Como é a viagem no Shinkansen, o trem bala do Japão

Trem bala no Japão

Olá viajantes! Neste post eu vou contar como é viajar de trem bala no Japão, o famoso e tradicional Shinkansen.

***

Estando no Japão, é praticamente obrigatório viajar de trem bala, afinal, onde mais a gente teria a oportunidade de viajar no Shinkansen? Durante a minha viagem pelo Japão eu escolhi fazer os meus deslocamentos internos de trem bala.

É importante ter em mente que viajar de trem bala no japão é mais caro do que o avião. O Shinkansen não é um transporte barato, entretanto, ele é extremamente eficiente, além de ser uma oportunidade única.

Porém, para viajar de trem bala é preciso ter um certo planejamento, o ideal é comprar as passagens ou o Japan Rail Pass com antecedência. Recomendo ler o post onde eu explico como comprar as passagens e ou o Japan Rail Pass.

Eu viajei de Tóquio para Kyoto e de Kyoto para Osaka e neste post eu vou contar como é viajar de trem bala de Tóquio até Kyoto.

Trem bala no Japão

Trem bala atravessando Tóquio


Como é viajar de trem bala no Japão


A estação do trem bala e o embarque

O Shinkansen parte da Tokyo Station, localizada bem no coração de Tóquio. Para mim foi muito prático pois eu escolhi me hospedar pertinho da estação para facilitar o meu deslocamento. 

A Tokyo Station é uma estação gigantesca, de lá saem várias linhas de trem para todos os cantos do japão, para o aeroporto de Narita, além das linhas do metrô.

E dentro da Tokyo Station fica a estação do Shinkansen, é só procurar os letreiros indicando Tōkaidō Shinkansen. Quem comprou a passagem ponto a ponto, basta inserir o bilhete na catraca e retirar o bilhete do outro lado. Se você comprou o Japan Rail Pass, é só mostrar para o atendente ou guarda que fica na catraca para ele liberar o acesso.

Trem bala no Japão

Telas indicando as próximas partidas

Trem bala no Japão

Calma, nem tudo é em japonês

Dentro da estação basta consultar as telas indicando a plataforma da qual partirá o seu trem. A estação é super cheia, como a maioria dos lugares em Tóquio, mas existem algumas salinhas de espera fora da bagunça. Recomendo subir para a plataforma uns 20 minutos antes da partida.

Trem bala no Japão

Plataforma do Shinkansen

Neste momento é preciso ficar esperto, pois como o trem é enorme, com mais de 16 vagões, é preciso saber qual é o seu vagão. 

O Shinkansen tem vagões com lugares reservados (reserved) e vagões com lugares não reservados (non-reserved). Quem comprou a passagem ponto a ponto com reserva de assento, no bilhete vem escrito o número do vagão e a sua poltrona. No piso da plataforma existem alguns adesivos indicando a posição o seu vagão. 

Trem bala no Japão

Vagão com lugares reservados

Se você está viajando com o Japan Rail Pass sem marcação de poltrona ou com o bilhete ponto a ponto também sem marcação de poltrona, é só procurar os vagões “non-reserved” e escolher qualquer lugar.


Tem lugar para a mala no trem bala?

A resposta é… não! O Shinkansen não tem lugares para malas grandes. Dependendo do tamanho da mala, dá para acomodar atrás das últimas poltronas, mas não conte com isso. 

Nos bagageiros em cima das poltronas cabem malas médias ou pequenas. E se a mala média estiver expansor aberto, não vai caber. O espaço é bem limitado. Sabendo disso, a minha dica é não levar malas grandes para o Japão caso você viaje de trem bala.


A viagem de trem bala

As poltronas são largas e confortáveis, o layout interno é de 3 poltronas de um lado e 2 do outro. As poltronas tem mesinhas e tomadas elétricas. Alguns trens tem internet wi-fi. Dentro do trem tem venda de snacks e algumas bebidas.

Trem bala no Japão

Interior dos vagões

O trem sai pontualmente e ele faz duas paradas ao longo do caminho, uma em Yokohama na região metropolitana de Tóquio e outra parada em Nagoia. Mas é tudo bem rápido. No sentido de Tóquio para Kyoto, tente sentar do lado direito do trem, é o lado que fica o Monte Fuji. O monte vai aparecer uns 40 minutos depois de Tóquio. No dia da minha viagem o Monte Fuji estava bem encoberto, algo normal, mas deu pra ver um pouco e foi bacana. 

Trem bala no Japão

O Monte Fuji bem encoberto

O trem passa dos 300km/h, mas ele pode chegar aos 500km/h, é realmente bem rápido. Por outro lado é super estável. Não balança nada, a sensação é semelhante a um avião sem turbulência.

A viagem de trem bala de Tóquio até Kyoto leva 2h15 minutos, uma distância de 478km.


Vale a pena viajar de trem bala no Japão?

Sim, vale pela praticidade e também por ser algo muito distante da nossa realidade. Onde mais poderíamos viajar no Shinkansen se não fosse no Japão?

Além disso, o trem ganha na facilidade de acesso, já que as estações são centrais e não tem os procedimentos de segurança e raio-x. Basta chegar com 20 minutos de antecedência e está tudo certo.

Por outro lado, os aeroportos ficam bem longe das cidades. Só para dar um exemplo, o Aeroporto de Narita fica distante 60 km de Tóquio. 

Sem dúvidas, vale muito a pena viajar de trem bala no Japão.


Onde ficar em Tóquio


Se você estiver procurando onde ficar em Tóqui, aqui no blog tem um post bem completo explicando os melhores bairros.

Reservando um hotel pelo Booking.com aqui no Vou na Janela, você ajuda a manter o blog e não paga nada a mais por isso.

***

Se você ainda não decidiu onde ficar em Tóquio, sugiro olhar a caixa de ofertas aqui embaixo. Ela é atualizada automaticamente pelo Booking.com.



Booking.com


Passeios em Tóquio


Compre aqui seus passeios em Tóquio, ganhe tempo e evite filas.


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.