelo governo da Indonésia para aumentar o turismo no país.

Tudo sobre visto e imigração na Indonésia aqui

Vacinas

O país não exige nenhuma vacina para admissão de turistas, mas eu recomendo que você tome a vacina contra febre amarela e malária, também recomendo que tenha a Certificado Internacional de Vacinação da Anvisa, que é exigido para entrar na Tailândia, por exemplo.

Mais informações de como tomar a vacina aqui

Não deixe também de levar repelente e remédios para alergias. Vale consultar o seu médico e falar dos planos da sua viagem e levar medicação para alergias e problemas gastrointestinais.

Moeda

A moeda oficial do país é a Rúpia, em julho de 2017 quando esse post foi escrito, 1 Real valia 4.000 Rúpias. No Brasil a gente não consegue Rúpias para fazer o câmbio, eu levei dólares e euros na minha viagem, achei o câmbio do dólar mais vantajoso.

No país é fácil encontrar caixas automáticos (ATMs) onde é simples fazer saques direto na conta corrente (se a sua conta permitir) na cotação do dia.

Em geral, cartões de crédito são aceitos facilmente, mas mercadinhos pequenos e alguns estabelecimentos menores só aceitam pagamentos em dinheiro.

Clima

O clima é quente, o país é cortado pela linha do Equador, o que influi muito na temperatura quente e úmida do país, assim com na temporada das chuvas. A temperatura oscila de 20 graus na temporada “menos quente” até 35 graus no auge do verão. Mas é um país onde é verão o ano todo, não tem muita limitação para visitas, mas se você quiser fugir das chuvas, opte por visitar a Indonésia entre maio e setembro.

Organizando a sua viagem

As ilhas mais procuradas da Indonésia são Java – onde fica a capital Jacarta e Yogyakarta – e Bali – Onde ficam as praias mais procuradas por surfistas, Denpasar e Ubud.

Um pouquinho de cada ilha:

Java

Java é uma ilha salpicada de vulcões, onde fica Jacarta, que não é uma cidade interessante, é mais um lugar de passagem. As pessoas vão para Java em busca dos templos históricos de Borobudur e Prambanan, além das trilhas pela selva e dos vulcões.

Bali

Bali certamente é o destino mais procurado, é lá onde ficam as melhores praias e ondas da Indonésia. É onde fica Ubud e todo o tradicionalismo balinês. Bali também é a porta de entrada para as ilhas Gili, um paraíso no meio do Mar de Java e que atrai cada vez mais pessoas para as ilhas de areia branca e mar azul turquesa.

Como escolher onde se hospedar em Bali

Sumatra

Quem procura fugir das praias lotadas de Bali, vai encontrar praias calmas, lindas e desertas em Sumatra. Mas leve em consideração que a estrutura turística da ilha não é tão boa quanto em Bali. É uma região muito pobre, que teve áreas devastadas com o Tsunami de 2004.

Sumatra tem natureza intocada com densas florestas, cachoeiras e animais selvagens que povoam livremente as florestas.

Sulawesi

Outra ilha de natureza impecável como Sumatra, Sulawesi ficou famosa pelo povoado de Tana Toraja, por conta de suas casas típicas, rituais funerários e hábitos primitivos, algo único e praticamente intocável.

Sulawesi é ainda mais roots que as Sumatra, tem estradas ruins e cidades pobres.  Mas tudo isso ajudou a preservar ainda mais a natureza e costumes autênticos do lugar.

Bornéu

Bornéu é uma ilha que a Indonésia divide seu território com a Malásia, é coberta de uma selva intocada, praias e ilhas de cair o queixo.

Um erro que muitas pessoas cometem quando estão planejando visitar a Indonésia, é pensar que dá para escolher uma cidade e conhecer todo país facilmente. Errado! A indonésia é enorme e cada uma dessas ilhas – e suas muitas e muitas ilhas menores – tomam tempo e exigem grandes deslocamentos. Cada ilha é praticamente uma viagem.

Como andar

Nas grandes cidades existe transporte público, mas em geral é bem precário e usado somente pelos locais. A melhor maneira de se locomover por Bali e Java – duas ilhas que eu conheci – é contratando um tour, tuk-tuk ou táxi. Se você não se importar com o trânsito caótico, pode alugar uma moto como a maioria dos turistas fazem, mas tenha paciência e seja esperto no trânsito, pois não existem regras, é um salve-se quem puder.

Diferenças culturais

A Indonésia é um imenso recorte de culturas e religiões, cada ilha parece um país diferente, em Java a religião predominante é o islamismo, já em Bali é o hinduísmo e também budismo. Existem regiões católicas, outras são protestantes, por causa da colonização européia. Tem ilhas mais isoladas onde a religião nativa é o animismo. Por conta disso, os hábitos variam muito de um lugar para o outro, são vários mundos dentro de um só.


Procurando hospedagem em Bali?


Olha a nossa lista de sugestões no Booking.com. Reservando um hotel pelo Booking, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso. Clique aqui


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

3 Comentários

  • ótimo post, super prático. Show!

  • Responder outubro 30, 2017

    Tania Maria

    Ola,

    Quando você chegou na Indonésia, foi primeiro para Java ou Bali?

    • mm
      Responder outubro 30, 2017

      Fabricio Moura

      Primeiro Java, pois eu vinha de Singapura e Java ficava mais perto.

Deixe uma resposta